A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

Faculdade de Ciências e Tecnologia Universidade do Algarve Sistemas de Informação Empresarial 2006/2007 Licenciatura Informática Professor Doutor Rogério.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "Faculdade de Ciências e Tecnologia Universidade do Algarve Sistemas de Informação Empresarial 2006/2007 Licenciatura Informática Professor Doutor Rogério."— Transcrição da apresentação:

1 Faculdade de Ciências e Tecnologia Universidade do Algarve Sistemas de Informação Empresarial 2006/2007 Licenciatura Informática Professor Doutor Rogério Nascimento

2 Apresentação Celso Brito Germano Magalhães

3 Plano Director de Sistemas de Informação O que é? Como? Quando? Porquê?

4 Plano Director de Sistemas de Informação Sumário (1) 1.Introdução:  Conceitos:  Informação  Valor e Utilidade  Tecnologias de Informação  Sistemas de Informação  Organizações  O que é o PDSI?  Gestão dos SI  Relação de conceitos  Quando elaborar o PDSI? 2.Planeamento do SI:  Motivações  Evolução do foco  Comparação de empresas  Como elaborar o PDSI?  Métodos de PSI  Etapas do método

5 Plano Director de Sistemas de Informação Sumário (2) 3.Caso de Estudo:  Modelo PDSI 6.Referências 7.Key Words 8.Questões 4.Conclusões:  Porque PDSI? 5.Trabalhos Futuros

6 Plano Director de Sistemas de Informação Conceitos Informação: “Conjunto de dados que, quando fornecidos de forma e tempo adequados, melhora o conhecimento daquele que o recebe, ficando este mais habilitado a desenvolver determinada actividade ou tomar determinada decisão” Amaral, Luis et al – Planejamento de Sistemas de Informação Informação: “Dados com significado num contexto específico” Nascimento, Rogério – aulas SIE 2007

7 Plano Director de Sistemas de Informação Conceitos Valor e Utilidade da Informação: O valor e utilidade da informação é determinado pelo utilizador, nas suas acções e decisões. Dependem do contexto em que é utilizada. Quantidade de Informação Unidades Económicas Beneficio Custo Pereira, Manuel João - Sistemas de Informação: uma abordagem sistemática

8 Plano Director de Sistemas de Informação Conceitos Tecnologias de Informação: “Conjunto de equipamentos e suportes lógicos (hardware, software) que permitem executar tarefas como aquisição, transmissão, armazenamento, recuperação e exposição de dados.” Amaral, Luis et al – Planejamento de Sistemas de Informação

9 Plano Director de Sistemas de Informação Conceitos Sistemas de Informação: “Combinação de procedimentos, informação, pessoas e TI, organizadas para o alcance de objectivos de uma organização” Amaral, Luis et al – Planejamento de Sistemas de Informação

10 Plano Director de Sistemas de Informação Organização Estrutura da Organização: Nível Estratégico Nível Gestão Nível Operacional

11 Plano Director de Sistemas de Informação O que é PDSI? O que é o Plano Director de Sistemas de Informação? É um documento que é produto final resultante de uma das actividades da Gestão de Sistemas de Informação.

12 Plano Director de Sistemas de Informação Gestão SI Exploração [ESI]Desenvolvimento [DSI] Planeamento [PSI] Análise Definição Implementação Operação Administração RH Administração TIC Projectos Especiais Análise Concepção Construção Implementação Manutenção GSI

13 Plano Director de Sistemas de Informação Relação Conceitos Mudança GSI PSI DSI SI Organização Arquitetura ESI Estrutura Tecnológica Suporta Gere Concebe Serve Implementa Promove É pensado no É concretizada com É aproveitada por

14 Plano Director de Sistemas de Informação Motivações Estratégia Prática Conceptual (a) Natureza das motivações do PSI Amaral, Luis –Planeamento de Sistemas de Informação Conceptual: Exercício normal da actividade de gestão. Prática: Reconhecimento de problemas no SI. Estratégico: Procura oportunidades pela utilização das TI/SI

15 Isolado meios computacionais Reactivo problemas actuais Proactivo oportunidades Reactivo oportunidades futuras Plano Director de Sistemas de Informação Evolução foco PSI Formulação de Estratégias Procura de Objectivos Resolução de Problemas Nível de resultados Foco de atenção Organização top-down TI bottom-up Eclético Evolução do foco do PSI Amaral, Luis –Planeamento de Sistemas de Informação

