A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

KSSF CICLO II AULA : AS BEM AVENTURANÇAS CLEA ALVES 2012-11-14 KSSF CICLO II AULA : AS BEM AVENTURANÇAS CLEA ALVES 2012-11-14.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "KSSF CICLO II AULA : AS BEM AVENTURANÇAS CLEA ALVES 2012-11-14 KSSF CICLO II AULA : AS BEM AVENTURANÇAS CLEA ALVES 2012-11-14."— Transcrição da apresentação:

1 KSSF CICLO II AULA : AS BEM AVENTURANÇAS CLEA ALVES KSSF CICLO II AULA : AS BEM AVENTURANÇAS CLEA ALVES

2 Roteiro • Bem aventurados os pobres pelo espirito. • Bem-aventurados os que têm puro o coração, porquanto verão a Deus • Bem-aventurados os misericordiosos, porque obterão misericórdia • Bem-aventurados os que choram, pois que serão consolados. • Bem-aventurados os brandos, porque eles possuirão a Terra. • Bem-aventurados os que têm fome e sede de justiça, porque serão saciados • Bem-aventurados os pacíficos, porque serão chamados filhos de Deus • Bem-aventuradosos que sofrem perseguição pela justiça, porque o reino dos céus é para eles • Bem-aventurados sois vós, quando vos injuriarem e perseguirem e, mentindo, disserem todo o mal contra vós por minha causa • Bem aventurados os pobres pelo espirito. • Bem-aventurados os que têm puro o coração, porquanto verão a Deus • Bem-aventurados os misericordiosos, porque obterão misericórdia • Bem-aventurados os que choram, pois que serão consolados. • Bem-aventurados os brandos, porque eles possuirão a Terra. • Bem-aventurados os que têm fome e sede de justiça, porque serão saciados • Bem-aventurados os pacíficos, porque serão chamados filhos de Deus • Bem-aventuradosos que sofrem perseguição pela justiça, porque o reino dos céus é para eles • Bem-aventurados sois vós, quando vos injuriarem e perseguirem e, mentindo, disserem todo o mal contra vós por minha causa

3 Vendo Ele as multidões subiu a montanha. Ao sentar-se, aproximaram-se Dele os seus discípulos e pôs-se a falar e os ensinava dizendo:” Bem aventurados... Vendo Ele as multidões subiu a montanha. Ao sentar-se, aproximaram-se Dele os seus discípulos e pôs-se a falar e os ensinava dizendo:” Bem aventurados... Contexto das Bem Aventuranças O assédio aos discípulos A postura de Mateus-Levi O relato de Mateus O acolhimento de Jesus

4 Contexto das Bem Aventuranças/ Presente e Futuro Os conceitos éticos ainda não definidos, não estruturados, cresciam num contexto perverso: Predominância do direito da força sobre a força do direito Predominância do direito da força sobre a força do direito Escravidão política, social, econômica, de credo e de raça Escravidão política, social, econômica, de credo e de raça Os interesses girando em torno da posse, fosse de bens materiais ou de pessoas. Os interesses girando em torno da posse, fosse de bens materiais ou de pessoas. O paganismo, culto a vários deuses, entrava em decadência O paganismo, culto a vários deuses, entrava em decadência É nesse momento, em que os primeiros sinais para a aquisição da consciência individual e coletiva aparecem, que chega Jesus para auxiliar e facilitar a transição da barbárie para a civilização É nesse momento, em que os primeiros sinais para a aquisição da consciência individual e coletiva aparecem, que chega Jesus para auxiliar e facilitar a transição da barbárie para a civilização

5 E, saindo ele do templo, disse-lhe um dos seus discípulos: Mestre, olha que pedras, e que edifícios! E, respondendo Jesus, disse-lhe: Vês estes grandes edifícios? Não ficará pedra sobre pedra que não seja derrubada. E, assentando-se ele no Monte das Oliveiras, defronte do templo, Pedro, e Tiago, e João e André lhe perguntaram em particular: Dize-nos, quando serão essas coisas, e que sinal haverá quando todas elas estiverem para se cumprir. Marcos 13: 1 a 4 Em 70 DC, Tito destruiu o Templo e dizimou praticamente toda a população de Jerusalém Em 70 DC, Tito destruiu o Templo e dizimou praticamente toda a população de Jerusalém fazendo os judeus irem para outros países da Ásia Menor ou sul da Europa (Diaspora)

