A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

Perfil de pacientes Crônicos: são aqueles portadores de condições irreversíveis e que podem ser evolutivas como: comatosos, pulmonares crônicos, renais.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "Perfil de pacientes Crônicos: são aqueles portadores de condições irreversíveis e que podem ser evolutivas como: comatosos, pulmonares crônicos, renais."— Transcrição da apresentação:

1 ATENÇÃO DOMICILIAR: PESQUISA DE NECESSIDADES NA ATENÇÃO BÁSICA DE JOÃO PESSOA 2009

2 Perfil de pacientes Crônicos: são aqueles portadores de condições irreversíveis e que podem ser evolutivas como: comatosos, pulmonares crônicos, renais crônicos. Portadores de necessidades especiais: são os que apresentaram alguma doença ou acidente, foram tratados, mas sofreram alguma lesão permanente como: tetraplégicos, paraplégicos, vítimas de AVC, amputados, etc.

3 Perfil de Pacientes Reabilitáveis: são doentes que apresentaram alguma doença ou acidente, foram tratados, e adquiriram estabilidade clínica, mas sofreram lesões que provocam longa convalescença como: queimados, politraumatizados, portadores de infecções que necessitaram de debridamentos e drenagens extensas, portadores de pés diabéticos, úlceras varicosas, etc. Terminais: são os pacientes em fase final (fora de possibilidades terapêuticas), quando não há mais chances de se evitar o óbito, mas que necessitam de cuidados gerais e alívio dos sintomas, como: neoplásicos, pulmonares crônicos, renais crônicos, portadores de AIDS, etc.

4 Metodologia Elaboração de instrumento de coleta
Oficinas para qualificar os pesquisadores Técnicos de enfermagem da ABS Coleta de dados: junho, julho, agosto Criação do banco de dados e impostação dos resultados: setembro, outubro Análise: SPSS Apresentação: novembro

5 Objetivos Conhecer as necessidades de atenção domiciliar da população adscrita à Estratégia de Saúde da Família do município de João Pessoa; Traçar perfil epidemiológico da população com necessidades de atenção domiciliar; Identificar perfil de necessidades e prioridades de cada Distrito Sanitário; Subsidiar o Programa de Atenção Domiciliar a ser implantado no município de João Pessoa; Desenvolver estratégias de atenção imediatas à esta população no âmbito da Atenção Básica;

6 Objetivos Desenvolver estratégias de atenção imediatas à esta população no âmbito da Atenção Básica; Desenvolver estratégias de integração de cuidados imediatas à esta população no âmbito da Atenção Especializada; Contribuir para a racionalidade do sistema diminuindo intercorrências e internações nesta população; Disponibilizar cuidados em atenção domiciliar de forma resolutiva e humanizada; Contribuir para a cultura da atenção domiciliar e para a importância dos cuidados paliativos na região de João Pessoa.

7 Percentual das pessoas que necessitam de atenção domiciliar por sexo
Percentual das pessoas que necessitam de atenção domiciliar que possuem cuidador Possui Cuidador n SIM 1522 NÃO 112 Total 1634 Sexo n Feminino 983 Masculino 651 Total 1634 Percentual das pessoas que necessitam de atenção domiciliar por faixa etária

8 Percentual das pessoas que necessitam de atenção domiciliar por distrito
O Distrito III foi o que apresentou maior número de pessoas com necessidade de atenção domiciliar, 484 pessoas, seguido do DS I , 363 pessoas. E DS II, com 323 pessoas. O com menor nº de pessoas foi o DS IV, 221 pessoas com necessidade de atenção domiciliar. DS V: 234 pessoas.