16 Plano Director de Sistemas de Informação Com / Sem PDSI Empresas com PDSI VERSUS Empresas sem PDSI Existem muitas diferenças entre empresas que optam por utilizar um PDSI e as que não utilizam, podemos destacar as seguintes: Empresas com PDSI •Trabalham sem pressões; •Têm um plano a seguir com as metas a atingir;

17 Plano Director de Sistemas de Informação Com / Sem PDSI Empresas sem PDSI •Trabalham sob pressão em situações de emergência; •Desenvolvem a sua actividade com base na incerteza; •Existe muitas indecisões;

18 Plano Director de Sistemas de Informação -> produto de uma actividade [PSI], logo... Para fazer um PDSI temos que fazer o Planeamento do SI Como toda actividade de planeamento, esta também deve seguir um método Plano Director de Sistemas de Informação Como fazer PDSI?

19 Método: “o modo de fazer as coisas” [Olle, et al. 1998a] estrutura, coordena e dirige a actividade de planeamento Escolher o método é o primeiro passo do planeamento! A escolha do método vai condicionar os resultados. Para escolha do método é fundamental conhecer as motivações e objectivos esperados Plano Director de Sistemas de Informação Métodos PSI

20 Plano Director de Sistemas de Informação Métodos PSI BIAITBusiness Information Analysis and Integration Technique Carlson 1979 BICSBusines Information Characterization Study Kerner 1979 BSPBusiness Systems Planning IBM 1984 CRLCCustumer Resource Life Cycle Ives e Learmonth 1984 CSFCritical Success Factors Rockart 1979 E/M AEnds-Means Analysis Wetherbe e Davis 1982 EAPEnterprise Architecture Planning Spewak e Hill 1993 HSPAHierarchical Systems Planning Approach McLean e Soden 1977 IQAInformation Quality Analysis Vacca 1984 ISP/IEInformation Strategy Plnning/Information Engeneering Martin 1986b Mais de 50 métodos identificados em 17 trabalhos Amaral, Luis 2000

21 Plano Director de Sistemas de Informação Etapas do método Actividades preliminares Análise do apoio actual do SI aos processos Preparação do estudoRealização de entrevistas Início formal do estudo Sistematização da informação e conclusões Definição dos processos da organização Determinação de prioridades de implementação Identificação dos requisitos de dados Análise da gestão de informação Definição da arquitectura de informação Desenvolvimento de recomendações Documentação e comunicação de resultados

22 1) Actividades Preliminares: Plano Director de Sistemas de Informação Antes do início formal de um projecto de PDSI, deverão realizar-se diversas actividades de modo a preparar as actividades subsequentes. As principais actividades a realizar nesta etapa são: •Estabelecimento do âmbito do produto; •Definição da equipa de projecto; •Orientação da equipa de projecto. Etapas do método

23 2) Preparação do Estudo: Plano Director de Sistemas de Informação Nesta fase, já deverá ter sido o líder da equipa designado, a equipa seleccionada e formada, e as datas de início e término definidas. A preparação do estudo envolve as seguintes actividades: •Preparação do local de trabalho; •Identificação da informação a recolher; •Agendamento de entrevistas; •Procedimentos de gestão do projecto; •Revisão do trabalho realizado. Etapas do método

24 3) Início formal do estudo: Plano Director de Sistemas de Informação A condução da reunião de arranque é a primeira grande actividade da execução formal do estudo e todos os membros da equipa deverão estar presentes. A reunião deverá ter três apresentações sendo elas: •Visão do patrocinador; •Revisão dos dados organizacionais; •Revisão da informação sobre o SI. Etapas do método

25 4) Definição dos processos da organização: Plano Director de Sistemas de Informação Os processos da organização são definidos como ”grupos de decisões relacionados logicamente” e “actividades necessárias para gerir os recursos da organização”. As actividades a realizar nesta etapa são: •Identificação dos produtos/serviços e recursos envolvidos; •Identificação dos processos de planeamento estratégico e gestão; •Identificação dos processos relacionados com os produtos/serviços e recursos; Etapas do método

26 4) Definição dos processos da organização: Plano Director de Sistemas de Informação •Agrupamento/Divisão de processos; •Descrição de cada um dos processos; •Relacionamento dos processos com a organização. Etapas do método

