A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

FUNDAMENTOS DE COMPUTAÇÃO 1 - Introdução. B IBLIOGRAFIA 1. NORTON, P. Introdução à informática. Sao Paulo: Makron Books, 1996. 2. MEIRELLES, F. de S.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "FUNDAMENTOS DE COMPUTAÇÃO 1 - Introdução. B IBLIOGRAFIA 1. NORTON, P. Introdução à informática. Sao Paulo: Makron Books, 1996. 2. MEIRELLES, F. de S."— Transcrição da apresentação:

1 FUNDAMENTOS DE COMPUTAÇÃO 1 - Introdução

2 B IBLIOGRAFIA 1. NORTON, P. Introdução à informática. Sao Paulo: Makron Books, MEIRELLES, F. de S. Informática: novas aplicações com microcomputadores. 2. ed. Sao "- Paulo: Makron Books, VELLOSO, F. de C. Informática: conceitos básicos. Rio de Janeiro: Campus, GONICK, L. Introdução ilustrada à computação. São Paulo: Harbra, WHITE, R. Como funciona o computador III. Sao Paulo: Quark Books, ALCADE, E.; GARCIA, M.; PENUELAS, S. Informática Básica. Sao Paulo: Makron Books,1991.

3 HIST Ó RICO - EVOLU Ç ÃO 1994 Netscape  Fundação da Netscape Communications (originalmente Mosaic Communications ). browser da Netscape  O primeiro browser da Netscape torna-se disponível e cria rapidamente um crescimento de "surfistas" da Web.1995  Toy Story  Toy Story é o primeiro filme de longa metragem inteiramente gerado por computador.  Windows 95  Windows 95 é lançado. Java  A linguagem de programação Java, permite o desenvolvimento de aplicações independentes de plataformas (“ Duke ” é o primeiro applet ).1996  O Pentium Pro da Intel é apresentado. 3

4 4 Na ordem o Celeron / Ciryx / AMD K6 / Pentium MMX HISTÓRICO - EVOLUÇÃO

5 Netscape Navigator 2.0  O Netscape Navigator 2.0 é lançado (primeiro browser com suporte para JavaScript). Pentium de 150,166 & 200 MHz  A Intel lança o processador Pentium de 150,166 & 200 MHz (têm o equivalente a 3.3 milhões de transistores). IBM Deep Blue  O IBM Deep Blue, foi o primeiro computador a ganhar do campeão mundial de xadrez Gary Kasparov em um jogo.1998 Pentium II 333 MHz  É lançado o processador Pentium II 333 MHz Windows 98  É lançado o Windows LINUX  O número de pessoas que usam LINUX é estimado em mais de 10 milhões. HISTÓRICO - EVOLUÇÃO

6 6 O Pentium 2 e o AMD K6-2 - TOP de Linha até 1998 Foto de uma placa de Pentium II HISTÓRICO - EVOLUÇÃO Intel 4004: transistores. Pentium II: transistores.

7 Pentium III de 1GHz.  A Intel lança o seu Pentium III de 1GHz. AMD de 1GHz  AMD lança o AMD de 1GHz. Itanium  Intel lança o seu processador Itanium.2001 Linux Kernel  O Linux Kernel é lançado. Windows XP  Lançado o Windows XP. HISTÓRICO - EVOLUÇÃO

8 8 AMD-DuronAMD CYRIX HISTÓRICO - EVOLUÇÃO

9 Pentium 4  O Pentium 4 é construído com uma tecnologia de 0,13 micrômetros e possui 55 milhões de transistores. Earth Simulator três 35  O supercomputador japonês Earth Simulator criado pela NEC para simular mudanças no clima do planeta possui 5104 processadores e ocupa uma área equivalente a três quadras de tênis. Seu desempenho esta em torno de 35 teraflops, realiza 35,86 trilhões de cálculos por segundo. HISTÓRICO - EVOLUÇÃO

10 10 "Simulador da Terra" Pentium 4 HISTÓRICO - EVOLUÇÃO

11 11 HISTÓRICO - EVOLUÇÃO 2003  AMD lança o processador Opteron  O Opteron é o primeiro processador para a arquitetura CISC capaz de trabalhar a 64 bits utilizando as instruções IA-32 (conhecidas também pelo nome x86). •Possui transistores de 0,13 mícron, possuindo no total 100 milhões de transistores. •Pode endereçar até 1 TeraByte de memória RAM. •Suporta até 8 processadores na mesma placa-mãe.

12  Lançamento do Supercomputador IBM Blue Gene/L.  Composto por processadores PowerPC, possuindo 32 terabytes de memória RAM.  A IBM desenvolveu módulos relativamente simples, contendo 2 processadores, 512 MB de RAM e uma interface de rede gigabit Ethernet, similares a um PC doméstico.  Esta gigantesca estrutura funciona como um cluster, em que o processamento é dividido em pequenos pedaços e dividido entre os módulos. HISTÓRICO - EVOLUÇÃO

13 13 HISTÓRICO - EVOLUÇÃO IBM Blue Gene/L

14 14 HISTÓRICO - EVOLUÇÃO 2005  Intel lança o seu Pentium 4 de 64 bits, concorrente do Athlon 64 da AMD.  Além desse processador, a Intel lançou ainda o Pentium 4 Extreme Edition de 3,73 GHz Parte inferior do Pentium 4 Extreme Edition, à esquerda, e do Pentium 4, à direita. Pinagem do Athlon 64, à esquerda (soquete 754), e pinagem do Pentium 4, à direita (soquete 478).

