A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

SEXO, SEXUALIDADE E ESPIRITISMO José Carlos Pereira Jotz Ligue o som.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "SEXO, SEXUALIDADE E ESPIRITISMO José Carlos Pereira Jotz Ligue o som."— Transcrição da apresentação:

1

2 SEXO, SEXUALIDADE E ESPIRITISMO José Carlos Pereira Jotz Ligue o som

3 SEXO, SEXUALIDADE E ESPIRITISMO Uma das maiores preocupações do homem é em relação ao sexo. É importante fazer alguns esclarecimentos a respeito do assunto para tirar preconceitos a respeito de coisas que fazem parte da natureza. "Ante os problemas do sexo, é forçoso lembrar que toda a criatura traz os seus temas particulares com referência ao sexo". Emmanuel

4 SEXO, SEXUALIDADE E ESPIRITISMO O que é sexo? Conjunto de características físicas e funcionais que distinguem o macho da fêmea; órgãos genitais; relação sexual; atividade reprodutora; sensualidade; prazer sexual. - "O sexo se define por atributo não apenas respeitável, mas profundamente santo na Natureza, exigindo e ee educação e controle. Através dele dimanam forças criativas, às quais devemos na Terra, o instituto da reencarnação, o templo do lar, as bênçãos da família, as alegrias revitalizadoras do afeto e o tesouro inapreciável dos estímulos espirituais.”. Emmanuel

5 “É irracional subtrair-lhe as manifestações aos seres humanos, a pretexto de elevação compulsória, de vez que as sugestões da erótica se entranham na estrutura da alma, ao mesmo tempo que seria absurdo deslocá-lo de sua posição venerável, a fim de arremessá-lo ao campo da aventura menos digna, com a desculpa de se lhe garantir a libertação. O sexo é espírito e vida, a serviço da felicidade e da harmonia do Universo. Conseguintemente, reclama responsabilidade e discernimento, onde e quando se expresse. Por isso mesmo, nossos irmãos e irmãs precisam e devem saber o que fazem com as energias genésicas, observando c cc como, c cc com quem e p pp para que se utilizam de semelhantes recursos, entendendo-se que todos os compromissos na vida sexual estão igualmente subordinados à Lei de Causa e Efeito; e, segundo esse exato princípio, de tudo o que dermos a outrem, no mundo afetivo, outrem também nos dará". E EE Emmanuel

6 Num sentido mais amplo: "o sexo é a lei de atração que atua em todos os reinos da natureza. É uma manifestação da Lei Natural de Reprodução, que atua no mineral, no vegetal, no animal e no Homem". Emídio e Marislei Brasileiro

7 SEXO, SEXUALIDADE E ESPIRITISMO Como lembra Sérgio Biagi Gregório, André Luiz, no livro Evolução em Dois Mundos, trata da evolução do instinto sexual nos vários reinos da natureza. -REINO VEGETAL - "Por milênios e milênios o princípio inteligente se demorou no hermafroditismo das plantas, como por exemplo, nos fanerógamos, em cujas flores os estames e os pistilos articulam, respectivamente, elementos masculinos e femininos".

8 -R-REINO ANIMAL - "Longo tempo foi gasto na evolução do instinto sexual em vários tipos de animais inferiores, alternando-se-lhe os estados de hermafroditismo com os de unissexualidade para que se lhe aperfeiçoasse as características na direção dos vertebrados." -REINO HOMINAL - Nesse reino, o princípio inteligente adquire o pensamento contínuo, o livre-arbítrio, a razão, o sentimento e a responsabilidade moral. Temos a reprodução sexuada como continuidade dos outros reinos da natureza.

9 O que é sexualidade? Conjunto dos fenômenos relativos ao instinto sexual; é afetividade, ligada as Leis Divinas do Amor e da Reprodução, manifestação da atração sexual. Segundo Enéas Martim Canhadas "podemos entender a sexualidade quando estamos falando e pensando sobre as nossas sensações, sentimentos e emoções envolvendo a energia sexual". "Para falar de energia sexual podemos nos referir à libido, se quisermos ser um pouco técnicos ou psicólogos no assunto".

