A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

Semantic Web no Contexto Educativo

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "Semantic Web no Contexto Educativo"— Transcrição da apresentação:

1 Semantic Web no Contexto Educativo
Um Sistema de e-Learning para a Web Semântica Baseado na Tecnologia de Agentes Inteligentes Móveis | URL: | Vitor Barrigão Gonçalves

2 Sumário Motivação Tecnologias para o e-Learning
Tecnologias para a Web Semântica O e-Learning e a Web Semântica Arquitectura Proposta para o Sistema Desenvolvimento do Sistema

3 Motivação Com a Internet surgiram: Novos modelos de Comunicação
Novas estratégias de difusão de informação Novas formas de ensino/aprendizagem Auto-formação ao longo da vida via conteúdos Web dispersos Auto-formação ao longo da vida via Sistemas de e-Learning Sim! Mas nem tudo são rosas…

4 Motivação A Web actual é uma biblioteca de documentos mundial… Hum!... Será?!?

5 Motivação A Web actual não será mais parecida com…
…um montão de livros, revistas e cassetes de áudio e vídeo?

6 Motivação Não lida com a relação entre dois conceitos.
O Google apresenta resultados satisfatórios na procura de um conceito. Mas, Não lida com a relação entre dois conceitos. Não procura informação em Base de Dados (Deep Web). Não devolve conhecimento implícito. Agentes de software não distinguem os poetas dos atletas, as cores das flores ou os nomes comuns dos nomes próprios. EU NÃO ENTENDO Porquê? Conteúdos orientados para as pessoas E não para as máquinas (agentes de software).

7 Motivação 1.ª Geração: 2.ª Geração: 3.ª Geração: 4.ª Geração:
Ensino por correspondência. 2.ª Geração: Tele-educação (Universidade Aberta). 3.ª Geração: Serviços Telemáticos - comunicações assíncronas. 4.ª Geração: E-Learning, m-Learning, b-Learning e comunidades virtuais.

8 Motivação Interacção com os conteúdos: Interacção social:
Exploração e adaptação dos recursos educativos (Conteúdos Web ou materiais de estudo). Interacção social: Utilização das TICs na relação professor/aluno(s) e aluno/Aluno(s) (Aplicações Web, correio electrónico, fóruns de discussão, chats, vídeo-conferência);

9 Motivação Modelo tecnológico e pedagógico integrados? Tecnologias
de e-Learning (Web, FTP, , Fórum, Chat Áudio e Videoconferência) Gestão da Informação (conteúdos e Materiais de apoio) Teorias da Aprendizagem (Pedagogia e Didáctica) ALUNO Motivação Modelo tecnológico e pedagógico integrados?

10 Tecnologias para o e-Learning
WebCT (http://www.webct.com) Lotus Learning (http://www.lotus.com/lotus/offering3.nsf) TopClass e-Learning Suite (http://www.wbtsystems.com) Luvit LMS (http://www.luvit.com) Blackboard Academic Suite (http://www.blackboard.com) Virtual-U (http://www.virtual-u.org) Moodle (http://moodle.org) Zope (http://www.zope.org) Mambo (http://www.mamboserver.com) Personalização dos e-cursos? Nem por isso! Mas, também nem tudo são espinhos… Se houver METADADOS!

11 Tecnologias para o e-Learning
LOs são peças LEGO que têm o mesmo modelo. Se têm o mesmo modelo podem ser encaixadas e reutilizadas. - Objectos de Aprendizagem: Learning Objects - Normas IMS (Instructional Management Systems) - Modelo SCORM (Sharable Content Object Resource Model)

12 Tecnologias para o e-Learning
LMSs – Learning Management Systems LCMSs – Learning Content Management Systems Reutilização Interoperabilidade Personalização Granularidade baixa IEEE-LOM (IEEE Standard for Learning Object Metadata) Modelo de referência: SCORM

