A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

ESTATÍSTICA APLICADA À CARGOS E SALÁRIOS Prof. Douglas Pereira da Silva 1Aula 2 Cargos e Salarios DPS.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "ESTATÍSTICA APLICADA À CARGOS E SALÁRIOS Prof. Douglas Pereira da Silva 1Aula 2 Cargos e Salarios DPS."— Transcrição da apresentação:

1 ESTATÍSTICA APLICADA À CARGOS E SALÁRIOS Prof. Douglas Pereira da Silva 1Aula 2 Cargos e Salarios DPS

2 Introdução: A estatística na Administração de Cargos e Salários é fundamental para alinhar dados internos e externos. Estrategicamente, ela é utilizada para mapear diversas situações e servir de suporte para tomada de decisões. O primeiro tema importante a ser abordado pela estatística aplicada é: 2Aula 2 Cargos e Salarios DPS

3 • População e Amostra População: É o conjunto de todos os elementos que possuem em comum determinada característica. Amostra: É o conjunto não vazio e menor do que a população. 3Aula 2 Cargos e Salarios DPS

4 Exemplo População e Amostra. - Uma empresa possui 1000 Colaboradores; - Sua População é igual a 1000; - Sua Amostra é < 1000 (Ex. 650 colaboradores). • As Amostras, geralmente, são utilizadas pois as populações são infinitas, ou tão grandes que podem ser admitidas como infinitas. 4Aula 2 Cargos e Salarios DPS

5 •Técnicas de amostragem mais utilizadas: - Amostras aleatórias simples: Os elementos para formar a amostra são escolhidos aleatoriamente. - Amostras estratificadas: Para se obter uma amostra estratificada, a população deve ser dividida em grupos (Ex. Operacionais; Administrativos; Gerenciais) e destes se extrai a amostra. - Amostras de conveniência: Os elementos são escolhidos para a amostra de acordo com a conveniência do pesquisador. 5Aula 2 Cargos e Salarios DPS

6 A média é o valor típico que tende a se localizar em um ponto central de um conjunto de dados, significa ponto de equilíbrio. Média Aritmética 6Aula 2 Cargos e Salarios DPS

7 A média de n dados x1, x2, x3,...., xn é representada por x e calculada: 7Aula 2 Cargos e Salarios DPS

8 Exemplo média: A média do conjunto de dados: 1, 5, 8 e = 6 4 8Aula 2 Cargos e Salarios DPS

9 • Quando os dados ocorrem com freqüência (F), a média é calculada por: 9Aula 2 Cargos e Salarios DPS

10 Exemplo Frequência: A média do conjunto de dados: 10Aula 2 Cargos e Salarios DPS

11 Moda é o valor que ocorre com maior freqüência em um conjunto de dados. Em nada difere da moda dos vestuários. Moda 11Aula 2 Cargos e Salarios DPS

12 Exemplo de Moda Salários da amostra do mercado do cargo “Operador B”. 12Aula 2 Cargos e Salarios DPS

13 Mediana é o valor central de um conjunto de dados ordenados em ordem de grandeza. É o que mais se aproxima do ponto central de um conjunto de dados. Mediana 13Aula 2 Cargos e Salarios DPS

14 Se o conjunto tem um número ímpar de elementos, a mediana é o valor central. ORDEM (n + 1) 2 Ex. 100, 110, 120, 130, 140 ORDEM (5 + 1) = 3º Elemento 2 14Aula 2 Cargos e Salarios DPS

15 Se o conjunto tem um número par de elementos, a mediana é a média aritmética dos dois valores centrais. Ex. 100, 120, 130, = 125 Mediana 2 15Aula 2 Cargos e Salarios DPS

16 Seguindo a linha da mediana que divide um conjunto de dados em duas partes em ordem de grandeza, quartis são os valores que dividem o conjunto em quatro partes iguais (representados por Q1 - 1º Quartil, Q2 - 2º Quartil ou Mediana, Q3 - 3º Quartil). Quartis 16Aula 2 Cargos e Salarios DPS

