A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

ANESTESIOLOGIA Aula dada para uma turma da enfermagem na FIO.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "ANESTESIOLOGIA Aula dada para uma turma da enfermagem na FIO."— Transcrição da apresentação:

1 ANESTESIOLOGIA Aula dada para uma turma da enfermagem na FIO

2 A dor, de qualquer tipo, tira a dignidade do ser humano, e necessita ser abolida.

3 Nas sociedades antigas, a dor, sem outra causa aparente como o traumatismo, era atribuída à invasão do corpo por maus espíritos e como punição dos deuses.. A dor continua sendo uma das grandes preocupações da Humanidade. Desde os primórdios do ser humano, o homem busca meios para aliviar a dor. A expressão da dor varia não somente de um indivíduo para outro, mas também de acordo com as diferentes culturas. A dor é sempre subjetiva. .

4 DOR Experiência sensitiva e emocional desagradável associada ou relacionada a lesão real ou potencial dos tecidos. Cada indivíduo aprende a utilizar esse termo através das suas experiências anteriores.” IASP- Internacional Association for the Study of Pain AIED

5 Vencer el dolor, vencer los tabúes
Los medios que permiten evitar el dolor en el curso de una intervención quirúrgica son fru­to de una de las más largas series de descubrimientos de la historia.

6 De origem grega, a palavra quer dizer
ANESTESIA De origem grega, a palavra quer dizer "sem sensibilidade". É o estado de total ausência de dor durante um procedimento.

7 (1882), de Robert Hinckley.. Ilustra a primeira demonstração pública com êxito de uma anestesia de outubro de DIA DO ANESTESISTA

8 a primeira anestesia foi esta
Na verdade a primeira anestesia foi esta Michelangelo, (Capela Sistina, Vaticano)

9 Gênesis . Então o Senhor Deus fez cair UM SONO PROFUNDO sobre o homem e ELE ADORMECEU Tirou-lhe uma das costelas e fechou o lugar com carne. Depois, da costela tirada do homem, o Senhor Deus formou a mulher e apresentou ao homem.

10 HISTORIA DA ANESTESIA

11 HISTORIA DA ANESTESIA CONTENÇÃO CONCUSSSÃO ESTRANGULAMENTO DORMIDEIRA
BEBIDA ALCOOLICA INALATORIA GERAL ENDOVENOSA

12 HISTORIA DA ANESTESIA CONTENÇÃO
O cirurgião tinha uma equipe com cinco profisionais para a contenção 2 nos braços 2 nas pernas 1 na cabeça 5 anestesistas

13 HISTORIA DA ANESTESIA CONCUSSÃO COLOCAVA UMA TIGEELA
DE MADEIRA SOBRE A CABEÇA E GOLPEAVA ATE O PACIENTE PERDER A CONSCIENCIA O anestesista era treinado para golpear a tigela com força suficiente para quebrar uma amendoa deixando o cranio intacto

14 ESTRANGULAÇÃO 3000 A.C. Los asirios conocían un método eficaz para causar "anestesia", aunque no exento de peligro, comprimiendo la carótida a nivel del cuello con la consiguiente isquemia cerebral y la aparición de un estado comatoso lo cual era aprovechado para la cirugía. Usado na Italia no seculo XVII

15 HISTORIA DA ANESTESIA A.C. A los niños del antiguo Egipto se les administraba adormidera por las noches para que dejaran descansar a sus padres. DORMIDEIRA A.C.  Hipócrates usa la "esponja soporífera", impregnada con una preparación de opio, beleño y mandrágora. Hipócrates decía que, una vez reconocida la lesión, el cirujano debía "preparar adecuadamente el campo, colocarse en un lugar bien iluminado, tener las uñas cortas y ser hábil en el manejo de los dedos, sobre todo el índice y el pulgar.

16 ESPONJA SOPORIFERA componentes: ópio, suco de amoras amargas, suco de eufórbia, suco de meimendro, suco de mandrágora, suco de hera, sementes de bardana, sementes de alface e sementes de cicuta - uma onça de cada (28,7 g). Modo de preparar e de usar: misturar bem, colocar em um recipiente de cobre com uma esponja, ferver até a evaporação total. Para usar, mergulhar a esponja em água quente por uma hora; a seguir colocá-la sob as narinas do paciente até que ele durma..

