A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

Assistência de Enfermagem no Pós - parto (Puerpério) Profª. Esp. Jaqueline Carrara F. Valente Enfermeira Obstetra.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "Assistência de Enfermagem no Pós - parto (Puerpério) Profª. Esp. Jaqueline Carrara F. Valente Enfermeira Obstetra."— Transcrição da apresentação:

1 Assistência de Enfermagem no Pós - parto (Puerpério) Profª. Esp. Jaqueline Carrara F. Valente Enfermeira Obstetra

2 Cuidados de Enfermagem • ÚTERO * Avaliar consistência - (firme, duro, não doloroso à palpação e contraído – 1cm/dia); *Avaliar/Identificar loquiação – quantidade (250 a 300ml por dia na 1ª semana, presentes até 40 dias pós-parto, Característica(Sangüíneo, Serossanguíneo - a partir do 5º dia); e Seroso; Odor e Complicações (Parada repentina e Infecção); * Avaliar/Identificar o retorno da menstruação (2 meses após o parto - mulher que não amamenta e 4 meses após o parto - mulher que amamenta, depende quando cessa a Prolactina).

3 Cuidados de Enfermagem • VAGINA, VULVA E PERÍNEO vagina (diminui de tamanho - edemas, congestão vascular e atrofia - recuperação no 25º dia); *Avaliar condições de Episiorrafia (hematomas, edemas, equimoses – aplicar bolsa de gelo, nas primeiras 24 horas) e presença de pus (infecção); *Orientar quanto a higiene íntima; *Atentar para eliminações de lóquios (quantidade, características e odor). • VAGINA, VULVA E PERÍNEO *Avaliar condições da vulva; Avaliar condições da vagina (diminui de tamanho - edemas, congestão vascular e atrofia - recuperação no 25º dia); *Avaliar condições de Episiorrafia (hematomas, edemas, equimoses – aplicar bolsa de gelo, nas primeiras 24 horas) e presença de pus (infecção); *Orientar quanto a higiene íntima; *Atentar para eliminações de lóquios (quantidade, características e odor). • APARELHO URINÁRIO *Orientar/Realizar higiene íntima com água morna; *Orientar/Realizar cuidados/técnicas para eliminação de urina (ruído da torneira ou sonda vesical de alívio) – retenção urinária (traumas à uretra, desconforto à micção, edema, perda do tônus vesical (anestesia).

4 Cuidados de Enfermagem • APARELHO RESPIRATÓRIO *Orientar quanto repouso; *Posicionar a cliente adequadamente • APARELHO GASTRINTESTINAL líquidos, dieta adequada (constipação, Íleo Paralítico); *Orientar quanto a higiene (hemorróidas); *Orientar quanto a deambulação precoce; *Administrar laxantes e lavagens prescritos. • APARELHO GASTRINTESTINAL *Orientar quanto a ingesta de líquidos, dieta adequada (constipação, Íleo Paralítico); *Orientar quanto a higiene (hemorróidas); *Orientar quanto a deambulação precoce; *Administrar laxantes e lavagens prescritos.

5 Cuidados de Enfermagem • SISTEMA TEGUMENTAR • SISTEMA TEGUMENTAR *Orientar quanto a ingesta de líquidos e uso de hidratantes (pele seca, estrias). • APARELHO CIRCULATÓRIO *Estimular/Auxiliar deambulação precoce (Trombose ).

6 Cuidados de Enfermagem • ESTADO EMOCIONAL *Identificar quadros de profunda apatia e psicose puerperal. • CONTROLE DE SINAIS VITAIS *Pulso normal (bradicárdico-eliminação de líquidos, estado emocional e decúbito dorsal/repouso); *Taquicardia (hemorragia, infecção e choque); *Pressão Arterial (normaliza nos cinco primeiros dias).

7 Cuidados de Enfermagem • *Temperatura (hipertermia - aumenta a 38ºC, normal nas primeiras 24 horas pós- parto- “febre do leite” /apojadura,temperatura acima de 38°C (infecção puerperal, onde a respiração deixa de ser costal e passa a ser abdominal).

8 Cuidados de Enfermagem • HIGIENE • HIGIENE *Estimular o banho de chuveiro; *Proteger/Renovar curativo da incisão cesariana somente no 1º dia, após deixar descoberto (melhor observação). • EXERCÍCIOS E DEAMBULAÇÃO PRECOCE Orientar a deambular a partir do segundo dia pós- parto - prevenir complicações (Tromboembolismo), *Fortalecer musculatura uterina e abdominal; *Evitar constipação, acúmulo de gases e acúmulo de secreção pulmonar e favorecer a drenagem de lóquios. • EXERCÍCIOS E DEAMBULAÇÃO PRECOCE *Orientar a deambular a partir do segundo dia pós- parto - prevenir complicações (Tromboembolismo), *Fortalecer musculatura uterina e abdominal; *Evitar constipação, acúmulo de gases e acúmulo de secreção pulmonar e favorecer a drenagem de lóquios.