17 Exemplo Quartis: 17Aula 2 Cargos e Salarios DPS

18 EXERCÍCIO CARGOGRUPO OCUPACIONALSALÁRIO Simulação Pontos Gerente Administrativo FinanceiroLIDERANÇA 4.500,00400 Auxiliar FinanceiroADMINISTRATIVO 1.500,00140 Auxiliar AdministrativoADM 1.200,00125 Supervisor (a) Administrativo/FinanceiroLIDERANÇA 2.800,00300 RecepcionistaOPERACIONAL 900,00100 Assistente de RHADM 2.000,00165 Gestor (a) Setor DocumentaçãoLIDERANÇA 4.900,00420 Assistente de Serviços de DocumentaçãoOPER 1.800,00165 Assistente de Serviços de DocumentaçãoOPER 1.800,00165 Assistente de Serviços de DocumentaçãoOPER 1.800,00165 Auxiliar de Serviços de DocumentaçãoOPER 1.300,00130 Auxiliar de Serviços de DocumentaçãoOPER 1.300,00130 Analista de ContasOPER 2.100,00230 Analista de ContasOPER 2.100,00230 Assistente de ContasOPER 1.800,00180 Assistente de ContasOPER 1.800,00180 Gerente de ContasLIDERANÇA 4.900,00420 Auxiliar AdministrativoADM 1.200,00125 Gerente de ContasLIDERANÇA 4.900,00420 Analista de ContasOPER 2.100,00230 Assistente de Serviços de DocumentaçãoOPER 1.800,00165 Auxiliar de Serviços de DocumentaçãoOPER 1.300, Aula 2 Cargos e Salarios DPS

19 O número de grupos salariais do plano é aleatório. Para a escolha deve se levar em consideração: - Número de cargos; - Amplitude salarial, e; - Sobreposição das faixas. A determinação dos termos dos pontos pelos graus poderá ser calculada por Progressão Aritmética (PA) ou Progressão Geométrica (PG). DETERMINAÇÃO DO NÚMERO DE GRUPOS DO PLANO 19Aula 2 Cargos e Salarios DPS

20 • Cargos avaliados de 100 a 500 pontos; • Treze (13) graus (níveis); • Determinação dos termos dos pontos pelos grupos salariais será feita por Progressão Geométrica (PG). PG q = q = = 1, * n = 14 pois são necessários quatorze (14) termos para encontrar treze (13) graus. Tabela de Graus x Pontos 20Aula 2 Cargos e Salarios DPS

21 Multiplicando o mínimo de pontos do grau, 100, pela razão 1,131793, encontra-se o ponto 113. Esse número corresponde ao valor do ponto mínimo do grau 2. Com isso o grau 1 será de 100 a 112 pontos. O mesmo deve ser feito com o restante dos graus. RESOLUÇÃO: Tabela de Graus x Pontos GRAUS PONTOS DEATÉ x 1, = x 1, = x 1, = x 1, = x 1, = x 1, = x 1, = x 1, = x 1, = x 1, = x 1, = x 1, = Aula 2 Cargos e Salarios DPS

22 Para iniciar a montagem da tabela salarial, é necessário encontrar a equação de ajuste da reta. Para isso, deve-se fazer passo a passo conforme a seguir: 1)Agrupar cada cargo no grupo salarial de acordo com a pontuação recebida (x); 2)Alocar ao lado os respectivos salários; 3)Multiplicar cada salário pelo grau (x. y); 4)Calcular x²; 5)Realizar a soma de todos estes elementos; 6)Tirar a média de x e y, e; 7)Encontrar o elemento n (quantidade de colaboradores). Estruturando a tabela salarial 22Aula 2 Cargos e Salarios DPS

23 Estruturando a tabela salarial CargosGrupos Salariais (x)Salários (y)x. yx² RECEPCIONISTA 1900, AUXILIAR ADMINISTRATIVO , AUXILIAR ADMINISTRATIVO , AUXILIAR FINANCEIRO , AUXILIAR DE SERVIÇOS DE DOCUMENTAÇÃO , AUXILIAR DE SERVIÇOS DE DOCUMENTAÇÃO , AUXILIAR DE SERVIÇOS DE DOCUMENTAÇÃO , ASSISTENTE DE RH , ASSISTENTE DE SERVIÇOS DE DOCUMENTAÇÃO , ASSISTENTE DE SERVIÇOS DE DOCUMENTAÇÃO , ASSISTENTE DE SERVIÇOS DE DOCUMENTAÇÃO , ASSISTENTE DE SERVIÇOS DE DOCUMENTAÇÃO , ASSISTENTE DE CONTAS , ASSISTENTE DE CONTAS , ANALISTA DE CONTAS , ANALISTA DE CONTAS , ANALISTA DE CONTAS , SUPERVISOR ADMINISTRATIVO FINANCEIRO , GERENTE ADMINISTRATIVO FINANCEIRO , GESTOR SETOR DE DOCUMENTAÇÃO , GERENTE DE CONTAS , GERENTE DE CONTAS , SOMATÓRIA MÉDIA5, ,636364n=22 23Aula 2 Cargos e Salarios DPS

