A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

MAR 2013. A Gerência de Inteligência e Segurança Orgânica da Secretaria Executiva de Ressocialização foi criada pelo Decreto nº 26.681, de 06 de Maio.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "MAR 2013. A Gerência de Inteligência e Segurança Orgânica da Secretaria Executiva de Ressocialização foi criada pelo Decreto nº 26.681, de 06 de Maio."— Transcrição da apresentação:

1 MAR 2013

2 A Gerência de Inteligência e Segurança Orgânica da Secretaria Executiva de Ressocialização foi criada pelo Decreto nº 26.681, de 06 de Maio de 2004, competindo-lhe especialmente, as ações de... Planejar; Identificar; Produzir; Integrar; Relacionar-se e Assessorar A GISO

3 Conquistar a credibilidade externa : Conquistar a credibilidade externa : melhor relacionamento interpessoal; melhor relacionamento interpessoal; autenticidade da informa ç ão; autenticidade da informa ç ão; aperfei ç oamento te ó rico-metodol ó gico. aperfei ç oamento te ó rico-metodol ó gico. Montar Equipe T é cnica qualificada : Montar Equipe T é cnica qualificada : Analista de Sistemas; Analista de Sistemas; Estat í stico; Estat í stico; Analista de Inteligência, dentre outros. Analista de Inteligência, dentre outros. Formatar o N ú cleo de Inteligência : Formatar o N ú cleo de Inteligência : Escolha dos AI; Escolha dos AI; Treinamento e Avalia ç ão; Treinamento e Avalia ç ão; Implementa ç ão. Implementa ç ão.

4 SERES SEINSP GISOCIIDS Agências Estaduais de Inteligência Divisão de Inteligência Divisão de Segurança Orgânica Divisão de Busca Divisão de Tecnologia da Informação Núcleos de Inteligência Divisão de Apoio Administrativo

5 I – I – COORDINPOL: responsável pelo Sub Sistema de Inteligência de Segurança Pública da Polícia Civil (SISPPOC); II – II – 2ª Seção do Estado Maior Geral da Polícia Militar, responsável pelo Sub Sistema de Inteligência da PM (SIPOM); III – III – GISO/SERES, respons á vel pelo Sub Sistema de Inteligência do Sistema Prisional (SISPRI); IV – IV – 2 ª Se ç ão do Estado Maior Geral do Corpo de Bombeiros Militar, respons á vel pelo Sub Sistema de Inteligência do Corpo de Bombeiros (SICOB); V – V – Coordenadoria da Casa Militar, respons á vel pelo Sub Sistema de Inteligência da Casa Militar (SICAMIL); VI – VI – Unidade de Inteligência da Corregedoria Geral (UNICOR/SDS). AGÊNCIAS EFETIVAS

6 CAPACITAÇÃO Cursos de Introdução Curso de Inteligência de Segurança Pública 1ª.Edição Recife/2005 - 17 Estados da Federação e 35 policias de PE; (20ª. Edição ) (Caráter Eliminatório) I Módulo – 100 horas/aulas – Análise e Contra II Módulo – 140 horas/aulas – Operações III Módulo – 80 horas/aulas – Interceptação Cursos de Aperfeiçoamento

7 II CONGRESSO SEINSP: EIXOS TEM Á TICOS DOUTRINA DE INTELIGÊNCIA; DOUTRINA DE INTELIGÊNCIA; NORMATIZA Ç ÃO DO COMPARTILHAMENTO DE BANCO DE DADOS; NORMATIZA Ç ÃO DO COMPARTILHAMENTO DE BANCO DE DADOS; OPERA Ç ÕES INTEGRADAS; OPERA Ç ÕES INTEGRADAS; LEGISLA Ç ÃO: CRIA Ç ÃO E REGULAMENTA Ç ÃO DO SEISP – RECRUTAMENTO E DESLIGAMENTO; LEGISLA Ç ÃO: CRIA Ç ÃO E REGULAMENTA Ç ÃO DO SEISP – RECRUTAMENTO E DESLIGAMENTO; INDICADORES DE PRODUTIVIDADE. INDICADORES DE PRODUTIVIDADE. CONGRESSOS

8 ENCONTROS DE INTELIGÊNCIA PENITENCI Á RIA: DISPARIDADE DISPARIDADE RIO DE JANEIRO DEPEN - EIIP RIO DE JANEIRO DEPEN - EIIP PROJETOS PROJETOS BRAS Í LIA DOUTRINA BRAS Í LIA DOUTRINA INTERCÂMBIO SENASP INTERCÂMBIO SENASP SISBIN SISBIN SALVADOR BANCO DE DADOS SALVADOR BANCO DE DADOS NIVELAMENTO / ESCOLHA NIVELAMENTO / ESCOLHA

9 PERÍODO DE ANÁLISE; CONDICIONAMENTOS LEGAIS; CONDICIONAMENTOS LEGAIS; CURSOS DIVERSOS; CURSOS DIVERSOS; AVALIAÇÃO CONSTANTE; AVALIAÇÃO CONSTANTE; Ñ INTERFERÊNCIA Ñ INTERFERÊNCIA 1.055 INFORMES

10 I – Acompanhar o ingresso e soltura de indiv í duos de alto grau de periculosidade recolhidos nas suas UP s; II – Observar o desenvolvimento das rela ç ões entre os integrantes das quadrilhas criminosas recolhidos nas suas UP s tra ç ando sua evolu ç ão; III – Manter cadastro atualizado dos indiv í duos periculosos foragidos e recolhidos nas suas UP s; IV – Monitorar, acompanhar e difundir a movimenta ç ão, visitas, contatos e rede de relacionamento dos l í deres e principais integrantes de organiza ç ões criminosas presos nas suas UP s; V – Receber, processar e difundir, à GISO, den ú ncias relacionadas ao Sistema Penitenci á rio; VI – Trabalhar outros dados, quando determinados pela GISO.

11 EVOLUÇÃO DA POPULAÇÃO CARCERÁRIA DE PERNAMBUCO FEV 2013 27.860 (+169%)

12 INTEGRANTES SIMPATIZANTES PERICULOSOS

13 2007 2008 TOTAIS 2023 46 48 04 03 HOMICÍDIOS NATURAL SUICÍDIOS 7074 17 07 25 2009 49 2010 33 11 02 20 DISTÚRBIOS200720082009201020112012 REBELIÃO060100 MOTIM0811050302 TUMULTO060305 03 2011 19 02 19 40 38 2012 16 02 20

14

15

16 ESTRUTURAL EQUIPAMENTOS KNOW HOW

17 Não basta conquistar a sabedoria, é preciso usá-la. Marcos Túlio Cícero Filósofo, Orador, Escritor Político Romano


Carregar ppt "MAR 2013. A Gerência de Inteligência e Segurança Orgânica da Secretaria Executiva de Ressocialização foi criada pelo Decreto nº 26.681, de 06 de Maio."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google