9 Uso de Cadeiras de Rodas
Distrito Sanitário Uso de Cadeiras de Rodas SIM NÃO Total n % I 134 36,9 229 63,1 363 II 104 31,3 228 68,7 332 III 139 28,7 345 71,3 484 IV 64 29,0 157 71,0 221 V 67 28,6 167 71,4 234 508 31,1 1126 68,9 1634

10 Distrito Sanitário Acamado SIM NÃO Total n % I 214 59,0 149 41,0 363 II 138 41,6 194 58,4 332 III 162 33,5 322 66,5 484 IV 107 48,4 114 51,6 221 V 75 32,1 159 67,9 234 696 42,6 938 57,4 1634

11 Cuidados Multiprofissionais
Distrito Sanitário I II III IV V Total n % Fisioterapia Respiratória 82 25,4 71 22,3 46 11,1 52 24,8 55 25,6 306 20,6 Fisioterapia Neuro-muscular 242 74,9 230 72,3 276 66,3 154 73,3 148 68,8 1050 70,9 Fonoterapia 24 7,4 28 8,8 5 1,2 7 3,3 6 2,8 70 4,7 Psicoterapia 87 26,9 111 34,9 85 20,4 64 30,5 44 20,5 391 26,4 Atenção Farmacêutica 236 73,1 246 77,4 288 69,2 116 55,2 176 81,9 1062 71,7 Assistência Nutricional 141 43,7 145 45,6 162 38,9 112 53,3 81 37,7 641 43,3 323 100,0 318 416 210 215 1482

12 Presença de úlcera de pressão
Distrito Sanitário I II III IV V Total n % GRAU I 34 9,4 8 2,4 18 3,7 11 5,0 10 4,3 81 GRAU II 20 5,5 5 1,5 2,3 7 3,0 48 2,9 GRAU III 14 3,9 6 1,8 1,0 1 0,5 0,4 27 1,7 GRAU IV 2 0,6 0,2 0,9 0,0 NÃO APRESENTA 293 80,7 311 93,7 449 92,8 202 91,4 216 92,3 1471 90,0 363 100 332 484 221 234 1634

13 Modo de eliminação das pessoas que necessitam de AD
Temos que 51% (833 pessoas) apresentaram eliminação espontânea o uso de fraldas foi apontado por 735 pessoas e o uso da sonda permanente foi encontrado em 51 pessoas; A grande maioria das pessoas que necessitam de AD apresentam respiração espontânea,1.578 pessoas. Temos ainda 25 que necessitam de suporte de oxigênio, 17 com traqueostomia, 9 com ventilação intermitente e 5 com ventilação permanente – excluídos do programa pela portaria (?). Padrão respiratório das pessoas que necessitam e A.D.

14 Sistema tegumentar das pessoas que necessitam de AD
Quanto ao sistema tegumentar, 9 pessoas apresentaram acesso venoso periférico e 3 hipodermóclise – internação domiciliar. Temos que pessoas não apresentaram úlcera de pressão. Temos que 81, 48, 27,e 7 apresentaram úlceras dos graus I, II, III e IV respectivamente. Percentual das pessoas que apresentam úlcera de pressão

15 Condições de nutrição das pessoas que necessitam de AD
A maioria das pessoas, apresentaram modo de nutrição oral, 46 por sonda e 2 apresentaram modo de nutrição parenteral; Foram observadas 10 pessoas com gatronomia/jejunostomia, 9 com colostomia e 3 com nefrostomia. Percentual das pessoas que apresentam ostomias

16 Padrão psico-neuro –motor das pessoas que necessitam de AD (valor absoluto)
Nº de pessoas que necessitam de cuidados multiprofissionais

17 Nº de pessoas apresentam situação de risco: isoladamente

18 Necessidade de cuidados multiprofissionais segundo presença de úlcera de pressão
GRAU I GRAU II GRAU III GRAU IV NÃO APRESENTA Total n % Fisioterapia Respiratória 27 8,8 11 3,6 16 5,2 2 0,7 250 81,7 306 Fisioterapia Neuro-muscular 65 6,2 35 3,3 22 2,1 4 0,4 924 88,0 1050 Fonoterapia 5,7 1 1,4 2,9 0,0 63 90,0 70 Psicoterapia 17 4,3 12 3,1 2,8 5 1,3 346 88,5 391 Atenção Farmacêutica 60 5,6 2,5 21 2,0 6 0,6 948 89,3 1062 Assistência Nutricional 41 6,4 18 562 87,7 641 76 5,1 42 1,8 7 0,5 1330 89,7 1482

