A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

Revolução Industrial. Desenvolvimento dos processos industriais •Exploração colonialista e mercantilista: acumulação primitiva de capitais. •Crescimento.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "Revolução Industrial. Desenvolvimento dos processos industriais •Exploração colonialista e mercantilista: acumulação primitiva de capitais. •Crescimento."— Transcrição da apresentação:

1 Revolução Industrial

2 Desenvolvimento dos processos industriais •Exploração colonialista e mercantilista: acumulação primitiva de capitais. •Crescimento da burguesia mercantil desde o fim da Idade Média. •Burguês transformando-se em “empresário”. •Racionalização da produção: as manufaturas.

3 •Desenvolvimento tecnológico. •Expansão dos mercados: expansão ultramarina. •Crescimento populacional. •Bolsa de valores e bancos: aumento do crédito.

4 Pioneirismo inglês •Economia de abundância •Abundância de capitais e alimentos •Respeito pelo sucesso financeiro

5 •Estado liberal e burguês; democracia desde •Território rico em matérias-primas (ferro e carvão). •Cercamento das terras comunais: êxodo rural. •Desenvolvimento da navegação: domínio dos oceanos.

6 Atraso na Europa Continental •Problemas políticos: Estados ainda em crise, indefinidos. •Falta de transportes e matérias-primas. •Falta de espírito empresarial. •Guerras.

7 Desenvolvimento tecnológico •Máquina de fiar: John Wyatt, Lewis Paul e principalmente James Hargraves.

8 Tear hidráulico •Richard Arkwright

9 Máquina a vapor •Thomas Newcomen e James Watt

10 Navio a vapor •Robert Fulton

11 Locomotiva a vapor •Robert Stephenson

12 Transformações urbanas e sociais

13 •Fábricas se instalam às margens dos rios. •Cidades emergem e/ou crescem junto às fábricas. •Êxodo rural: falta de campos para cultivar, excesso de mão-de-obra – “exército industrial de reserva”, segundo Marx. •Surgimento e crescimento de duas importantes classes: média e o proletariado.

14

15

16 •Utilização de mulheres e crianças nas fábricas: mão de obra mais barata. •Ausência de legislação trabalhista

17 •Domesticação do tempo: relógio. •Divisão do trabalho. •Alienação – “fordismo e taylorismo”.

18

19 Movimentos iniciais contrários a industrialização e das péssimas condições de vida •Luditas: destruição das máquinas.

20 •Carta do Povo, enviada ao Parlamento inglês em Cartismo

21 •Sufrágio universal; •Parlamentos anuais; •Voto secreto; •Fim do voto censitário, entre outras reivindicações.

22 Trade Unions •Primeiros sindicatos.

23 Socialismo •Luta pela igualdade de direitos; •proletários no comando dos meios de produção. •Karl Marx =>

24 Socialismo Utópico •Para Marx, os utópicos não abordavam temas importantes como a propriedade privada, acúmulo de capital, antagonismo entre as classes. •Participação pela boa vontade, ações filantrópicas.

25 Saint-Simon •Defendia uma sociedade conduzida por membros de todas as classes produtivas. •Reforma no cristianismo.

26 Charles Fourier •Falanstérios: unidades sociais e econômicas onde as pessoas viveriam em comunidades, trabalhando, produzindo e distribuindo riqueza.

27 Louis Blanc •Defendia a criação de associação de trabalhadores do mesmo ramo, financiada pelo Estado. •Lucro dividido; obras assistencialistas.

28 Robert Owen •Pai do movimento cooperativo. •Inovação com direitos trabalhistas. •Postura humanista •Falência.

29 Pierre Joseph Proudhon •Consciência do antagonismo entre as classes. •Propriedade privada como espoliação. •Organização social em cooperativas; estado descentralizado

30 Anarquismo •Contra qualquer forma de governo. •Autogestão. •Propriedade coletivizada pela sociedade:

31 •Trabalho cooperativo em comunidades auto-suficientes; •Sem fins lucrativos; •Trabalho pago com bônus.

32 Bakunin •Principal nome. •Discussão com Marx na Internacional.

33 Socialismo científico •Marxismo. •Trabalho = mercadoria •Mais-valia: exploração – valor do trabalho. •Luta de classes.

34 •Coletivização dos meios de produção (consequentemente da riqueza); •Fim das classes sociais; •Revolução: ditadura do proletariado – combater os inimigos do movimento. •Estágio final: comunismo.

35 Obras importantes •Manifesto Comunista – 1848 (ao lado de Friedrich Engels). •O Capital – 1867 •A ideologia alemã; A Miséria da filosofia; 18 Brumário de Napoleão Bonaparte.

36 Materialismo histórico e dialética •Base = estrutura, ou seja, elemento econômico. •Estrutura econômica = relações de produção e dos meios de produção. •Superestrutura = outros elementos, como religião, educação, etc..

37 Proposta Social da Igreja •Rerum novarum – Papa Leão XIII •Conciliação entre capital e trabalho. •Fim da luta de classes. •Ajuda mútua.

38 II Revolução Industrial •A partir da metade do século XIX. •Outros países, como Alemanha, EUA, França, Itália, Japão. •Novas tecnologias: eletricidade e motor a combustão interna. •Novas necessidades: aumento dos mercados – Imperialismo.

39 •Obrigado pela atenção! •Prof. César


Carregar ppt "Revolução Industrial. Desenvolvimento dos processos industriais •Exploração colonialista e mercantilista: acumulação primitiva de capitais. •Crescimento."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google