10 "Libido vem do latim e quer dizer “desejo violento ou luxúria” Já no sentido psicanalítico significa a e ee energia motriz dos instintos de vida, portanto da conduta ativa e criadora do homem. Podemos falar de energias perispirituais enquanto força criadora presente em todos nós, espíritos em evolução passando por este plano". Enéas Martim Canhadas

11 Carlos A. Parchen refere que quando se relaciona sexo com tesão, estamos nos referindo a falsa liberdade, baseado na pura atração física, no interesse da satisfação instintiva, traz o sexo egoístico, sem responsabilidade, o que normalmente leva ao abandono e desinteresse. A direção do sexo e da sexualidade é estabelecida pelo espírito.

12 SEXO, SEXUALIDADE E ESPIRITISMO A expressão da sexualidade é uma expressão de amor? Na manifestação do amor, encontramos a sexualidade. Porém, não podemos dizer que na sexualidade está presente o amor. O poeta Rilke diz: “a volúpia carnal é uma experiência dos sentidos, análoga ao simples olhar ou à simples sensação com que um belo fruto enche a língua. É uma grande experiência sem fim que nos é dada; um conhecimento do mundo. (...) O mal não está em que nós a aceitemos; o mal consiste em quase todos abusarem dessa experiência...”. Enéas Martim Canhadas

13 A sexualidade não é obstáculo para a evolução: é oportunidade de crescimento; de entendimento; de amor e de afetividade. Carlos A. Parchen

14 SEXO, SEXUALIDADE E ESPIRITISMO Enéas Martim Canhadas diz que "a sexualidade como expressão de amor está ligada, de forma irreversível, ao poder e a posse. Mais do que isso, o amor validado pela sexualidade, acaba se tornando uma espécie de afeto geográfico. Eu gosto tanto mais do outro quanto mais eu possuo do outro. Por isso, expressões como “ela será minha para sempre”, “ele é o meu homem” querem dizer isso mesmo enquanto pensam que tal coisa pode acontecer. Será muito triste o dia que descobrirem que nunca possuíram nada".

15 A aplicação do sexo à luz do amor e da vida é pertinente a consciência de cada um, pois cada um traz em si a sua problemática espiritual. A aplicação do sexo à luz do amor e da vida é pertinente a consciência de cada um, pois cada um traz em si a sua problemática espiritual. Carlos A. Parchen

16 SEXO, SEXUALIDADE E ESPIRITISMO A pornografia faz parte da sexualidade? Ela faz parte dos sentimentos originários da libido dos seres humanos e também são energias perispirituais. São manifestações doentes da sexualidade que todos os seres humanos possuem; representa a prática do sexo moralmente reprovado, e do ponto de vista psíquico uma perversão. Enéas Martim Canhadas

17 Na pergunta n.º 200 de O Livro dos Espíritos temos o seguinte: "Os Espíritos têm sexo? Não como o entendeis, porque os sexos dependem da constituição orgânica. Há entre eles amor e simpatia, mas baseados na afinidade de sentimentos". “Segundo a resposta, os Espíritos estão destituídos de sexo, no sentido biológico, isto e, não possuem aparelho reprodutor, logo, também não tem hormônios sexuais em sua estrutura. E, é claro que não poderiam tê-los, pois não se reproduzem. Ainda, segundo a resposta, eles se vinculam por "sentimento", por afinidade eletiva”. Djalma Argollo

18 A maior parte das pessoas tem, na área da sexualidade, dramas e problemas não resolvidos de outras encarnações. Assim, precisamos ter cuidado ao analisar e comentar sobre o assunto, principalmente em temas como o homossexualismo e a transexualidade. Enéas Martim Canhadas

19 Sexo é potencial divino, é força procriadora, porta de entrada p/ a reencarnação, é lei da vida; é energia; é força de criação. Carlos A. Parchen

20 SEXO, SEXUALIDADE E ESPIRITISMO Como a doutrina Espírita compreende o sexo antes do casamento? No livro Vida e Sexo, no capítulo “Compromisso Afetivo” encontramos: “Toda vez que determinada pessoa convide outra à comunhão sexual ou aceita de alguém um apelo neste sentido, em bases de afinidade e confiança, estabelece-se entre ambas um circuito de forças, pelo qual a dupla se alimenta psiquicamente de energias espirituais, em regime de reciprocidade.”

21 Relacionando ainda ao compromisso afetivo, no item 7, Cap. XVII, de O Evangelho segundo o Espiritismo diz "O dever íntimo do homem fica entregue ao seu livre arbítrio: o aguilhão da consciência, esse guardião da probidade interior, o adverte e sustenta, mas permanece, freqüentemente, impotente diante dos sofismas da paixão. O dever do coração, fielmente observado, eleva o homem; mas, esse dever, como precisá-lo? Onde começa ele? Onde se detém? O dever começa precisamente no ponto em que ameaçais a felicidade ou a tranqüilidade do vosso próximo; termina no limite que não gostaríeis de ver ultrapassado em relação a vós mesmos".

