A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

METODOLOGIAS DE ENSINO DA MÚSICA.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "METODOLOGIAS DE ENSINO DA MÚSICA."— Transcrição da apresentação:

1 METODOLOGIAS DE ENSINO DA MÚSICA

2 O conteúdo desta apresentação
Foi capturado do Sítio criado e desenvolvido por Diana Goulart Consultado em: 02/11/2005 Você encontra o texto completo em: Transformação do texto em programação visual Equipe MUSEAD/UFRGS

3 Objetivos desse estudo:
Analisar as contribuições dos pedagogos musicais Dalcroze, Kodaly, Orff e Suzuki com vistas ao seu aproveitamento como fundamento teórico para as aulas de música. Temas enfocados: I - Princípios gerais que norteiam o trabalho de Educação Musical II - Abordagem pedagógica para os diversos parâmetros musicais III - O conceito de musicalização empregado por cada autor

4 Émile Jaques-Dalcroze (1865 -1950) Suísso
Realizou seus estudos em Paris e no Conservatório de Genebra. Músico e compositor fluente, sua obra inclui algumas óperas, dois concertos para violino, três quartetos de cordas, peças para piano e muitas canções. Escreveu também livros pedagógicos. Desenvolveu o sistema Dalcroze Eurhythmics de treinamento Musical. Objetivo da Eurhythmics: Através do ritmo, criar uma corrente de comunicação rápida, regular e constante entre o cérebro e o corpo, transformando o sentido rítmico numa experiência corporal, física.

5 Euritmia de Dalcroze Euritmia significa literalmente “bom ritmo”
(de eu = bom, rhythm = fluxo, rio ou movimento). A Euritmia de Dalcroze estuda todos os elementos da música através do movimento, partindo de três pressupostos básicos: 1. Os movimentos usados na Euritmia são improvisados pelos próprios alunos e não propostos pelo professor. 2. A dança é uma arte em si mesma; 3. A euritmia é um meio para se atingir a plena musicalidade.

6 Euritmia de Dalcroze Princípios
Todos os elementos da música podem ser experimentado (vivenciados) através do movimento. Todo som musical começa com um movimento portanto o corpo, que faz os sons, é o primeiro instrumento musical a ser treinado. Há um gesto para cada som e um som para cada gesto. Cada um dos elementos musicais - acentuação, fraseado, dinâmica, pulso, andamento, métrica - pode ser estudado através do movimento.

7 Zoltán Kodály (1882-1967) Húngaro
Seu trabalho de pesquisa inicia em 1905 juntamente com com o compositor Béla Bartók, Kodály imita as formas, harmonias, ritmos e melodias da música folclórica húngara. Suas composições mais apreciadas: Psalmus Hungaricus (1923), para tenor, coro e orquestra; a ópera Háry János (1926); Dances of Galánta (1933), para orquestra; e a Missa Brevis (1945).

8 A proposta de Kodály Kodály defende que a música desenvolve o intelecto, as emoções e personalidade do homem. A música é um alimento espiritual, por esse motivo ser para todos e não para poucos escolhidos. A educação musical deve começar com a língua musical nativa (“musical mother tongue”), que para ele era a canção folclórica e, a partir dela, chegar à compreensão da literatura musical. Considerava o canto como fundamento da cultura musical: para ele, A voz é o modo mais imediato e pessoal de nos expressarmos em música. O canto seria o fundamento da cultura musical.

9 Carl Orff ( ) – Alemão Realizou seus estudos de música e regência. Muito ligado ao teatro, à literatura e à educação Em 1924, fundou a escola Günther School, juntamente com a dançarina Dorothea Günther. Ensinava música, dança e ginástica para crianças. Trabalhos mais conhecidos como compositor: Carmina Burana (1937), a ópera Die Kluge (The Clever Woman, 1943) e a peça musicada Antigonae (1949).

10 A proposta de Orff O trabalho de Orff é baseado em atividades lúdicas infantis como cantar, dizer rimas, bater palmas, dançar e percutir em qualquer objetos que possam produzir sons. Enfatizava o uso de sons e gestos corporais para expressar o ritmo, e a voz como primeiro e mais natural dos instrumentos Somente depois dessas experiências a criança deveria ser encaminhada para a leitura e escrita musical. O material básico do método Orff são os poemas, rimas, provérbios, jogos, ostinatos (padrão rítmico, falado ou cantado, que se repete), canções e danças tradicionais folclóricas. O método Orff destina-se a todas as crianças, desmistificando a idéia de talento musical.

