A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

Sistema Nervoso Professoras: Edilene, Janaina e Ana Laura.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "Sistema Nervoso Professoras: Edilene, Janaina e Ana Laura."— Transcrição da apresentação:

1

2 Sistema Nervoso Professoras: Edilene, Janaina e Ana Laura

3 Sistema Nervoso  Funciona como uma rede de comunicação;  Formado pelo conjunto de órgãos que tem a capacidade de captar mensagens e estímulos do ambiente;  Responsável para decodificá-los, isto é, interpretá-los e “arquivá-los, bem como elaborar respostas solicitadas;  As respostas podem ser dadas na forma de movimentos agradáveis ou desagradáveis, ou apenas de constatação;  Integra e coordena praticamente todas as funções do organismo;  Formada por células nervosas – neurônios;  Dividido em duas partes: Sistema Nervoso Central e Sistema Nervoso Periférico.

4 Sistema Nervoso

5 Neurônios  Transmite impulsos nervosos;  Apresenta corpo celular (contém núcleo);  Apresenta dois prolongamentos: dendrito e axônio.

6 Sistema Nervoso

7 Dendritos  Apresenta prolongamentos que se ramificam próximo ao corpo celular; Axônio  Apresenta prolongamento extenso;  ramificado na extremidade;  Envolvido pelo extrato mielínico;  Aumenta a velocidade do impulso nervoso.

8 Sistema Nervoso

9 Sinapses - Transmissão de Impulsos Nervosos  Estrutura que apresenta microespaço;  Conexões entre um neurônio e outro neurônio, entre um neurônio e uma célula muscular, entre um neurônio e uma célula glandular;  Transmite impulsos nervosos por meios de substâncias: neurormônios.

10 Sistema Nervoso

11 Neurormônios  Liberado na extremidade do axônio;  Gera impulso nervoso;  Caminho do impulso nervoso: dendritos, corpo celular e axônio. Sistema Nervoso

12 Células da Guia (neuroglia)  As células da neuroglia cumprem a função de sustentar, proteger, isolar e nutrir os neurônios. Sistema Nervoso

13 Sistema Nervoso Central Encéfalo  Situado no crânio;  Protegido pelo crânio;  Apresenta 12 pares de nervos  Composto pelos órgãos: cérebro, cerebelo, ponte e bulbo.

14 Sistema Nervoso Central Cérebro  Maior parte do encéfalo  Dividi-se em dois hemisférios: o direito e o esquerdo;  Associados aos sentidos, a memória, o pensamento, aprendizagem, raciocínio, inteligência, entre outras;  Coordena ações voluntárias e involuntárias;  Camada externa (córtex cerebral) – contém corpos celulares e apresenta substância acinzentada;  Camada interna formada por axônios e dendritos, apresenta substância branca.

15 Sistema Nervoso Central

16 Cerebelo  Pequeno cérebro;  localizado abaixo do cérebro;  regula grau das contrações musculares em repouso;  mantém o equilíbrio do corpo. Observações: Cérebro e cerebelo atuam juntos na coordenação da atividade de certos músculos. Sistema Nervoso Central

17 Ponte  Localizado abaixo do cérebro e diante do bulbo;  Transmite mensagens do cérebro para o cerebelo e do cérebro para o bulbo;  Relacionado com reflexos: emoções, risos e lágrimas. Bulbo (medula oblonga)  Localizado abaixo da ponte;  Controla ritmo respiratório e cardíaco;  Atos reflexos: tosse, espirro, vômito, deglutição, piscar de olhos.

