A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

SISTEMA DIGESTÓRIO. Os órgãos digestórios podem ser divididos em 2 grupos: a) Canal alimentar: um tubo contínuo que começa na boca e se segue pela faringe,

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "SISTEMA DIGESTÓRIO. Os órgãos digestórios podem ser divididos em 2 grupos: a) Canal alimentar: um tubo contínuo que começa na boca e se segue pela faringe,"— Transcrição da apresentação:

1 SISTEMA DIGESTÓRIO

2 Os órgãos digestórios podem ser divididos em 2 grupos: a) Canal alimentar: um tubo contínuo que começa na boca e se segue pela faringe, esôfago, estômago,intestino delgado e intestino grosso. b) Órgãos acessórios; dentes, língua, glândulas salivares, fígado, vesícula biliar e pâncreas.

3 Toda a cavidade abdominal é revestida por uma túnica chamada PERITÔNIO(peri = em torno, tônus = tensão), que contém grandes pregas que ondulam entre as vísceras, unindo os órgãos uns aos outros e ás paredes da cavidade abdominal. Uma parte do peritônio, o mesentério fixa o intestino delgado a parede abdominal posterior. O ligamento falciforme fixa o fígado à parede abdominal anterior e ao diafragma. O omento maior é uma prega de tecido adiposo com linfonodos sobre o colo transverso e as alças do intestino delgado.

4 BOCA Também chamada cavidade bucal ou oral, é formada pelas bochechas, palatos duro e mole e língua. Os lábios são pregas carnosas em torno da abertura da boca.

5 ANEXOS BUCAIS A) LÍNGUA: composta por 17 músculos estriados esqueléticos que movimentam o alimento para mastigação. A superfície da língua é recoberta por papilas gustativas que nos permitem sentir o sabor dos alimentos A - amargo B - ácido C - salgado D - doce

6 ANEXOS BUCAIS B) DENTES: são órgãos duros, esbranquiçados,formados por coroa, colo e raiz implantados nos alvéolos das maxilas e mandíbula e têm por função a mastigação e a estética

7 Duas séries ou conjuntos de dentes surgem durante nossa vida: 1. Dentes Decíduos, provisórios ou de leite: 20 dentes que surgem dos 6 meses aos 3 anos de idade. 2. Dentes permanentes: surgem entre os 6 anos e a vida adulta até os 21 anos. São 32 dentes sendo, 8 incisivos, 4 caninos, 8 pré-molares e 12 molares.

8 DENTIÇÃO PERMANENTE  Incisivos: cortam os alimentos;  Caninos: rasgam, dilaceram  Pré-molares: esmagam, partem  Molares: moem, trituram

9 C) GLÂNDULAS SALIVARES: existem 3 pares de glândulas que lançam seu produto (saliva) dentro da cavidade bucal e são:  Glândulas Parótidas  Glândulas Submandibulares  Glândulas Sublinguais

10 GLÂNDULAS SALIVARES

11 SALIVA O produto segregado pelas glândulas salivares é a saliva que é assim formada:  95% de água;  MUCINA: dá viscosidade à saliva;  LISOZIMA: controla o número de germes na boca;  PTIALINA OU AMILASE SALIVAR: transforma o amido em maltose (sacarificação do amido).

12 DIGESTÃO BUCAL Na boca o alimento é transformado em BOLO ALIMENTAR pela ação dos dentes, língua e saliva através de 3 fenômenos: 1. Mastigação 2. Gustação dos alimentos 3. Sacarificação do amido pela ptialina

13 FARINGE O fundo da boca continua por uma câmara tubular de 14 cm, a faringe, que tem comunicação com a boca pelo istmo da garganta e com as fossas nasais através de dois orifícios denominados coanas.

14 ESÔFAGO É o canal que liga a faringe ao estômago. Possui cerca de 25 cm de comprimento. Ele secreta um muco que auxilia o transporte do bolo alimentar até o estômago.

15 ESTÔMAGO É uma dilatação do canal alimentar em forma de J, imediatamente abaixo do músculo diafragma. É dividido em 4 regiões principais: 1. CÁRDIA: válvula de entrada; 2. FUNDO GÁSTRICO; 3. CORPO GÁSTRICO; 4. PILORO: válvula de saída

16 DIGESTÃO GÁSTRICA  No estômago o BOLO ALIMENTAR é transformado em QUIMO pela ação do suco gástrico e dos movimentos peristálticos.  Movimentos peristálticos: são os movimentos realizados pelo canal alimentar para auxiliar a digestão.