24 A seguir, já é possível encontrar a equação da reta utilizando as seguintes fórmulas: Estruturando a tabela salarial y = a + bx Onde: B = n x ( xy ) – ( x x y) n x x 2 – ( x )² A = y – bx- (Média de y e de x) n = Número de grau (níveis) y = Salários x = Grau = Somatória 24Aula 2 Cargos e Salarios DPS

25 Substituindo as letras das fórmulas pelos valores da tabela anterior, obtemos os seguintes números: B = n x ( xy ) – ( x x y) B = 22. (385600) – ( ) n x ( x 2) – ( x )² 22. (1024) – (130)² B = 357 A = y – bx (Média de y e de x)A = 2263,64 – ,91 A = 153,77 y = 153, x Estruturando a tabela salarial 25Aula 2 Cargos e Salarios DPS

26 Encontrado a equação linear, nesta etapa, a utilizaremos para encontrar a mediana de cada nível salarial (do 1 ao 13) e assim iniciarmos a estruturação salarial da tabela. Equação: y = 153, x Para acharmos os valores medianos, devemos substituir o x por todos os níveis salariais (1, 2, 3, 4, 5, 6, 7, 8, 9, 10, 11, 12, 13) e realizar o cálculo da equação. Mediana dos níveis salariais 26Aula 2 Cargos e Salarios DPS

27 MEDIANA DOS NÍVEIS DA TABELA SALARIAL Equação: y = 153, x Graus (Níveis)EquaçãoMediana (100%) 1y = 153, (1)511,09 2y = 153, (2)868,09 3y = 153, (3)1225,09 4y = 153, (4)1582,09 5y = 153, (5)1939,09 6y = 153, (6)2296,09 7y = 153, (7)2653,09 8y = 153, (8)3010,09 9y = 153, (9)3367,09 10y = 153, (10)3724,09 11y = 153, (11)4081,09 12y = 153, (12)4438,09 13y = 153, (13)4795,09 27Aula 2 Cargos e Salarios DPS

28 STEPS DOS NÍVEIS SALARIAIS • Encontramos as medianas de cada nível. Porém, cada nível contém steps que podem variar entre 30% a 50% dependendo da estratégia da empresa. Neste caso, utilizaremos o mais usado pelo mercado, 40%. • Para iniciar o cálculo devemos desenvolver uma tabela com os 13 níveis salariais e conforme estratégia optada, 40% em cada um deles que serão divididos entre 80% (grau mínimo da faixa), 90% (1º quartil), 100% (mediana), 110% (2º quartil) e 120% (grau máximo da faixa). 28Aula 2 Cargos e Salarios DPS

29 STEPS DOS NÍVEIS SALARIAIS Mínimo (80%)1º quartil (90%)Mediana (100%)3º quartil (110%)Máximo (120%) 511,09 868, , , , , , , , , , , ,09 29Aula 2 Cargos e Salarios DPS

30 STEPS DOS NÍVEIS SALARIAIS • Para calcular cada step da faixa, é necessário multiplicar a % de cada um pela mediana que já temos o valor, conforme a tabela a seguir: GrauMínimo (80%)1º quartil (90%)Mediana (100%)3º quartil (110%)Máximo (120%) 1511,09x80% = 408,87511,09x90% = 459,98511,09511,09x110% = 562,2511,09x120% = 613, ,09x80% = 694,47868,09x90% = 781,28868,09868,09x110% = 954,9868,09x120% = 1041, ,09x80% = 980,071225,09x90% = 1102,581225,091225,09x110% = 1347,61225,09x120% = 1470, ,09x80% = 1265,671582,09x90% = 1423,881582,091582,09x110% = 1740,31582,09x120% = 1898, ,09x80% = 1551,271939,09x90% = 1745,181939,091939,09x110% = ,09x120% = 2326, ,09x80% = 1836,872296,09x90% = 2066,482296,092296,09x110% = 2525,72296,09x120% = 2755, ,09x80% = 2122,472653,09x90% = 2387,782653,092653,09x110% = 2918,42653,09x120% = 3183, ,09x80% = 2408,073010,09x90% = 2709,083010,093010,09x110% = 3311,13010,09x120% = 3612, ,09x80% = 2693,673367,09x90% = 3030,383367,093367,09x110% = 3703,83367,09x120% = 4040, ,09x80% = 2979,273724,09x90% = 3351,683724,093724,09x110% = 4096,53724,09x120% = 4468, ,09x80% = 3264,874081,09x90% = 3672,984081,094081,09x110% = 4489,24081,09x120% = 4897, ,09x80% = 3550,474438,09x90% = 3994,284438,094438,09x110% = 4881,94438,09x120% = 5325, ,09x80% = 3836,074795,09x90% = 4315,584795,094795,09x110% = 5274,64795,09x120% = 5754,11 30Aula 2 Cargos e Salarios DPS

