A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

FTAD - Formação técnica em Administração de Empresas FTAD – Contabilidade e Finanças Prof. Moab Aurélio.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "FTAD - Formação técnica em Administração de Empresas FTAD – Contabilidade e Finanças Prof. Moab Aurélio."— Transcrição da apresentação:

1 FTAD - Formação técnica em Administração de Empresas FTAD – Contabilidade e Finanças Prof. Moab Aurélio

2 Competências a serem trabalhadas  PLANEJAMENTO ORÇAMENTÁRIO  GESTÃO FINANCEIRA  CONTABILIDADE ACI : ESTUDO DE VIABILIDADE ECONÔMICO-FINANCEIRA

3 CONTABILIDADE 5 5. DEMONTRAÇÕES CONTÁBEIS 5.1. Balanço patrimonial 5.2. DRE 5.3. DRA 5.4. DLPA 5.5. DFC 5.6. DVA 5.7. Notas Explicativas 6. REPRESENTAÇÃO DAS CONTAS NAS DEMOSTRAÇÃO

4 CONTABILIDADE Demonstrações Contábeis As Demonstrações Contábeis - São preparadas e apresentadas para usuários externos em geral, tendo em vista suas finalidades distintas e necessidades diversas. Governos, órgãos reguladores ou autoridades fiscais, por exemplo, podem especificamente determinar exigências para atender a seus próprios fins.

5 CONTABILIDADE Demonstrações Contábeis • Objetivo das Demonstrações Contábeis O objetivo das demonstrações contábeis é fornecer informações sobre a posição patrimonial e financeira, o desempenho e as mudanças na posição financeira da entidade, que sejam úteis a um grande número de usuários em suas avaliações e tomadas de decisão econômica.

6 CONTABILIDADE Demonstrações Contábeis • • As demonstrações contábeis também objetivam apresentar os resultados da atuação da administração na gestão da entidade e sua capacitação na prestação de contas.

7 CONTABILIDADE Princípios de Contabilidade CFC 1.282/10 • Princípio da Entidade • Princípio da Entidade - Diferenciação de um patrimônio particular no universo dos patrimônios existentes. • Princípio da Continuidade • Princípio da Continuidade - Continuará em operação no futuro. • Princípio da Oportunidade - • Princípio da Oportunidade - Produção e na divulgação da informação contábil pode ocasionar a perda de sua relevância

8 CONTABILIDADE Princípios de Contabilidade CFC 1.282/10 • Princípio do Registro pelo Valor Original • Princípio do Registro pelo Valor Original - Registrados pelos valores originais das transações. • Princípio da Competência - • Princípio da Competência - Transações e outros eventos sejam reconhecidos nos períodos a que se referem • Princípio da Prudência - • Princípio da Prudência - Ativos e receitas não sejam superestimados e que passivos e despesas não sejam subestimados.

9 CONTABILIDADE Características qualitativas das Demonstrações Contábeis • • Compreensibilidade - Demonstrações Contábeis deve ser apresentada de modo a torná-la compreensível por usuários que têm conhecimento razoável. • • Relevância - Deve ser relevante para as necessidades de decisão dos usuários.

10 CONTABILIDADE CONTABILIDADE Características qualitativas das Demonstrações Contábeis • Materialidade – S • Materialidade – Se sua omissão ou erro puder influenciar as decisões econômicas e usuários. • Confiabilidade • Confiabilidade - Demonstrações Contábeis deve ser confiável.

11 CONTABILIDADE Características Qualitativas das Demonstrações Contábeis • Primazia da essência sobre a forma - • Primazia da essência sobre a forma - Transações e outros eventos e condições devem ser contabilizados e apresentados de acordo com sua essência e não meramente sob sua forma legal. • Prudência • Prudência - É a inclusão de certo grau de precaução no exercício dos julgamentos necessários às estimativas exigidas de acordo com as condições de incerteza

12 CONTABILIDADE Características Qualitativas das Demonstrações Contábeis • Integralidade - • Integralidade - A informação constante das demonstrações contábeis deve ser completa. • Comparabilidade • Comparabilidade - Os usuários devem ser capazes de comparar as demonstrações contábeis da entidade ao longo do tempo, a fim de identificar tendências em sua posição patrimonial e financeira e no seu desempenho.