27 Amaral, Luis –Planeamento de Sistemas de Informação Legenda: Decisor (D); Fortemente envolvido (F); Algum envolvimento (A). Matriz Processos/Organização

28 5) Identificação dos requisitos de dados: Plano Director de Sistemas de Informação Estando os processos definidos, o próximo passo é identificar as entidades da organização, as classes de dados e suas relações. Para identificar os requisitos de dados da organização devemos: •Identificar e definir das entidades da organização; •Determinar a criação e uso dos dados por cada processo; •Identificar as classes de dados; •Definir as classes de dados. Etapas do método

29 6) Definição da arquitectura de informação: Plano Director de Sistemas de Informação Após a identificação das classes de dados, devem ser estabelecidas as relações entre as classes de dados e os processos. Isto para assegurar que:  Todas as classes de dados e processos foram identificados;  Um e só um processo cria cada classe de dados. Para a criação da matriz Processos/Classes de dados são apresentadas as actividades seguintes: •Listar os processos ao longo do eixo vertical; Etapas do método

30 Amaral, Luis –Planeamento de Sistemas de Informação Matriz Processos/Classes de dados (Processos)

31 6) Definição da arquitectura de informação: Plano Director de Sistemas de Informação •Listar as classes de dados ao longo do eixo horizontal; Amaral, Luis –Planeamento de Sistemas de Informação Matriz Processos/Classes de dados (classes de dados) Legenda: ‘C’ – Classe criada por esse processo Etapas do método

32 6) Definição da arquitectura de informação: Plano Director de Sistemas de Informação •Colocar um ‘U’(Usa) na intersecção de cada processo com cada classe de dados que utilize; •Verificar classes de dados; •Reorganizar os eixos da matriz processos/classes de dados (troca de linhas e colunas); •Definir grupos de processos; Amaral, Luis –Planeamento de Sistemas de Informação Matriz Processos/Classes de dados (classes de dados) Legenda: ‘C’ – Classe criada por esse processo ‘U’ – (Usa) processo usa classe Etapas do método

33 6) Definição da arquitectura de informação: Plano Director de Sistemas de Informação •Definir fluxos de dados entre grupos de processos; •Simplificar o gráfico; •Completar o gráfico. Amaral, Luis –Planeamento de Sistemas de Informação Matriz Processos/Classes de dados (classes de dados) Legenda: ‘C’ – Classe criada por esse processo ‘U’ – Usa, processo usa classe Etapas do método

34 7) Análise do apoio actual do SI aos processos: Plano Director de Sistemas de Informação Analisar o apoio actual do processamento de dados na organização para desenvolver recomendações para aplicação futura em duas perspectivas: •Suporte do SI aos processos •Utilização dos dados actuais Etapas do método

35 Pretende-se identificar: •Processos que não recebem apoio das aplicações actuais; •Processos que recebem apoio de algumas, mas não de todas, unidades da organização; •Potenciais aplicações redundantes; 7) Análise do apoio actual do SI aos processos 7.1) Suporte do SI aos processos: Plano Director de Sistemas de Informação Para uma idéia do apoio do processamento de dados, actual e planeado, cria-se uma matriz aplicações/processos com as relações: A – apoio Actual P – apoio Planeado A/P – apoio Actual/Planeado Etapas do método

36 Amaral, Luis –Planeamento de Sistemas de Informação

37 7) Análise do apoio actual do SI aos processos 7.2) Utilização dos dados actuais: Plano Director de Sistemas de Informação Para compreender que parte de dados estão actualmente automatizadas e que aplicações utilizam esses dados constroem-se a matriz de aplicações/classes de dados. Essa informação vai ser útil posteriormente na definição das prioridades de implementação. Etapas do método

38 Amaral, Luis –Planeamento de Sistemas de Informação

39 8) Realização de entrevistas: Plano Director de Sistemas de Informação São realizadas entrevistas para obter as visões individuais dos executivos. Os objectivos são: •Validar os processos, classes de dados, organização e as suas inter-relações; •Clarificar a direcção futura da organização e o seu impacto nos requisitos de informação; •Identificar e documentar os problemas da organização de forma a que possam ser relacionados com os processos e classes de dados; •Quantificar o custo da resolução de problemas. Etapas do método

40 8) Realização de entrevistas: Plano Director de Sistemas de Informação •Preparação geral; •Preparação de cada entrevista em particular; •Realização de cada entrevista; •Conclusão da entrevista; •Sumarização de cada entrevista e análise de resultados; •Actualização dos gráficos. Etapas do método

