A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

O MERCOSUL foi formado em 1991 por Argentina, Brasil, Paraguai e Uruguai. Esses países adotaram políticas de integração econômica e comercial, estabelecendo.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "O MERCOSUL foi formado em 1991 por Argentina, Brasil, Paraguai e Uruguai. Esses países adotaram políticas de integração econômica e comercial, estabelecendo."— Transcrição da apresentação:

1

2 O MERCOSUL foi formado em 1991 por Argentina, Brasil, Paraguai e Uruguai. Esses países adotaram políticas de integração econômica e comercial, estabelecendo a livre circulação de bens, serviços e capitais. Muitas das mercadorias fabricadas nos países -membros podem ser comercializados internamente sem tarifas de importação. Desde sua criação, o bloco enfrenta dificuldades para concluir a integração econômica e comercial. Isso ocorre principalmente devido as grandes diferenças econômicas entre os países-membros

3 Os blocos econômicos são associações de países que se unem com objetivo de ampliar as relações econômicas entre si, realizando trocas com pouca ou nenhuma restrição. Esses blocos facilitam e estimulam a circulação de mercadorias e capitais, configurando mercadorias regionais. 1. O que é um bloco econômico hoje e como ele serve a economia global.

4 Os principais blocos econômicos são: Acordo de livre comercio da América do Norte (Nafta), o Mercado Comum do Sul (Mercosul), o Pacto Andino e a comunidade do Caribe (Caricom), União Europeia (UE), Comunidade de desenvolvimento da África Austral (SADC), Associação dos países do sudeste asiático (Asean) e está em fase de implantação o Bloco transcontinental Cooperação econômica Ásia - Pacífico (Apec). 2. Apresentar quais os tipos de blocos que existem em nosso planeta.

5 3.Dados gerais do bloco:histórico de formação,bandeira,países membros,paíse sede,organização, estrutura, funcionamentos, significado da sigla. As discussões para a constituição de um mercado econômico regional para a América Latina remontam ao tratado que estabeleceu a Associação Latino -Americana de Livre Comércio (ALALC) desde a década de 60. Esse organismo foi sucedido pela Associação Latino-Americana de Integração nos ano 80. À época, a Argentina e o Brasil fizeram progressos na matéria, assinando a Declaração de Iguaçu (1985), que estabelecia uma comissão bilateral, à qual se seguiram uma série de acordos comerciais no ano seguinte. O Tratado de Integração, Cooperação e Desenvolvimento, assinado entre ambos os países em 1988, fixou como meta o estabelecimento de um mercado comum, ao qual outros países latino-americanos poderiam se unir.

6 Com a adesão do Paraguai e do Uruguai, os quatro países se tornaram signatários do Tratado de Assunção (1991) que estabelecia o Mercado Comum do Sul, uma aliança comercial visando a dinamizar a economia regional, movimentando entre si mercadorias, pessoas, força de trabalho e capitais. Seu desenho consiste de um retângulo branco no qual está e consiste no emblema logotipo da união aduaneira

7 A República Argentina, a República Federativa do Brasil, a República do Paraguai e a República Oriental do Uruguai assinaram em 26 de março de 1991 o Tratado de Assunção, criando o Mercado Comum do Sul, MERCOSUL, que constitui o projeto internacional mais relevante com o qual estão comprometidos esses países. A Secretaria do MERCOSUL (SM) tem sua sede permanente na cidade Montevidéu; nela trabalham funcionários de todos os países do MERCOSUL. Organização: O Mercosul possui uma estrutura orgânica intergovernamental (não há órgãos supranacionais), havendo, contudo, uma Presidência Pro Tempore, exercida por sistema de rodízio semestral. As decisões do Mercosul são sempre tomadas por consenso e sua organização compreende: A criação do Mercosul, bloco econômico em vigor desde 1o de janeiro de 1995, institui uma zona de livre-comércio entre Brasil, Argentina, Uruguai e Paraguai e posterior inclusão de Chile e Bolívia. O acordo não representa uma ação diplomática isolada, mas o resultado de um longo processo de aproximação entre os países-membros.

8 A definição de Mercosul é Mercado Comum do Sul. O Mercado Comum do Sul - MERCOSUL - está integrado pela República Argentina, a República Federativa do Brasil, a República do Paraguai*, a República Oriental do Uruguai, a República Bolivariana da Venezuela e o Estado Plurinacional da Bolívia**. Os Estados Partes que conformam o MERCOSUL compartilham uma comunhão de valores que encontra expressão em suas sociedades democráticas, pluralistas, defensoras das liberdades fundamentais, dos direitos humanos, da proteção do meio ambiente e o desenvolvimento sustentável, bem como seu compromisso com a consolidação da democracia, a segurança jurídica, o combate à pobreza e o desenvolvimento econômico e social com equidade. O MERCOSUL tem como Estados Associados o Chile, a Colômbia, o Peru, o Equador, a Guiana*** e o Suriname***. A participação dos Estados Associados nas reuniões do MERCOSUL e a celebração de Acordos se regem pelo estabelecido nas Decisões CMC N° 18/04, 28/04 y 11/13.