6 Bem-aventurança em hebraico quer dizer "em marcha", e a infelicidade é estar parado, parado sobre a imagem, parado sobre os sintomas, parado sobre as memórias". BEM-AVENTURANÇA - EM MARCHA

7 Sermão da Montanha - Uma experiência auto-reflexiva Cada um de nós avançará através da meditação nos conceitos de Jesus e na sua aplicação do cotidiano. Cada um de nós avançará através da meditação nos conceitos de Jesus e na sua aplicação do cotidiano. Gandhi: “Se a humanidade perdesse todas as obras sacras e ficasse apenas o Sermão da Montanha, não teria perdido nada” Gandhi levou a Índia à independência e serviu de inspiração para movimentos de não-violência, direitos civis e liberdade em todo o mundo Gandhi levou a Índia à independência e serviu de inspiração para movimentos de não-violência, direitos civis e liberdade em todo o mundo • Já basta admirarmos o Sermão da Montanha e continuarmos os mesmos. • Vamos colocar a proposta do bem em nosso íntimo para nos auto-beneficiarmos

8 Bem-aventurados os pobres pelo espírito, porque deles é o reino dos céus. (Mateus, 5:3) •Proposta audaciosa! Por quê? •Mundo rico de pobres morais Mundo fascinante de poderosos sem força  TENDO, sem ser encarcerado na POSSE TER as coisas mas não depender delas para estabelecer paradigmas de felicidade: “ Eu somente serei feliz quando…quando tiver isso, aquilo, quando conquistar uma pessoa, quando ocupar uma posição de destaque…..”  TENDO, sem ser encarcerado na POSSE TER as coisas mas não depender delas para estabelecer paradigmas de felicidade: “ Eu somente serei feliz quando…quando tiver isso, aquilo, quando conquistar uma pessoa, quando ocupar uma posição de destaque…..” Usar sem abusar, desfrutar os bens da Terra que são mensagens dos bens do Céus, mas deixá- los com a naturalidade de quem não os têm. Felizes aqueles que têm consciência de sua pobreza espiritual e que buscam humildemente aquilo que necessitam. C. Jung

9 Bem-aventurados os pobres de ambições escuras, de sonhos vãos, de projetos vazios e de ilusões desvairadas, que vivem construindo o bem com o pouco que possuem, ajudando em silêncio, sem a mania de glorificação pessoal, atentos à vontade do Senhor e distraídos das exigências da personalidade, porque viverão sem novos débitos, no rumo do céu que lhes abrirá as portas de ouro, segundo os ditames sublimes da evolução

10 Bem-aventurados os que têm puro o coração, porquanto verão a Deus (Mateus, 5:8) Para ser puro de cora ç ão temos que aprender a libertamos do que temos A pureza ou a limpeza podem significar um estado do Ego, livre da contaminação de conteúdo ou motivações do inconsciente. Aquele que é consciente é puro, porque é consciente de que seu erro abre uma porta para experimentar a sua própria essência. C.Jung A pureza ou a limpeza podem significar um estado do Ego, livre da contaminação de conteúdo ou motivações do inconsciente. Aquele que é consciente é puro, porque é consciente de que seu erro abre uma porta para experimentar a sua própria essência. C.Jung EGO OU EU é o centro da consciência, é a soma total dos pensamentos, idéias, sentimentos, lembranças e percepções sensoriais Ele é o mediador entre o mundo interno e o externo”, afirma a psic ó loga Aspasia Papazanakis, professora da Universidade São Marcos EGO OU EU é o centro da consciência, é a soma total dos pensamentos, idéias, sentimentos, lembranças e percepções sensoriais Ele é o mediador entre o mundo interno e o externo”, afirma a psic ó loga Aspasia Papazanakis, professora da Universidade São Marcos E não vos conformeis a este mundo, mas transformai-vos pela renovação da vossa mente... Rom 12:2

11 A verdadeira pureza não está somente nos atos; está também no pensamento, porquanto aquele que tem puro o coração, nem sequer pensa no mal naquele que nem sequer concebe a idéia do mal, já há progresso realizado; naquele a quem essa idéia acode, mas que a repele, há progresso em vias de realizar-se; naquele, finalmente, que pensa no mal e nesse pensamento se compraz, o mal ainda existe na plenitude da sua força. Não basta ao homem abster-se do mal, cumpre-lhe praticar o bem. Ora, para chegar a isso, é-lhe preciso destruir no seu eu tudo o que não é bom e não olhar a sacrifício algum para purificar o seu coração. Bem-aventurados os que têm puro o coração, porquanto verão a Deus (Mateus, 5:8)

12 Bem-aventurados os limpos de cora ç ão que projetam a claridade de seus intentos puros, sobre todas as situa ç ões e sobre todas as coisas, porque encontrarão a "parte melhor" da vida, em todos os lugares, conseguindo penetrar a grandeza dos prop ó sitos divinos.