19 Necessidade de cuidados multiprofissionais segundo nutrição
Oral Sonda Parenteral Não Respondeu Total n % Fisioterapia Respiratória 264 86,3 36 11,8 0,0 6 2,0 306 Fisioterapia Neuro-muscular 982 93,5 33 3,1 35 3,3 1050 Fonoterapia 62 88,6 5 7,1 3 4,3 70 Psicoterapia 376 96,2 7 1,8 8 391 Atenção Farmacêutica 993 1 0,1 1062 Assistência Nutricional 601 93,8 29 4,5 0,2 10 1,6 641 1383 93,3 45 3,0 53 3,6 1482

20 Necessidade de cuidados multiprofissionais segundo cuidador
SIM NÃO Total n % Fisioterapia Respiratória 285 93,1 21 6,9 306 Fisioterapia Neuro-muscular 989 94,2 61 5,8 1050 Fonoterapia 69 98,6 1 1,4 70 Psicoterapia 369 94,4 22 5,6 391 Atenção Farmacêutica 999 94,1 63 5,9 1062 Assistência Nutricional 602 93,9 39 6,1 641 1387 93,6 95 6,4 1482

21 Padrão psico-neuro-motor segundo cuidador
Padrão Psico-neuro-motor SIM NÃO Total n % Consciente 888 92,0 77 8,0 965 Confuso 465 95,7 21 4,3 486 Inconsciente 100 99,0 1 1,0 101 Transtorno Mental Associado 130 94,9 7 5,1 137 Transtorno Comportamental 154 98,7 2 1,3 156 Deambula com Autonomia 82 81,2 19 18,8 Uso de Cadeiras de Rodas 489 96,3 3,7 508 Deambula com Auxílio 495 92,5 40 7,5 535 Acamado 674 96,8 22 3,2 696 1507 93,3 109 6,7 1616

22 Eliminações segundo cuidador
Eliminações SIM NÃO Total n % SONDA VESICAL DE DEMORA/PERMANENTE 51 100,0 0,0 SONDA VESICAL DE ALÍVIO/INTERMITENTE 14 93,3 1 6,7 15 USO DE FRALDAS 718 97,7 17 2,3 735 ELIMINAÇÃO ESPONTÂNEA 739 88,7 94 11,3 833 1522 93,1 112 6,9 1634

23 Padrão respiratório segundo cuidador Padrão Respiratório n %
Padrão Respiratório SIM NÃO Total n % PRESENÇA DE TRAQUEOSTOMIA 17 100,0 0,0 VENTILAÇÃO MECÂNICA PERMANENTE 5 VENTILAÇÃO INTERMITENTE 9 PRECISA DE SUPORTE COM OXIGÊNIO 23 92,0 2 8,0 25 RESPIRAÇÃO ESPONTÂNEA 1468 93,0 110 7,0 1578 1522 93,1 112 6,9 1634

24 Necessita de aspiração de vias aéreas
Necessidade de aspiração de vias aéreas segundo cuidador Necessita de aspiração de vias aéreas SIM NÃO Total n % 70 100,0 0,0 1452 92,8 112 7,2 1564 1522 93,1 6,9 1634

25 Presença de úlcera de pressão segundo cuidador
Presença de úlcera de pressão SIM NÃO Total n % GRAU I 78 96,3 3 3,7 81 GRAU II 45 93,8 6,3 48 GRAU III 26 1 27 GRAU IV 7 100,0 0,0 NÃO APRESENTA 1366 92,9 105 7,1 1471 1522 93,1 112 6,9 1634