13 CONTABILIDADE Características Qualitativas da Demonstrações Contábeis • Tempestividade • Tempestividade - Oferecer a informação dentro do tempo de execução da decisão. • Equilíbrio entre custo e benefício • Equilíbrio entre custo e benefício - Os benefícios derivados da informação devem exceder o custo de produzi-la.

14 CONTABILIDADE Balanço Patrimonial • • O balanço patrimonial da entidade é a relação de seus ativos, passivos e patrimônio líquido em uma data específica. Apresenta-se nessa demonstração a posição patrimonial e financeira da entidade.

15 CONTABILIDADE Balanço Patrimonial -

16 CONTABILIDADE DRE – Demonstração do Resultados do Exercício • • Objetivo principal apresentar de forma vertical resumida o resultado apurado em relação ao conjunto de operações realizadas num determinado período, normalmente, de 12(doze) meses.

17 CONTABILIDADE DRE – Demonstração do Resultados do Exercício

18 CONTABILIDADE DRA – Demonstração do Resultados abrangente • • Resultado abrangente é a mutação que ocorre no patrimônio líquido durante um período que resulta de transações e outros eventos que não derivados de transações com os sócios na sua qualidade de proprietários. Compreende todos os componentes da “demonstração do resultado” e da “demonstração dos outros resultados abrangentes”. Fonte:http://www.crcpr.org.br/new/content/download/2011_demonstracoesContabeis.pdfhttp://www.crcpr.org.br/new/content/download/2011_demonstracoesContabeis.pdf

19 CONTABILIDADE DRA – Demonstração do Resultados abrangente

20 CONTABILIDADE DLPA DLPA – Demonstração de Lucros ou Prejuízos Acumulados A demonstração de lucros ou prejuízos acumulados deverá discriminar: • 1. O saldo do início do período e os ajustes de exercícios anteriores; • 2. As reversões de reservas e o lucro líquido do exercício; e • 3. As transferências para reservas, os dividendos, a parcela dos lucros incorporada ao capital e o saldo ao fim do período

21 CONTABILIDADE DLPA – Demonstração de Lucros ou Prejuízos Acumulados

22 CONTABILIDADE DFC– Demonstração Fluxo de Caixa A demonstração do fluxo de caixa, irá indicar quais foram às saídas e entradas de dinheiro no caixa durante o período e o resultado desse fluxo. Segmentado em três grandes áreas: • • I - Atividades Operacionais; • • II - Atividades de Investimento; • • III - Atividades de Financiamento.

23 CONTABILIDADE DFC– Demonstração Fluxo de Caixa • - • As Atividades Operacionais - São explicadas pelas receitas e gastos decorrentes da industrialização, comercialização ou prestação de serviços da empresa. • • As Atividades de Investimento - São os gastos efetuados no realizável a longo prazo, em investimentos, no imobilizado ou no intangível, bem como as entradas por venda dos ativos registrados nos referidos subgrupos de contas.

24 CONTABILIDADE DFC– CONTABILIDADE DFC– Demonstração Fluxo de Caixa • As Atividades de Financiamento • As Atividades de Financiamento - São os recursos obtidos do passivo não circulante e do patrimônio líquido. Devem ser incluídos aqui os empréstimos e financiamentos de curto prazo.

25 CONTABILIDADE DFC– CONTABILIDADE DFC– Demonstração Fluxo de Caixa • • DFC MODELO DIRETO I - Fluxos das operações: (+) Recebimento de vendas (-) Pagamento de compras (-) Pagamento de despesas operacionais (=) Caixa gerado pelas operações

26 CONTABILIDADE DFC– CONTABILIDADE DFC– Demonstração Fluxo de Caixa II - Fluxos dos Investimentos: (-)Aquisição de novos investimentos/imobilizado (=) Caixa gerado pelos investimentos III - Fluxos dos financiamentos: (+) Empréstimos bancários (-) Amortização de financiamentos (=) Caixa gerado pelos financiamentos Variação total das disponibilidades: Saldo inicial das disponibilidades: Saldo final das disponibilidades:

27 CONTABILIDADE DFC– CONTABILIDADE DFC– Demonstração Fluxo de Caixa Vantagens da DFC • • Mostrar a real condição de pagamento das dívidas; • • Facilidade de entendimento pelos diversos tipos de usuários; • • Análise dos fluxos de caixa passados evidenciam informações relevantes sobre os fluxos de caixa futuros.

