A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

I NTERTEXTUALIDADE Metalinguagem. I NTERTEXTUALIDADE É a relação entre os textos, ou seja, o diálogo entre eles. A intertextualidade tem sempre a intenção.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "I NTERTEXTUALIDADE Metalinguagem. I NTERTEXTUALIDADE É a relação entre os textos, ou seja, o diálogo entre eles. A intertextualidade tem sempre a intenção."— Transcrição da apresentação:

1 I NTERTEXTUALIDADE Metalinguagem

2 I NTERTEXTUALIDADE É a relação entre os textos, ou seja, o diálogo entre eles. A intertextualidade tem sempre a intenção de trazer à memória um outro texto conhecido do leitor.

3 INTERTEXTUALIDADE PARÓDIAPARÓDIA O segundo texto altera o sentido do primeiro, produzindo humor, ironia, etc. Mantém ponto de vista diferente do primeiro texto.

4 PARÓDIA “ Minha Terra tem palmeiras, Onde canta o sabiá, As aves, que aqui gorjeiam, Não gorjeiam como lá.” Gonçalves Dias “Minha terra tem palmares onde gorjeiam o mar, os passarinhos daqui Não cantam como os de lá”. Oswald de Andrade

5 INTERTEXTUALIDADE PARÁFRASEPARÁFRASE O segundo texto mantém ou confirma as mesmas ideias do texto original, com efeito de imitação.

6 PARÁFRASE “Minha Terra tem palmeiras, onde canta o sabiá; As aves, que aqui gorjeiam, não gorjeiam como lá”. Gonçalves Dias Meus olhos brasileiros se fecham saudosos, Minha boca procura a “Canção do Exílio”. Como era mesmo a “Canção do Exílio”? Eu tão esquecido da minha terra... Ai terra que tem palmeiras Onde canta o sabiá! Carlos Drummond de Andrade

7 I NTERTEXTUALIDADE EPÍGRAFEEPÍGRAFE São citações utilizadas para apresentação ou abertura de uma página ou capítulo e que antecipa o objetivo ou a temática.

8 INTERTEXTUALIDADE CITAÇÃOCITAÇÃO São passagens de outros textos inseridas no texto criado. Geralmente vêm acompanhadas de alguma sinalização, como, aspas. Ex: (...) cristo no Evangelho não comparou ao semeador senão ao que semeia. Reparai. Não diz Cristo: Saiu a semear o semeador, senão ao que semeia: Ecce exiit qui seminat, seminare.

9 INTERTEXTUALIDADE ALUSÃOALUSÃO Trechos que fazem referência indireta a outros textos. Ex: Creiam-me, o menos mau é recordar; ninguém se fie da felicidade presente; há nela uma gota da baba de Caim. Corrido o tempo cessado o espasmo, então sim, então talvez se pode gozar deveras, porque entre uma e outra dessas duas ilusões, melhor é a que se gosta sem doer.

10 M ETALINGUAGEM

11 As vezes, o autor, em suas escritas, tem como mote de seus textos a própria descrição de seu processo de criação. Ex: Catar feijão se limita com escreve joga-se os grãos na água do alguidar e as palavras na folha de papel; e depois, joga-se fora o que boiar.


Carregar ppt "I NTERTEXTUALIDADE Metalinguagem. I NTERTEXTUALIDADE É a relação entre os textos, ou seja, o diálogo entre eles. A intertextualidade tem sempre a intenção."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google