31 Os cargos nesta etapa da construção da estrutura salarial devem ser enquadrados nos graus (entre o mínimo e máximo) em função dos pontos recebidos por ocasião da avaliação. ENQUADRAMENTO DOS CARGOS NOS GRAUS TABELA SALARIAL - SALÁRIO BASE CargosGSSB80%90%100%110%120% Posição Faixa Gerente Administrativo Financeiro , ,473994,284438,094881,905325,71101% Auxiliar Financeiro31.500,00 980,071102,581225,091347,601470,11122% Auxiliar Administrativo21.200,00 694,47781,28868,09954,901041,71138% Supervisor (a) Administrativo/Financeiro ,673030,383367,093703,804040,5198% Recepcionista ,87459,98511,09562,20613,31176% 31Aula 2 Cargos e Salarios DPS

32 PESQUISA SALARIAL CONCEITO: • Estudo do comportamento salarial pratica em certo setor empresarial. • Fornece elementos importantes para determinar critérios da política salarial a ser praticada pela empresa; • É por meio da pesquisa que alcançamos o equilíbrio externo, pois é através dela que se constrói as faixas salariais. 32Aula 2 Cargos e Salarios DPS

33 PESQUISA SALARIAL OBJETIVO: • Investigação de dados como: salário, remuneração variável (bônus, PLR, comissões), adicionais como periculosidade, insalubridade ou adicional por tempo de serviço e outros que irão compor o “total em dinheiro” recebido pelo funcionário. • Podem ser pesquisados dados relativos a benefícios (assistência médica, odontologia, seguro de vida, refeição, etc.). • Busca entender a prática das empresas, podem ser quantificados, compondo a “remuneração total”, ou seja, o “total em dinheiro” acrescido do quanto representam monetariamente na composição 33Aula 2 Cargos e Salarios DPS

34 PESQUISA SALARIAL • A empresa que está realizando a pesquisa salarial é comumente conhecida como empresa patrocinadora e a prática adotada por estas empresas é a de entregar, às outras empresas participantes, um relatório com dos resultados finais obtidos na pesquisa sem qualquer custo. • Periodicamente é necessário realizar as pesquisas salariais a cada 6 meses ou 1 ano, conforme as variações de remuneração do mercado e o ambiente sindical. Para acompanhar a evolução do mercado. 34Aula 2 Cargos e Salarios DPS

35 ETAPAS DA PESQUISA SALARIAL Listamos abaixo as principais etapas para o desenvolvimento da pesquisa salarial: •Seleção dos cargos de referência; •Seleção das empresas que farão parte da pesquisa; •Coleta dos dados; •Tabulação dos dados; •Análise dos resultados; •Feedback (retorno) às empresas participantes • O rol de empresas inicial deve ser mantido sempre que possível. Havendo desistência de alguma empresa é recomendável tentar substituí-la por outra de mesma estrutura e ramo de atividade 35Aula 2 Cargos e Salarios DPS

36 SELEÇÃO DOS CARGOS PARA PESQUISA SALARIAL • A escolha dos cargos de referência poderá variar de empresa para empresa e da dimensão que está se buscando com a pesquisa. • Normalmente são escolhidos os cargos que possam representar toda a estrutura de salários da organização,são amostras de cargos das várias classes salariais que possam propiciar comparações claras e objetivas entre a organização e o mercado. • Estas amostras poderão ser também de um único setor, quando se quer implantar ou desenvolver determinado setor da organização ou dos departamentos administrativos, quando se busca comparar os salários de parte da organização. 36Aula 2 Cargos e Salarios DPS