9 Cuidados de Enfermagem • RELAÇÕES SEXUAIS *Orientar quanto a retomada um mês após o parto (evitar traumatismos e hemorragias). • SONO *Orientar quanto ao repouso; *Observar a cliente com insônia e corrigir causas (dor, hemorróida, episiorrafia e excesso de visitas). • DIETA *Orientar quanto a dieta balanceada, inicialmente líquida, rica em proteínas, vitaminas, minerais e calorias, sem restrições.

10 Cuidados de Enfermagem • BEBÊ *Esclarecer dúvidas da mãe e orientar quanto aos cuidados com o recém-nascido. • MAMAS *Orientar quanto Cuidados/Dificuldades/Importância e estímulo à amamentação; Reforçar/Encorajar o Aleitamento Precoce(adaptação mãe/filho e colostro); *Identificar deformidades nos mamilos(ingurgitamento).

11 Cuidados de Enfermagem • ABDOME • ABDOME *Identificar vísceras aumentadas/dolorosas; *Atentar involução uterina/ferida cirúrgica; *Auscultar ruídos hiroaéreos. • MEMBROS • MEMBROS *Pesquisar sinais de trombose profunda(dores em MMIIs e edema súbito); *Identificar sinais flogísticos.

12 Cuidados de Enfermagem • PLANEJAMENTO FAMILIAR *Orientar quanto a método/ eficácia/indicações; *Ligadura Tubária é um direito da mulher assegurado pelo SUS (mínimo dois filhos, mais de 25 anos e esperar pelo menos 42 dias depois do nascimento do bebê). • CUIDADOS GERAIS DE ENFERMAGEM Controlar o sangramento vaginal; *Palpar o FU (firme e contraído); *Controlar os sinais vitais (presença de calafrios - ocorre de 15 a 20 minutos após a dequitação; *Oferecer líquidos. • CUIDADOS GERAIS DE ENFERMAGEM *Controlar o sangramento vaginal; *Palpar o FU (firme e contraído); *Controlar os sinais vitais (presença de calafrios - ocorre de 15 a 20 minutos após a dequitação; *Oferecer líquidos.

13 Cuidados de Enfermagem /Alta Hospitalar • REGISTROS DE ENFERMAGEM *Lóquios(cor e quantidade); *Eliminações (fezes e urina); *Sinais vitais; *Aspecto da episiotomia; *Dor; *Medida da altura uterina e peso. • ALTA HOSPITALAR *Verificar antes da alta, a classificação sanguínea da mãe (mãe com fator Rh negativo, não sensibilizadas e com RNs positivo e Coombs negativo - administrar imunoglobulina anti-D, até 72 horas); *Verificar o resultado da sorologia para Sífilis, sendo positivo o tratamento deve ser iniciado, se não foi realizado comunicar ao Obstetra e Pediatra; *Puérperas sem anormalidades, deve ser concedida a alta hospitalar (24 horas – parto normal; 48 horas – cesariano).

14 Cuidados de Enfermagem/Revisão Puerperal 1. Revisão Puerperal Precoce (7° ao 10º dia - Trinômio) Conduta: *Ouvir as queixas da puérpera; *Proceder ao exame físico (estado hematológico, rastreamento de infecção-puerperal ou da ferida operatória), exame das mamas, Incentivar a continuidade do aleitamento materno; *Solicitar atestado médico (puérperas com vínculo empregatício ou autônomas que não estão em gozo de licença maternidade), orientando a mesma a comparecer ao INSS (direito a 120 dias de licença, já aquelas que retornam da licença e que estão amamentando (direito de dois descansos diários de 30 min. cada até a criança completar 6 meses).

15 Cuidados de Enfermagem/Revisão Puerperal 2. Revisão Puerperal Tardia (30º ao 42º dia – Trinômio) • Conduta: *Ouvir as queixas da mulher; *Proceder ao exame físico; *Orientar quanto ao aleitamento (problemas, comentários de outras pessoas); *Permitir exercício físicos (atentar para cansaço e complicações); *Completar esquemas de vacinação (Tétano, Hepatite B e Rubéola); *Realizar o exame preventivo para câncer de colo uterino; *Discutir com o casal sobre o retorno das atividades sexuais (desconforto – atrofia vaginal – utilizar lubrificante).


Carregar ppt "Assistência de Enfermagem no Pós - parto (Puerpério) Profª. Esp. Jaqueline Carrara F. Valente Enfermeira Obstetra."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google