22 Emmanuel adverte que, quando um dos parceiros lesa o outro na sustentação do equilíbrio emotivo, provoca a “ruptura no sistema de permuta das cargas magnéticas” e caso o parceiro(a) que se sente prejudicado(a) “não possua conhecimentos superiores na auto-defensiva” pode entrar em pânico ou até mesmo chegar à delinqüência. Assim, não comece um romance a dois quando não possas e nem queiras manter-lhe a continuidade.

23 Enéas Martim Canhadas coloca que "a questão fundamental sobre sexo antes do casamento não está em saber se é certo ou errado. Somos espíritos em evolução e não cabe alguém ou algum código de ética dizer, ponto por ponto, o que devemos ou não fazer. A doutrina Espírita tem o mérito de mostrar através de quais mecanismos se faz tal evolução. Cada ser humano tem a liberdade da escolha com todas as suas implicações".

24 As energias sexuais são poderosas e estabelecem registros em nosso perispírito, podendo gerar, se desequilibradas, conseqüências cármicas das mais diversas, pois ninguém fere a Lei sem ferir a si mesmo Carlos A. Parchen

25 SEXO, SEXUALIDADE E ESPIRITISMO O instinto sexual liga-se à co-criação. Existe a co-criação em plano maior (trabalho dos Espíritos superiores a produzirem novos mundos) e em plano menor (proliferação da espécie humana). Neste nível, a co-criação é um direcionamento das forças sexuais da alma para um determinado fim. Quanto mais animalizado o Espírito, mais tenderá para os gozos sensíveis. Conforme for depurando o instinto sexual, mais tenderá para a sua integração com a Humanidade. Sérgio Biagi Gregório

26 A monogamia mostra elevação, conquista, entendimento e esclarecimento no campo espiritual, além de compromisso e entrega mútua, responsabilidade recíproca e troca mais equilibrada das energias sexuais; proporciona o prazer mais completo, físico, mental e espiritual. A poligamia a nada leva. A monogamia mostra elevação, conquista, entendimento e esclarecimento no campo espiritual, além de compromisso e entrega mútua, responsabilidade recíproca e troca mais equilibrada das energias sexuais; proporciona o prazer mais completo, físico, mental e espiritual. A poligamia a nada leva. Carlos A. Parchen

27 SEXO, SEXUALIDADE E ESPIRITISMO No livro Momentos de Ouro de Emmanuel & Francisco Cândido Xavier temos: "Todos nós, os espíritos vinculados à evolução da Terra, estamos altamente compromissados em matéria de amor e sexo, e, em matéria de amor e sexo irresponsáveis, não podemos estranhar os estudos respeitáveis nesse sentido, porque, um dia, todos seremos chamados a examinar semelhantes realidades, especialmente as que se relacionem conosco, que podem efetivamente ser muito amargas, mas que devem ser ditas".

28 CONCLUSÃO "E para não nos delongarmos em considerações desnecessárias, concluiremos que, em torno do sexo, será justo sintetizarmos todas as digressões nas normas seguintes: não proibição, mas educação; não abstinência imposta, mas emprego digno, com o devido respeito aos outros e a si mesmo; não indisciplina, mas controle; não impulso livre, mas responsabilidade. Fora disso, é teorizar simplesmente, para depois aprender ou reaprender com a experiência". Emmanuel - Vida e Sexo

29 Bibliografia - O sexo nosso de cada dia. Emídio e Marislei Brasileiro - Sexo, Amor e Espiritismo. Sérgio Biagi Gregório - O que é sexualidade ? Enéas Martim Canhadas - O que é Sexo? Djalma Argollo - Vida e sexo - Francisco Cândido Xavier - Emanuel - Livro dos Espíritos - Allan Kardec - Evangelho segundo o espiritismo - Allan Kardec - Sexualidade e espiritismo - Carlos A. Parchen e Luiz Carlos Halvass

30 SEXO, SEXUALIDADE E ESPIRITISMO Música: Bolero de Ravel Se você desejar ter acesso a outras palestras espíritas entre no site José Carlos Pereira Jotz


Carregar ppt "SEXO, SEXUALIDADE E ESPIRITISMO José Carlos Pereira Jotz Ligue o som."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google