13 Bem-aventurados os misericordiosos, porque obterão misericórdia. ( Mateus, 5:7) A misericórdia é a vivência do amor de Deus nas relações com as pessoas, principalmente com as que se encontram emocionalmente desajustadas. Agir com misericórdia é colocar a mente em estado de doação da energia do amor. ” A misericórdia é a vivência do amor de Deus nas relações com as pessoas, principalmente com as que se encontram emocionalmente desajustadas. Agir com misericórdia é colocar a mente em estado de doação da energia do amor. ” PERDÃO DAS OFENÇAS O perdão aqui não devera ser entendido como esquecimento da ofensa ou desculpa. O esquecimento somente vem quando a memória se encarrega de diluir a impressão negativa, o que demanda tempo, reflexão e auto-superação. O perdão aqui não devera ser entendido como esquecimento da ofensa ou desculpa. O esquecimento somente vem quando a memória se encarrega de diluir a impressão negativa, o que demanda tempo, reflexão e auto-superação. O que é preciso, na verdade, é esquecer no sentido de diluir a mágoa, a raiva ou o ressentimento que o fato gerou, caso contrário o perdão é superficial ou até mesmo ilusório

14 Bem-aventurados os misericordiosos, porque obterão misericórdia. (Mateus, 5:7) • Ensina que não devemos julgar os outros mais severamente do que nos julgamos a nós mesmos, nem condenar nos outros o que nos desculpamos em nós. Antes de reprovar uma falta em alguém, consideremos se a mesma reprovação não nos pode ser aplicada. • “Devemos ser indulgentes para as faltas alheias, quaisquer que sejam; não julgueis com severidade senão as vossas próprias ações, e o Senhor usará de indulgência para convosco, como usastes para com os outros • Ensina que não devemos julgar os outros mais severamente do que nos julgamos a nós mesmos, nem condenar nos outros o que nos desculpamos em nós. Antes de reprovar uma falta em alguém, consideremos se a mesma reprovação não nos pode ser aplicada. • “Devemos ser indulgentes para as faltas alheias, quaisquer que sejam; não julgueis com severidade senão as vossas próprias ações, e o Senhor usará de indulgência para convosco, como usastes para com os outros O mesmo peso a mesma medida INDULGÊNCIA

15 Bem-aventurados os que choram, pois que serão consolados. ( Mateus, 5:4, 6 e 10) Os que choram se encontram envolvidos num processo de crescimento. Eles serão consolados quando o valor projetado, for recuperado no interior de si mesmo. CHORAR É TER SAÚDE ESPIRITUAL Quando seu choro é aquele que evoca uma nova atitude diante de erros cometidos O choro e o sofrimento são consequências da incompreensão e dos transviamentos das leis que regem a evolução humana

16 O choro é uma forma de expressar sentimentos, sejam eles bons ou ruins. Chorar ajuda a limpar a alma, a se desfazer de sentimentos ruins, que apertam o peito de uma forma tão sufocante, que parece que não conseguiremos mais viver. As pérolas são feridas curadas. Bem-aventurados os que sabem esperar e chorar, sem reclamação, suportando e compreendendo nos adversários e nas circunstancias que os ferem a impeli-los para diante, porque realmente serão consolados. Bem-aventurados os que choram, pois que serão consolados. ( Mateus, 5:4, 6 e 10)

17 Bem-aventurados os brandos, porque eles possuirão a Terra. (Mateus, 5:5) Herdar a terra significa adquirir uma consciência em saber se relacionar ao todo ou de ter uma participação pessoal no todo. A violência desde sempre tem sido um meio utilizado pelo homem para o domínio, em dano para os mansos e cordatos Porém a Terra esta passando por profundas transformações, num processo de seleção que já esta em curso. Uma nova era de paz e felicidade vai se instalar para os brandos e pacíficos que aqui vivem. porque sou manso e humilde de coração O mundo não admite a mansidão; para ele isto é um sinal de fraqueza. Entretanto o homem mais forte que passou pela terra, declarou de si mesmo aprendei de mim, porque sou manso e humilde de coração

