A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

Centro Brasileiro de Pesquisas Físicas Coordenador: Ivan S. Oliveira Substituto: Raul O. Vallejos Comissão de Pós-Graduação: Evaldo M. F. Curado – TEO.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "Centro Brasileiro de Pesquisas Físicas Coordenador: Ivan S. Oliveira Substituto: Raul O. Vallejos Comissão de Pós-Graduação: Evaldo M. F. Curado – TEO."— Transcrição da apresentação:

1 Centro Brasileiro de Pesquisas Físicas Coordenador: Ivan S. Oliveira Substituto: Raul O. Vallejos Comissão de Pós-Graduação: Evaldo M. F. Curado – TEO João P. Sinnecker – EXP Nami F. Svaiter – ICRA Alexandre M. Rossi – APL Sérgio B. Duarte – Lafex Geraldo R. Cernicchiaro – M.P. Kim Veiga – A.P.G. José A. Ricardo e Elisabete V. de Sousa – Secretaria de P.G.

2 Áreas de Concentração e Linhas de Pesquisa Coordenação de Física Teórica – Álgebras generalizadas em Teoria de Campos; Caos quântico; Cosmologia, Gravitação e Dinâmica não-Linear; Física Estatística; Transições de Fase e Sistemas Complexos; Probabilidades, Modelos Estocásticos e Fenômenos Críticos. Coordenação de Física Experimental – Dinâmica da Magnetização; Estrutura eletrônica e Fenômenos coletivos; Férmions pesados; Supercondutores; Informação Quântica por RMN; Meteorítica; Nanofabricação; Materiais magnéticos; Nanoscopia; Superfícies e nanoestruras. Coordenação de Física Aplicada – Automação e Instrumentação Científica; Biomateriais e Aplicações biomédicas; Biominerais e Biomoléculas; Moléculas e Superfícies; Detectores, Aplicações de Plasmas. Coordenação de Cosmologia, Relatividade e Astrofísica – Cosmologia Relativística; Teoria Quântica de Campos; Cosmologia Quântica; Lentes Gravitacionais; Energia Escura; Eletrodinâmica não-Linear. Coordenação de Física Experimental de Altas Energias – Bárions Charmosos; Neutrinos de Reatores; Física Nuclear e Astrofísica; Sabores Pesados; Partículas Elementares; D0; DELPHI; Raios Cósmicos; Pierre Auger.

3 Destaques Labnano – Instalação do Laboratório Multiusuário de Nanociência e Nanofabricação, contendo: Microscopia Eletrônica de Varredura, Microscopia Eletrônica de Transmissão; Nanolitografia, FIB. RMN – Instalação de novo equipamento VARIAN 500 MHz para estudo de materiais e processamento da informação quântica (FAPERJ). Laser de elétrons livres – Radiação produzida na faixa de 0,3-1,2 THz, que pode ser utilizada em várias aplicações em Física e Biologia. Superfícies e Nanoestruras – Produção de materiais nanoestruturados em superfícies, por sputtering; produção de materiais cerâmicos biocompatíveis. Sede do INCT de Sistemas Complexos. Caos quântico; Descoerência em sistemas quânticos abertos. Modelos Cosmológicos sem Singularidades, e suas conseqüências observacionais; projeto Dark Energy Survey para a interpretação da matéria escura. Novas técnicas de análise da interação próton-antipróton para determinação dos números quânticos do bóson de Higgs; Estudos de violação CP; Projeto neutrinos; Projeto Auger.

4 Formação dos Alunos Número total de alunos – 110: Doutorandos 66, e Mestrandos 44 Infra laboratorial e apoio – SQUID, PPMS; RX; Mössbauer; RMN; Filmes; Medidas elétricas; EPR; Litografia por feixes de elétrons; Microscopia de Força Atômica (e Magnética); Microscopia eletrônica de transmissão; Microscopia eletrônica de varredura; Preparação de nanofios por eletrodeposição; Química; Oficina mecânica; carpintaria; Preparação e tratamento térmico de amostras; Apoio para computação. Biblioteca com mais de títulos cadastrados com acesso a periódicos e catálogo de livros pela Internet; ~ 92% dos alunos com mesas individuais e computadores pessoais ligados na internet. Até o final do ano serão 100%; Cursos - Agenda de cursos até ; básicas obrigatórias, básicas eletivas, fundamentos de área. Mais de 20 mini-cursos especializados por ano. Avaliação continuada dos Cursos Básicos pelos alunos. Participação em Eventos – Escola do CBPF, ENAF, Semana Nacional de C&T, outros. Em 2009 foram 16 eventos, entre Conferências, Escolas, Simpósios e Workshops. Cursos de Idiomas – Aulas de inglês e Redação Científica em Português. Participação da A.P.G. – A representação dos estudantes participa de todas as decisões relacionadas à formação científica, e administração dos recursos da Instituição (CFC e COCI).

