A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

MEIOSE E GAMETOGÊNESE. Meiose • FORMAÇÃO DE GAMETAS (GAMETOGÊNESE). REPRODUÇÃO SEXUADA. • PERMITE VARIABILIDADE GENÉTICA PELA RECOMBINAÇÃO GÊNICA OU CROSSING.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "MEIOSE E GAMETOGÊNESE. Meiose • FORMAÇÃO DE GAMETAS (GAMETOGÊNESE). REPRODUÇÃO SEXUADA. • PERMITE VARIABILIDADE GENÉTICA PELA RECOMBINAÇÃO GÊNICA OU CROSSING."— Transcrição da apresentação:

1 MEIOSE E GAMETOGÊNESE

2 Meiose • FORMAÇÃO DE GAMETAS (GAMETOGÊNESE). REPRODUÇÃO SEXUADA. • PERMITE VARIABILIDADE GENÉTICA PELA RECOMBINAÇÃO GÊNICA OU CROSSING OVER. • GERA 4 CÉLULAS COM METADE DA PLOIDIA DA CÉLULA INICIAL E, PORTANTO, É CONSIDERADA UMA DIVISÃO REDUCIONAL (R!). • DIVIDIDA EM: MEIOSE I E MEIOSE II. • FORMAÇÃO DE GAMETAS (GAMETOGÊNESE). REPRODUÇÃO SEXUADA. • PERMITE VARIABILIDADE GENÉTICA PELA RECOMBINAÇÃO GÊNICA OU CROSSING OVER. • GERA 4 CÉLULAS COM METADE DA PLOIDIA DA CÉLULA INICIAL E, PORTANTO, É CONSIDERADA UMA DIVISÃO REDUCIONAL (R!). • DIVIDIDA EM: MEIOSE I E MEIOSE II.

3 Meiose I Prófase I •CONDENSAÇÃO DO MATERIAL GENÉTICO •DESAPARECIMENTO DA CARIOTECA E DO NUCLÉOLO LEPTÓTENO •PAREAMENTO DOS CROMOSSOMOS HOMÓLOGOS ZIGÓTENOPAQUÍTENODIPLÓTENO •TERMINALIZAÇÃO DOS QUIASMAS DIACENESE • OCORRÊNCIA DO CROSSING- OVER • FORMAÇÃO DOS QUIASMAS OCORRE TAMBÉM A MIGRAÇÃO DOS CENTRÍOLOS PARA POLOS OPOSTOS

4 CÉLULA EM INTERFASE

5 • CÉLULA NO FINAL DA PRÓFASE I CROSSING-OVER OU PERMUTAÇÃO

6 • GRAU MÁXIMO DE CONDENSAÇÃO DO MATERIAL GENÉTICO • ALINHAMENTO DOS PARES DE CROMOSSOMOS HOMÓLOGOS NA PLACA EQUATORIAL. Meiose I Metáfase I

7 • SEPARAÇÃO DOS CROMOSSOMOS HOMÓLOGOS. ISSO REDUZ A PLOIDIA! Meiose I Anáfase I

8 • REAPARECIMENTO DA CARIOTECA E DO NUCLÉOLO. • CITOCINESE. * OS CROMOSSOMOS PODEM SE DESCONDENSAR PARCIALMENTE. Meiose I Telófase I

9 INTERCINESE PERÍODO ENTRE A MEIOSE I E A MEIOSE II A CÉLULA VOLTA A REALIZAR A ATIVIDADE METABÓLICA, MAS NÃO HÁ DUPLICAÇÃO DO DNA INTERCINESE PERÍODO ENTRE A MEIOSE I E A MEIOSE II A CÉLULA VOLTA A REALIZAR A ATIVIDADE METABÓLICA, MAS NÃO HÁ DUPLICAÇÃO DO DNA

10 • CONDENSAÇÃO DO MATERIAL GENÉTICO. • DESAPARECIMENT O DA CARIOTECA E NO NUCLÉOLO • MIGRAÇÃO DOS CENTRÍOLOS PARA POLOS OPOSTOS. Meiose II Prófase II

11 • GRAU MÁXIMO DE CONDENSAÇÃO DO MATERIAL GENÉTICO. • ALINHAMENTO DOS CROMOSSOMOS NA PLACA EQUATORIAL. Meiose II Metáfase II

12 • SEPARAÇÃO DAS CROMÁTIDES IRMÃS. Meiose II Anáfase II

13 • REAPARECIMENTO DO NUCLÉOLO E DA CARIOTECA. • CITOCINESE. Meiose II Telófase II

14 1-DUPLICAÇÃO DO DNA = FORMAÇÃO DAS CROMÁTIDES IRMÃS. 2- SEPARAÇÃO DOS CROMOSSOMOS HOMÓLOGOS. 3- SEPARAÇÃO DAS CROMÁTIDES IRMÃS.

