A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

Ginglymostoma cirratum. Índice 1. Habitat 2. Classe 3. Cadeia alimentar 4. Forma de deslocação 5. Forma de reprodução 6. Onde se encontra 7. Factos e.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "Ginglymostoma cirratum. Índice 1. Habitat 2. Classe 3. Cadeia alimentar 4. Forma de deslocação 5. Forma de reprodução 6. Onde se encontra 7. Factos e."— Transcrição da apresentação:

1 Ginglymostoma cirratum

2 Índice 1. Habitat 2. Classe 3. Cadeia alimentar 4. Forma de deslocação 5. Forma de reprodução 6. Onde se encontra 7. Factos e curiosidades

3 1. Habitat  Habita o fundo do mar em águas litorais, mornas desde a superfície até uma profundidade de 60 metros.

4 2. Classe  Tubarão da classe Chondrichtyes e sub-classe Elasmobranchi. Os Chondrichthyes ou peixes cartilagíneos, que incluem os tubarões, as raias e as quimeras, muitas vezes classificadas como Seláceos, são peixes geralmente oceânicos que possuem um esqueleto totalmente formado por cartilagem, mas coberta por um tecido específico, a cartilagem prismática calcificada. Elasmobranchii (do grego elasmo, placa + branch, brânquia) é uma subclasse de peixes cartilagíneos, com mais de mil espécies já identificadas, e que inclui os tubarões e as raias.

5 3. Cadeia alimentar e tipo alimentação  Espécie ovípara. Estes tubarões alimentam-se de peixes que habitam no fundo do mar, camarão, lula, polvo, caranguejo, lagosta e outros. Sua barbicha o auxilia na caça, que é feita na maioria das vezes durante a noite. Grupos desta espécie se alimentam de forma cooperativa, rodeando e concentrando cardumes de presas para logo devorá-los. Os Tubarões são superpredadores, no topo da cadeia alimentar subaquática. No entanto, sua sobrevivência está sob séria ameaça por causa da pesca e outras atividades humanas.

6 4. Forma de deslocação  Os tubarões nadam com o auxilio das suas barbatanas. Habitualmente os tubarões não podem parar de nadar pois submergem, contudo, o tubarão-enfermeiro possui um sistema de bombeio de água através das suas guelras o que lhe permite parar e descansar no fundo do mar. Nadam muito rapidamente e na caça nadam em ziguezague por baixo das suas presas de forma a as obrigar a subir á superfície onde as atacam.

7 5. Forma de reprodução  Ovovípara, que apresenta ovofatia ou canibalismo uterino. Normalmente tem duas crias por gravidez, uma em cada útero. Os ovos saem do ovário e em seu trânsito pelo oviduto são fecundados em cerca de 16 a 23. Porém, entre a fertilização e o nascimento somente um embrião prevalece, devorando seus irmãos antes do nascimento. Quando o embrião chega aos 17 cm, já possui dentes cortantes e funcionais. E aos 26 cm se desprende nadando dentro do útero. O tamanho ao nascer é de aproximadamente 1 metro e o período de gestação dura entre 8 e 10 meses. Só atingem a maturidade sexual com 15 a 20 anos de idade.

8 6. Onde se encontra  Fundamentalmente nas duas costas do atlântico. Nas costas litorais das américas e de áfrica.

9 7. Factos e Curiosidades  Também conhecidos como tubarão-lixa ou de lambaru.  Pode medir 4 metros de comprimento e pesar até 500kg.  A principal ameaça a esta espécie é a poluição das águas.  O tempo médio de vida é de 25 anos.  Podemos encontrar um espécime no Sea Life do Porto.


Carregar ppt "Ginglymostoma cirratum. Índice 1. Habitat 2. Classe 3. Cadeia alimentar 4. Forma de deslocação 5. Forma de reprodução 6. Onde se encontra 7. Factos e."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google