18 Bem-aventurados os pacíficos, porque serão chamados filhos de Deus ( Mateus, 5:9) E o juiz, com uma serenidade muito grande no olhar, disse: Vocês repararam que, em meio à violência das ondas e à tempestade, há numa das fendas do rochedo, um passarinho com seus filhotes dormindo tranquilamente? E os pintores sem entender responderam: Sim, mas... Antes que eles concluíssem a frase, o juiz ponderou: Caros amigos, a verdadeira paz é aquela que, mesmo nos momentos mais difíceis, nos permite repousar tranquilos. Considerando que a paz é um estado de espírito podemos concluir que, se a consciência está tranquila, tudo à volta pode estar em revolução que conseguiremos manter nossa serenidade

19 Bem-aventurados os mansos, os delicados e os gentis que sabem viver sem provocar antipatias e descontentamentos, mantendo os pontos de vista que lhes são peculiares, conferindo, porém, ao próximo, o mesmo direito de pensar, opinar e experimentar, porque, respeitando cada pessoa, cada coisa em seu lugar, tempo e condição, equilibram o corpo e a alma, herdando valiosas lições na Terra. Bem-aventurados os mansos, os delicados e os gentis que sabem viver sem provocar antipatias e descontentamentos, mantendo os pontos de vista que lhes são peculiares, conferindo, porém, ao próximo, o mesmo direito de pensar, opinar e experimentar, porque, respeitando cada pessoa, cada coisa em seu lugar, tempo e condição, equilibram o corpo e a alma, herdando valiosas lições na Terra.

20 Para que a paz seja uma realidade em nossa vida, temos a necessidade urgente de despertarmos nossa consciência da paz em algusn niveis. PAZ CONSIGO A coerência entre as idéias, as falas e os atos do indivíduo. Todas as vezes que age incoerentemente o indivíduo sucumbe ante a cobrança de sua própria consciência. PAZ COM O PRÓXIMO PAZ COM O AMBIENTE O segundo nível é a Paz– a convivência com a alteridade, com a diferença, pressupõe o respeito ao direito do outro. Neste estágio o indivíduo busca a harmonização com o mundo em que vive. Harmoniza-se com seres e coisas. Quando destrói o faz como parte de um processo de renovação, com respeito ao meio e aos outros.

21 Bem-aventurados os que têm fome e sede de justiça, porque serão saciados (Mateus 5:6) Jesus não se refere, aos que se inconformam com sua condição, protestam, amaldiçoam ou promovem agitações subversivas. À luz da reencarnação, no entanto, podemos entender as diferenças sociais, como todas as desigualdades que tanto chocam nossa sensibilidade e que, no entanto, não se constituem expressões de um Deus arbitrário e cruel que castigaria a uns e favoreceria a outros. Refere-se aos que, qualquer que seja a classe social em que se encontrem, procuram, de consciência tranquila, seguir-Ihe as pegadas, alimentando a nobre aspiração de pautar seus próprios atos de conformidade com os mais altos ideais de justiça e retidão.

22 Jesus tambem se referia aqui à Justiça Divina. Desta forma os que têm fome e sede de justiça são aqueles que estão no processo de entendimento da lei divina, da transformação de si mesmo num homem de bem, no aprendizado prático das sucessivas reencarnações. Jesus tambem se referia aqui à Justiça Divina. Desta forma os que têm fome e sede de justiça são aqueles que estão no processo de entendimento da lei divina, da transformação de si mesmo num homem de bem, no aprendizado prático das sucessivas reencarnações. Finalmente, ser saciado é a conquista destes objetivos, é resultado da busca e da prática do bem, a evolução espiritual. As leis humanas, por sua vez, com o processo de evolução, auxiliarão no entendimento da Justiça Divina Finalmente, ser saciado é a conquista destes objetivos, é resultado da busca e da prática do bem, a evolução espiritual. As leis humanas, por sua vez, com o processo de evolução, auxiliarão no entendimento da Justiça Divina Bem-aventurados os que têm fome e sede de justiça, porque serão saciados (Mateus 5:6)

