A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

OBTURAÇÃO DO SISTEMA DE CANAIS RADICULARES. ESTUDO DE WASHINGTON.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "OBTURAÇÃO DO SISTEMA DE CANAIS RADICULARES. ESTUDO DE WASHINGTON."— Transcrição da apresentação:

1 OBTURAÇÃO DO SISTEMA DE CANAIS RADICULARES

2 ESTUDO DE WASHINGTON

3 OBJETIVOS Eliminar vias de infiltração Selar dentro do SCR irritantes não removidos na limpeza e modelagem Finalidade biológica = favorecer processo de reparo

4 O S.C.R. deve ser obturado hermeticamente em todo o seu volume,respeitando o C.T., dentro da estrutura dentária, usando- se de um selamento efetivo e biologicamente compatível.

5 Limite Apical de Obturação

6 Limite CDC ? cemento Obturação

7

8  De 0,5 a 1 mm do ápice radiográfico 1mm

9

10

11 Momento da Obturação

12  Preparo químico-mecânico completo  Ausência de exsudação  Ausência de sintomatologia  Ausência de odor  Teste bacteriológico negativo Momento da Obturação

13 Materiais Obturadores

14 Propriedades biológicas:  Apresentar boa tolerância tecidual  Ser absorvível, em casos de extravasamentos acidentais  Estimular ou permitir a deposição de tecido mineralizado  Ter ação antimicrobiana

15 Propriedades físico-químicas:  Facilidade de inserção  Ser plástico no momento da inserção  Possuir bom tempo de trabalho  Propiciar um bom selamento  Não deve sofre contrações  Não deve ser permeável  Possuir bom escoamento

16  Possuir boa viscosidade e aderência  Ser insolúvel dentro do canal radicular  Possuir pH próximo do neutro  Ser radiopaco  Não manchar as estruturas dentais  Ser passível de esterilização  Ser de fácil remoção Propriedades físico-químicas:

17 Classificação dos Materiais Obturadores

18 Materiais em estado sólido: Cones de Guta-Percha Cones de Prata Materiais em estado plástico: Pastas Cimentos

19 Cones de Guta-Percha  Substância vegetal extraída sob a forma de látex  Introduzida na Endodontia por Bowman, em 1867  É a substância mais popular e mais usada na obturação do SCR

20 Características  Apresenta boa tolerância tecidual  Apresenta boa plasticidade  Radiopaco  Insolúvel  Não mancha os dentes  Apresenta estabilidade dimensional  Fácil remoção

21 Desvantagens  Pouca rigidez dificultando sua inserção em canais atrésicos e curvos.  Baixa adesividade  Pode ser deslocado por pressão

22 Composição:  20% - Guta-Percha  60 a 75% - Óxido de Zinco  5 a 20% - Outros ( ceras, resinas, sulfato de bário, corante...)

23 Os cones de guta-percha podem ser divididos em:  Padronizados ou Calibrados  Acessórios ou Secundários

24 Características do cone de prata:  Boa rigidez  Boa flexibilidade  Radiopaco

25 Desvantagens :  Não se moldam ao SCR  Difícil remoção  Sofrem corrosão quando em contato com os fluídos orgânicos, com formação de substâncias altamente tóxicas (sulfatos, sulfetos e carbonatos de prata)

26

27

28 Cimentos São materiais utilizados juntamente com cones de guta- percha, com o intuito de promover um selamento hermético do SCR, pela eliminação da interface dentina/guta-percha.

29 Classificação:  Cimentos à base de Óxido de Zinco e Eugenol  Cimentos à base de Resinas Plásticas  Cimentos à base de Hidróxido de Cálcio  Cimentos à base de Ionômero de Vidro

30 Cimentos à base de óxido de zinco e eugenol:  Endofill  Cimento de Rickert  Cimento N-Rickert  Tubli-Seal  Cimento de Wach

31 Cimentos à base de (ou com) hidróxido de cálcio:  Sealapex  C.R.C.S.  Apexit  Sealer 26

32 Pastas São constituídas por substâncias que não tomam presa.  Pasta à base de iodofórmio e anti-sépticos fortes  Pasta anti-séptica lentamente absorvível  Pasta à base de hidróxido de cálcio  Eucapercha

33 Eucapercha

34

35 Técnicas de Obturação

36 Técnicas mais utilizadas:  Condensação lateral  Guta-percha aquecida (Schilder,1967)  Injeção de guta-percha (Obtura / Ultrafill)  Compactação Termomecânica (Mc Spadden,1979)

37 Técnica da Condensação Lateral

38 EDTA 17%

39

40 Assentamento do Cone Principal

41

42

43 OBTURAÇÃO DO SCR DE DENTES MULTIRRADICULARES

44

45

46

47

48 Obturação Tridimensional do Sistema de Canais Radiculares

49 A NOVA DIMENSÃO DA ENDODONTIA

50 Técnica da compactação vertical da GP aquecida de Schilder

51 Técnica de Schilder:

52 Fase downpack

53 Técnica de Schilder: Fase backfill

54 OBTURAÇÃO  Touch n’heat  System B  Sistema Obtura II Técnica da compactação vertical da guta-percha aquecida de Schilder

55 Touch n´heat

56 OBTURAÇÃO

57 OBTURAÇÃO System B

58

59 OBTURAÇÃO

60 CASOS CLÍNICOS

61

62

63

64

65

66 DÚVIDAS ?


Carregar ppt "OBTURAÇÃO DO SISTEMA DE CANAIS RADICULARES. ESTUDO DE WASHINGTON."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google