9 O Mercado Comum do Sul (Mercosul) foi criado em março de 1991, com a assinatura do Tratado de Assunção por Brasil, Argentina, Paraguai e Uruguai. A formação do bloco, no entanto, tem seus embriões no final da Segunda Guerra Mundial, "quando os países da América Latina tentaram agilizar um processo econômico que implicasse a sua industrialização" explica o professor Paulo Edgar Resende, do Departamento de Política do curso de Relações Internacionais e coordenador do Núcleo de Análise de Conjuntura Internacional da Pontifícia Universidade Católica de São Paulo (NACI/PUC-SP).

10 Objetivo Do Mercosul A aliança dos países do cone sul ( Brasil, Argentina, Uruguai e Paraguai ), busca um intercâmbio de mercadorias, tecnologias e de profissionais, maior do que vinha sendo praticado, e uma redução gradativa ou eliminação de tarifas cambiais. A livre circulação, de bens, serviços e capitais e o tratamento homogêneo nas relações comerciais com 3ºs. países foram escolhidos como estratégias para o aprimoramento da competitividade dos agentes econômicos intra-bloco, tendo-se como horizonte sua melhor inserção econômica em um cenário internacional caracterizado pela globalização dos circuitos produtivos financeiros e pela consolidação dos blocos regionais de comércio, num contexto histórico pós-guerra fria marcado pelo influxo das novas tecnologias de informação e das novas organizações enxutas e flexíveis. A direção que vêm sendo proposta para a educação, pode alavancar ou dificultar o incremento da competitividade das empresas da região. 4. Apresentar quais são os objetivos, políticas e perspectivas do bloco econômico por você estudado.

11 A educação encontra-se novamente no centro das estratégias governamentais e empresariais pois é fator fundamental no processo de qualificação dos indivíduos para a produção e consumo baseados em tecnologias evoluídas adequadas ao nível da competitividade internacional. O Mercosul Político O Mercosul configura-se, hoje, como espaço político de grande importância no continente. Tendo sido criado como projeto de natureza econômica, ele corresponde, de fato, a uma iniciativa político-estratégica que teve na redemocratização de seus países membros um pilar fundamental. Perspectiva para o Mercosul O Mercosul vive um novo momento e uma expectativa muito favorável no sentido de sua expansão. Em um mundo multipolar agonizante, não interessa aos países hegemônicos o fortalecimento de blocos de Estados, e o consequente fortalecimento de sua força econômica e política nas negociações multilaterais. Também não interessa o fortalecimento econômico do Mercosul em decorrência, por exemplo, da entrada da Venezuela como membro pleno.

12 Em 2008 o comércio entre Índia e Mercosul, totalizou, US$ 3,9 bilhões. O comércio exterior deu um salto: as exportação cresceram 542,7%, saindo de US$ 31,6 bilhões em 1991 para US$ 201 bilhões em com alta de 88% no superávit comercial. Somente no ano passado, os intercâmbios comerciais entre o Brasil e a América do Sul totalizaram cerca de US$ 70,6 bilhões, com um saldo positivo de US$ 9,6 bilhões, para o País. 5. Apresentar como suas relações econômicas estão estruturadas com outros países especialmente com o Brasil

13 Para Dilma, parceria Mercosul-UE vai ajudar a recuperar economia mundial. A presidente Dilma Rousseff afirmou nesta segunda-feira (24) que a integração entre o Mercosul e a União Europeia contribuirá para a recuperação da economia mundial. Em declaração a imprensa, ao sair VII Cúpula Brasil União Europeia, Dilma disse ter levado aos presidentes europeus sua intenção de levar adiante as negociações para firmar o acordo de Associação entre Mercosul e União Europeia. Acredito que esse será uma grande contribuição que nós vamos dar para a recuperação econômica para os países do mundo, em especial para os de duas regiões tão importantes, como é o caso do Mercosul e União Europeia, afirma Eu quero dizer que o Mercosul está fazendo um grande esforço para consolidar a oferta. Eu tenho certeza que houve uma grande evolução. Tenho certeza que o lado europeu fará o mesmo, afirmou.ou Dilma. 6. Apresentar um artigo de jornal e revista (internet) que trate de algum aspecto sobre o bloco que você estudou.


Carregar ppt "O MERCOSUL foi formado em 1991 por Argentina, Brasil, Paraguai e Uruguai. Esses países adotaram políticas de integração econômica e comercial, estabelecendo."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google