23 Bem-aventuradosos pacificadores, porque serão chamados filhos de Deus (Mateus 5:9) Jesus faz o convite nesta bem aventurança para investirmos na paciência é um valor essencial para sermos pacificadores. Todos ingredientes que acontecem durante nosso dia nos levam a treinar a paciência que é também uma caridade. A afabilidade e doçura também faz parte do pacificador que define uma relação fraterna nos momentos domésticos, de trabalho e de relações em geral. A paciência é a ciência da paz. Autocontrole, autoconhecimento e equilíbrio emocional são processos que requerem um investimento pessoal. Carmen Baldisserotto. A violência externa que nos atinge é fruto da desorganização interna que nos constitui. Adenauer Novaes

24 Bem-aventuradosos que sofrem perseguição pela justiça, porque o reino dos céus é para eles (Mateus 5:10) Não se trata de justiça jurídica, mas de relação, atitude justa e reta que o homem assume. Nos mantermos no caminho que Jesus ensinou pode não ser entendido por muitos que ainda não tenham interiorizado a importância dos valores morais. Bem aventurados quando somos perseguidos por defender os mais fracos. Bem aventurados quando somos perseguidos por defender os mais fracos. Bem aventurado quando somos perseguidos por não agir por conveniência Bem aventurado quando somos perseguidos por não agir por conveniência Quanto aos que se expõem, se impõem e se põem contra as injustiças praticadas pelos poderosos, serão perseguidos, atribulados, atormentados, mas serão felizes, pois não passarão pela vida sem que nela tenham feito diferença deixando a sua contribuição e legado. Quanto aos que se expõem, se impõem e se põem contra as injustiças praticadas pelos poderosos, serão perseguidos, atribulados, atormentados, mas serão felizes, pois não passarão pela vida sem que nela tenham feito diferença deixando a sua contribuição e legado.

25 Bem-aventurados sois vós, quando vos injuriarem e perseguirem e, mentindo, disserem todo o mal contra vós por minha causa Mateus 5:11 Aquele que luta, luta também consigo mesmo; aquele que luta na transformação do mundo, luta também consigo na própria transformação Então aquele que age se transforma na ação Aquele que meche nas estruturas do mundo é perseguido pelo mundo e persegue a si mesmo para mudar as próprias estruturas A recompensa que Jesus promete é a reação, é o fruto do próprio trabalho no Bem. É o resultado da transformação espiritual que ocorre naquele que batalha em nome do Mestre. Se vos perseguirem por causa do mestre Jesus é porque não estarão mortos, não estarão parados, estarão trabalhando, divulgando, se transformando num ser humano melhor. “Ninguém pertuba um cachorro morto” porque o mesmo não reage, não ladra

26 Vós sois o sal da terra e a luz do mundo. Mateus 5:13 a 16 A função primária do sal é conservar, condimentar, preservar, deter a decomposição. Fazer a diferença Cada discípulo do Mestre, individualmente, deve ser um facho de luz a iluminar os homens no caminho para o céu Rodolfo Calligaris Cada discípulo do Mestre, individualmente, deve ser um facho de luz a iluminar os homens no caminho para o céu Rodolfo Calligaris Assim resplandeça a vossa luz diante dos homens, para que vejam as vossas boas obras e glorifiquem a vosso Pai, que está nos céus Mateus 5:13 a 16

27 • Bem-aventurado és Francisco Cândido Xavier, porque abrigaste a humildade de espírito e hoje é teu também o Reino dos Céus. Bem-aventurados és porque choraste Resignado e agora foste consolado. Bem-aventurados és porque guardaste a mansuetude e, por isso, herdaste a terra dos nossos corações reconhecidos. Bem-aventurado és porque tiveste fome e sede de justiça e foste saciado pelo Eterno Juiz. Bem-aventurado és porque usaste de misericórdia para com as faltas alheias e a Misericórdia Divina te alcançou. Bem-aventurados és porque mantiveste limpo o vaso do coração e por isso mesmo viste a Deus Homenagem a um filho Bem Aventurado

28 Bem-aventurado és porque foste pacificador e em razão disto és chamado filho de Deus. Bem-aventurado és Cândido Xavier, porque foste o servo fiel, prudente e vigilante e a Causa de Jesus não foi motivo de tropeço à tua alma. Bem-aventurado és porque, antes, foste perseguido, injuriado, e mentindo, disseram toda a sorte de males contra ti, por causa de Nosso Senhor e, no entanto, não te abalaste na fé. • E assim é porque soubeste ser o menor dos discípulos de Jesus; porque aprendeste a ser o servo de todos os corações aflitos e sobrecarregados que te buscaram em nome de Deus. • Regozija-te agora e exulta, porque grande é o teu galardão no Reino dos Céus. Homenagem a um filho Bem Aventurado

