A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

NORMA REGULAMENTADORA 11- NR11 NR11 - é uma norma regulamentadora que rege os trabalhos com transporte, movimentação, armazenagem e manuseio de materiais.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "NORMA REGULAMENTADORA 11- NR11 NR11 - é uma norma regulamentadora que rege os trabalhos com transporte, movimentação, armazenagem e manuseio de materiais."— Transcrição da apresentação:

1

2 NORMA REGULAMENTADORA 11- NR11 NR11 - é uma norma regulamentadora que rege os trabalhos com transporte, movimentação, armazenagem e manuseio de materiais.

3 NORMA REGULAMENTADORA 11- NR11  O peso do material armazenado não poderá exceder a capacidade de carga calculada para o piso.  O material armazenado deverá ser disposto de forma a evitar a obstrução de portas, equipamentos contra incêndio, saídas de emergências, etc.  Material empilhado deverá ficar afastado das estruturas laterais do prédio a uma distância de pelo menos 0,50m (cinqüenta centímetros).

4 NORMA REGULAMENTADORA 11- NR11  A disposição da carga não deverá dificultar o trânsito, a iluminação, e o acesso às saídas de emergência.  O armazenamento deverá obedecer aos requisitos de segurança especiais a cada tipo de material.

5 ARMAZENAGEM A armazenagem é considerada a atividade que organiza os produtos em estoque para que os mesmos fiquem à disposição na ocasião em que são solicitados. A armazenagem funciona como um regulador da oferta de produtos por nem sempre coincidir o ciclo de produção com o ciclo de consumo, como no caso de produtos sazonais ou exigência de maturação. Como a armazenagem exige área ocupada e controle, há gastos associados.

6 ARMAZENAGEM Podem ser classificadas :  ESTOQUES DE SEGURANÇA (mantidos para suprir eventual falta de abastecimento),  DE CICLO (aquele que ocorre quando um ou mais estágios na operação não podem fornecer todos os itens que produzem, simultaneamente)  DE ANTECIPAÇÃO (antecipação de compras, usado quando as variações de fornecimento são significativas, como em alimentos sazonais enlatados)  DE DISTRIBUIÇÃO (estoque em trânsito). A estocagem pode ocorrer simultaneamente com a refrigeração, ou seja, os produtos podem ficar guardados em câmaras frigoríficas, que passam a ter duplo sentido: armazenar e conservar, impedindo o crescimento de bactérias ou fungos.

7 DESEMPENHO LOGISTICO Armazenagem Estratégica Analisando Novos Conceitos Os consumidores quando vão às prateleiras das lojas esperam encontrar os produtos que necessitam, não importando se os produtores estão a 10 ou Km de distância. Este é o trabalho da logística:

8 LOGÍSTICA EMPRESARIAL: É o processo de integração da cadeia de suprimento, armazenagem de produtos, serviços a partir do tema de origem até o de consumo, segundo os pleitos do cliente.  Armazenamento  Transporte  Inventário  Processamento de pedidos  Agrupamento de lotes

9 LOGÍSTICA EMPRESARIAL

10 OS MÉTODOS MAIS COMUNS PARA AVALIAR OS ESTOQUES  PEPS ou FIFO (first-in first-out) – Primeiro que entra, primeiro que sai;  UEPS – Ultimo que entra, primeiro que sai;  CUSTO MÉDIO – Por critério de rateio.

11 UEPS PEPS PEPS e UEPS PRIMEIRO QUE ENTRA, PRIMEIRO QUE SAI. ULTIMO QUE ENTRA, PRIMEIRO QUE SAI.

12 CURVA ABC A curva ABC é um método de classificação de informações, para que se separem os itens de maior importância ou impacto, os quais são normalmente em menor número e divide-se em:

13

14 ARMAZENAGEM DE ALIMENTOS

15 APRESENTAÇÃO DOS RESULTADOS

16 MÉTODOS DE ARMAZENAGEM

17 ARMAZENAGEM CROSS-DOCKING

18  Redução de Tempo  Redução de custos  Redução de área física necessária no centro de distribuição  Redução da falta de estoque nos clientes  Redução do número de estoque em toda a cadeia de abastecimento  Aumento da disponibilidade do produto  Tecnologias de informação VANTAGENS

19 DESVANTAGENS A técnica cross docking apresenta também algumas desvantagens, como relativamente elevado esforço requerido aos diversos membros da cadeia de abastecimento para que esta técnica seja bem sucedida. A técnica cross docking apresenta também algumas desvantagens, como relativamente elevado esforço requerido aos diversos membros da cadeia de abastecimento para que esta técnica seja bem sucedida. Para que o sistema seja verdadeiramente eficaz esse fluxo de mercadorias deve ocorrer rapidamente evitando paragens, e para isso, a troca de informação deve também ocorrer de uma forma célere, exata e sem interrupções

20 ARMAZENAMENTO DE KITS DIAGNÓSTICOS EM TEMPERATURA REFRIGERADA  Onde são armazenados após sua fabricação.  Controle de armazenamento nas câmaras frias. ARMAZENAMENTO NA FABRICAÇÃO

21

22

23 ARMAZENAMENTO DE KITS DIAGNÓSTICOS EM TEMPERATURA REFRIGERADA  Como são armazenados.  O tempo que podem ser transportados até o destino. ARMAZENAMENTO NO TRANSPORTE

24

25

26

27

28

29 ARMAZENAMENTO DE KITS DIAGNÓSTICOS EM TEMPERATURA REFRIGERADA  Procedimentos na abertura das embalagens  Verificação na temperatura à ser estocado  Como devem ser estocados  Verificação das validades  Descarte dos reagentes após o vencimento ARMAZENAMENTO NO DESTINO (DISTRIBUIDOR OU CLIENTE FINAL)

30

31

32

33

34

35

36 REGRAS DO CONAMA PARA ARMAZENAGEM DE PNEUS Conama Conama (Conselho Nacional do Meio Ambiente) publicou a resolução nº416 que obriga o mercado a armazenar adequadamente os pneus velhos. ARMAZENAGEM DE PNEUS

37 Os fabricantes e os importadores de pneus novos deverão implantar, nos municípios acima de (cem mil) habitantes, pelo menos um ponto de coleta para os pneus a serem descartados. ARMAZENAGEM DE PNEUS

38

39 ARMAZENAGEM PARA CURTO PRAZO ARMAZENAGEM PARA LONGO PRAZO

40 ARMAZENAGEM DE PNEUS

41 CONCLUSÃO Armazenagem, controle e manuseio de mercadorias são componentes essenciais da logística, porém seus custos são elevados. A seleção dos locais onde esse processo será feito está intimamente associada aos custos desse processo. Muitas empresas, porém, nos dias atuais, estão evitando as necessidades de estoques, aplicando a filosofia JUST-IN-TIME. Entretanto é muito importante que a demanda por produtos acabados seja conhecida com alto grau de precisão e com fornecedores confiáveis a fim de obter um suprimento adequado à demanda, caso contrário tal método não funciona.

42  RAPHAEL PROVASI  PAULO EDSON  FÁBIO DINIZ  MARCOS ROBERTO  MOISÉS RIBEIRO  KLISSIA MEDEIROS  MARCIO DOMINGUES PROF. ARGEMIRO RODRIGUES DE SOUSA 2º A/N


Carregar ppt "NORMA REGULAMENTADORA 11- NR11 NR11 - é uma norma regulamentadora que rege os trabalhos com transporte, movimentação, armazenagem e manuseio de materiais."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google