A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

Reduza Pratique os 4 R’s 5 R’s 8 R’s Repense Recicle Reutilize.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "Reduza Pratique os 4 R’s 5 R’s 8 R’s Repense Recicle Reutilize."— Transcrição da apresentação:

1 Reduza Pratique os 4 R’s 5 R’s 8 R’s Repense Recicle Reutilize

2 Objetivos Informar e sensibilizar para as consequências de nossos hábitos de consumo no meio ambiente. Motivar para mudanças de atitudes e promover o consumo consciente.

3 Vamos praticar...

4 Situação Atual Crescimento populacional Acelerado processo de urbanização

5 Desenvolvimento tecnológico com uso indiscriminado de recursos naturais sem pensar nos resíduos. Crescimento do consumo sem preocupação com descarte. v

6 Consumo Irr esponsável Fotos: Folha de São Paulo e Globo 2012

7 Tem gerado aumento considerável na produção de lixo ou resíduos sólidos. Consumo INsustentável

8 É coisa Inútil? É coisa Velha? É coisa sem valor? É c oisa suja? Vocês concordam que tudo deve ser jogado fora? LIXO?

9 Lei nº Agosto de 2010 um conjunto de atribuições de fabricantes, importadores, distribuidores, comerciantes, consumidores e titulares dos serviços públicos de limpeza urbana e de manejo dos resíduos sólidos,  para minimizar o volume de resíduos sólidos e rejeitos gerados,  reduzir os impactos causados à saúde humana e à qualidade ambiental decorrentes do ciclo de vida dos produtos. Política Nacional de Resíduos Sólidos

10 CLASSEO QUE SÃODISPOSIÇÃO I – Perigosos: apresentam riscos ao meio ambiente ou à saúde Embalagens de pesticidas e herbicidas Resíduos gerados em indústrias químicas e farmacêuticas Aterros específicos ou Incinerados II - Não-InertesLixo domésticoAterros sanitários III - InertesRestos de construção Incinerados Classificação Resíduos

11 Tipos de resíduos sólidosResponsável DomiciliarPrefeitura ComercialPrefeitura PúblicoPrefeitura Serviços de saúdeGerador (hospitais etc.) IndustrialGerador (indústrias) Portos, aeroportos e terminais ferroviários e rodoviários Gerador (portos etc.) AgriculturaGerador (agricultor) EntulhoGerador * Prefeitura Responsabilidade Compartilhada Gerenciamento

12 1,0 kg/dia de lixo. Quantos quilos de lixo uma pessoa produz na vida? IDADEDIAS DO ANO 365 KG/DIAXX Cada pessoa produz, em média, Fontes: Inventário Cetesb de Resíduos Sólidos 2011 =

13 Fonte: Planeta Sustentável 2010 Na Cidade de São Paulo Produzido de 18 mil toneladas / dia % Resíduos Sólido Urbano

14 um dos maiores problemas da sociedade moderna São produzidas 2,5 milhões ton./ano de garrafas plásticas São produzidos 40 milhões / pneus/ ano no Brasil Resíduos Sólidos

15

16 No Mundo São produzidas 500 bilhões de sacolas/ ano 1,4 bilhão/dia ou 1 milhão/ min. No Brasil São produzidas 1 milhão sacolas / mês 66 sacolas/ mês/ pessoa

17 Fontes: Vídeo Leão

18 No mundo são produzidos 50 milhões/ton. de lixo eletrônico/ ano 2,6 kg por habitante/ ano APENAS 1% deste total é encaminhado para a reciclagem. Fonte e-lixo 2011 O Brasil produz 500 mil ton. / ano de sucata eletrônica E- Lixo

19 Pilhas, baterias, celulares, DVD, CD, computadores, lâmpada fluorescentes, televisores e rádios possuem substâncias tóxicas como chumbo e mercúrio, bastante nocivas para a saúde humana. Fonte Sucatas, 2011

20 Plataforma nacional de logística reversa - foi criada para facilitar o acesso às companhias especializadas em descarte de resíduos sólidas − Consulte : Para pilhas e baterias: − SUZAQUIM Indústrias Químicas Ltda - Descontaminação de lâmpadas fluorescente: − APLIQUIM - / Destino dos materiais

21 Proíbe que as Prefeituras de recebam os resíduos de construção e demolição nos aterros sanitários. Cada Município terá um plano integrado de gerenciamento de resíduos da construção civil Sério problema nas grandes cidades Entulhos Construção Civil Resolução CONAMA nº 307/04

22 LIXÕES Para onde vai todo esse Lixo

23 887 toneladas É o volume de lixo que os aterros ilegais recebem diariamente no Estado de São Paulo Fonte – Inventário de resíduos sólidos domiciliares Secretaria do Estado do Meio Ambiente – /2012 Lixões

