A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

Embriologia  Embriologia – Estudo do desenvolvimento do embrião  Hipótese da pré-formação Gameta já trazia um organismo pronto, porém minúsculo (Homúnculo)

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "Embriologia  Embriologia – Estudo do desenvolvimento do embrião  Hipótese da pré-formação Gameta já trazia um organismo pronto, porém minúsculo (Homúnculo)"— Transcrição da apresentação:

1

2 Embriologia

3  Embriologia – Estudo do desenvolvimento do embrião  Hipótese da pré-formação Gameta já trazia um organismo pronto, porém minúsculo (Homúnculo)  Hipótese de epigênese Órgãos embrionários são formados novamente a cada geração

4

5  Fecundação  União de núcleos dos gametas – nos animais, formados por células haplóides (n)  Ocorre na trompa (normalmente)  Apenas um núcleo do gameta masculino se une ao núcleo do gameta feminino  Após a fecundação. Reações químicas impedem que outro gameta fecunde o óvulo Fecundação

6

7  A partir de fecundação origina-se o zigoto diplóide (2n) Fecundação

8 Fecundação 2

9 Tipos de Ovos (óvulos)  Os ovos são classificados quanto a distribuição de vitelo  Vitelo – substâncias nutritivas (grãos de lipídios e proteínas) que nutrirão o embrião durante seu desenvolvimento

10 Isolécito (Oligolécito)  Pouca quantidade de vitelo Ocorre em poríferos, celenterados, equinodermos e mamíferos

11 Agora responda Por que animais tão distantes de escala evolutiva como poríferos e mamíferos apresentam o mesmo tipo de ovo?

12 Heterolécitos (telolécito incompleto)  Quantidade relativamente grande de vitelo Ocorre em platelmintos, asquelmintos, anelídeos, peixes, moluscos e anfíbios

13 Megalécitos (telolécito completo)  Quantidade grande de vitelo, ocupando quase toda a célula Ocorre em moluscos cefalópodes, alguns peixes, répteis e aves

14 Agora responda Dê duas razões para que ovos megalécitos tenham tanto vitelo!

15 Centrolécitos  Quantidade grande de vitelo, concentrada na região central do ovo Ocorre em artrópodes

16 Clivagem (segmentação)  Depende diretamente da quantidade de vitelo Clivagem  Processo de divisões mitóticas sucessivas até a fase de mórula (64 células)

17 ▪ Holoblástica igual – ovo se divide por inteiro dando origem a células iguais (oligolécitos)

18 ▪ Holoblástica desigual – ovo se divide por inteiro gerando células maiores no pólo vegetativo (macrômeros) e menores no pólo animal (micrômeros) (heterolécitos)

19 ▪ Meroblástica discoidal – divisões restritas ao pólo animal, formando um disco germinativo (megalécitos)

20 ▪ Meroblástica superficial – divisão inicial dos núcleos com migração desses para a periferia

21

22 Mórula  Blastômeros (células indiferenciadas) formando uma massa esférica maciça  Aproximadamente do tamanho do zigoto  Melhor fase para se obter células – tronco

23 Lembre-se Zigoto – Célula Totipotente Mórula – Células Pluripotentes

24 Células Pluripotentes

25 Mórula 1

26 Mórula

27  Blastômeros se dirigem para a periferia Blástula  Formam uma cavidade cheia de líquido a blastocele  Nos mamíferos ocorre a formação do blastocisto

28

29 Blastoderme Blastocele

30

31 Blastocisto  Estágio de desenvolvimento da blástula dos mamíferos, constituído por uma camada interna de células que origina o embrião propriamente dito e uma dupla camada de células, o trofoblasto responsável pela nidação

32

33

34

35

36 Gástrula  Remodelação da massa celular que definirá o plano corporal do animal  Ocorre a invaginação de um dos pólos  Forma-se o arquêntero e o blastóporo  Definição dos eixos corporais

