A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

Indicadores sociais e educacionais Palestrante: Túlio Silva de Paula.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "Indicadores sociais e educacionais Palestrante: Túlio Silva de Paula."— Transcrição da apresentação:

1 Indicadores sociais e educacionais Palestrante: Túlio Silva de Paula

2 Indicador e Índice Indicador é um valor calculado segundo critérios rígidos e retrata uma dimensão específica de interesse: econômica, educacional, etc. Índice é uma medida que numericamente combina, ou sintetiza, as informações contidas em dois ou mais indicadores relevantes para um dado objeto em estudo.

3 Importância dos indicadores Os indicadores possuem um papel extremamente importante: nos permitem monitorar a evolução – ou a involução – de aspectos essenciais de nossa vida em sociedade e comparar a nossa situação com a de outros países ou regiões. Normalmente eles consistem em medidas, as mais objetivas e sintéticas possíveis, dos resultados da nossa ação em busca de determinados objetivos.

4 Importância dos indicadores Se queremos que todos tenham um emprego, que todos tenham um salário digno, uma educação de qualidade, que todos disponham de sistema de saúde eficaz, podemos criar indicadores que nos revelem o nível efetivo de emprego, o salário de fato recebido pelas pessoas, o acesso da população aos vários níveis de ensino, a gravidade da mortalidade infantil, etc. A partir dos indicadores, temos duas coisas simultaneamente: um retrato do presente, com base nos nossos objetivos e expectativas atuais, e uma medida temporal, que nos mostra como evoluímos para alcançar esses objetivos.

5 Indicadores educacionais 1. Taxa de analfabetismo 2. Anos de escolaridade ou anos de estudo 3. Escolaridade média e porcentagem por grupo de escolaridade 4. Defasagem idade/série ou distorção idade/série 5. Taxa de atendimento escolar 6. Taxa de escolarização líquida 7. Taxa de escolarização bruta, ou taxa de cobertura escolar, ou taxa de matrícula bruta 8. Taxa de evasão 9. Taxa de reprovação 10. Índices (Ideb e Ideam)

6 Taxa de analfabetismo Proporção entre a população de um determinado grupo de idade e região que não sabe ler nem escrever um bilhete simples na sua língua materna e população total no mesmo grupo de idade e região. Taxa de analfabetismo é utilizada para retratar nível de desenvolvimento socioeconômico de uma região/país. Geralmente calculado para aqueles entre anos. Indicador-resultado de deficiências de oferta e programas educacionais no passado.

7 Fonte: IBGE, Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílios (1992 a 2008)

8 Fonte: IBGE, Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílios (1995 a 2009)

9 Anos de estudo ou escolaridade Informações sobre série e grau mais elevados concluídos com aprovação, além de informação sobre analfabetismo, são utilizadas para o cálculo dos anos de estudo dos indivíduos de uma população. Os anos de estudo geralmente variam de 0 a 17+. Muitas bases de dados possuem a informação de anos de estudo já calculada.

10 IBGE, Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílios

11

12 Escolaridade média ou porcentagem por grupo de escolaridade Escolaridade média é indicador-síntese das condições de provimento de serviços educacionais e padrão de vida da população, no presente e passado recente. É um indicador-resultado de progressão educacional, sendo que sua elevação produz efeitos positivos no: – Nível microeconômico (ganhos individuais crescentes no mercado de trabalho). – Nível macroeconômico (elevação da produtividade da mão-de-obra). Pode-se também calcular a proporção de pessoas com determinado nível de escolaridade.

13

14 Distorção idade-série Proporção de alunos com idade fora da faixa normativa para a série cursada. Proporção de matrículas de pessoas em idade superior à que é considerada adequada para um determinado nível de ensino, com relação ao número total de matrículas na série. Esse indicador é bom para avaliar os níveis de repetência no sistema de ensino.

15 Distorção idade-série, Brasil e Amazonas, 2007 a 2010 Fontes: MEC/INEP/DEED/CSI, 2007, 2008, 2009 e 2010.

16 Taxa de atendimento escolar Proporção entre total de estudantes em todos níveis de ensino para determinada faixa etária e o total de pessoas nessa faixa etária. Calculado para grupos de idade: 4–6 (pré- escolar), 7–14 (fundamental), 15–17 (médio) e 18–22 (superior). Bom indicador para medir a capacidade do sistema de ensino de manter jovens na escola. Porém, muitos dos estudantes podem ser mais velhos que a idade adequeda para o nível de ensino.