24 Enchentes Doenças Contaminação dos alimentos Contaminação da água e do solo Consequências

25 Aterros Controlados

26 Aterros Sanitários

27  Produziu 62 milhões de ton./ano  Coletou 87% do lixo produzido na área urba na O Brasil em 2011 Fontes: Pesquisas ABRELPE 2010 e 2011 e IBGE 2010 e 2011

28 Fonte: Pesquisa ABRELPE 2011 Total coletado em % por região Norte Nordeste Centro Oeste Sudeste SuL Resíduos Sólido Urbano

29 Coletados no Brasil Fontes: Pesquisas ABRELPE 2010 e 2011 Ton./ano Destinação Final dos RSU

30 no Brasil Fontes: Pesquisas ABRELPE 2010 e 2011 Municípios com Coleta Seletiva

31 Municípios de Estado de S. Paulo IQR IQR 2010 Fonte – Inventário de resíduos sólidos domiciliares - Secretaria do Estado do Meio Ambiente – /2012 Índice de Qualidade dos Aterros

32 Variável em função das condições dos aterros sanitários e lixões Cascas de Frutas 3 meses Jornal 2 a 6 semanas Embalagem de Papel 1 a 4 meses Ponta de Cigarro 2 anos Chicletes 5 anos Lata de Alumínio 100 a 500 anos Tampa de Garrafa 100 a 500 anos Pilha 100 a 500 anos Saco/Copo de Plástico 200 a 450 anos Garrafa / Frasco de Vidro Tempo indeterminado Tempo de decomposição

33 Para evitar o Desperdício e a Poluição? Educar para consumo consciente Buscar um mundo melhor a partir de escolhas conscientes na forma de produzir e consumir serviços, produtos e recursos naturais. O que podemos fazer

34 REDUZIR REUTILIZAR RECICLAR REPENSAR Praticar os 4 R‘s

35 Vamos refletir.... Temos 24 horas para atitudes ambientalmente corretas ou não... Depende de nós. Pense no seu dia tudo o que você consome e desperdiça Agora liste o que é possível mudar! O que podemos fazer?

36 Sobre nossos hábitos, costumes e atitudes como cidadão e consumidor Repensar

37 A geração do lixo Otimizar a utilização de papéis CONSUMIR o necessário Dar prioridade a produtos duráveis Regular máquinas e equipamentos Não DESPERDIÇAR Embalagens plásticas Materiais Mão-de-obra água, luz, telefone Evitar o retrabalho Reduzir

38 Prefira materiais permanentes e de boa qualidade Evitar o uso de descartáveis

39 Acessórios Móveis Papéis Brinquedos Tecidos Caixas Livros Conserte o que está quebrado ou doe o que não usa. Reutilizar

40 Reaproveitar Reutilizar ou

41 Devolver o material usado ao ciclo de produção Reciclagem depende de boa coleta seletiva Reciclar

42 Papel Ciclo da reciclagem

43 Plástico Ciclo da reciclagem A lei brasileira determina que o material reciclado não pode ser reaproveitado em embalagens de produtos alimentícios ou remédios. ;

44 Ciclo da reciclagem

45 98% das latas de alumínio _______________ ___ 1 ton. Vale R$ % das garrafas de plástico _______________ ___ 1 ton. vale R$ Fonte: Associação Brasileira de Empresas de Limpeza Pública (Abrelpe)_ A Título de comparação: 1 ton. de cana de açúcar vale _______________ ___ R$ 40,00 Reciclagem

46 Sistema de recolhimento de materiais recicláveis, tais como papéis, plásticos, vidros, metais e orgânicos, previamente separados na fonte geradora. Coleta Seletiva

47 Deposite seus resíduos nos recipientes apropriados PapelMetalPlástico Vidro Resolução Conama 275 de 25/04/2001 Coletores

48 Dependendo do tipo de resíduo Coletores outros materiais

49 Não recicláveis Recicláveis Dependendo do sistema municipal de coleta No cotidiano

50 Hoje, quase tudo pode ser reciclável. E sempre surgem novas tecnologias, permitindo reciclar o que antes não se podia. Instituto Akatu

51 Responsabilidade Compartilhada Deve ser uma rotina com o aumento da consciência ambiental. Dever de Todos - separar os resíduos gerados nas residências e no ambiente de trabalho É decisiva para aumentar a quantidade e qualidade do materiais recicláveis.

52 Pense global. Atue local Tudo depende de nós Visão Global

53 Responsabilidade Social Empresarial


Carregar ppt "Reduza Pratique os 4 R’s 5 R’s 8 R’s Repense Recicle Reutilize."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google