17 BEBERRAGEM Muito usada ASIA - papoula +ópio ROMA – mandrágora +vinho
GRECIA - gotas de papoula Bebida alcoólica muito usada Filadélfia – Álcool para relaxar a musculatura e reduzir fraturas Vinho o mais usado Deram até para Cristo pregado na cruz

18 Tendo Jesus tomado o vinagre, disse: `Tudo está consumado'
Tendo Jesus tomado o vinagre, disse: `Tudo está consumado'. E, inclinando a cabeça, rendeu o espírito". Jo. 19, 30

19 REFERENCIA A ANESTESIA
A mais antiga referência escrita sobre anestesia que se conhece foi encontrada no tratado de Trinitate de St. Hilaire de Poliers (cerca de 350 A.C), que escreveu: “A alma pode ser levada ao sono por medicamento e, assim, superar à dor e produzir na mente um esquecimento em seu poder de percepção, semelhante à morte".

20 HISTORIA DA ANESTESIA INALATORA
LONG 1942 JOSE PRIESTLEY 1773 HUMPHRY DAVY 1779 HENRY HICKMAN 1924 J H SMITH 1863 Jackson 1844 MORTON 1846 Wells 1844

21 PROTOXIDO DE NITROGENIO 1773
JOSEH PRIESTLEY PROTOXIDO DE NITROGENIO 1773 HUMPHRY DAVY FARMACEUTICO INGLES -USAVA O N02 PORQUE ERA AGRADAVEL E FAZIA RIR GAS HILARIANTE DEIXOU ESCRITO “O GAS HILARIANTE TEM A PROPRIEDADE DE ACALMAR A DOR E DEVERIA SER EMPREGADO NA MEDICINA “ MICHEL FARADAY “O ETER POSSUI EFEITOS ESTUPEFACIENTE E PODE SER USADO NA MEDICINA”

22 CIRURGIÃO INGLES USAVA O PROTOXIDO EM ANIMAIS ( CAMPANULAS COM PROTOXIDO + OXIGENIO)
A MEDICINA LONDRINA NÃO PERMITIA EM HUMANOS FOI PARA A FRANÇA , TENTAR USAR EM HUMANOS A SOCIEDADE DE PARIS , NÃO PERMITIU MANDOU DE VOLTA FOI ENCONTRDO MORTO POUCO DIAS DEPOIS HENRY HICKMAN 1924

23 MEDICO – GEORGIA- USAVA ETER EM FESTAS DOS ESTUDANTES
FORMADO PASSOU A USAR NA MEDICINA DIA 30 MARÇO 1842 – NA PRESEÇA DE MUITAS PESSOAS RETIROU UM TU CERVICAL E AMPUTOU DOIS DEDOS DE UM MENINO , Usava éter aplicado a um pedaço de pano, e o paciente não se queixou de dor. FEZ MAIS OITO CIRURGIAS COM ETER PROVANDO O VALOR DO ETER MESMO ASSIM FOI PROIBIDO DE CONTINUAR USANDO ETER No entanto, Long talvez não percebendo a importância de seu feito, não se preocupou em publicar seu experimento

24 Nos espetáculos de inalação de gás hilariante WELLS ,DENTISTA percebeu que o N2O causava insensibilidade. Teve, então, a idéia de utilizá-lo em extrações dentárias. Fez uma experiência em si mesmo solicitando a um seu colega DENTISTA DR RIGGS que lhe extraísse um dente após inalação do N2O. Não somente não sentiu dor como experimentou uma sensação de euforia e bem-estar. WELLS 1844 Entusiasmado, dirigiu-se à Boston, onde conseguiu permissão para fazer uma demonstração perante professores e estudantes da Faculdade de Medicina de Harvard. Um estudante se ofereceu como cobaia e a demonstração foi um fracasso. O estudante gritou de dor e Wells foi posto para fora como charlatão e impostor.         Ao fazer nova tentativa em sua cidade, administrou quantidade excessiva de gás e o paciente teve parada respiratória e por pouco não morreu. Desanimado, abandonou suas experiências