26 Nutrição SIM NÃO Total Nutrição segundo cuidador n % Oral 1419 92,9
Nutrição SIM NÃO Total n % Oral 1419 92,9 108 7,1 1527 Sonda 46 100,0 0,0 Parenteral 2 Não Respondeu 55 93,2 4 6,8 59 1522 93,1 112 6,9 1634

27 Sexo segundo cuidador Possui Cuidador Feminino Masculino Total n % SIM 911 92,7 611 93,9 1522 NÃO 72 7,3 40 6,1 112 983 100,0 651 1634

28 Sexo segundo padrão Psico-neuro-motor
Padrão Psico-neuro-motor Feminino Masculino Total n % Consciente 584 60,5 381 39,5 965 Confuso 288 59,3 198 40,7 486 Inconsciente 69 68,3 32 31,7 101 Transtorno Mental Associado 77 56,2 60 43,8 137 Transtorno Comportamental 81 51,9 75 48,1 156 Deambula com Autonomia 57 56,4 44 43,6 Uso de Cadeiras de Rodas 284 55,9 224 44,1 508 Deambula com Auxílio 325 60,7 210 39,3 535 Acamado 412 59,2 40,8 696 976 60,4 640 39,6 1616

29 Sexo segundo nutrição Nutrição Feminino Masculino Total n % Oral 912 59,7 615 40,3 1527 Sonda 33 71,7 13 28,3 46 Parenteral 2 100,0 0,0 Não Respondeu 36 61,0 23 39,0 59 983 60,2 651 39,8 1634

30 20 Situação de risco segundo sexo Situações de Risco Feminino
Situações de Risco Feminino Masculino Total n % Acima de 60 anos 753 66,0 388 34,0 1141 Menor que 2 anos 55 53,9 47 46,1 102 Cadeirante/Acamado 565 58,2 406 41,8 971 Sonda vesical de demora/permanente 11 21,6 40 78,4 51 Ventilação mec. perman/ suporte oxigênio 15 50,0 30 Aspiração de vias aéreas 57,1 42,9 70 Grau III / Grau IV 14 41,2 20 58,8 34 Parenteral 2 100,0 0,0 915 60,4 600 39,6 1515

31 Situação de risco segundo cuidador
Situações de Risco SIM NÃO Total n % Acima de 60 anos 1070 93,8 71 6,2 1141 Menor que 2 anos 93 91,2 9 8,8 102 Cadeirante/Acamado 934 96,2 37 3,8 971 Sonda vesical de demora/permanente 51 100,0 0,0 Ventilação mec. perman/ suporte oxigênio 28 93,3 2 6,7 30 Aspiração de vias aéreas 70 Grau III / Grau IV 33 97,1 1 2,9 34 Parenteral 1424 94,0 91 6,0 1515

32

33 Patologias AVC - 314 : 19% Hipertensão arterial – 308 : 18,8%
Diabetes Mellitus – 107 : 6.5% D. de Alzheimer – 61: 3.7% Deficiência Física – 39 : 2.4% Fratura de fêmur - 35 Osteoporose - 29 Paraplegia - 29 Cardiopatia - 26 D. de Parkinson - 26 Paralisia Cerebral - 26 Deficiência Visual - 21 Artrose - 17

34 Medicamentos Captopril – 278: 17% Glibenclamida – 51: 3.1%
Hidroclorotiazida – 49: 3.0% Gardenal – 42: 2.6% Metformina – 29: 1.8% Propanolol – 27 Rivotril – 27 Hidantal – 24 Insulina – 21 Metildopa – 21 Digoxina – 20 Diazepan - 18

35 Número de equipes Vinculação das equipes Acesso/ transporte Gestão Recursos Papel da ABS Papel do apoio matricial Papel da DAS- seções Articulação da rede e SAMU Núcleos de saberes não oferecidos hoje


Carregar ppt "Perfil de pacientes Crônicos: são aqueles portadores de condições irreversíveis e que podem ser evolutivas como: comatosos, pulmonares crônicos, renais."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google