A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

Obreiros da vida eterna Capítulo II – Santuário da Benção.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "Obreiros da vida eterna Capítulo II – Santuário da Benção."— Transcrição da apresentação:

1 Obreiros da vida eterna Capítulo II – Santuário da Benção

2 Enfermeira Luciana Assistente Jerônimo Padre Hipólito André Luiz Auxilio nos processos de desencarnação

3 Santuário da Benção — Recebe a palavra de mentores iluminados — Oração — Salão vasto — Grandes aparelhos elétricos se destacavam — Assembléia reduzida, seleta e distinta Administração → 20 expedicionários de cada vez Oportunidade → 3 grupos de socorro — Simprônia → Amparo dos asilos de crianças desamparadas ― Nicanor → Assistência aos loucos de antigo hospício — Jerônimo → Auxílio nos processos de desencarnação

4 Instrutor Cornélio “Procuramos estabelecer o aproveitamento Maximo do tempo com o mínimo de oportunidades”. “ Para concretizar a providência:” “ Não atendemos a colaboradores incumbidos de operar nas zonas de desencarnados como sejam as estações purgatórias e as que se classificam como tenebrosas”; — Ordenar e selecionar palavras → Campo Favorável aos propósitos de serviço. — Ordenar e selecionar palavras → Campo Favorável aos propósitos de serviço.

5 Instrutor Cornélio “ A conversação cria ambiente e coopera para o êxito ou para a negação”. “ Compreendendo a extensão das tarefas por fazer e o respeito que devemos àqueles que nos ajudam precisamos sanar os velhos desequilíbrio das intromissões verbais desnecessárias, perturbadoras e dissolventes”.

6 Na crosta da Terra “A metade do tempo é despendida inutilmente, através de conversação ociosas e importunas”. “O verbo cria imagens vivas, que se desenvolvem no terreno mental a que são projetadas, produzindo conseqüências boas ou más, segundo a sua origem”.

7 Na crosta da Terra Desejos e aspirações inferioresSemelhante criações temporárias se destinam a serviços destruidores, através de atritos formidáveis e invisíveis. Desejos e aspirações inferiores → Semelhante criações temporárias se destinam a serviços destruidores, através de atritos formidáveis e invisíveis. Toda conversação prepara acontecimentos de acordo com a sua natureza.

8 Na crosta da Terra Leis vibratórias, induz aos objetivos de quem lhe assume a direção intencional.

9 “A ausência de qualquer palavra menos digna e a presença contínua de fatores verbais edificante facilitam a elaboração de forças sutis, nas quais os orientadores divinos encontram acessórios para se adaptarem às nossas necessidades na edificação comum”.

10 Desde o inicio do trabalho: Procura-se o Santuário sem qualquer preparação intima→ “Nossos amigos prosseguiam repetindo o cenário da crosta, em que devotos procuram os templos, como negociantes buscam mercados”. “...Gastando tempo ensinando a reverência devida ao Senhor, a necessidade da limpeza interna do pensamento e a elevação do feio costume de tentar o suborno da Divindade com enganosas promessa”. “Registros vibratórios foram instalados, assinalando a natureza das palavras em movimento”.

11 “Quem busca uma casa especializada em abençoar, não pode hospedar ideias de ódio ou maldição”. Relógio ↗ Olho humano ↘ Raios luminosos ↗ Horas ↘ Minutos → hora para a troca de idéias construtivas

12 Padre Hipólito o apresentou o assistente Barcelos da turma de assistência aos loucos. → Fora professor e se interessava pele psiquiatria sob novo prisma. André Luiz ↗ Missões de auxilio como estudante ↘ 1ª vez como integrante de expedição socorrista; → Visitou dois sanatórios de alienados do País. → Viu a extensão dos serviços reservados aos servos de boa vontade.

13 “A loucura é um campo doloroso de redenção humana”.(Barcelos) — Motivos particulares. — “Com raríssimos casos, todas as anomalias de ordem mental se derivam dos desequilíbrio da alma”. — Não contam com números suficiente de servidores treinados → nos casos de obsessões. — Não há recurso além da resignação → Espera da providencia Divina.

14 Obsessão ↗Presente ↘ Pretérito, próximo ou remoto. ↘ Pretérito, próximo ou remoto. Psiquiatras → terapêuticas à base dos sentimentos cristãos, antes dos recursos de hormonioterapia e da eletricidade.

