A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

PROGRAMA AMAPAENSE DE BIODIESEL Admilson Torres Coordenador de Difusão Tecnológica Brasília, 29 e 30 de março de 2005 PROGRAMA NACIONAL DE PRODUÇÃO E USO.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "PROGRAMA AMAPAENSE DE BIODIESEL Admilson Torres Coordenador de Difusão Tecnológica Brasília, 29 e 30 de março de 2005 PROGRAMA NACIONAL DE PRODUÇÃO E USO."— Transcrição da apresentação:

1 PROGRAMA AMAPAENSE DE BIODIESEL Admilson Torres Coordenador de Difusão Tecnológica Brasília, 29 e 30 de março de 2005 PROGRAMA NACIONAL DE PRODUÇÃO E USO DE BIODIESEL I REUNIÃO NACIONAL DA REDE BRASILEIRA DE TECNOLOGIA DE BIODIESEL

2 Projeto: “Desenvolvimento da pesquisa e prospecção de plantas nativas para a produção de biodiesel no Estado do Amapá” Equipe de Coordenação: MCT, FINEP e SETEC Proponente: SETEC Ordenador de Despesas: José Maria da Silva Coordenação Geral: SETEC Executor: IEPA Co-Executor: EMBRAPA Recursos Liberados pela FINEP: R$ ,74 + R$ ,26 Contrapartida (recursos financeiros): R$ ,00 Contrapartida (recursos não financeiros): R$ ,00

3 AMAPÁ Um dos estados da Amazônia com a maior biodiversidade: apenas 5% de território desmatado; Riqueza em oleaginosas Potencial grande a ser explorado tanto para fins alimentícios, medicinais (fitofármacos) quanto ao aproveitamento energético. Centenas de pequenas localidades remotas com geração de eletricidade em grupos-geradores: litros de óleo diesel/mês.

4 OBJETIVO GERAL O desenvolvimento tecnológico que sirva de base para a produção e uso do biodiesel, a partir do beneficiamento de plantas nativas (andiroba, pracaxi, ucuuba, buriti, piquiá, inajá).

5 OBJETIVOS ESPECÍFICOS 1.Mapear e caracterizar espécies oleaginosas amapaenses potenciais para a produção de biodiesel. Duração Prevista: 1-8; 2.Pesquisar e avaliar a viabilidade da utilização de matérias-primas oleaginosas nativas do Amapá na obtenção de biodiesel. Duração Prevista: 3-10; 3.Promover uma capacitação técnico-científica nas instituições de pesquisa do Amapá para o Programa Amapaense de Biodiesel. Duração Prevista: 3-12; 4.Modernizar e credenciar um Laboratório de Análise da Qualidade dos Produtos Extraídos no IEPA. Duração Prevista: 4-12.

6 DESAFIOS/GARGALOS TECNOLÓGICOS 1.Fomentar pesquisas e estudos complementares que permitam reconhecer o potencial das plantas nativas oleaginosas e estimular sua incorporação ao setor produtivo; 2.Fortalecer a infra-estrutura laboratorial e criar um grupo de pesquisa (RH qualificados) em produtos naturais e biotecnologia; 3.Receber mais financiamentos para realização de projetos científicos e tecnológicos que visem o aproveitamento comercial da biodiversidade; 4.Estimular o processo de patenteamento dos novos produtos gerados.

7 RESULTADOS FINALÍSTICOS 1.Disponibilização de um banco de informações sobre espécies vegetais oleaginosas ocorrentes no Amapá, com potencial para participarem do Programa Biodiesel; 2.Criação, no IEPA, de um Laboratório de Análises da Qualidade dos Produtos Extraídos e de assistência técnica; 3.Credenciamento de um Laboratório de Análises de Oleaginosas com potencial para biodiesel; 4.Qualificação de uma equipe técnico-científica voltada para a transferência da tecnologia do Biodiesel para os pequenos e médios produtores; 5.Identificação das características físicas, químicas e bioquímicas das matérias-primas nativas com potencial para participarem do Programa Biodiesel.

8 REPRESENTANTES DO PROGRAMA AMAPAENSE DE BIODIESEL Admilson Moreira Torres José Maria da Silva Secretaria de Estado da Ciência e Tecnologia- SETEC Av. Presidente Vargas, 271 – 2º Andar Centro CEP Macapá-AP Telefone/Fax: (96)


Carregar ppt "PROGRAMA AMAPAENSE DE BIODIESEL Admilson Torres Coordenador de Difusão Tecnológica Brasília, 29 e 30 de março de 2005 PROGRAMA NACIONAL DE PRODUÇÃO E USO."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google