11 Os instrumentos especiais para o Método Orff
O método de ensino da música para crianças proposto por Carl Orff “Schulwerk Music for Children” ( ) começa com padrões rítmicos simples e progride até as peças complexas para conjuntos de xilofones, blocos de madeira, tambores e outros instrumentos de percussão.

12 Shin'ichi Suzuki (1898-1998 ) Estudou violino no Japão e na Alemanha.
Em 1946, ele lançou o Movimento de Educação para o Talento no Japão. Sua premissa é que todo indivíduo possui talentos que podem ser desenvolvidos pela educação. O método Suzuzi baseia-se na observação do modo rápido e natural como as crianças pequenas aprendem a língua materna. Sua primeira escola, fundada em 1950 em Nagano, viu surgirem em curto prazo vários violinistas famosos.

13 A proposta de Suzuky Suzuki defende que a música enriquece todo a vida da criança, promoverndo amplo desenvolvimento. O trabalho musical desenvolve a atenção global da criança e suas sensibilidades auditivas, visuais e kinestésicas (sensações corporais). Os professores que usam o método Suzuki têm a forte convicção de que toda criança tem um potencial ilimitado. Suziki enfaliza mais a observação visual e auditiva de modelos do que as explicações verbais. Após a aquisição das habilidades básicas no instrumento é que a criança recebe lições de teoria musical e leitura. Os pais acompanham seus filhos às aulas de música e recebem instruções sobre como proceder para orientar os estudos em casa.

14 A proposta de Suzuky O método Suziki trabalha com peças ocidentais barrocas e clássicas (por oferecerem padrões claros), deixando de lado os autores contemporâneos. Também Inclui o folclore nacional no repertório musical. Em cada nível de adiantamento, Suziki propõe que a criança tenha a capacidade de tocar com fluência e boa sonoridade, evitando a repetição fria ou sem expressão.

15 O conceito de Musicalização
Musicalização diz respeito ao relacionamento do aprendiz com a essência da música. Trata-se da forma como é vivenciada a experiência musical, independente de execução ou teorização. É o objetivo mais básico de cada proposta educacional.

16 Como a música é viveniada em cada Método
Musicalização Como a música é viveniada em cada Método Dalcroze: Explora todos os modos de aprendizagem: auditivo, Kinestésicos, visual. Busca melhor coordenação entre olhos, ouvidos, mente e corpo. Euritmia = bom movimento: não há som sem movimento Kodály: Desenvolve ouvido interno; solfejo relativo; alfabetização musical Orff ― Aprendizado pela atividade criativa; música elemental (canto, fala, movimento, ritmo, dança) - método holístico. Suzuki ― Aprendizado pela imersão e pela identificação com os pais, mestres e amigos - papel preponderante da família

17 Dúvidas: Algumas definições
Musicalização –diz respeito ao relacionamento do aprendiz com a essência da música. Trata-se da forma como é vivenciada a experiência musical, independente de execução ou teorização. É o objetivo mais básico de cada proposta educacional. Aspectos teóricos - refere-se à conscientização intelectual da música, à aquisição de conhecimentos específicos da linguagem musical, tais como a leitura e a escrita, as noções de forma, escalas, modos, harmonia, etc. Execução - trata da prática musical - técnica e interpretação do repertório proposto, seja no instrumento escolhido ou na voz. Composição/improvisação - trata da produção musical, sua relação com a criatividade e com a improvisação (que vem a ser uma composição instantânea). Repertório Inicial - trata da escolha do material básico e recomendado para estudo, bem como sua forma de apresentação e gradação sugerida. Trata-se da forma como é vivenciada a experiência musical, independente de execução ou teorização. É o objetivo mais básico de cada proposta educacional.

18 Revisão: O que há de comum nas quatro propostas de Educação Musical?
Quais princípios você considera adequado para a orientação das atividades musicais em sala de aula?

19 O conteúdo desta apresentação
Foi capturado do Sítio criado e desenvolvido por Diana Goulart Consultado em: 02/11/2005 Você encontra o texto completo em:


Carregar ppt "METODOLOGIAS DE ENSINO DA MÚSICA."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google