A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

Dicas O que não se deve fazer em uma Redação.  Começar usando palavras contidas no tema, como fazíamos na 1ª série da tia Teteca;  - Começar os parágrafos.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "Dicas O que não se deve fazer em uma Redação.  Começar usando palavras contidas no tema, como fazíamos na 1ª série da tia Teteca;  - Começar os parágrafos."— Transcrição da apresentação:

1 Dicas O que não se deve fazer em uma Redação

2  Começar usando palavras contidas no tema, como fazíamos na 1ª série da tia Teteca;  - Começar os parágrafos com as mesmas palavras, para ficar estético;  - Descuidar das margens e alinhamento dos parágrafos, inspirando-se em produções impressionistas;  - Usar períodos muito longos e cheios de informações intercaladas em outras, para complicar a vida do pobre corretor de sua redação;  - Entrar em desespero e arrancar os poucos cabelos ainda existentes;  - Rasurar, usar corretivos ou fazer aquele remendinho discreto como o carro dos Bombeiros;  - Dar uma de esperto, fazendo uma introdução copiando a seguinte frase, original e inédita: " O qualquer coisa é um fenômeno ambíguo", por não achar que existe outra maneira;

3  - Usar aqueles chamados lugares-comuns para começar a bendita conclusão, inspirando-se, quem sabe, naquele carrinho velho que só pegava no tranco;  - Explicar tão explicadinho cada detalhe que as benditas 30 linhas sejam poucas para o seu testamento (não se esqueça daquela doação para a profª de redação e português);  - Confundir os estilos, construindo um primor da Literatura Brasileira com uma dissertação um pouco narrativa, descrevendo um fato;  - Achar que não tem assunto para tratar aquele tema, complicando o que é simples, só para valorizar mais o curso e os seus professores (o corpo docente agradece a homenagem, mas dispensa);  - Ficar uma hora para decidir sobre qual estilo e tema vai escrever, optando pelo unidunitê, em vez de fazer a melhor escolha para você mesmo.

4 Estética de Redação  - Nunca comece uma redação com períodos longos. Basta fazer uma frase-núcleo que será a sua idéia geral a ser desenvolvida nos parágrafos que se seguirão;  - Nunca coloque uma expressão que desconheça, pois o erro de ortografia e acentuação é o que mais tira pontos em uma redação;  - Nunca coloque hífen onde não é necessário como em penta-campeão ou separação de sílabas erroneamente como ca-rro (isto só acontece em espanhol e estamos escrevendo na língua portuguesa);

5  Nunca use gírias na redação, pois a dissertação é a explicação racional do que vai ser desenvolvido e uma gíria pode cortar totalmente a seqüência do que vai ser desenvolvido além de ofender a norma culta da Língua Portuguesa;  - Nunca esqueça dos pingos nos "is" pois bolinha não vale;  - Nunca coloque vírgulas onde não são necessárias (o que tem de erro de pontuação!);  - Nunca entregue uma redação sem verificar a separação silábica das palavras;  - Nunca comece a escrever sem estruturar o que vai passar para o papel;  - Tenha calma na hora de dissertar e sempre volte à frase- núcleo para orientar seus argumentos;

6  Verifique sempre a estética: Parágrafo, acentuação, vocabulário, separação silábica e principalmente a pontuação que é a maior dificuldade de quem escreve e a maioria acha que é tão fácil pontuar!  - Respeite as margens do papel e procure sempre fazer uma letra constante sem diminuir a letra no final da redação para ganhar mais espaço ou aumentar para preencher espaço;  - A letra tem que ser visível e compreensível para quem lê;  - Prepare sempre um esquema lógico em cima da estrutura intrínseca e extrínseca;  - Não inicie nem termine uma redação com expressões do tipo: "... Eu acho... Parece ser... Acredito mesmo... Quem sabe..." mostra dúvidas em seus argumentos anteriores;  - Cuidado com "superlativos criativos" do tipo: "... mesmamente... apenasmente.". E de "neologismos incultos" do tipo: "...imexível... inconstitucionalizável...".