37 SELEÇÃO DOS CARGOS PARA PESQUISA SALARIAL • Deve levar em consideração é que os cargos escolhidos devem ser os que possuem equivalências, seja de nomenclatura, especificação, hierarquia, entre a organização e mercado externo. Se a semelhança entre os cargos não for de pelo menos 80%, a comparação e o resultado podem ficar prejudicados. • Há situações em que cargos aparentemente iguais na nomenclatura são consideravelmente diferentes em suas especificações ou atribuições. • Há vários cargos que são comuns entre as empresas independentemente do ramo de atividade em que atuam 37Aula 2 Cargos e Salarios DPS

38 SELEÇÃO DAS EMPRESAS QUE FARÃO PARTE DA PESQUISA • É preciso levar em consideração alguns pontos que podem influenciar consideravelmente no resultado que se espera da pesquisa como: localização geográfica da empresa, o ramo de atividade, a estrutura organizacional e a política salarial adotada pela empresa. • Estes pontos farão com que a pesquisa seja mais direcionada e os resultados tabulados poderão espelhar a prática salarial de mercado, principalmente, com porte equivalente à empresa patrocinadora ou de profissionais equivalentes em seu quadro. 38Aula 2 Cargos e Salarios DPS

39 SELEÇÃO DAS EMPRESAS QUE FARÃO PARTE DA PESQUISA • As empresas que farão parte da pesquisa salarial não poderão ser escolhidas aleatoriamente e o número de participantes, irá variar em função da consistência dos dados que se deseja obter e do tempo que se tem disponível para a conclusão dos resultados. • Para se ter uma diversificação recomenda-se incluir: • empresas concorrentes diretas • empresas organizadas e com programas de qualidade reconhecidos • empresas que possuem níveis salariais competitivos e que atraem mais profissionais do mercado • empresas jovens e agressivas entre outras. 39Aula 2 Cargos e Salarios DPS

40 COLETA DE DADOS • Antes de qualquer iniciativa para a coleta de dados, uma carta ou da Gerência de Recursos Humanos ou da Diretoria da empresa patrocinadora deve ser enviada às empresas participantes com o intuito de se ter a concordância e disponibilidade na participação da pesquisa salarial. • Nesta comunicação a empresa patrocinadora deverá garantir sigilo total nas informações prestadas pelas empresas participantes, além do compromisso de entregar o relatório final da tabulação dos dados coletados. 40Aula 2 Cargos e Salarios DPS

41 CADERNO DE PESQUISA • Descrição do objetivo do trabalho; • Relação dos cargos pesquisados; • Relação das empresas participantes • Descrição da metodologia utilizada, dos critérios e princípios que irão nortear a pesquisa; • Organograma da empresa patrocinadora para identificar se os níveis organizacionais são compatíveis com o das empresas participantes; O principal e mais prático meio de coleta de dados é através do formulário ou questionário, pela facilidade do registro dos dados. Este formulário pode ser via impresso ou eletrônico. 41Aula 2 Cargos e Salarios DPS

42 CADERNO DE PESQUISA - Outras formas de coleta • Programas de Remuneração Variável • Plano de Carreira;Cursos de Idiomas • Programa de avaliação de resultados ou de desempenho • Participação nos lucros resultados • Bolsa de estudos ou crédito educativo • Incentivo a educação continuada • Empréstimos pessoais • Assistência médica • Seguro de vida • Assistência odontológica • Transporte fornecido pela empresa • Previdência privada • Assistência farmacêutica • Auxílio a alimentação • Cesta básica;Auxilio creche ou babá • Auxilio escolar para os filhos; 42Aula 2 Cargos e Salarios DPS

43 CADERNO DE PESQUISA - Outras formas de coleta • Estas informações poderão ser definidas de acordo com a necessidade da empresa patrocinadora, somente as principais ou de maior interesse devem ser incluídas na pesquisa. • Para cada cargo pesquisado a empresa patrocinadora descreva as informações principais deste cargo como: referência em relação ao título do cargo, nível organizacional, cargo superior imediato, descrição sumária, escolaridade e tempo de experiência. • As informações servirão de base para que as empresas participantes possam ter um parâmetro da estrutura organizacional e das especificações do cargo pesquisado. 43Aula 2 Cargos e Salarios DPS


Carregar ppt "ESTATÍSTICA APLICADA À CARGOS E SALÁRIOS Prof. Douglas Pereira da Silva 1Aula 2 Cargos e Salarios DPS."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google