A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

Ferramentas Atuais da Administração e sua Relação com as Teorias da Administração Prof. Rafael Oliveira.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "Ferramentas Atuais da Administração e sua Relação com as Teorias da Administração Prof. Rafael Oliveira."— Transcrição da apresentação:

1 Ferramentas Atuais da Administração e sua Relação com as Teorias da Administração Prof. Rafael Oliveira

2 Planejamento estratégico  É uma ferramenta utilizada para definir ações futuras, capazes de inserir a organização, de forma adequada, em seu ambiente;  É elaborado com perspectiva de longo prazo, sendo de responsabilidade da adm. de cúpula;  É genérico (pouco detalhado) e envolve a organização como um todo;  Seus principais elementos são: visão, valores, missão, objetivos, análise ambiental (ameaças e oportunidades), análise de recursos (forças e fraquezas), estratégias e projetos estratégicos;  Sua operacionalização é feita pelo desdobramento em planos táticos e operacionais.

3 BSC – Balanced Scorecard  É uma ferramenta utilizada para transformar estratégias em ações;  É elaborado de forma participativa, envolvendo as principais lideranças da organização;  Sua elaboração visa a definição de indicadores e ações capazes de levar a obtenção dos objetivos estratégicos;  Seu principal produto é o Mapa Estratégico, que estabelece fundamentos de atuação da organização, seus processos e atividades básicas, objetivos de mercado, indicadores para cada objetivo e metas para cada indicador.

4 Gestão da Qualidade Total - GQT ou Total Quality Control - TQC  É um conjunto de ferramentas utilizadas para envolver todas as pessoas da organização nos processos referentes a Qualidade;  Trata a qualidade como sendo o “atendimento dos requisitos do cliente”;  Considera tanto processos de trabalho como comportamentos individuais e de grupos;  Suas principais ferramentas são: Administração Participativa, Círculos de Controle de Qualidade, Gerência de Processos, Diagrama de Pareto, Cinco Esses, Ciclo PDCA, Controle Estatístico de Processos, Certificação de Qualidade, dentre outras.

5 JUST IN TIME - JIT (Produção apenas a tempo)  É uma ferramenta decorrente dos princípios de Henry Ford (Ritmo, Economicidade, Intensificação e Produtividade);  Busca a redução sistemática ou até mesmo a eliminação de estoques de matérias-primas e produtos acabados;  Requer estabelecimento de relacionamentos estáveis e de longo prazo entre a organização e seus fornecedores e clientes;  Exige rigorosa programação de produção, a qual deveser comunicada a todos os parceiros com a utilização de redes eletrônicas de processamento.

6 KANBAN (Controle de fluxo por cartões coloridos)  É uma ferramenta utilizada para a sinalização visual do andamento do trabalho;  Utilizam-se cartões coloridos, ou outros símbolos, para informar o estágio ou andamento do trabalho, requisitar materiais, estabelecer prioridades de atendimento, etc;  Bons exemplos de kanban são os semáforos e os prismas utilizados nas empresas que vendem pneus;  O trabalho é analisado do fim para o princípio, sendo puxado pelos que estão à frente, e não empurrado pelos que estão em fases anteriores.

7 Desenvolvimento Organizacional - DO  É um conjunto de técnicas utilizadas para preparar as organizações para mudanças constantes;  Fundamenta-se na necessidade de preparação das organizações para o constante processo de mudanças;  Enfoca os processos de mudanças no comportamento individual e organizacional, ou seja, as pessoas têm que estar prontas para aceitar as constantes transformações demandadas pelo ambiente;  As principais técnicas de DO são: Grid Gerencial, Laboratórios de Sensitividade, Análise Transacional, Reuniões de Confrontação, Brainstorme, Liderança Situacional, dentre outras;  Em geral a aplicação dessas técnicas requer a atuação de psicólogos.

8 Reengenharia de Processos  Desenvolvida no início dos anos 1990;  Fundamenta-se no pressuposto de que a resistência às mudanças requerem intervenção radical da administração;  Propõe a destruição das estruturas e produtos tradicionais, para se redesenhar novos processos, nova estrutura e novos produtos, o que deve ser implementado por novas pessoas que serão trazidas para a organização;  Desconsidera a história e a cultura da organização, causando sérias resistências das pessoas que nela permanecem, prejudicando a motivação e os relacionamentos;  Só apresenta vantagens para empresas que se encontram em avançado estado de entropia, que podem ser comparadas como pacientes que necessitam de intervenção cirúrgica.

9 DOWNSIZING  Técnica de organização que pressupõe a eliminação de níveis hierárquicos intermediários;  Fundamenta-se na descentralização da autoridade, alocando o poder de decisão nos locais onde ocorrem os problemas;  É uma tendência mundial que tem como objetivos principais: redução de custos, agilização dos processos decisórios e melhoria da qualidade das decisões;  Requer sistemas ágeis e sofisticados de informação, que garantam o acesso dos tomadores de decisões e controladores a todas as informações necessárias;  Requer o uso de planos estratégicos para proporcionar sinergia na ação das diversas pessoas;  Para ser implementado necessita de sistemas de informação computadorizados.

10 Administração Por Objetivos - APO  Técnica utilizada para disseminar o trabalho por meio de objetivos e metas para todos os níveis da organização;  É uma técnica participativa de planejamento e controle, que envolve cada trabalhador na definição de suas próprias metas de trabalho na organização;  Estabelece uma rede de metas, definidas de cima para baixo na organização;  Para ser operacionalizada são definidos objetivos corporativos pela autoridade maior; em seguida esses objetivos são desdobrados em metas para cada diretoria, que por sua vez promove o desdobramento de suas metas em metas gerenciais, e assim por diante;  Sua principal deficiência é a não preocupação com os meios, deixando os executores sem o apoio necessário.

11 Estudo de Caso  Um problema no McDonalds – Abordagem Clássica  Individual.


Carregar ppt "Ferramentas Atuais da Administração e sua Relação com as Teorias da Administração Prof. Rafael Oliveira."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google