A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

Psicologia da Personalidade II MAJZampieri. SKINNER Representante.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "Psicologia da Personalidade II MAJZampieri. SKINNER Representante."— Transcrição da apresentação:

1 Psicologia da Personalidade II MAJZampieri

2 SKINNER Representante

3 Pai do Behaviorismo Radical A explicação científica é a prioridade para a ciência do comportamento (SKINNER,1945)

4 antecedentes •Influências do Darwinismo – trabalho com animais. •Fisiologia – comportamento condicionado Pavlov – Provocar comportamentos •Funcionalismo – Adaptação ao meio (comportamento em relação ao meio) •Associacionismo – Teoria da aprendizagem •Empirismo.

5 BEHAVIORISMO METODOLÓGICO WATSON (1878 – 1958) • “ SE A PSICOLOGIA QUISESSE SE FORTALECER NO MUNDO DA CIÊNCIA SERIA NECESSÁRIO QUE ELA REPENSASSE SEU OBJETO DE ESTUDO” (WATSON, 1913 ) • OBJETO DE ESTUDO - COMPORTAMENTO OBSERVÁVEL

6 Behaviorismo análise experimental do cpto

7

8 BEHAVIORISMO METODOLÓGICO WATSON • Critica o mentalismo e o método introspectivo • Resgata a visão empírica • Objeto de estudo é o comportamento observável (movimento do corpo) e sua relação com o ambiente. S-R •Método: Observação e Experimentação •Evita-se a auto-observação. •A experiência subjetiva deixa de ter lugar na ciência •Objetivo – Prever e controlar o comportamento.

9 Watson-1913 • “Dêem-me doze crianças sadias, de boa constituição e a liberdade de poder criá-las a minha maneira. • Tenho a certeza de que, se escolher uma delas ao acaso, e puder educá-la, convenientemente, poderei transformá-la em qualquer tipo de especialista que eu queira – médico, artista, e até mesmo em mendigo e ladrão, independente de seus talentos, propensões, tendências, aptidões, vocações e da raça de seus ascendentes”.

10 1o. Laboratório psicologia 1879 Pavlov (1849 – 1936)

11 Premissas do Behaviorismo 1.A Psicologia deve estudar os eventos ambientais (estímulos) e os comportamentos observáveis (respostas) 2.A introspecção deve ser substituida por métodos objetivos (experimentação, observação) 3.Os cptos dos animais não-humanos devem ser observados paralelam/ aos humanos pois os cptos mais simples são mais fáceis de estudar e entender que os complexos.

12 Behaviorismo METODOLÓGICO WATSON COMPORTAMENTO REFLEXO OU RESPONDENTE – S-R (sujeito isolado - cão) COMPORTAMENTO PRODUZIDO POR ESTÍMULOS DO AMBIENTE RADICAL SKINNER •COMPORTAMENTO OPERANTE- R-S (premiação) COMPORTAMENTO ATUA SOBRE O AMBIENTE.

13 BEHAVIORISMO RADICAL análise experimental do comportamento SKINNER •Nasceu – 1904 – Pensilvânia •Dominou a Psicologia até 1950 •Organismo que reage – se comporta (Condicionamento Operante) •Processo de Aprendizagem – modelagem •Rejeita a noção de livre- arbítrio •A relação do indivíduo com o ambiente não é passiva

14 BEHAVIORISMO RADICAL SKINNER •Caixa de Skinner •Máquinas Comportamentalistas •Reforçamento Positivo •Reforçamento Negativo •Punição •Extinção •Generalização •Discriminação •Contra-controle •Personalidade - Coleção de padrões de cpto

15 APRENDIZAGEM “Grandes pensadores construíram sobre o passado, em lugar de perder tempo em redescobri-los. A fim de que as escolas realizem seu propósito, um controle efetivo do comportamento precisa ser obtido através de técnicas especiais. Ensinar é simplesmente o arranjo de contingências de reforço sob as quais estudantes aprende. É responsabilidade do professor apressar e assegurar a aquisição do comportamento” Skinner

