A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

Participação local no sector petrolífero Øystein Kristiansen Conselho de Direcção do Petróleo Norueguês.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "Participação local no sector petrolífero Øystein Kristiansen Conselho de Direcção do Petróleo Norueguês."— Transcrição da apresentação:

1 Participação local no sector petrolífero Øystein Kristiansen Conselho de Direcção do Petróleo Norueguês

2 Petroleum Management Seminar Sao Tome, October 24th-28th Como é possível atingir a participação in situ?  Opção 1: uma instituição nacional para a gestão do sector e para a protecção dos interesses de STP. São Tomé decidiu tomar parte activa nesta questão  Opção 2: a provisão de bens e serviços  Opção 3: a participação directa em actividades de fornecimento

3 Petroleum Management Seminar Sao Tome, October 24th-28th Provisão de bens e serviços 4 segmentos do mercado com características diferentes  Mercado de exploração  Mercado de desenvolvimento  Mercado de operações  Terminais em terra

4 Petroleum Management Seminar Sao Tome, October 24th-28th Mercado de exploração  Navios de aquisição de dados sísmicos  Navios de perfuração ou prospecção para a exploração  Os equipamentos principais virão do estrangeiro  Actividades em intervalos irregulares antes de confirmar a bacia de petróleo  Provisão limitada de bens e serviços locais

5 Petroleum Management Seminar Sao Tome, October 24th-28th Mercado de desenvolvimento  Nível muito alto de actividades durante um curto período de tempo  São necessários êxitos nos resultados para obter o apoio requerido e poder continuar com as actividades  Oportunidades de provisão regional para produtos competitivos  A maioria dos bens e serviços provêm do estrangeiro  Requerimento provável de apoio local para a logística

6 Petroleum Management Seminar Sao Tome, October 24th-28th Mercado de operações  Actividades a longo prazo  Vantajoso para que a indústria possa definir a capacidade local de um número determinado de bens e serviços  Provisão também para os mercados regionais

7 Petroleum Management Seminar Sao Tome, October 24th-28th Características gerais do aprovisionamento da IOC  Determinar padrões de provisão - dificuldades para novos interessados  A maioria dos aprovisionamentos são já feitos por companhias contratadas a longo termo e com sede em Houston, Aberdeen, Paris, Oslo/Stavanger, etc.  Requerimentos exigentes relativamente à documentação e conteúdos de engenharia  Enfoque directo nos sistemas de controlo e garantia da qualidade, bem como conhecimento dos padrões técnicos internacionais  Contratos geralmente de longo termo  O idioma de negociação é o inglês  Frequentemente as empresas locais constituem parcerias com companhias internacionais ou as representam

8 Petroleum Management Seminar Sao Tome, October 24th-28th Oportunidades para fornecedores locais  Serviços de catering: serviços de restauração, água, lavandaria, limpeza e segurança  Transporte local, alojamento na região  Serviços aeroportuários  Condições de abastecimento de portos de mercadoria (inclusive para o fornecimento na região): tubos de sondagem, barro, betão, produtos químicos, etc.  Disponibilização para os casos de urgência (inclusive para a utilização na região): navios de resgate, gruas, sinalizadores, rebocadores, etc.  Formação

9 Petroleum Management Seminar Sao Tome, October 24th-28th Participação directa em actividades de processamento  Participação no consórcio PSC  Alto risco  Investimento de capital  Conhecimentos específicos requeridos  Opção de participação em descobertas para a exploração comercial, se foi tido em conta no contrato  Durante toda a fase de exploração  Acordo de assistência técnica com a IOC  Comprometimentos de formação intensiva em PSC com os nativos da região de STP

10 Petroleum Management Seminar Sao Tome, October 24th-28th O papel das companhias petrolíferas

11 Petroleum Management Seminar Sao Tome, October 24th-28th O papel das companhias petrolíferas  Operação eficaz segundo as condições e os termos estabelecidos pelas autoridades locais:  Capacidade e recursos de exploração, desenvolvimento e produção eficaz para aproveitar ao máximo os recursos disponíveis: recursos técnicos, de pesquisa e desenvolvimento idoneidade financeira capacidade de gestão aptidão para a gestão de riscos competência para a cooperação etc.  Companhias de qualidade

12 Petroleum Management Seminar Sao Tome, October 24th-28th Se for requerida uma companhia petrolífera nacional (NOC): por que separada das obrigações políticas e dos requerimentos regulatórios?  Eficiência:dificuldades em alcançar diversos objectivos diferentes  Objectividade:a IOC deve estruturar a Administração de Petróleo Estatal independentemente dos interesses comerciais  Competência:criar um ambiente competitivo para a NOC para assegurar o êxito numa fase de maturidade, nomeadamente a expansão internacional  Excesso de poder: evitar um Estado dentro do Estado

13 Petroleum Management Seminar Sao Tome, October 24th-28th Companhia petrolífera nacional: prós e contras  Participação da Gestão Estatal e realização do controlo comercial  Proporcionar acesso ao conhecimento das operações petrolíferas  Permitir a ampla participação nacional no sector de petróleo  Transpor as diferenças culturais  Pode acrescentar aproveitamento adicional  Capacidade limitada para lidar com riscos  Recursos escassos divididos entre diversas instituições  Baixa eficiência na fase inicial, adicionando custos  Atrasos na entrada de receitas no sector petrolífero para alcançar a conta do petróleo nacional  Nem todas as companhias petrolíferas nacionais são relatos de êxito

14 Petroleum Management Seminar Sao Tome, October 24th-28th Ministério do Petróleo Petróleo nacional, mais do que 66,7% Dir. Financ. Estatal Interesses - Petoro GassCo Norsk Hydro Menos de 50% Noruega: organização das operações comerciais de petróleo

15 Petroleum Management Seminar Sao Tome, October 24th-28th Resumo  É de nomeada importância a participação da administração do sector in situ  A provisão de bens e serviços é possível, mas STP terá capacidade limitada de captação de uma grande partilha desses mercados.  Os mercados de longo termo com clientes da região parecem ser os mais promissores  É considerada vantajosa a "joint venture" ou cooperações similares com companhias estrangeiras  Os procedimentos de investimentos directos nas explorações envolvem riscos muito altos  A companhia petrolífera nacional é considerada uma opção desde que sejam encontrados recursos importantes e exista a possibilidade de participação do estado


Carregar ppt "Participação local no sector petrolífero Øystein Kristiansen Conselho de Direcção do Petróleo Norueguês."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google