A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

Cap. 9. Linguagem verbal e não verbal. O que é Linguagem? Manifestação do pensamento Expressa em códigos de diferentes naturezas Deve ser entendida por.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "Cap. 9. Linguagem verbal e não verbal. O que é Linguagem? Manifestação do pensamento Expressa em códigos de diferentes naturezas Deve ser entendida por."— Transcrição da apresentação:

1 Cap. 9. Linguagem verbal e não verbal

2 O que é Linguagem? Manifestação do pensamento Expressa em códigos de diferentes naturezas Deve ser entendida por todos os envolvidos

3 Linguagem verbal

4 Linguagem Não Verbal

5 LINGUAGEM NÃO VERBAL Apesar de haver a ausência da palavra, nos temos uma linguagem, pois podemos decifrar mensagens a partir das imagens e outros sinais. Quem está recebendo a mensagem pode expressar corporalmente diversas manifestações de atenção agrado ou desagrado. Um bocejo, o cenho franzido de atenção, o olhar vago e distante, os olhos que se fecham, a expressão de dúvida são indícios significativos para quem quer receber uma mensagem. Podemos iniciar pela observação do comportamento não verbal do receptor, sua postura, seus gestos.

6 Linguagem não verbal Sinais de trânsito Expressões faciais Movimento do corpo Linguagem dos sinais Música instrumental Ícones dos computadores Gestos Mímica Pintura Dança Desenho.

7 LINGUAGEM NÃO VERBAL • Os surdos-mudos se comunicam com gestos das mãos e dos dedos. Se o receptor não entende o código, a comunicação não se realiza. • A MÍMICA: Por meio das expressões gestuais, podemos encenar a mensagem. Por exemplo, encenar o provérbio “tempo é dinheiro” mostrando o relógio e esfregando os dedos.

8

9 Linguagem verbal e não verbal (Linguagem mista)

10 Imagem curiosa

11

12 POLÊMICA: No século 16, o poeta português Gil Vicente causou polêmica ao mandar fidalgos e aristocratas para o inferno em sua farsa "O Alto da Barca do Inferno". Na Bienal, seu xará pernambucano abre nova polêmica ao apresentar uma série de oito desenhos chamada "Inimigos". Neles, o artista se auto-retrata matando líderes políticos e religiosos, entre eles Lula, FHC e o Papa Bento XVI. As imagens chocaram antes mesmo da abertura oficial e o presidente da sessão paulista da OAB, Luiz Flávio Borges D'Urso, pediu a retirada da obra da exposição por acreditar que ela faz apologia a violência. Por sorte, a Bienal negou o pedido.

13 Quando encaminhou suas obras para a 29ª Bienal de Artes de São Paulo, o artista plástico pernambucano Gil Vicente não vislumbrava o estardalhaço que se avizinhava. Mesmo reconhecendo o teor polêmico dos trabalhos - que retratam o próprio artista prestes a assassinar personalidades, como o presidente Luiz Inácio Lula da Silva e o ex-presidente Fernando Henrique Cardoso -, Vicente se diz surpreso com a reação da seção paulista da Ordem dos Advogados do Brasil (OAB). O presidente da entidade, Luiz Flávio Borges D'Urso, interpretou os autorretratos como "apologia ao crime".

14 Em entrevista a Terra Magazine, Vicente ironiza a atitude da OAB-SP e, sarcástico, diz ter uma dívida de gratidão em relação ao órgão. - Acho que o ato da OAB redundou numa propaganda do trabalho. Isso é ruim para a Bienal porque desvia a atenção de outros trabalhos. Agora, para mim, foi uma assessoria de imprensa (risos). E de graça! A OAB tem minha eterna gratidão. De acordo com ele, foram os recorrentes atos de corrupção e de injustiça social que motivaram a série "Inimigos", criada em "É um protesto movido pelo meu desencanto", explica. E com indisfarçável niilismo, dispara: - O voto não é só inútil. Percebo que o votar é até um ato criminoso. Você vai, perante um tribunal, que é o tribunal eleitoral, e vota. É o mesmo que escrever: "Autorizo fulano de tal a roubar dinheiro público, sob proteção da lei, durante quatro, oito anos". É só o que eles fazem.

15 • (ENEM – 2009) Questão 02: A música pode ser definida como a combinação de sons ao longo do tempo. Cada produto final oriundo da infinidade de combinações possíveis será diferente, dependendo da escolha das notas, de suas durações, dos instrumentos utilizados, do estilo de música, da nacionalidade do compositor e do período em que as obras foram compostas. FIGURA 1 FIGURA 2 FIGURA 3 FIGURA 4 Figura 1 - Figura 2 - Figura 3 - Figura 4 - Das figuras que apresentam grupos musicais em ação, pode-se concluir que o(os) grupo(s) mostrado(s) na(s) figura(s) a) 1 executa um gênero característico da música brasileira, conhecido como chorinho. b) 2 executa um gênero característico da música clássica, cujo compositor mais conhecido é Tom Jobim. c) 3 executa um gênero característico da música europeia, que tem como representantes Beethoven e Mozart. d) 4 executa um tipo de música caracterizada pelos instrumentos acústicos, cuja intensidade e nível de ruído permanecem na faixa dos 30 aos 40 decibéis. e) 1 a 4 apresentam um produto final bastante semelhante, uma vez que as possibilidades de combinações sonoras ao longo do tempo são limitadas.

16 (ENEM-2009) Questão 03: Disponível em: charge.jpg. Acesso em: 9 jul Reunindo-se as informações contidas nas duas charges, infere se que: a) Os regimes climáticos da Terra são desprovidos de padrões que os caracterizem. b) As intervenções humanas nas regiões polares são mais intensas que em outras partes do globo. c) O processo de aquecimento global será detido com a eliminação das queimadas. d) A destruição das florestas tropicais é uma das causas do aumento da temperatura em locais distantes como os pólos. e) Os parâmetros climáticos modificados pelo homem afetam todo o planeta, mas os processos naturais têm alcance regional.

17 (ENEM – 2009) Questão 04: XAVIER, C. Quadrinho quadrado. Disponível em: Acesso em: 5 jul Tendo em vista a segunda fala do personagem entrevistado, constata-se que: a) o entrevistado deseja convencer o jornalista a não publicar um livro. b) o principal objetivo do entrevistado é explicar o significado da palavra motivação. c) são utilizados diversos recursos da linguagem literária, tais como a metáfora e a metonímia. d) o entrevistado deseja informar de modo objetivo o jornalista sobre as etapas de produção de um livro. e) o principal objetivo do entrevistado é evidenciar seu sentimento com relação ao processo de produção de um livro.


Carregar ppt "Cap. 9. Linguagem verbal e não verbal. O que é Linguagem? Manifestação do pensamento Expressa em códigos de diferentes naturezas Deve ser entendida por."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google