A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

“Ide com o coração transbordando de compaixão; neste mundo que a dor dilacera, sede os instrutores, e em qualquer lugar onde reinam as trevas da ignorância,

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "“Ide com o coração transbordando de compaixão; neste mundo que a dor dilacera, sede os instrutores, e em qualquer lugar onde reinam as trevas da ignorância,"— Transcrição da apresentação:

1

2 “Ide com o coração transbordando de compaixão; neste mundo que a dor dilacera, sede os instrutores, e em qualquer lugar onde reinam as trevas da ignorância, acendei uma luz.” da Doutrina de Buda

3 Existe o canto, e existe a canção...

4 1962 O então jovem Bob Dylan, aos 21 anos de idade, compôs a canção “Blowin’ in the Wind”.

5 Tempos conturbados, guerras eclodindo, preconceitos raciais, conflitos sociais, violência, desamor

6 A letra da canção é composta por uma série de perguntas filosóficas, abordando a paz, a guerra, a compaixão, a liberdade...

7 E por tratar de temas atemporais, ela continua atual, mesmo passados mais de quarenta anos. Na primeira parte desta apresentação, logo a seguir, está a tradução da letra da canção “Blowin’ in the Wind”, que merece alguns instantes de reflexão...

8 Quantas estradas um homem precisa percorrer Antes que venha a ser chamado de homem? Quantos mares precisará uma pomba branca sobrevoar Antes que ela possa repousar na praia? E por quantas vezes ainda as balas de canhão voarão Até que sejam para sempre banidas?

9 A resposta, meu amigo, A resposta está soprando no vento está soprando no vento

10 Quantos anos deve uma montanha existir Até que se desmanche no mar? Quantos anos devem algumas pessoas existir Até que sejam permitidas a serem livres? E quantas vezes pode um homem virar sua cabeça E fingir que ele simplesmente não vê?

11 A resposta, meu amigo, A resposta está soprando no vento está soprando no vento

12 Quantas vezes deve um homem olhar para cima Antes que possa enxergar o céu? Quantos ouvidos deve um homem possuir Até que possa ouvir o lamento do próximo? E quantas mortes ainda serão necessárias Até que perceba que pessoas demais morreram?

13 A resposta, meu amigo, A resposta está soprando no vento... está soprando no vento Bob Dylan

14 ...

15 Quantas milhas ainda deveremos percorrer, até alcançar a cidade do amor...?

16 Quantas vidas ainda serão castigadas pelo flagelo das guerras...

17 ...até que, finalmente, a paz comece a reinar.

18 Por quanto tempo ainda nos deixaremos fascinar pelos brinquedos eletrônicos, a ponto de ignorar os necessitados que esperam à nossa porta...?

19 ...

20 Quanto tempo ainda haverá de correr, até que aprendamos a conjugar o verbo partilhar?

21 Quanto tempo ainda levará até que vivenciemos a simplicidade e a sabedoria das seguintes palavras: “O sorriso enriquece os recebedores Mario Quintana sem empobrecer os doadores.”

22

23 Dentro de cada coração há uma vela, e é dela que se irradia a chama que aquece, a luz que ilumina...

24 Dentro de cada coração há uma candeia, o óleo que a alimenta é a nobreza de caráter, a integridade d’alma...

25 “E disse-lhes Jesus: Não vem antes para se colocar no velador?” Vem porventura a candeia para se meter debaixo do alqueire, ou debaixo da cama? Marcos, 4:21

26 ...

27 E o Mestre, reparou que nela não havia fruto nenhum, e isto causou profundo pesar ao Seu coração. ao aproximar-se da figueira,

28 Que saibamos, pois, viver a nossa vida pautada na integridade e na virtude, de modo que no dia em que formos convocados a nos encontrarmos com Ele face a face...

29 ...possamos oferecer-Lhe os frutos do nosso espírito, os figos da nossa alma...

30

31

32

33 Dois mil anos já se passaram do tempo em que o Semeador pôs-se a caminhar, e a lançar as sementes das Suas Palavras por sobre todas as terras.

34 Sementes de Amor e Compaixão, de Bondade e Justiça, de Pureza e Sabedoria... de Alegria e Gratidão,

35 Em que terras tais sementes irão germinar, florescer e produzir frutos...? Que nos esforcemos para que seja no solo puro dos nossos corações...

36 ...

37 2.000 anos, um minuto, 90 anos, um sopro, Não nos contentemos com este mundo passageiro, um instante, uma vida... meditemos constantemente sobre a brevidade da vida, e que seja a Eternidade a nossa meta primeira...

38 Deus não é um substantivo, é, antes, a Força Motriz que guia, inspira e vivifica, e que nos possibilita manifestar o melhor que há no melhor de nós...

39 E à direita do Trono Divino, Jesus Cristo amorosamente aguarda, e certamente observa com alegria cada vez que as Suas Palavras germinam, florescem e frutificam no coração dos homens.

40 “Amai-vos uns aos outros como eu vos amei...” (um amor que não conhece divisões, Jesus Cristo e que enlaça todas as coisas...)

41 E aqui embaixo, neste nosso mundo inferior, milhões de pessoas necessitadas também aguardam por dias melhores, dias em que as sementes eternas finalmente venham a exercer o seu efeito regenerador nos corações e nas mentes dos homens...

42 Garota afegã, à espera de um mundo melhor... Garota afegã,

43 A resposta, meu amigo, Está soprando no vento A resposta está soprando no vento...

44 Canção: Blowin’ in the Wind Formatação: Interpretada por Peter, Paul & Mary

45

46 Votos de um Feliz Natal, de recordação, de rememoração, e de um Ano Novo atuante, pleno em boas obras, belas conquistas e realizações.

47

48

49

50

51

52 “Eu vim para que tenham vida, e a tenham com abundância”

53 “Se me amardes, guardareis os meus mandamentos.”

54 “...alegrai-vos antes por estarem os vossos nomes escritos nos céus.”

55 “Bem-aventurados os que buscam com mãos puras.”

56 “Bem-aventurados os limpos de coração...”

57

58


Carregar ppt "“Ide com o coração transbordando de compaixão; neste mundo que a dor dilacera, sede os instrutores, e em qualquer lugar onde reinam as trevas da ignorância,"

Apresentações semelhantes


Anúncios Google