A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

Música e Inclusão Social, o caso do Projeto Batuclagem e a experiência no ABC Paulista.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "Música e Inclusão Social, o caso do Projeto Batuclagem e a experiência no ABC Paulista."— Transcrição da apresentação:

1 Música e Inclusão Social, o caso do Projeto Batuclagem e a experiência no ABC Paulista

2 Introdução • Por que “Música e Inclusão”? 1.Parece fácil; 2.Parece claro a todos; 3.Parece inquestionável.

3 Projeto Mifneh Leila Sterenberg — Em Israel, o senhor foi um dos fundadores do projeto Mifneh, um programa de educação musical para árabes nascidos em Israel. Zubin Mehta — Árabes nascidos em Israel que vivem no norte, em Nazaré e em Shefa-'Amr, duas cidades, e lá temos 300 jovens aprendendo, mas músicos da orquestra supervisionam o ensino e o estudo. Leila Sterenberg — O senhor sonha com o dia em que palestinos e israelenses tocarão lado a lado da forma como a Filarmônica de Israel e a Orquestra do Estado da Baviera fizeram em Buchenwald? Zubin Mehta — Sonho. Você sabe muito! Claro que sim. É o sonho de todo mundo. Há músicos da Filarmônica de Israel que iriam a Ramallah, a capital da Palestina no momento, para ensinar. Só que não é permitido. E é bem pertinho. O projeto Mifneh foi um dos primeiros pontos norteadores do trabalho e segue sendo uma inspiração para o grupo. Falamos sobre ele aqui.aqui

4 Objetivos Validar (ou não) a tese: Analisar, de acordo com as pesquisas, os textos de Identidade e Cultura e as discussões internas e propostas em sala de aula, os conhecimentos prévios e posteriores de maneira crítica, com foco no Projeto Batuclagem.

5 Projeto Batuclagem O Batuclagem é parte central do trabalho do grupo. Partimos de uma formulação genérica sobre música e inclusão e redirecionamos os esforços e a perspectiva para o projeto. O objetivo primário é investigar, criar vínculos e possibilitar o esclarecimento dos demais sobre planos, funcionamento, conquistas e reveses do Projeto Batuclagem.

6 Justificativa 1.Dar visibilidade aos projetos de música em geral; 2.Estimular o debate sobre a inclusão social, principalmente, e iniciativas que utilizam instrumentos culturais; 3.Dar visibilidade ao Projeto Batuclagem; 4.Discutir a importância da arte no processo; 5.Explicitar a relação de cidadania e inclusão social; 6.Discutir o aprendizado obtido durante a execução do trabalho;

7 Resultados parciais da pesquisa • Respondendo às questões colocadas na introdução: 1.Parece fácil, mas não é. 2.Parece claro, mas envolve aspectos além da inclusão social. 3.Nada é inquestionável.

8 Associar o tema do estudo com a matéria Relacionar, de maneira clara e objetiva, os textos listados na ementa da disciplina e sugeridos pelos professores em sala de aula com a confecção do trabalho em suas variadas etapas. Tratamos, em seção específica, das questões trazidas por Peter Burke, Stuart Hall e Roger Chartier.seção específica Para explicações pontuais e como maneira de direcionar questões para o debate, trouxemos as definições de cultura iniciais reunidas por Petrônio Domingues.

9 Qual identidade? Qual cultura? Cultura popular de Peter Burke • Todos os hábitos de um povo são culturais Visão tradicional da cultura • Música, dança, festas, literatura, arte, moda, culinária, religião, lendas, superstições etc. produzidos pelos extratos inferiores, pelas camadas iletradas. • Cultura erudita (ou de elite) é aquela produzida pelos extratos superiores ou pelas camadas letradas, cultas e dotadas de saber ilustrado. Uma das diretrizes da discussão

10 Conclusão Sobre o Projeto Batuclagem: 1.Livre iniciativa; 2.Baixo custo; 3.Altíssimo retorno; 4.Excelente oportunidade de extensão; 5.Excelente oportunidade de integração universidade- sociedade. Sobre a relação com Identidade e Cultura: 1.Questões oportunas para o debate da cultura popular; 2.Questões oportunas para o debate sobre a consolidação de uma cultura.

11 Conclusão • Cidadania e inclusão social são inseparáveis. Uma vez iniciado o processo de inclusão social de determinado grupo, inicia-se, necessariamente, um processo de aquisição de cidadania de fato, e não uma cidadania de papel.cidadania de papel • A arte, utilizada com a finalidade de incluir socialmente, reúne aspectos diversos, como aprendizagem (educação), vínculo com uma nova perspectiva (integração com a comunidade) e até mesmo um ofício (inserção econômica).

12 Batuclagem como inclusão Deixar-se conduzir pela boa vontade é quase inevitável; contudo, em uma pesquisa acadêmica, a vontade deve dar espaço à realidade dos fatos, colhidos e analisados cuidadosamente. A verdadeira felicidade aqui não foi confirmar uma hipótese, mas ver que a inclusão social através da música, da arte e da cidadania de fato acontece fora de nossos papeis. E tem seu nome no ABC Paulista: Batuclagem.

13 Para acessar todo o material disponível feito durante as visitas ao Projeto Batuclagem, clique aqui.aqui Para acessar o blog “Música e Inclusão”, clique aqui.aqui Integrantes do grupo Adriana Silva | Leonardo de Sá | Lucas Ferreira | Maira Vieira | Marco Marino | Marcos Vinicius Faria | Mariana Lopes OBRIGADO!


Carregar ppt "Música e Inclusão Social, o caso do Projeto Batuclagem e a experiência no ABC Paulista."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google