A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

CONCORDÂNCIA VERBAL (A PALAVRA “SE”). CONCORDÂNCIA VERBAL (A PALAVRA “SE”)

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "CONCORDÂNCIA VERBAL (A PALAVRA “SE”). CONCORDÂNCIA VERBAL (A PALAVRA “SE”)"— Transcrição da apresentação:

1

2 CONCORDÂNCIA VERBAL (A PALAVRA “SE”)

3 CONSIDERAÇÕES INICIAIS
PREDICAÇÃO VERBAL VERBOS TRANSITIVOS Não possuem sentido completo, regendo, por isso, complementos (objetos) que lhes completem o significado. Podem ser: TRANSITIVOS DIRETOS (VTD) TRANSITIVOS INDIRETOS (VTI) TRANSITIVOS DIRETOS E INDIRETOS (VTDI)

4 CONSIDERAÇÕES INICIAIS
PREDICAÇÃO VERBAL VERBOS INTRANSITIVOS Possuem sentido completo, não regendo, por isso, complementos (objetos) para lhes completar o significado.

5 CONSIDERAÇÕES INICIAIS SEM COMPLEMENTOS VERBAIS
PREDICAÇÃO VERBAL OD – Sem preposição VERBOS TRANSITIVOS COMPLEMENTOS VERBAIS OI – Com preposição VERBOS INTRANSITIVOS SEM COMPLEMENTOS VERBAIS COMPLEMENTOS VERBAIS

6 PREDICAÇÃO VERBAL O macaco-prego é também chamado de "capuchinho", pois sua pelagem se assemelha à proteção de cabeça (capuz), presente no hábito dos monges capuchinhos. É um animal muito hábil, uma vez que consegue abrir frutas de casca dura. Para essa atividade, ele recorre a pedras e a pedaços de paus encontrados no seu habitat natural. São ferramentas rústicas e de rara utilização por outros animais. (http://www.saudeanimal.com.br - com adaptações)

7 PREDICAÇÃO VERBAL Verifica-se que o macaco-prego, inteligente e de mãos habilidosas, não é hostil à aprendizagem, pois se deixa seduzir facilmente pelos ensinamentos vindos dos humanos. Adapta-se a vida em cativeiro, contudo, como é muito ativo, freqüentemente, cria problemas. Nas matas e florestas da América do Sul, vive em bandos e é alheio à compreensão de que há limites territoriais entre os animais, de modo que este primata não leva em consideração a invasão à área de outros macacos. (http://www.saudeanimal.com.br - com adaptações)

8 CONSIDERAÇÕES INICIAIS
SUJEITO AGENTE É aquele que pratica, executa, realiza a ação expressa pelo verbo. O macaco-prego abre frutas de casca dura. Núcleo do Sujeito Sujeito SUJEITO AGENTE VOZ ATIVA

9 CONSIDERAÇÕES INICIAIS
SUJEITO PACIENTE É aquele que recebe a ação expressa pelo verbo. Frutas de casca dura são abertas pelo macaco-prego. Núcleo do Sujeito Sujeito SUJEITO PACIENTE VOZ PASSIVA ANALÍTICA

10 CONSIDERAÇÕES INICIAIS
SUJEITO PACIENTE É aquele que recebe a ação expressa pelo verbo. PA Abrem-SE frutas de casca dura. Núcleo do Sujeito Sujeito SUJEITO PACIENTE VOZ PASSIVA SINTÉTICA

11 CONSIDERAÇÕES INICIAIS
SUJEITO INDETERMINADO A informação presente no predicado diz respeito a um elemento que, por qualquer razão, não se pretende determinar. Ocorrências: O sujeito não está expresso, nem é indicado pelo contexto. Ainda não informaram, com precisão, o ocorrido. O sujeito não está expresso e a estrutura oracional apresenta SE (= IIS). Naquela região, recorre-se ao uso de diversas plantas medicinais.

12 Verbo no SINGULAR ou no PLURAL.
SE (PA) X SE (IIS) Verbo no SINGULAR ou no PLURAL. SUJEITO DETERMINADO PACIENTE PA VTD VTDI + Verbo no SINGULAR. SUJEITO INDETERMINADO IIS VTI VI VL +

13 SUJEITO DETERMINADO PACIENTE SUJEITO DETERMINADO PACIENTE
SE (PA) X SE (IIS) Reconhecem-se as virtudes do outro. Reconhece-se as virtudes do outro. VTD PA SUJEITO DETERMINADO PACIENTE Perdoam-se as ofensas aos amigos. Perdoa-se as ofensas aos amigos. VTDI PA SUJEITO DETERMINADO PACIENTE

14 SUJEITO INDETERMINADO SUJEITO INDETERMINADO
SE (PA) X SE (IIS) Assiste-se aos desmandos no poder público. Assistem-se aos desmandos no poder público. VTI IIS SUJEITO INDETERMINADO Naquela região, vive-se em harmonia. Naquela região, vivem-se em harmonia. VI IIS SUJEITO INDETERMINADO

15 Copyright  2008 diafonsoport. Todos os direitos reservados.


Carregar ppt "CONCORDÂNCIA VERBAL (A PALAVRA “SE”). CONCORDÂNCIA VERBAL (A PALAVRA “SE”)"

Apresentações semelhantes


Anúncios Google