A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO IF – SUL – RIO - GRANDENSE CAMPUS PELOTAS - VISCONDE DA GRAÇA Curso: Técnico em Fruticultura Disciplina: Solos Prof. Dr. CORLETT,

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO IF – SUL – RIO - GRANDENSE CAMPUS PELOTAS - VISCONDE DA GRAÇA Curso: Técnico em Fruticultura Disciplina: Solos Prof. Dr. CORLETT,"— Transcrição da apresentação:

1 MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO IF – SUL – RIO - GRANDENSE CAMPUS PELOTAS - VISCONDE DA GRAÇA Curso: Técnico em Fruticultura Disciplina: Solos Prof. Dr. CORLETT, F. M. F. Conceito e medição do pH do solo

2 pH do solo  A escala de pH permite medir a maior ou menor acidez ou basicidade de uma solução (para soluções pouco concentradas e à temperatura de 25ºC);  Representa-se sempre com a letra "p" minúscula e a letra "H" maiúscula;  A maior ou menor acidez ou basicidade depende da concentração da solução e da força do ácido e da base respetiva. Escala de pH

3 A sigla “pH” indica potencial de Hidrogênio e define acidez ou alcalinidade do solo Conceito

4 pH do solo A - 1 a 6:  Soluções Ácidas (quanto menor for o número maior é a acidez);  > Soluções Neutras;  - 8 a 14 --> Soluções Básicas (quanto maior for o número maior é a basicidade). escala de pH varia entre 0 e 14:

5  há uma faixa de pH entre 6 e 7 onde os nutrientes essenciais e os micronutrientes são mais facilmente absorvidos pelas raízes;  Nesta faixa eles estão disponíveis para serem absorvidos;  Quando o resultado da análise de solo indica pH=5 (solo ácido),  (N,P,K) estão indisponíveis:  a planta não consegue se alimentar deles por causa do pH;  Em outras palavras, é como se solos ácidos formassem uma barreira a absorção dos nutrientes essenciais pela plantas.

6  Os cátions tem carga elétrica positiva (+):  e estão retidos nos colóides do solo, que são as argilas e a matéria-orgânica, que possuem carga elétrica predominantemente negativa(-);  Os cátions que estão retidos nos colóides são o tempo todo sendo trocados com a solução do solo;  Quanto maior essa capacidade de troca, maior a fertilidade do solo:  pois o solo consegue armazenar mais nutrientes e disponibilizá-los quando a planta precisar.

7  Podemos fazer uma correlação didática com nossa comida, onde não temos acesso direto a panela;  A panela é a argila ou matéria orgânica, que tem muita comida para a planta;  O prato é de onde nos comemos e equivale a solução aquosa do solo, de onde a planta absorve os nutrientes;  A capacidade de troca do solo representa a disponibilidade de comida na panela. A capacidade de troca do solo


Carregar ppt "MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO IF – SUL – RIO - GRANDENSE CAMPUS PELOTAS - VISCONDE DA GRAÇA Curso: Técnico em Fruticultura Disciplina: Solos Prof. Dr. CORLETT,"

Apresentações semelhantes


Anúncios Google