A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

Liturgia e Vida em São Paulo. A Liturgia nas Cartas Paulinas São Paulo fala das celebrações da comunidade cristã ou para corrigir práticas ou para fundamentar.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "Liturgia e Vida em São Paulo. A Liturgia nas Cartas Paulinas São Paulo fala das celebrações da comunidade cristã ou para corrigir práticas ou para fundamentar."— Transcrição da apresentação:

1 Liturgia e Vida em São Paulo

2 A Liturgia nas Cartas Paulinas São Paulo fala das celebrações da comunidade cristã ou para corrigir práticas ou para fundamentar a sua argumentação

3 A Liturgia nas Cartas Paulinas Paulo escreve para que as suas cartas sejam lidas na assembleia cristã

4 A Liturgia nas Cartas Paulinas A liturgia era para Paulo: •dimensão fundamental e constitutiva da vida cristã •fonte doutrinal e de vida

5 A Liturgia nas Cartas Paulinas Vivemos o que celebramos

6 O BAPTISMO Aquele que participa da vida divina, pelo Baptismo, deve levar uma vida em conformidade com a sua nova condição: Somos novas criaturas… Geradas por um novo nascimento… Tornamo-nos Filhos de Deus

7 O BAPTISMO Ser “Filho de Deus” significa ser-se transformado radicalmente pelo próprio Deus, participar da sua vida divina… “revestidos de Cristo”… ser membros de Cristo … ligação vital a Cristo e participação no seu mistério pascal…

8 O BAPTISMO O objectivo de Paulo, quando fala do Baptismo, é o de nos falar do seu sentido e da sua razão de ser: “Caminhemos nessa vida nova”

9 A EUCARISTIA Paulo apresenta a Ceia do Senhor como comunhão no corpo e sangue de Cristo: aquele que participa da vida de Cristo glorioso não pode contemporaneamente participar dos ídolos. Depois argumenta a partir da Comunidade: ela própria é um só pão e um só corpo precisamente por participar de uma única Eucaristia (um só pão).

10 A EUCARISTIA Qual a intenção de Paulo: Falar da Vida Cristã! A comunhão que a Eucaristia realiza deve ser vivida no dia a dia pelo cristão com coerência!

11 A EUCARISTIA Fazei isto em memória de Mim! A comunhão fraterna é efeito ou fruto da participação eucarística, mas é também condição indispensável para a sua celebração. A Eucaristia é, para Paulo, o sacramento da caridade, da unidade da comunidade, da unidade da Igreja, Corpo de Cristo.

12 A EUCARISTIA No fundo, Paulo quer explicar aos coríntios (e a nós acólitos) que participar na Eucaristia só é comunhão com Cristo se for comunhão com os irmãos.

13 A VIDA COMO LITURGIA Por isso, vos exorto, irmãos, pela misericórdia de Deus, a que ofereçais os vossos corpos como sacrifício vivo, santo, agradável a Deus. Seja este o vosso verdadeiro culto, o espiritual. Não vos acomodeis a este mundo. Pelo contrário, deixai-vos transformar, adquirindo uma nova mentalidade, para poderdes discernir qual é a vontade de Deus: o que é bom, o que lhe é agradável, o que é perfeito. Rom 12,1-2

14 A VIDA COMO LITURGIA Deixemos que a vida de Cristo ressuscitado, recebida nas celebrações litúrgicas, dê forma à nossa vida diária. “Sacrifício” agradável a Deus é cumprir a vontade de Deus no dia a dia.


Carregar ppt "Liturgia e Vida em São Paulo. A Liturgia nas Cartas Paulinas São Paulo fala das celebrações da comunidade cristã ou para corrigir práticas ou para fundamentar."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google