17 Taxa de atendimento escolar, Brasil e Amazonas, 2010 Fontes: MEC/INEP/DEED/CSI, 2007, 2008, 2009 e 2010 e Censo Demográfico, 2010.

18 Taxa de escolarização líquida Proporção entre o total de estudantes matriculados de um determinado grupo de idade em um nível de ensino e a população total no grupo de idade. Esse indicador é bom para avaliar a eficiência do sistema de ensino, já que pode ser considerada somente população adequada ao nível de ensino. A taxa de escolarização líquida é específica para um nível de ensino, enquanto a taxa de atendimento escolar inclui todos níveis de ensino no numerador.

19 Taxa de escolarização líquida, Brasil e Amazonas, 2010 Fontes: MEC/INEP/DEED/CSI 2010 e Censo Demográfico, 2010.

20 Taxa de escolarização bruta ou cobertura escolar Proporção entre o número de matrículas em um nível de ensino e a população em idade adequada para esse nível de ensino. Bom indicador para avaliar volume de matrículas com relação à demanda potencial para faixa etária adequada. O indicador pode indicar que existem mais crianças na escola, mas muitos podem não ter idade adequada para o nível de ensino.

21 Taxa de cobertura escolar, Brasil e Amazonas, 2010 Fontes: MEC/INEP/DEED/CSI 2010 e Censo Demográfico, 2010.

22 Taxa de evasão Proporção entre o número de estudantes evadidos ao final do período letivo e o número de matrículas ao final do período letivo. Computada com registros dos alunos matriculados ao começo e final do período letivo. Mede eficácia do sistema em garantir a frequência escolar da população-alvo.

23 Taxa de evasão por segmentos escolares, Brasil e Amazonas, 2008 a 2011 Fontes: MEC/INEP/DEED/CSI 2008, 2009, 2010, 2011.

24 Taxa de reprovação Proporção entre o estudantes reprovados ao final do período letivo e o número de matrículas ao final do período letivo. Calculada com registros de alunos reprovados e matriculados ao final do período letivo. Mede ineficiência do sistema e/ou dificuldade dos alunos em garantir sua progressão pelo sistema de ensino.

25 Taxa de reprovação por segmento escolar, Brasil e Amazonas, 2008 a 2010 Fontes: MEC/INEP/DEED/CSI 2008, 2009, 2010, 2011.

26 Taxa de rendimento Proporção entre o estudantes aprovados ao final do período letivo e o número de matrículas ao final do período letivo. Calculada com registros de alunos aprovados e matriculados ao final do período letivo. Mede ineficiência do sistema e/ou fluxo dos alunos ao garantir sua progressão pelo sistema de ensino.

27 Taxa de aprovação por segmento escolar, Brasil e Amazonas, 2008 a 2011 Fontes: MEC/INEP/DEED/CSI 2008, 2009, 2010, 2011.

28 Índices sintéticos IDH IDEB Índices estabelecidos pelas secretarias de Educação dos estados (IDEPE, IDEGO, IDEAM, etc.)

29 Cálculo do IDEB Acesso Fluxo Qualidade IDEB = 1/T x N Tempo médio para a conclusão da etapa escolar Alto desempenho escolar

30 Fonte: Saeb e Censo Escolar

31

32 Ideam – Índice de desenvolvimento da Educação Básica do Amazonas Foi instituído em Leva em consideração testes de Língua Portuguesa, Matemática, Ciência Humanas e Ciências da Natureza das unidades de educação básica que participam do SADEAM (Sistema de Avaliação do Desempenho Educacional do Amazonas). Calculado para o Ensino Regular e EJA e divulgado para o Ensino Médio (inclui outras disciplinas) e EJA (séries e etapas que não possuem resultados no Ideb).

33 Cálculo do Ideam Mesmos procedimentos do Ideb Indicadores de qualidade SADEAM Taxas de aprovação Censo Escolar

34 Ideam 2011 Fonte: CAEd

35 Indicadores sociais e educacionais


Carregar ppt "Indicadores sociais e educacionais Palestrante: Túlio Silva de Paula."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google