17 SUCO GÁSTRICO O suco gástrico é formado por 1 ácido e 3 enzimas: 1. ÁCIDO CLORÍDRICO (HCL):  Ativa a pepsina, fermento que não atua sem a ação do HCL;  Regula a abertura e fechamento do piloro;  funciona como anti-séptico;  No duodeno, estimula a secreção pancreática.

18 2. PEPSINA: transforma as proteínas em aminoácidos; 3. LAB-FERMENTO ou RENINA: faz a caseificação (coagulação) do leite; 4. LIPASE GÁSTRICA: transforma as gorduras em ácidos graxos e glicerina.

19 INTESTINO DELGADO Inicia na válvula piloro, logo após o estômago e termina na válvula ileocecal. Mede cerca de 6 a 8 m de comprimento. Apresenta 3 partes: 1. Duodeno 2. Jejuno 3. íleo

20 SUCO INTESTINAL  INVERTINA: desdobra sacarose em glicose;  LACTASE: desdobra lactose em galactose e glicose;  ENTEROQUINASE: enzima que ativa a tripsina pancreática;  SECRETINA: hormônio que provoca a secreção pancreática

21 DIGESTÃO INTESTINAL No intestino delgado o QUIMO é transformado em QUILO e absorvido pelos vasos. Essa transformação ocorre pela ação do suco intestinal e do suco pancreático (produzido no pâncreas mas atua no intestino delgado).

22 INTESTINO GROSSO Inicia na válvula ileocecal e termina no ânus. Possui 1,5m de comprimento por 6,5 cm de diâmetro.está dividido em 4 partes: 1. Ceco ascendente 2. Cólontransverso descendente sigmóide 3. Reto 4. Canal anal ou ânus

23 INTESTINO GROSSO No intestino grosso não ocorre o processo de digestão, porque recebe os restos alimentares não digeridos e não absorvidos pelo intestino delgado. Suas funções são: 1. Absorção de água 2. Absorção de restos de nutrientes aproveitáveis; 3. Eliminação das fezes, que são o resto indigerível do quilo que sofreu a ação das bactérias.

24 PROCESSO DIGESTÓRIO

25 PÂNCREAS Glândula anexa ao duodeno, é órgão acessório da digestão pois produz o suco pancreático que atua no duodeno auxiliando na digestão intestinal. O suco pancreático é formado por: 1. TRIPSINA PANCREÁTICA: transforma proteína em aminoácido; 2. AMILASE PANCREÁTICA: transforma amido em maltose e glicose; 3. LIPASE PANCREÁTICA: transforma gordura em glicerina e ácido graxo

26 PÂNCREAS Além do suco pancreático, o pâncreas produz 2 hormônios que atuam na absorção da glicose. São eles: 1. GLUCAGON: retira o glicogênio do fígado e joga na corrente sanguínea em forma de glicose. 2. INSULINA: transporta a glicose do sangue para dentro da célula.

27 FÍGADO Maior e mais pesada glândula do corpo humano com 1,5 Kg. Está localizado inferiormente ao músculo diafragma, do lado direito do corpo. Suas células são chamadas hepatócitos cuja função é produzir bile (digestão de triglicérides)

28 FUNÇÕES DO FÍGADO 1. Metabolismo dos carboidratos e proteínas; 2. Produção da bile; 3. Armazenamento de ferro e cobre; 4. Ativação de vitamina D; 5. Armazenamento de glicose em forma de glicogênio; 6. Função antitóxica (remoção de drogas e hormônios) 7. Armazenamento de vitaminas; 8. Produção de elementos da coagulação: heparina e protrombina.

29 BILE E VESÍCULA BILIAR BILE: produzida no fígado e armazenada na vesícula biliar, atua no intestino delgado na digestão dos triglicérides; VESÍCULA BILIAR: é um saco na face inferior do fígado. Sua função é armazenar a bile até que ela seja necessária no intestino delgado


Carregar ppt "SISTEMA DIGESTÓRIO. Os órgãos digestórios podem ser divididos em 2 grupos: a) Canal alimentar: um tubo contínuo que começa na boca e se segue pela faringe,"

Apresentações semelhantes


Anúncios Google