28 CONTABILIDADE DVA– CONTABILIDADE DVA– Demonstração Valor Adicional É o informe contábil que evidencia, de forma sintética, os valores correspondentes à formação da riqueza gerada pela empresa em determinado período e sua respectiva distribuição.

29 CONTABILIDADE DVA– CONTABILIDADE DVA– Demonstração Valor Adicional

30 CONTABILIDADE Notas Explicativas • As notas explicativas visam fornecer as informações necessárias para esclarecimento da situação patrimonial, ou seja, de determinada conta, saldo ou transação, ou de valores relativos aos resultados do exercício, ou para menção de fatos que podem alterar futuramente tal situação patrimonial.

31 CONTABILIDADE Notas Explicativas • Nota 01 – Contexto operacional A empresa X é uma sociedade empresária limitada, com sede na cidade de Porto Alegre, Estado do Rio Grande do Sul, Brasil, e tem como principais operações a fabricação e comercialização de alimentos e bebidas em geral.

32 CONTABILIDADE Notas Explicativas •Nota 02 – Apresentação das demonstrações contábeis. As demonstrações contábeis inerentes aos exercícios findos em 31 de dezembro de 2011 e 2010 estão sendo apresentadas em Reais (R$) e foram aprovadas pela administração no dia 10 de fevereiro de 2012.

33 CONTABILIDADE Notas Explicativas •As demonstrações contábeis foram elaboradas de acordo com as práticas contábeis adotadas no Brasil, tomando-se como base a lei n°11.638/2007 e o pronunciamento técnico PME – Contabilidade para pequenas e médias Empresas, emitido pelo comitê de pronunciamentos contábeis - CPC e pelo Conselho Federal de Contabilidade – CFC, Resoluções CFC n° 750/1993, 1.255/2009 e 1.282/2010.

34 CONTABILIDADE CONTABILIDADE REPRESENTAÇÃO DAS CONTAS NAS DEMOSTRAÇÃO Para fins de atendimento dos usuários da informação contábil, a entidade deverá apresentar suas demonstrações contábeis (também usualmente denominada "demonstrações financeiras") de acordo com as normas regulamentares dos órgãos normativos. Fonte: portal de contabilidade

35 CONTABILIDADE CONTABILIDADE REPRESENTAÇÃO DAS CONTAS NAS DEMOSTRAÇÃO • Segundo o IBRACON (NPC 27), "as demonstrações contábeis são uma representação monetária estruturada da posição patrimonial e financeira em determinada data e das transações realizadas por uma entidade no período findo nessa data.

36 CONTABILIDADE CONTABILIDADE REPRESENTAÇÃO DAS CONTAS NAS DEMOSTRAÇÃO • O objetivo das demonstrações contábeis de uso geral é fornecer informações sobre a posição patrimonial e financeira, o resultado e o fluxo financeiro de uma entidade, que são úteis para uma ampla variedade de usuários na tomada de decisões. As demonstrações contábeis também mostram os resultados do gerenciamento, pela Administração, dos recursos que lhe são confiados.”

37 CONTABILIDADE CONTABILIDADE REPRESENTAÇÃO DAS CONTAS NAS DEMOSTRAÇÃO • Tais informações, juntamente com outras constantes das notas explicativas às demonstrações contábeis, auxiliam os usuários a estimar os resultados futuros e os fluxos financeiros futuros da entidade.

38 ATIVIDADE 1 – Elabore um resumo sobre os princípios da contabilidade. 2- O que contabilidade oferece para administração: Informações, dados, etc... Explique.

39 ATIVIDADE Entrega: 09/06/2012 até às 23:00h às 23:00h EVITE DEIXAR A POSTAGEM DE SUA ATIVIDADE PARA O ÚLTIMO DIA. FAZENDO ISSO, IMPREVISTOS NÃO VÃO LHE PREJUDICAR. * LEMBRANDO QUE SUA ORGANIZAÇÃO TAMBÉM ESTA SENDO AVALIADA

40 DÚVIDAS Acesse o Fórum de dúvidas e discussões Chat dia no horário: 31/05/2012 Chat dia no horário: 31/05/2012 das 20:00 às 21:30 Hrs


Carregar ppt "FTAD - Formação técnica em Administração de Empresas FTAD – Contabilidade e Finanças Prof. Moab Aurélio."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google