15 SEPARAÇÃO DOS CROMOSSOMOS HOMÓLOGOS

16 TIPOS DE GAMETAS X Nº DE CROM. HOMÓLOGOS

17 PERMUTAÇÃO X VARIABILIDADE GENÉTICA

18 MEIOSE E REPRODUÇÃO VEGETAIS: FORMADOS POR MEIOSE VEGETAIS: FORMADOS POR MITOSE. ANIMAIS: FORMADOS POR MEIOSE.

19 ESPERMATOGÊNESE • OCORRE NO INTERIOR DOS TESTÍCULOS. • TEM INÍCIO NA PUBERDADE, PELO AUMENTO DA PRODUÇÃO DE TESTOSTERONA E PERDURA PRATICAMENTE DURANTE TODA A VIDA DO INDIVÍDUO. • OCORRE NO INTERIOR DOS TESTÍCULOS. • TEM INÍCIO NA PUBERDADE, PELO AUMENTO DA PRODUÇÃO DE TESTOSTERONA E PERDURA PRATICAMENTE DURANTE TODA A VIDA DO INDIVÍDUO.

20

21 ESPERMIOGÊNESE A ÚLTIMA FASE DA ESPERMATOGÊNESE • PERDA DA VOLUME DO CITOPLASMA. • FORMAÇÃO DO ACROSSOMO A PARTIR DO COMPLEXO • GOLGIENSE. • FORMAÇÃO DO FLAGELO A PARTIR DO CENTRÍOLO. • MIGRAÇÃO E A CONCENTRAÇÃO DAS • MITOCÔNDRIAS NA BASE DO FLAGELO.

22 OVULOGÊNESE • OCORRE NOS OVÁRIOS. • HORM. SEXUAIS FEMININOS: ESTROGÊNIO E PROGESTERONA. • INÍCIA-SE NA VIDA INTRAUTERINA. • INTERROMPE-SE APÓS O NASCIMENTO EM PRÓFASE I. • CONTINUA DEPOIS DO INÍCIO DA PUBERDADE. • A CADA CICLO MENSTRUAL, A MEIOSE DE UMA DESSAS CÉLULAS PROSSEGUE ATÉ METÁFASE II, FORMANDO O OVÓCITO II (n), QUE É LIBERADO DURANTE O PERÍODO FÉRTIL DA MULHER. • CASO OCORRA FECUNDAÇÃO, ESSA CÉLULA FINALIZA A MEIOSE ATÉ TELÓFASE II E ORIGINA O GAMETA FEMININO DENOMINADO ÓVULO (n). • OCORRE NOS OVÁRIOS. • HORM. SEXUAIS FEMININOS: ESTROGÊNIO E PROGESTERONA. • INÍCIA-SE NA VIDA INTRAUTERINA. • INTERROMPE-SE APÓS O NASCIMENTO EM PRÓFASE I. • CONTINUA DEPOIS DO INÍCIO DA PUBERDADE. • A CADA CICLO MENSTRUAL, A MEIOSE DE UMA DESSAS CÉLULAS PROSSEGUE ATÉ METÁFASE II, FORMANDO O OVÓCITO II (n), QUE É LIBERADO DURANTE O PERÍODO FÉRTIL DA MULHER. • CASO OCORRA FECUNDAÇÃO, ESSA CÉLULA FINALIZA A MEIOSE ATÉ TELÓFASE II E ORIGINA O GAMETA FEMININO DENOMINADO ÓVULO (n).

23 AS OVOGÊNIAS ACUMULAM MATERIAL NUTRITIVO NO CITOPLASMA, OU SEJA, VITELO.

24 Bons estudos!


Carregar ppt "MEIOSE E GAMETOGÊNESE. Meiose • FORMAÇÃO DE GAMETAS (GAMETOGÊNESE). REPRODUÇÃO SEXUADA. • PERMITE VARIABILIDADE GENÉTICA PELA RECOMBINAÇÃO GÊNICA OU CROSSING."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google