15 Ligação mental entre verdugos e vítimas(André) “Agarram-se instintivamente à organização magnética dos companheiros encarnados viciando-lhes os centros de forças, relaxando-lhes os nervos e abreviando o processo de extinção do tônus vital, porque têm sede das mesmas companhias junto às quais se lançaram em pleno abismo. — Intercessão e socorro urgente de almas redimidas.

16 Barcelos — Encontrou na Psico-análise um mundo novo “Todavia, por mais que estudasse a prodigiosa coleção dos efeitos, jamais alcançou a tranqüilidade na investigação das causas, no círculo dos fenômenos em exame”. — Somente no plano espiritual pode reconhecer os elos que faltam ao sistema de positivação das origens de psicoses e desequilíbrios diversos: → complexos de inferioridade → recalque → libido → emersão do subconsciente (uma existência) Característica da personalidade vinda das experiências passadas

17 Subconsciência→ Porão dilatado de nossas lembranças → Repositório das emoções e desejos, impulsos e tendências que não se projetaram na tela das realizações imediatas. → Representa a estratificação das lutas com as aquisições mentais e emotivas depois da utilização de vários corpos. “Falta a Freud a noção dos princípios reencarnacionistas e o conhecimento da localização dos distúrbios nervosos”→ Início ↗ raramente no campo biológico vulgar ↘ no corpo perispiritual preexistente

18 Lombroso • Psicoses do sexo; • Tendências inatas à delinquência; • Desejos extravagantes; • A excentricidade → Patrimônio espiritual dos enfermos que ressurge em virtude da ignorância ou do relaxamento voluntario da personalidade em círculo desarmônico. → O serviço desdobra-se na região inspiracional dos médicos humanitários para que os enfermos sejam auxiliados a tempo. “Inúmeras pessoas permanece no plano carnal, tentando a solução dos profundos problemas relativos ao próprio ser.”

19 André Luiz Aproveitei os argumentos construtivos do assistente para minha própria iluminação. Voltei mentalmente ao consultório onde fui procurado por amigos, com estranhas e desconhecidas enfermidades mentais. • Maníacos histérico • esquizofrênicos de variadas matizes — Teorias de Freud - valiosas pelos elementos de análise; não ofereciam socorro algum substancial e efetivo ao doente. Descobriam a ferida sem trazer um balsamo curativo. Indicava o quisto doloroso, mas não subtraíam o bisturi da intervenção benéfica.

20 Cinco classes de psicoses: — As de natureza paranóica, Perversa, mitomaníaca, ciclotímica e hiper-emotiva englobando a mania das perseguições e delírios de grandeza, os desequilíbrios e fraquezas de ordem moral, a histeria e a mitomania, os ataques melancólicos e as fobias e crises de angustia. “As noções reencarnacionistas renovarão a paisagem da vida na crosta da Terra, conferindo à criatura não somente as armas com que deve guerrear os estados inferiores de si própria, mas também lhe fornecendo o remédio eficiente e salutar”.

21 Plotino Doutrina de que se a alma comete falta é compelida a expiá-las, padecendo em regiões tenebrosas, regressando, em seguida a outros corpos, a fim de reiniciar suas provas.( Companheiros de humanidade ) Casos de obsessão entre agentes invisíveis e pacientes encarnados • Necessidade de esclarecimento dos homens e companheiros de evolução • Obsessões transferidas ao campo carnal: • homens e mulheres jungidos pelos laços de consaguinidade ou dos compromissos morais → se transformam em perseguidores e verdugos. “Os antagonismo domésticos resultam dos choques sucessivos da subconsciência, conduzida a recapitulações retificadoras do pretérito distante”.

22 “Identificando em si questões e situações íntimas, o Espírito reencarnado que adquire recordações, mesmo que imprecisas, candidata-se à loucura”. “ Psisquiatras que se conservam em posição dos preceitos oficiais → São vítimas anônimas da ignorância do mundo que, de loucos incipientes, prosseguem, pouco a pouco, a caminho do hospício ou do leito de enfermidades ignoradas porque lhes faltam a água viva da compreensão e a luz mental que lhes revelam a estrada da paciência e da tolerância, em favor da redenção própria”. Barcelos “A extensão do sofrimento humano, nesse sentido, se confunde com o infinito”.


Carregar ppt "Obreiros da vida eterna Capítulo II – Santuário da Benção."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google