A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

Anatomia e Fisiologia Animal Aula 5. Sistema Muscular João Paulo V. Alves dos Santos Eng° Agrônomo/ESALQ-USP

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "Anatomia e Fisiologia Animal Aula 5. Sistema Muscular João Paulo V. Alves dos Santos Eng° Agrônomo/ESALQ-USP"— Transcrição da apresentação:

1 Anatomia e Fisiologia Animal Aula 5. Sistema Muscular João Paulo V. Alves dos Santos Eng° Agrônomo/ESALQ-USP

2 Anatomia e Fisiologia Animal Aula 5. Sistema Muscular Função Muscular: Movimentação do esqueleto Alterações na quantidade de sangue fornecido às partes corpóreas Transporte de alimentos pelo trato digestivo Geração de calor corpóreo Circulação de sangue (em geral)

3 Anatomia e Fisiologia Animal Aula 5. Sistema Muscular Células Musculares: forma Tecido Muscular, origem Mesodérmica, caracterizado pela propriedade de contração e distenção Tecido Muscular: 80% do peso viso de um animal vertebrado Músculo Liso: Não apresenta estriações visíveis Células em formato de fuso (fusiformes) com núcleo central Regulada pelo SNA Localizada em órgãos que requerem movimentos de natureza automática

4 Anatomia e Fisiologia Animal Aula 5. Sistema Muscular Músculo Liso: Miofilamentos do músculo constituído por 2 proteínas contráteis: Actina Miosina Componentes muscular das estruturas ocas (vasos sanguíneos, tubo digestivo, sistema reprodutor, glândulas, etc) Associado à contrações lentas e de longa duração

5 Anatomia e Fisiologia Animal Aula 5. Sistema Muscular Musculatura Lisa:

6 Anatomia e Fisiologia Animal Aula 5. Sistema Muscular Músculo Cardíaco: Encontrado somente no coração Regulado pelo SNA Possui estriações (caracterizadas pela alternância de bandas claras e escuras) Formado por células alongadas, com contornos irregulares Contração rápida e vigorosa Apresenta longo período refratário, ou seja, após uma contração não consegue contrair durante certo tempo

7 Anatomia e Fisiologia Animal Aula 5. Sistema Muscular Músculo Cardíaco: Miocárdio: forma a parede muscular do coração, responsável pela sua contração

8 Anatomia e Fisiologia Animal Aula 5. Sistema Muscular Músculo Estriado (Musculatura Estriada Esquelética): Recobre a maior parte do organismo animal Popularmente denominado: carne Citoplasma das células musculares estriadas = rico em miofibrilas Miofibrilas contráteis - compostas por 2 proteínas: Actina e Miosina Padrão definido de estrias transversais

9 Anatomia e Fisiologia Animal Aula 5. Sistema Muscular Músculo Estriado (Musculatura Estriada Esquelética): Formado por conjunto de membranas agrupadas:

10 Anatomia e Fisiologia Animal Aula 5. Sistema Muscular Músculo Estriado (Musculatura Estriada Esquelética): Contração de um músculo estriado esquelético: Voluntária Ocorre através do deslizamento dos filamentos de actina sobre os de miosina Impulso nervoso que chega à fibra através de um nervo Constituído por 3 tipos de fibra: vermelhas, brancas e intermediárias (presente em todos os músculos, em alguns animais há predominância de um determinado tipo de fibras)

11 Anatomia e Fisiologia Animal Aula 5. Sistema Muscular Músculo Estriado (Musculatura Estriada Esquelética): Fibras Musculares Vermelhas: Mais mioglobina e mais mitocôndrias do que fibras brancas Ex.: músculo peitoral vermelho de pombas (diferente da musculatura branca de galinhas) Contração mais lenta Esgotamento mais lento

12 Anatomia e Fisiologia Animal Aula 5. Sistema Muscular Músculo Estriado (Musculatura Estriada Esquelética): Fibras Musculares Brancas: Contração rápida Esgotamento mais rápido A distribuição de fibras no organismo está diretamente associada à sua demanda funcional

13 Anatomia e Fisiologia Animal Aula 5. Sistema Muscular Músculo Estriado (Musculatura Estriada Esquelética): Contração muscular = encurtamento de fibras Actina desliza sobre miosina Sarcômeros = fileiras de unidades contráteis

