A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

Débora Cristina Denadai

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "Débora Cristina Denadai"— Transcrição da apresentação:

1 Débora Cristina Denadai
Cinquenta e poucos Débora Cristina Denadai Cinquenta e poucos e um e dois e três... Número não muito preciso. Inexato. Mas é fato. Agora, cinqüentas e uns. Quilômetros? Quilos? Nada. Anos mesmo. Idade.

2 Mas em plena mocidade, Aceito-me como estou
Mas em plena mocidade, Aceito-me como estou. Aliás, aceito nem é a palavra. Gosto-me mais assim, menos brava, Mais zen, mais "nem tô". Cinquenta e uns. Quilos a mais de bagagem, Rindo mais de bobagem, O que já foi já passou. Cinquenta e uns. Quilômetros bem rodados, Amigos mais bem cuidados, Amores bem mais safados, Nem por isso menos amados, Só mais gostosos agora.

3 Cinquenta e uns. E a vida é diferente, querendo andar sempre em frente, sem ligar para a demora vivendo bem o agora. Cinquenta e uns. Que presente tão gostoso, viver tudo assim, caloroso, Com mais gosto, mais sabor. Cinquenta e uns. Nada para lamentar, Nenhum deixar de amar, De viver, de se alegrar,nenhum deixar de... Nenhum não fazer,nada ficou por dizer. O que foi dito era pra ser.

4 na minha vida ela sera muito mais bela ainda...
Cinquenta e uns... Virão os cinquentas E tantos outros depois, Se continuo nesse trem, Andando assim, vou a cem, Feliz e desenxabida, Celebrando, feliz, a vida, Com tudo que ela tem.e se vc ainda estiver pelas redondezas  na minha vida ela sera muito mais bela ainda...

5 André Gagnon - Twilight time
Música André Gagnon - Twilight time Montagem: Visite o site:


Carregar ppt "Débora Cristina Denadai"

Apresentações semelhantes


Anúncios Google