15 15 HISTÓRICO - EVOLUÇÃO 2005  A Apple passou por duas grandes revoluções.  A primeira foi a migração do MacOS antigo para o OS X, que por baixo da interface polida, é um sistema Unix.  A segunda aconteceu em 2005, quando a Apple anunciou a migração de toda a sua linha de desktops e notebooks para processadores Intel.

16 16 HISTÓRICO - EVOLUÇÃO 2005  Do ponto de vista do hardware, os Mac atuais não são muito diferentes dos PC, você pode inclusive rodar Windows e Linux por meio do boot camp.  Só os Mac são capazes de rodar o Mac OS X, devido ao uso do EFI, firmware especial, que substitui o BIOS da placa mãe.  Esta combinação permitiu que a Apple se beneficiasse da redução de custo nos processadores e outros componentes para micros PC, mas ao mesmo tempo conservasse seu principal diferencial, que é o software.

17 17 HISTÓRICO - EVOLUÇÃO Mac OS X

18 18 HISTÓRICO - EVOLUÇÃO 2005  Microsoft lança o Xbox 360, primeiro videogame da sétima geração, que promete se integrar com o PC.

19 19 HISTÓRICO - EVOLUÇÃO 2006  Web 2.0  Apple lança iPod Nano (menor iPod com tela LCD) APPiPod Video, com capacidade de armazenamento de até 200GB  Lançado o Wii (Nintendo)  Microsoft lança o Windows Vista para uso corporativo  Lançado o Playstation 3 (Sony)  Intel lança sua linha de processadores Core 2 Duo e anuncia o lançamento do quad core

20 20 HISTÓRICO - EVOLUÇÃO Intel Core 2 Duo E6600 "Conroe"

21 21 HISTÓRICO - EVOLUÇÃO 2007/2008  Microsoft lança o Windows Vista para uso doméstico Outros lançamentos?

22 Tendências  Os grandes computadores caminham para o processamento paralelo.  O tamanho do Chip´s de processamento será cada vez menor e os processos cada vez mais acoplados.  O Futuro Computadores ópticos, Nanotecnologia, Computação biológica, Armazenar bits no spin do átomo Computadores ópticos, Nanotecnologia, Computação biológica, Armazenar bits no spin do átomo? computador quântico Vem aí o computador quântico. 22

23 SISTEMAS COMPUTACIONAIS – CLASSIFICA Ç ÃO Quanto ao Porte SupercomputadoresMainframesMinicomputadores Estações de trabalho Computadores pessoais Desktop Notebook Palmtop 23 computador de rede Com o grande desenvolvimento que as comunicações têm sofrido, foi criado um novo conceito de computador: o computador de rede.

24 SISTEMAS COMPUTACIONAIS – CLASSIFICA Ç ÃO Supercomputadores Computadores com grande poder de processamento Utilizados principalmente no campo científico, nos quais se destacam as simulações. Outros exemplos de aplicação: previsão de tempo e modelagem tridimensional. Estes computadores são de âmbito específico, realizando um grupo de tarefas reduzido. Seu custo é muito elevado. Possuem um tamanho muito grande e necessitam de condições especiais de funcionamento. Exemplos Exemplos : CRAY Y-MP e IBM

25 SISTEMAS COMPUTACIONAIS – CLASSIFICA Ç ÃO Exemplo de Supercomputador: 25 CRAY

26 SISTEMAS COMPUTACIONAIS – CLASSIFICA Ç ÃO Mainframes (Computadores de Grande Porte) São sistemas projetados para manusear considerável volume de dados e executar simultaneamente programas de uma grande quantidade de usuários. Utilizados por grandes empresas que necessitam armazenar grande quantidade de informação e ter um acesso rápido à ela. Os usuários acessam o mainframe através de terminais. Um mainframe possui à ele conectado uma grande quantidade de terminais. Ao contrário dos supercomputadores, são de âmbito extenso, utilizadas em grandes organizações como bancos, companhias de seguros e centros de investigação. Exemplos Exemplos : Sistemas IBM 3090 e Control Data CDC

27 SISTEMAS COMPUTACIONAIS – CLASSIFICA Ç ÃO Exemplos de Mainframes : 27

28 SISTEMAS COMPUTACIONAIS – CLASSIFICA Ç ÃO Mainframes Terminal burro: todo o processamento é feito no mainframe. O terminal apenas é um meio de entrada e visualização dos dados. Terminal inteligente: faz parte do processamento no terminal. Geralmente é um computador pessoal. 28