25 e suicidou se num presidio
WELLS - Fracassado , drogado viciado ,abandonou a odontologia e suicidou se num presidio MORTON em disputa para recuperar o dinheiro perdido por causa do do Dr Jackson , enfartou indo para a casa do Jackson em Nova York Aqui jaz W.T.G. MORTON, o descobridor e inventor da anestesia . Antes dele, a cirurgia era sinônimo de agonia. Por ele foram vencidas e aniquiladas as dores do bisturi. Depois dele a ciência é senhora da dor. Erigido pelos cidadãos reconhecidos de Boston. Jackson, ao tomar conhecimento deste epitáfio, sentiu-se finalmente derrotado, tornou-se alcoólatra e terminou seus dias em um Hospício, onde morreu em 1880, aos 75 anos de idade LONG viveu o resto de sua vida arrependido por não ter divulgado sua descoberta, realizada em 1842, portanto, quatro anos antes de Morton, e faleceu subitamente aos 63 anos de idade.

26 , W T Gn Morton, dentista em Boston, perseverou no propósito de obter extrações dentárias sem dor e sem colocar em risco a vida do paciente. Substituiu o NO2 por éter, ORIENTADO pelo seu professor de Química, Charles Thomas Jackson, que lhe recomendou usar somente éter .   Morton     Morton cursando o segundo ano de medicina , obteve permissão para uma demonstração no Massachusetts General Hospital. Assim chegamos ao dia 16 de outubro de Ao término da histórica operação que mudou o destino da Cirurgia, Warren proferiu as seguintes palavras: Daqui a muitos séculos, os estudantes virão a este Hospital para conhecer o local onde se demonstrou pela primeira vez a mais gloriosa descoberta da ciência.

27 Como escreveu Fülöp Muller,
dir-se-ia que uma estranha maldição pairava sobre todos os que consagraram sua vida e sua obra a lutar contra a dor.

28 SÃO LUCAS 18 DE OUTUBRO DIA DO MEDICO
LONG 30 DE MARÇO DIA DO DO MEDICO EEUU WELLS 16 DE OUTUBRO DIA DO ANESTESIOLOGISTA BRASIL Segundo a tradição, São. Lucas era médico, além de historiador, e teria estudado medicina em Antióquia. Possuindo maior cultura que os outros evangelistas, seu evangelho utiliza uma linguagem mais aprimorada que a dos outros evangelistas, o que revela seu perfeito domínio do idioma grego. SÃO LUCAS DE OUTUBRO DIA DO MEDICO

29 . Em 1847, ele realizou o primeiro parto sem dor da história, A IGREJA foi contra
DARAS A LUZ COM DOR A mãe da menina, no entanto, ficou para lá de agradecida e batizou a criança com o nome de ANESTESIA J H SIMPSON O clorofórmio logo caiu nas graças das mulheres e a própria rainha Vitória solicitou os préstimos de Simpson, que pôs no mundo os príncipes Leopoldo e Beatriz, os dois últimos filhos da soberana da Inglaterra.Mais tarde descobriram ambos nasceram hemofílicos. Os adversários do "Doutor Clorofórmio" acusaram-no de causar o mal nas crianças, dizendo que um castigo de Deus se abatera sobre elas. Hoje se sabe que a acusação era bobagem.

30 COM 20.000 EXTRAÇÕES DENTARIAS
J H SMITH DENTISTA 1865 SMITH renasceu o uso do N2O COM EXTRAÇÕES DENTARIAS SEU USO GENERALIZOU NOS EEUU EM ODONTOLOGIA E EM ANESTESIA GERAL MUITO USADO ATUALMENTE

31 ISOFLURANO PROPOFOL DESFLURANO SEVORANE 1903 ADRENALINA + COCAINA BARBITURICOS TETRACAINA CICLOPROPANO XILOCAINA HALOTANO METOXIFLUORANO JOSE MARQUES APOLINARIO TSA-SBA


Carregar ppt "ANESTESIOLOGIA Aula dada para uma turma da enfermagem na FIO."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google