41 Plano Director de Sistemas de Informação Amaral, Luis –Planeamento de Sistemas de Informação Etapas do método

42 9) Sistematização da informação e conclusões: Plano Director de Sistemas de Informação Após a recolha de informação é necessário organizar, analisar e retirar conclusões com os objectivos: •Confirmar à gestão que os aspectos abordados nas entrevistas foram compreendidos; •Fornecer uma base para recomendações e um plano de acção; •Ajudar a definir prioridades na arquitectura; •Fornecer informações para a descrição das aplicações na arquitectura de informação. Etapas do método

43 9) Sistematização da informação e conclusões: Plano Director de Sistemas de Informação Etapas para estes objectivos: •Organização e refinamento da informação; •Definição de categorias de conclusões; •Ordenação dos problemas por categoria; •Descrição das conclusões; •Ordenação dos problemas por prioridades em termos da arquitectura. Etapas do método

44 10) Determinação de prioridades de implementação: Plano Director de Sistemas de Informação Para determinar as prioridades de implementação será necessário: •Determinar os critérios de prioridade; •Listar e classificar as potenciais aplicações; •Documentar as aplicações recomendadas; •Definir opções de implementação. Etapas do método

45 11) Análise da gestão de informação: Plano Director de Sistemas de Informação Pretende-se analisar o ambiente do recurso informação para que o mesmo possa ser gerido de forma eficaz. •Missão da gestão de informação; •Equipa de direcção; •Organização da informação. Etapas do método

46 12) Desenvolvimento de recomendações: Plano Director de Sistemas de Informação As recomendações focam: •Arquitectura da informação; •Gestão da informação; •Sistemas finais; •Estrutura do plano de acção. Etapas do método

47 Plano Director de Sistemas de Informação Caso de Estudo 1.Relatório executivo 2.Relatório detalhado a.Alcance e objectivos: b.Método do estudo: c.Perspectiva da organização: i.Ambiente externo ii.Ambiente interno iii.Planeamento organizacional iv.Organização v.Produtos/Serviços vi.Financeira vii.Processos da organização

48 4.Perspectiva de SI a.Ambiente externo b.Ambiente interno c.Planeamento de SI d.Organização e.Perfil do SI f.Financeiro 5.Matrizes a.Definição das classes de dados b.Análise do apoio actual dos sistemas 6.Conclusões Plano Director de Sistemas de Informação Caso de Estudo

49 7.Recomendações 8.Plano de acção para as actividades posteriores 9.Apêndices Plano Director de Sistemas de Informação Caso de Estudo

50 Plano Director de Sistemas de Informação Conclusões Porquê PDSI? As organizações ao assumirem que a informação é um recurso, e como tal deve ser gerido como de qualquer outro se tratasse, terão vantagens competitivas. Como em muitas outras actividades de gestão, esta também inicia-se com o planeamento e a documentação que irá servir de guia e suporte para todo o processo. Assim concluímos que uma organização que pretenda impulsionar os seus resultados e objectivos é imprescindível que elabore um planeamento dos seus SI e o respectivo PDSI.

51 Plano Director de Sistemas de Informação Trabalhos Futuros Bussiness Intelligence

52 Plano Director de Sistemas de Informação Referências • Nascimento, Rogério - aulas teóricas SIE • Amaral, Luís et al, Planeamento de Sistemas de Informação • Varajão, João et al - Arquitectura da Gestão de Sistemas de Informação • Laudon & Laudon - Management Information Systems, 2006 • CESCE SI, Setembro de 2005, “As vantagens de um Plano Director para os Sistemas de Informação”, • CESCE SI, Abril de 2006, “Plano Director para a Gestão dos Sistemas de Informação”,

53 Plano Director de Sistemas de Informação Key Words Algumas key-words que nos ajudaram em pesquisas: •Sistemas de Informação•Sistemas Empresariais •Gestão de SI•Direcção de SI •Planeamento de SI•Bussines Process •PSI; PDSI; GSI; TI; SI•Bussines Objects •Informação•Consultadoria SI •Bussiness Intelligence•Análise SI

54 Plano Director de Sistemas de Informação Questões Obrigado!!


Carregar ppt "Faculdade de Ciências e Tecnologia Universidade do Algarve Sistemas de Informação Empresarial 2006/2007 Licenciatura Informática Professor Doutor Rogério."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google