29 SISTEMAS COMPUTACIONAIS – CLASSIFICA Ç ÃO Minicomputadores O minicomputador foi resultado de uma redução no tamanho dos computadores. Grande capacidade de processamento. Possui terminais conectados a ele. Os minicomputadores são computadores de médio porte adequados a tarefas como, por exemplo, o controle de processos industriais e a gestão de sistemas multiusuário. Com o aparecimento e posterior desenvolvimento dos microcomputadores, a distinção entre estas duas categorias é cada vez menos clara. Exemplos Exemplos : VAX-11/780 da DEC e sistemas AS/400 da IBM. 29

30 SISTEMAS COMPUTACIONAIS – CLASSIFICA Ç ÃO Exemplos de Minicomputador: 30 O minicomputador IBM-1130 (produzido a partir de 1969) ww.pubrgbr/correio/ cp tml

31 SISTEMAS COMPUTACIONAIS – CLASSIFICA Ç ÃO Estações de trabalho ( workstation) Situam-se logo abaixo dos minicomputadores. Geralmente possuem arquitetura RISC e sistema operacional UNIX. Especialmente no que se refere a velocidade do processador e capacidade de memória, a potência de uma estação de trabalho é semelhante à de um minicomputador. As estações de trabalho são dirigidas para uso de um usuário, ao contrário dos minicomputadores. É essencialmente um microcomputador projetado para realizar tarefas pesadas, em geral na área científica ou industrial, como complexas computações matemáticas, projetos com auxílio de computação (CAD), processamento de imagem, etc. Exemplos Exemplos : O sistema DECstation 5000/33 ou IBM RS/

32 SISTEMAS COMPUTACIONAIS – CLASSIFICA Ç ÃO 32 Desktop/RackMount Ultra 10 Solaris Workstations/Servers ww.extcomfigurecom/  Exemplo de Estação de Trabalho:

33 SISTEMAS COMPUTACIONAIS – CLASSIFICA Ç ÃO Computadores pessoais Microcomputadores, MicroPC Também conhecidos como: Microcomputadores, Micro e PC ( personal computer ). Possuem diversas formas e modelos. A característica marcante era a integração do processador, único e de dimensões micro, num pequeno chip de memória semicondutora, formando um microprocessador. Capacidade de processamento evolui rapidamente. Interligação em rede possibilita a substituição de computadores de maior porte. Preço acessível. Fácil upgrade de hardware. Seu tamanho tende a diminuir cada vez mais. Está presente em todos os tipos de empresas. 33

34 SISTEMAS COMPUTACIONAIS – CLASSIFICA Ç ÃO Computadores pessoais tamanho físico grau de portabilidade Há no mercado várias categorias de microcomputadores, cuja classificação está muito relacionada ao tamanho físico do equipamento e seu grau de portabilidade.Tipos:  Desktop  Notebook  Palmtop 34

35 SISTEMAS COMPUTACIONAIS – CLASSIFICA Ç ÃO Computadores pessoais Desktop  Computador de mesa. O mais comum dos micros. 35

36 SISTEMAS COMPUTACIONAIS – CLASSIFICA Ç ÃO Computadores pessoais Notebook Computador portátil. Energizados por corrente elétrica ou por bateria. Mais caro. Capacidade de processamento similar ao Desktop. 36 Laptops Notebooks subnotebooksPalmtops Os microcomputadores portáteis (alimentados por bateria) são chamados de diversos nomes, dependendo do seu tamanho: os maiores foram denominados Laptops, em seguida apareceram os Notebooks, de tamanho menor, em formato parecido com um livro. Há também os subnotebooks, ainda menores, e os Palmtops, quase são do tamanho da palma de nossas mãos.

37 SISTEMAS COMPUTACIONAIS – CLASSIFICA Ç ÃO Palmtop Computador portátil. Alimentado por bateria. Mais caro. Capacidade de processamento menor. Conhecido também por PDA ( Personal Digital Assistants ) 37 SONY CLIÉ T600c Mede 118 mm x 71.8 mm x 12.5 mm e pesa 138g.

38 SISTEMAS COMPUTACIONAIS – CLASSIFICA Ç ÃO Computadores pessoais Macintosh Computador pessoal da empresa Apple. Muito utilizado em trabalhos gráficos, dada a sua capacidade neste ramo, simplicidade e facilidade de uso. Os MACs estão sendo utilizados por profissionais da área gráfica, arquitetura, vídeo e tudo relacionado à multimídia principalmente. 38

39 HIST Ó RICO - EVOLU Ç ÃO Os modernos chips dos computadores devem sua existência ao trabalho de inventores geniais, durante três séculos! A tendência é que tenhamos cada vez mais dessa rapidez no dia-a-dia. E tudo isso graças a alguns marcos no desenvolvimento tecnológico, tais como a invenção do transistor, do circuito integrado, e do refinamento contínuo da técnicas de construção dos chips. 39 “É impossível parar” (Shmid, 1995)


Carregar ppt "FUNDAMENTOS DE COMPUTAÇÃO 1 - Introdução. B IBLIOGRAFIA 1. NORTON, P. Introdução à informática. Sao Paulo: Makron Books, 1996. 2. MEIRELLES, F. de S."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google