5 Corpo Docente Cadastro tri-anual baseado em critérios de produtividade e participação na Pós-Graduação (cursos, orientações, etc.). Total de 56 pesquisadores, assim distribuídos nas Coordenações: EXP = 14 ; TEO = 13; ICRA = 6; APL = 9; LAFEX = 14; Permanentes = 51; Colaborador = 3; Visitante = 2 EXP/TEO = 1,1 Dentre os Permanentes: Bolsistas CNPq: 76,8% (39) Bolsistas Nível 1 CNPq: 69,8% (27) Bolsistas Nível 1A CNPq: 22,0% (6) 70% do CD – no momento – orienta pelo menos 1 tese. Todas as áreas estão contempladas. Todos os docentes são doutores, todos os cursos oferecidos são de nível de pós-graduação. Número total de artigos do CD em revistas indexadas: 2007 = 168; 2008 = 210 ; 2009 = 190. Número de artigos associados a Teses: 2007 = 23 ; 2008 = 29 ; 2009 = 31.

6 Qualidade das Publicações do CBPF 568 ARTIGOS NO TRIÊNIO

7 Corpo Discente, Teses e Dissertações N o de alunos – 110 alunos (M+D); 30% estrangeiros; 25 % (dos brasileiros) de fora do Rio. Distribuição de bolsas de estudo Estudantes nas Coordenações Fração de estudantes na área experimental: ~ 50% AgênciaMestradoDoutoradoTotal CAPES CNPq83644 Projetos61016 FAPERJ235 Sem bolsa7714 EXPTEOLAFEXAPLICRAS/C

8 Corpo Discente - continuação Número de teses defendidas no triênio (5 TESES DE DOUTORADO DIRETO): Tempo médio de conclusão das teses (em meses): Número médio de artigos por tese de doutorado: 2,5 (no CBPF existe a obrigatoriedade de publicação de pelo menos 1 artigo para defesa de doutorado). Número médio de estudantes por Docente: ~ 2 (Todas as áreas de pesquisa estão contempladas) Mestrado25,227,427,2 Doutorado57,156,250, Mestrado Doutorado121311

9 Inserção Social Cerca de metade dos alunos do CBPF são de fora do Rio de Janeiro e, destes, metade são estrangeiros.; A Escola do CBPF é um evento bi-anual que atrai cerca de 500 estudantes de graduação e pós-graduação, dos quais cerca de 150 são de fora do Rio de Janeiro; Programa de IC do CBPF recebe alunos das várias instituições de ensino do Rio de Janeiro. Atualmente são 71 estudantes de IC no CBPF. O CBPF possui o Programa de Vocação Científica (PROVOC), que recebe alunos do primeiro ano do Ensino Médio, pelo período de 1 ano. Este Programa já existe a mais de 10 anos e já atraiu dezenas de alunos para as carreiras científicas e tecnológicas; O CBPF possui um Laboratório Didático (LabDid), voltado para o ensino de Física para alunos do Ensino Médio, e reciclagem/treinamento de professores ; O CBPF possui um programa de divulgação científica através de folhetos temáticos. Já são centenas de folhetos versando sobre 11 temas de fronteira da Física, escritos para o público leigo; Vários membros do CD do CBPF são autores de livros de divulgação científica. A divulgação científica é uma preocupação permanente do CBPF, que possui também uma participação muito forte na Semana Nacional de Ciência e Tecnologia.

10 Liderança e Inserção Internacional (os dados a seguir são de 2009, mas típicos para os outros anos) O CBPF mantém dezenas de projetos de cooperação internacional. Em 2009 contabilizamos 28 projetos internacionais, com destaque para as grandes colaborações no FERMILAB e CERN, projetos bilaterais (CAPES e CNPq) com instituições estrangeiras, além de projetos veiculados pelo CNRS, TWAS, CLAF, e várias universidades e institutos estrangeiros. No âmbito nacional o CBPF tem colaborações com várias instituições (UFRJ, UERJ, PUC, UFF, UFPE, UFAL, LNLS, LNCC, LNA, USP, UNICAMP, UFMG, etc.) e participa de projetos de âmbito nacional (INCT de Informação Quântica, INCT de Sistemas Complexos (do qual é sede), INCT de nanociências, etc.). O CBPF recebe todos os anos dezenas de pesquisadores visitantes, do Brasil e do Exterior, através dos vários Programas de intercâmbio. Em 2009 foram nada menos que 86 visitantes, nas diversas Coordenações, um número maior do que o número de Docentes do CBPF! O CBPF mantém dezenas de pós-doutores através dos vários mecanismos de concessão de bolsas. Em 2009 o CBPF contabilizou 45 pós-doutores em atividade nas diversas Coordenações. Cerca de 30% dos estudantes do CBPF são estrangeiros provenientes principalmente dos países da América Latina, com destaque para Colômbia e Peru. Temos recebido também estudantes de países de outros continentes, como Itália, Irã, India.

11 Seleção: UNIPOSRIO-FíSICA (www.cbpf/UNIPOSRIO-FISICA) Estrangeiros SELEÇÃO Exame único para M. e D. Prova escrita tem peso 0,6. Análise de CV + Histórico Escolar + Entrevista tem peso 0,4. Nota final de corte 6, INSCRIÇÕES

12 Desafios Renovação e aumento dos quadros do CD – concursos; Aumento do Corpo Discente e da infra- estrutura de ensino e pesquisa – podemos aumentar em 30%!!; Equilíbrio entre uma formação generalista e especialização em áreas emergentes na Física; Integração regional com os outros Programas, visando a otimização dos cursos e pesquisa.


Carregar ppt "Centro Brasileiro de Pesquisas Físicas Coordenador: Ivan S. Oliveira Substituto: Raul O. Vallejos Comissão de Pós-Graduação: Evaldo M. F. Curado – TEO."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google