14 Anatomia e Fisiologia Animal Aula 5. Sistema Muscular Músculo Estriado (Musculatura Estriada Esquelética):

15 Anatomia e Fisiologia Animal Aula 5. Sistema Muscular Músculo Estriado (Musculatura Estriada Esquelética):

16 Anatomia e Fisiologia Animal Aula 5. Sistema Muscular Músculo Estriado (Musculatura Estriada Esquelética): 1-) Impulso nervoso chega ao terminal nervoso e libera acelticolina 2-) Acetilcolina (neurotransmissor) combina com receptores na célula muscular 3-) Membrana da célula muscular se despolariza 4-) A despolarização leva a liberação de Ca++ do retículo sarcoplasmático para o citoplasma 5-) Ca++ forma complexo com as proteínas contráteis 6-) Os filamentos de actina /miosina se contraem levando à diminuição do tamanho do sarcômero(devido à aproximação de 2 linhas Z) 7-) Muitos sarcômeros contraindo-se juntos levam à contração de todo o músculo

17 Anatomia e Fisiologia Animal Aula 5. Sistema Muscular Músculo Estriado (Musculatura Estriada Esquelética): Creatina: composto de aminoácidos naturais, presente no músculo Responsáveis pela reserva energética no mecanismo de contração muscular Encontrada também nas células cerebrais (importante para desenvolvimento e capacidade cerebral) Cãimbra: contração involuntária da musculatura. Resultado de exercícios físicos além da capacidade muscular: falta de de oxigênio, produção de ácido lático, redução de cálcio e potássio

18 Anatomia e Fisiologia Animal Aula 5. Sistema Muscular Músculo Estriado (Musculatura Estriada Esquelética): Célula em repouso: interior Ca + Na + K (íons) Célula estimulada: íons entram em ação – bomba de Na + K, transmissão de impulso nervoso; Associação ao mecanismo contrátil Aporte inadequado de minerais = comprometimento do funcionamento adequado do sistema muscular Ex.: Animal deitado/caído (prostrado/cansado) – Ca endovenoso

19 Anatomia e Fisiologia Animal Aula 5. Sistema Muscular

20 1. Pescoço 2. Agulha (Acém) 3. Filé de Costela (Entrecôte) 4. Contrafilé 5. Filé Mignon 6. Alcatra 7. Costela do Dianteiro 8-9. Costela / Janela Ponta da Agulha Sem Vazio 10. Peito 11. Músculo Mole 12. Ponta de Peito 13. Vazio 14. Patinho 15. Coxão Duro 16. Lagarto 17. Peixinho 18. Raquete 19. Miolo da Paleta 20. Chapéu de Bispo Paleta Paleta 21. Músculo Duro (Garrão) 22. Patas 23. Coxão Mole 24. Cupim 1. Neck 2. Chuck 3. Cuberoll 4. Striploin 5. Tenderloin 6. Rump 7. Ribs Roast 8-9. Short Ribs Rib Plate 10. Brisket Point End 11. Leg of Shank 12. Brisket Point End 13. Thin Flank 14. Knuckle 15. Outside (Flat) 16. Eyeround 17. Chuck Tender 18. Oyster Blade 19. Shoulder Heart 20. Hand Beef Shoulder Clod Shoulder Clod 21. Shin /Shank 22. Feet 23. Topside 24. Hump 1. Collo 2. Reale 3. Costata Disossata 4. Roast Beef 5. Filetto 6. Scamone 7. Costole Anteriori 8-9. Bianco Costato Coste Senza Pancetta 10. Petto 11. Rosetta 12. Punta di Petto 13. Pancetta 14. Noce 15. Sottofesa 16. Magatello 17. Fusello (Girello di Spalla) 18. Aletta (Copertina) 19. Traverso di Spalla 20. Brione Spalla Spalla 21. Geretto 22. Piedi 23. Fese Anca 24. Cupim

21 Anatomia e Fisiologia Animal Aula 5. Sistema Muscular Importância do acabamento de gordura (carnes/cortes): Proteção da carcaça contra o frio das câmaras Evitar enrijecimento e escurecimento da carne Permite agregar valor comercial a determinados cortes (padrão: exportação) Novilho Precoce: maciez + qualidade

22 Anatomia e Fisiologia Animal Aula 5. Sistema Muscular Incisivos PermanentesZebuínosTaurinos 0 a meses18-28 meses meses24-31 meses meses32-43 meses Dentição Completa52-60 meses36-56 meses

23 Anatomia e Fisiologia Animal Aula 5. Sistema Muscular Importância do acabamento de gordura (carnes/cortes): Novilho ideal: 18 a Acabamento de gordura: 4 a 10 mm Maturidade ideal: máximo até 4 dentes (36 meses)


Carregar ppt "Anatomia e Fisiologia Animal Aula 5. Sistema Muscular João Paulo V. Alves dos Santos Eng° Agrônomo/ESALQ-USP"

Apresentações semelhantes


Anúncios Google