37

38 arquêntero (intestino primitivo) ectoderma mesentoderma blastóporo

39

40  Nos equinodermos e vertebrados o blastóporo origina o ânus Animais deuterostômios  Nos demais filos o blastóporo origina a boca Animais protostômios

41 Gastrulação

42

43 Neurulação  Formação da placa neural  Diferenciação dos folhetos germinativos  Formação dos somitos  Tubo neural se desenvolve  Formação da Notocorda a partir da mesoderme  Formação do celoma

44 Placa neural Tubo Neural Formação do tubo neural Tubo neural em humanos

45

46

47 Notocorda  Tubo formado por células jovens que sustentam o tubo neural  Está presente em todos os vertebrados  Desaparece na maioria dos vertebrados sendo substituído pela coluna vertebral

48

49 Celoma  Cavidade revestida internamente e externamente pela mesoderme  Nos mamíferos aloja os pulmões, o coração e as vísceras

50  Quanto ao celoma, os animais podem ser: Acelomados ectoderme mesoderme endoderme Platelmintos

51 Pseudocelomados ectoderme mesoderme endoderme Asquelmintos pseudoceloma

52 Celomados ectoderme mesoderme endoderme A partir do anelídeos celoma

53

54

55

56

57

58 Quissiqui ? ectoderme tubo neural Quissiqui ? celoma Quissiqui ? notocorda Quissiqui ? intestino primitivo Quissiqui ?

59 Folhetos Embrionários  Camada de tecidos originados na gástrula e nêurula  Neles ocorre a diferenciação celular  Originam os mais diversos tecidos

60 Ectoderme  Camada mais externa  Origina a pele e anexos (pêlos, cabelos e unhas), mucosas oral, nasal e anal  Origina o tubo neural, assim como todo sistema nervoso ectoderme

61 Mesoderme  Dá origem ao celoma e a notocorda  Diferencia-se em músculos, tecido conjuntivo, células renais, sistema reprodutor e revestimento dos pulmões e coração mesoderme

62 Endoderme  Dá origem ao revestimento do tubo digestório (exceto boca e ânus)  Aparelho respiratório, fígado, pâncreas endoderme

63 Anexos Embrionários  Estruturas que participam na formação do embrião (membranas) Saco vitelínico  Primeiro anexo a ser formado  Bolsa que envolve o vitelo, nutrindo o embrião  Presente em todos os vertebrados

64

65 Âmnio  Presente em répteis, aves e mamíferos  Envolve o embrião em uma bolsa contendo o líquido amniótico  Protege o embrião contra a dessecação, choques mecânicos e pressão externa  É a bolsa que estoura quando a mãe vai dar a luz

66 Âmnio

67

68

69 Alantóide  Presente em répteis, aves e mamíferos  É percorrido por vasos sanguíneos  Realiza a hematose em répteis e aves  Nos mamíferos placentários, fornecem sangue à placenta  Sua principal função é armazenar as excretas renais, principalmente ácido úrico, além de atuar na respiração

70

71 Cório (serosa)  Presente em répteis, aves e mamíferos  Membrana que envolve todo o embrião e os outros anexos embrionários  Nos mamíferos forma o alantocórion, altamente vascularizado que fornece oxigênio ao embrião

72

73 Cordão Umbilical  Presente apenas em mamíferos  Estrutura tubular que conecta o embrião à placenta  Possui duas artérias e uma veia que se ramificam intensamente pelo cório  Não há, em condições normais mistura de sangue materno e do embrião

74

75

76 Placenta  Presente apenas em mamíferos  Estrutura formada por tecido materno e embrionário  Permite a comunicação entre mãe e filho com intensa troca de substâncias  Alimento e oxigênio passam para o filho. Excreções e gás carbônico fazem o caminho inverso

77

78

79

80

81

82


Carregar ppt "Embriologia  Embriologia – Estudo do desenvolvimento do embrião  Hipótese da pré-formação Gameta já trazia um organismo pronto, porém minúsculo (Homúnculo)"

Apresentações semelhantes


Anúncios Google