13 Tecnologias para a Web Semântica

14 Tecnologias para a Web Semântica
Tecnologia XML Tecnologia de Metadados RDF (Resource Description Framework) DCMES (Dublin Core Metadata Element Set) LOM (Learning Object Metadata) MPEG7 (Multimedia Content Description Interface) Tecnologia de Ontologias RDFS (Resource Description Framework Schema) OWL (Ontology Web Language) Tecnologia de Inferência (RuleML e SWRL) Tecnologia de Agentes (Java, KQML)

15 Tecnologias para a Web Semântica
Confiar na autenticidade das fontes Reconhecer a veracidade das inferências Definir como racionar sobre os dados Entender o significado dos dados Atribuir significado aos dados Estruturar os dados

16 Tecnologia de Agentes

17 Tecnologia de Agentes Propriedades: Reactividade Pró-actividade
Persistência Sociabilidade Mobilidade Intencionalidade

18 Tecnologia de Agentes Classificação: Quanto à mobilidade:
Agentes estáticos ou móveis Quanto à presença de modelo de raciocínio: Agentes deliberativos ou reactivos Quanto à funcionalidade: Agentes de Informação e de Internet Quanto à presença de atributos primários: Agentes colaborativos com/sem capacidade de aprendizagem Agentes de Interface Agentes Inteligentes Quanto à existência de filosofias híbridas

19 Tecnologia de Agentes Linguagens de programação de agentes:
Linguagens interpretadas: Java, Tcl/Tk, Telescript, Obliq, Phantom, Python, Prolog… Linguagens compiladas: C, C++, Smalltalk, Pascal… Linguagens de comunicação entre agentes: AgentTalk, AOP, ACL, KIF, KQML ACL (Agent Communication Language): KIF+KQML KQML (Knowledge Query and Manipulation Language)

20 Tecnologia de Agentes Plataformas de desenvolvimento: AGENT BUILDER
AGLETS ou ASDK CONCORDIA ENAGO MOBILE JACK ou JDE JADE TACOMA VOYAGER

21 O e-Learning e a Web Semântica
Aplicar a filosofia de objectos de aprendizagem (IMS/SCORM) Aplicar as Tecnologias para a WS nos Sistemas de e-Learning Descrever os LOs com Metadados LOM/RDF Integração entre LOM e XMLS Integração entre LOM e RDF Criar Ontologias OWL Defenir regras de inferência Construir sistemas de agentes inteligentes e agentes móveis: Agentes de Interface, de Pesquisa e de Informação

22 Arquitectura genérica do Sistema

23 Desenvolvimento do Sistema
Metodologias baseadas na teoria dos agentes: GAIA, mGAIA, MESSAGE/UML, OPM/MAS, ROADMAP, SODA, Tropos… Extensões das metodologias orientadas por objectos: MaSE, PASSI e Prometheus… Metodologias baseadas na engenharia do conhecimento: MAS-CommonKADS Metodologias híbridas: Skeleton methodology e Modular methodology

24 Desenvolvimento do Sistema
Modelação e especificação UML (Unified Modelling Language) AUML (Agent Unified Modelling Language) AML (Agent Modelling Language)

25 Desenvolvimento do Sistema
Implementação do Sistema Sistema Multiagente inteligente e móveis: Voyager Sistemas de e-Learning: Moodle Sistema de gestão de conteúdos: Mambo (PHP/mysql) Conteúdos educativos: XML, LOM, RDF (IsaViz) Ontologias: OWL (Protegé e SWOOP)

26 Considerações Finais Num futuro muito próximo, passaremos
mais tempo a ler, ver e ouvir recursos educativos e muito menos tempo a filtrar essa informação. Mas, ainda há muito trabalho para fazer: Aplicar a Web Semântica às Intranets (educativas); Aplicar a Web Semântica às Extranet (entre instituições); Aplicar a Web Semântica à Web actual. Os metadados, ontologias e agentes são vitais…

27 Considerações Finais A Web semântica é o instrumento necessário ao desenvolvimento da inteligência colectiva (Pierre Lévy, 2003). Logo, constitui uma peça crucial no desenvolvimento da actual Sociedade da Informação e do Conhecimento.


Carregar ppt "Semantic Web no Contexto Educativo"

Apresentações semelhantes


Anúncios Google