18 Sistema Nervoso Central

19 Tálamo (câmara)  Recebe mensagens dos órgãos dos sentidos;  Transmite para regiões apropriadas do cérebro, entre outras funções. Hipotálamo (abaixo)  controla a temperatura do corpo, o batimento cardíaco, a pressão do sangue, o ritmo respiratório (junto com o bulbo), a digestão, os impulsos sexuais;  Interfere em algumas emoções (medo, raiva, prazer, etc.);  Produz hormônios que serão acumulados na hipófise e de controlar as funções dessa glândula. Sistema Nervoso Central

20

21 Meninges  Membrana que envolve o encéfalo e a medula espinal.

22 Sistema Nervoso Central Medula espinal  Prolongamento do encéfalo;  Cordão do tecido nervoso;  Localizado no interior da coluna vertebral;  Protegida pela coluna vertebral;  Centro nervoso de certos atos involuntários;  Condutor de impulsos nervosos;  Apresentam 31 pares de nervos que se ramificam;  Conexão de diversas partes do corpo recebendo e enviando mensagem para o cérebro.

23 Sistema Nervoso Central Na medula espinhal a massa cinzenta localiza-se internamente e a massa branca, externamente (o contrário do que se observa no encéfalo).

24  Formado por nervos encarregados de fazer as ligações entre o sistema nervoso central e o corpo.  Nervo é a reunião de várias fibras nervosas, que podem ser formadas de axônios ou de dendritos.  As fibras nervosas, formadas pelos prolongamentos dos neurônios (dendritos ou axônios) e seus envoltórios, organizam-se em feixes.  Cada feixe forma um nervo.  Em nosso corpo existe um número muito grande de nervos. Seu conjunto forma a rede nervosa. Sistema Nervoso Periférico

25  Nervos sensoriais, são os que levam informações da periferia do corpo para o SNC (nervos aferentes ou nervos sensitivos), que são formados por prolongamentos de neurônios sensoriais.  Nervos motores ou eferentes, são aqueles que transmitem impulsos do SNC para os músculos ou glândulas são, feixe de axônios de neurônios motores.  Nervos mistos, formados por axônios de neurônios sensoriais e por neurônios motores. Sistema Nervoso Periférico

26  Do encéfalo partem doze pares de nervos cranianos. Sistema Nervoso Periférico

27  Os 31 pares de nervos raquidianos que saem da medula relacionam-se com os músculos esqueléticos. os nervos raquidianos são todos mistos. Sistema Nervoso Periférico

28  Com base na sua estrutura e função, o sistema nervoso periférico pode ainda subdividir-se em duas partes: o sistema nervoso somático e o sistema nervoso autônomo;  As ações voluntárias resultam da contração de músculos estriados esqueléticos, que estão sob o controle do sistema nervoso periférico voluntário ou somático;  Já as ações involuntárias resultam da contração das musculaturas lisa e cardíaca, controladas pelo sistema nervoso periférico autônomo, também chamado involuntário. Sistema Nervoso Periférico

29  Divide-se em sistema nervoso simpático e sistema nervoso parassimpático.  De modo geral, esses dois sistemas têm funções contrárias (antagônicas). Um corrige os excessos do outro. Exemplo: se o sistema simpático acelera demasiadamente as batidas do coração, o sistema parassimpático entra em ação, diminuindo o ritmo cardíaco. Se o sistema simpático acelera o trabalho do estômago e dos intestinos, o parassimpático entra em ação para diminuir as contrações desses órgãos. Sistema Nervoso Periférico Autônomo

30 Sistema Nervoso Periférico Autônomo Simpático e Parassimpático

31  Os atos reflexos ou simplesmente reflexos são respostas automáticas, involuntárias a um estímulo sensorial.  O estímulo chega ao órgão receptor, é enviado à medula através de neurônios sensitivos ou aferentes (chegam pela raiz dorsal).  Na medula, neurônios associativos recebem a informação e emitem uma ordem de ação através dos neurônios motores (saem da medula através da raiz ventral).  Os neurônios motores ou eferentes chegam ao órgão efetor que realizará uma resposta ao estímulo inicial. Esse caminho seguido pelo impulso nervoso e que permite a execução de um ato reflexo é chamado arco reflexo. Atos Reflexos

32


Carregar ppt "Sistema Nervoso Professoras: Edilene, Janaina e Ana Laura."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google