16 CONDICIONAMENTO CLÁSSICO BEHAVIORISMO RADICAL • Aumento da frequência do Comportamento • REFORÇO POSITIVO • REFORÇO NEGATIVO • Diminuição da frequência do Comportamento •PUNIÇÃO •EXTINÇÃO

17 Aumento da frequência do Comportamento • REFORÇO POSITIVO – Estímulos que quando apresentados fortalecem o comportamento que o precedeu Ex. elogios •REFORÇO NEGATIVO – Estímulos que fortalecem as respostas que o remover produz. Ex. tirar o agasalho frente ao S calor

18 Diminuição da frequência do Comportamento • PUNIÇÃO – Apresentação de um S aversivo ou negação do reforçador positivo. Ex. Multas • EXTINÇÃO - Para que aconteça a extinção do comportamento condicionado é preciso que aconteça a suspensão do reforço. Ex. Deixar de fazer as tarefas por não receber mais pontuações. Deixar de ligar para a pessoa que não atende mais.

19 FUGA E ESQUIVA FUGA • O Indivíduo tenta sair de uma situação aversiva • Processo no qual o • comportamento reforçado é aquele que termina com um estímulo aversivo já em andamento ESQUIVA • Processo no qual os estímulos aversivos condicionados e incondicionados estão separados por um intervalo de tempo que permita que o indivíduo execute um comportamento que previna a ocorrência ou reduza a magnitude dos estímulos

20 Controle de Estímulos DISCRIMINAÇÃO • Manutenção de uma resposta na presença de um estímulos, mas sofre certo grau de extinção na presença de outro. GENERALIZAÇÃO • Um estímulos adquire controle sobre uma resposta devido ao reforço na presença de um estímulo similar, mas diferente

21 B.F.SKINNER. Sobre o Behaviorismo.São Paulo, Cultrix/USP, 1982 BIBLIOGRAFIA

22 Behaviorismo John B. Watson • “Psicologia: como os behavioristas a vêem” (1913) • "Um ramo experimental e puramente objetivo da ciência natural. A sua meta é a previsão e controle do comportamento..." • Watson postulava o comportamento como objeto da Psicologia.

23 O Behaviorismo nasceu como uma reação à introspecção e à Psicanálise que tentavam lidar com o funcionamento interior e não observável da mente. Psicologia tinha um objeto mensurável e observável para estudar e os experimentos poderiam ser reproduzidos em diferentes sujeitos e condições. O comportamento é estudado em função de varáveis do meio e os estímulos levando o organismo a darem determinadas respostas e isso em razão do ajuste do organismo ao seu meio por meio de equipamentos hereditários e formação de hábitos. behaviorismo metodológico

24 primeiros passos E. L. Thorndike ( ) – americano Ivan Pavlov ( ) - russo Behaviorismo metodológico métodos das ciências naturais

25 Skinner linha de estudo conhecida como Behaviorismo radical • - explicação científica definindo como prioridade para a ciência do comportamento o desenvolvimento de termos e conceitos que permitissem explicações verdadeiramente científicas. • A expressão utilizada pelo próprio Skinner em 1945 tem como linha de estudo a formulação do "comportamento operante".

26 Skinner linha de estudo conhecida como Behaviorismo radical • Behaviorismo metodológico - métodos das ciências naturais • - explicação científica definindo como prioridade para a ciência do comportamento o desenvolvimento de termos e conceitos que permitissem explicações verdadeiramente científicas. • A expressão utilizada pelo próprio Skinner em 1945 tem como linha de estudo a formulação do "comportamento operante".

27 enquanto a principal preocupação dos outros eram os métodos das ciências naturais, a de Skinner era a explicação científica definindo como prioridade para a ciência do comportamento o desenvolvimento de termos e conceitos que permitissem explicações verdadeiramente científicas

28 • The Operational Analysis of Psychological Terms (Skinner, 1945/1984a) • Simpósio sobre Operacionismo, 1945.


Carregar ppt "Psicologia da Personalidade II MAJZampieri. SKINNER Representante."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google