29 E assim é porque soubeste ser o menor dos discípulos de Jesus; porque aprendeste a ser o servo de todos os corações aflitos e sobrecarregados que te buscaram em nome de Deus. Estivemos com fome e nos deste de comer. Estivemos com sede e nos deste de beber. Estivemos com frio e nos vestiste. Estivemos sem teto e nos abrigaste. Estivemos doentes e foste nos visitar. Estivemos presos e vieste nos ver. Por tudo isto, querido amigo, Bem-aventurado sejas por todo o sempre! Homenagem a um filho Bem Aventurado Fonte: Mensagem psicografada por Geraldo Lemos Neto em reunião pública no Centro Espírita Luz, Amor e Caridade, em Belo Horizonte, MG, na noite do dia 30/06/2003, data em que se comemora o aniversário de 01 ano de desencarnação do querido médium, benfeitor e amigo, FRANCISCO CÂNDIDO XAVIER.

30 Bem-aventurados (muito felizes) aqueles que lêem, ouvem e que guardam estas coisas no seu coração... Apocalispe 1:3 – Biblia na Linguagem Moderna Tenham todos uma feliz noite com muita PAZ !

31 " Uma ostra que não foi ferida não produz p é rolas." P é rolas são produtos da dor; resultados da entrada de uma substância estranha ou indesej á vel no interior da ostra, como um parasita ou grão de areia. Na parte interna da concha é encontrada uma substância lustrosa chamada n á car. Quando um grão de areia a penetra, á s c é lulas do n á car come ç am a trabalhar e cobrem o grão de areia com camadas e mais camadas, para proteger o corpo indefeso da ostra. Como resultado, uma linda p é rola vai se formando. Uma ostra que não foi ferida, de modo algum produz p é rolas, pois a p é rola é uma ferida cicatrizada. A Ostra e a Pérola- Slide 15

32 Certa vez, houve um concurso de pintura e o primeiro lugar seria dado ao quadro que melhor representasse a paz. Ficaram, dentre muitos, três finalistas igualmente empatados. O primeiro retratava uma imensa pastagem, com lindas flores e borboletas que bailavam no ar, acariciadas por uma brisa suave. O segundo mostrava pássaros a voar sob nuvens brancas como a neve, em meio ao azul anil do céu. O terceiro mostrava um grande rochedo sendo açoitado pela violência das ondas do mar, em meio a uma tempestade estrondosa e cheia de relâmpagos. Para surpresa e espanto dos finalistas, o escolhido foi o terceiro quadro, o que retratava a violência das ondas contra o rochedo. Indignados, os dois pintores que não foram escolhidos questionaram o juiz que deu o voto de desempate: Como este quadro tão violento pode representar a paz, sr. Juiz? E o juiz, com uma serenidade muito grande no olhar, disse: Vocês repararam que, em meio à violência das ondas e à tempestade, há numa das fendas do rochedo, um passarinho com seus filhotes dormindo tranquilamente? E os pintores sem entender responderam: Sim, mas... Antes que eles concluíssem a frase, o juiz ponderou: Caros amigos, a verdadeira paz é aquela que, mesmo nos momentos mais difíceis, nos permite repousar tranquilos. HISTORIA DA VERDADEIRA PAZ – SLIDE -17

33 Bibliografia • ALMEIDA, JOÃO FERREIRA. BÍBLIA. • O EVANGELHO SEGUNDO O ESPIRITISMO (ALLAN KARDEC, CAP. V, VII, VIII, IX E X. • O LIVRO DOS ESPÍRITOS, CAP. V, QUESTÕES 715 À 717. • DIVALDO FRANCO – PALESTRA “JESUS & VIDA – ESTUDO DO SERMÃO DA MONTANHA”: • BOA NOVA- FRANCISCO XAVIER • • PSICOLOGIA DO EVANGELHO – ADENAUER NOVAES. • psicologica-das-bem-aventurancas.html


Carregar ppt "KSSF CICLO II AULA : AS BEM AVENTURANÇAS CLEA ALVES 2012-11-14 KSSF CICLO II AULA : AS BEM AVENTURANÇAS CLEA ALVES 2012-11-14."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google