7 Conselhos úteis:  Evite repetições de sons, de palavras e de idéias.  Palavras terminadas em ção, são, ssão, dade, mente provocam eco na sua redação.  A repetição de palavras denota vocabulário escasso.  A repetição de idéias demonstra falta de cultura, de conhecimento geral.  Em vez de substituir as repetições por sinônimos, reestruture o período, pois a idéia continuará sendo repetida.  Reestruturar o período significa reescrevê-lo, dando outra formação sintática. Por exemplo, em vez de escrever O homem está destruindo a Natureza, sem pensar no seu próprio futuro reestruture para Destrói-se a Natureza, sem se importar com o futuro

8  Evite o exagero de conectivos (conjunções e pronomes relativos).  Por dois motivos: para evitar a repetição e para não elaborar períodos muito longos.  Não generalize; seja específico.  Utilize argumentos concretos, fatos importantes. Uma redação cheia de generalizações demonstra a falta de cultura de seu autor, a falta de conhecimentos gerais, a falta de contato com a realidade atual. Para evitar esse problema, leia bastante; leia jornais, revistas, livros; assista a programas de reportagens, a filmes; interesse-se pela cultura; alimente sua inteligência.

9  Não faça afirmações incoerentes.  Como: Os jovens estão totalmente sem informações hoje...; Ninguém gosta de ler...; Não há escritores bons hoje em dia.... A incoerência também demonstra falta de conhecimento.  Não faça afirmações levianas.  Como: Todo político é corrupto...  Não afirme o que não pode ser provado.  Não escreva períodos muito curtos nem muito longos.  Evite mais de dois períodos por linha, ou seja, não coloque mais do que dois pontos finais em uma mesma linha.  Evite escrever mais de duas linhas sem um ponto final sequer.

10  Não faça parágrafos muito curtos nem muito longos.  O ideal seria que os parágrafos contivessem, no mínimo, 4 linhas e, no máximo, 7 linhas.  Estruture adequadamente os períodos.  Períodos mal-estruturados demonstram falta de conhecimento da língua.  Observe a pontuação.  Nunca coloque vírgula entre o sujeito e o verbo, nem entre o verbo e o seu complemento.

11  - Não use expressões populares e cristalizadas pela população.  A dissertação é um trabalho técnico, portanto não se admitem expressões populares.  Expressões cristalizadas são frases comuns a qualquer cidadão, de qualquer nível cultural.  Não use expressões vulgares.  Por ser um trabalho técnico, não há espaço para vulgaridades.

12  Não use linguagem figurada.  Todas as palavras da dissertação devem ser usadas em seu sentido exato.  Se for usar título, faça-o por meio de expressão curta.  Alguns concursos vestibulares exigem título na dissertação. Se for o caso, use poucas palavras e só coloque ponto final, se usar verbo.  Cuidado com usos de conjunções: mas, porém, contudo são adversativas, indicam fatores contrários; portanto, logo são conclusivas; pois é explicativa, e não causal.

13  Não deixe os parágrafos soltos.  Há de haver ligação entre eles. A ausência de elementos coesivos entre orações, períodos e parágrafos é erro grave.  Não use a palavra eu nem a palavra você e evite a palavra nós.  A dissertação deve ser impessoal. Não se dirija ao examinador, como se estivesse conversando com ele.  Não use palavras estrangeiras nem gírias.  Por ser trabalho técnico, use apenas palavras da Língua Portuguesa.  Atente para não elaborar frases ambíguas.  Se houver duplo sentido em uma frase, como o examinador saberá por qual optar?

14  Atente para não entrar em contradição.  Preste atenção a tudo o que for exposto na redação, para não dizer o contrário mais à frente.  Lembre-se de que há quatro palavras muito importantes:  Originalidade e Criatividade - Não trabalhe com exemplos muito simples ou comuns; seja criativo. Use sua inteligência.  Homem e Sociedade - Tudo o que for colocado em sua redação deve ser importante para a sociedade de um modo geral, e não apenas a você ou a um pequeno grupo de pessoas

15


Carregar ppt "Dicas O que não se deve fazer em uma Redação.  Começar usando palavras contidas no tema, como fazíamos na 1ª série da tia Teteca;  - Começar os parágrafos."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google