A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

Reunião Ordinária da Câmara Técnica de Saneamento e Saúde em Comunidades Isoladas ABES – AGOSTO 2012 APRESENTAÇÃO DO PROJETO DE SISTEMAS DE DESINFECÇÃO.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "Reunião Ordinária da Câmara Técnica de Saneamento e Saúde em Comunidades Isoladas ABES – AGOSTO 2012 APRESENTAÇÃO DO PROJETO DE SISTEMAS DE DESINFECÇÃO."— Transcrição da apresentação:

1

2 Reunião Ordinária da Câmara Técnica de Saneamento e Saúde em Comunidades Isoladas ABES – AGOSTO 2012 APRESENTAÇÃO DO PROJETO DE SISTEMAS DE DESINFECÇÃO ATRAVÉS DE SALMOURA MODELO POSICLOR – DE NORA / FLUID FEEDER 1

3  APRESENTAÇÃO DA EMPRESA  FUNDAÇÃO : SETEMBRO DE 2001  OS SÓCIOS DA EMPRESA SÃO EX- FUNCIONÁRIOS DA ANTIGA WALLACE & TIERNAN DO BRASIL QUE FOI, DURANTE A SUA EXISTÊNCIA NO BRASIL UMA DAS MAIORES EMPRESAS FORNECEDORAS DE SISTEMAS DE CONTROLE E DOSAGEM DE CLORO GÁS E DOSADORES EM GERAL 2

4 ENDEREÇO : RUA ANGÁ, Nº 180 – SÃO PAULO PABX : (11) SITE : OLIVER : 3

5 CONTATOS  ENGº FRANCISCO C. OLIVER - DIRETOR INDUSTRIAL  ANDRÉA FARIA OLIVER - DIRETORA COMERCIAL  ENGº LUCAS – PROJETOS SISTEMAS E PRODUTOS  ENGº HUMBERTO IÓRIO – VENDAS TÉCNICAS  DÉBORA – VENDAS INTERNAS E LICITAÇÕES  RITA – VENDAS INTERNAS  CAMILA – VENDAS INTERNAS  KARINA MARQUES – VENDAS INTERNAS E LICITAÇÕES  LEANDRO – PRODUÇÃO  DIEGO - COMPRAS  VLADEMIR ACÁCIO ARTHUSO – ASSIST. TÉCNICA  ÉDER – MONTAGEM E ASSISTÊNCIA TÉCNICA  VANDERLEI – MONTAGEM E ASSISTÊNCIA TÉCNICA 4

6 DADOS GERAIS DA EMPRESA  ÁREA TOTAL DA EMPRESA : 850 m2  NÚMERO DE COLABORADORES : 32  NÚMERO DE ENGENHEIROS E TECNÓLOGOS : 05  NÚMERO DE TÉCNICOS NÍVEL MÉDIO : 08 5

7 6 De Nora World Leader in Electrochemical Science, Technology and New Markets’ Applications Gerador de Hipoclorito de Sódio POSICLOR Agosto 2012 APRESENTAÇÃO APRESENTAÇÃO DE NORA DO BRASIL LTDA

8 7 INDICE GERAL 1. INDUSTRIE DE NORA. 2. DE NORA DO BRASIL LTDA. 3. Gerador de Hipoclorito de Sódio POSICLOR : • O que é um Gerador de Hipoclorito; • Conceitos Básicos; • Célula; • Retificador; • Tipo Batelada; • Tipo Continuo; • Instalação e Montagem. • O que faz um Gerador de Hipoclorito; • Onde usar um Gerador de Hipoclorito; • Por que usar um Gerador de Hipoclorito; • Concorrentes • Vantagens e Desvantagens; • Retorno do Investimento; • Exemplos de Aplicações; • Conclusão. 4.Web site. DE NORA DO BRASIL LTDA

9 8 De Nora World Leader in Electrochemical Science, Technology and New Markets’ Applications INDUSTRIE DE NORA Agosto 2012

10 9 • History - Industrie De Nora was founded by Oronzio De Nora in • De Nora companies pioneered the development of the amalgam, diaphragm and membrane cells for chlor-alkali • production, promoting innovation as the main driver of its activities. Industrie De Nora • De Nora has grown with facilities and research world- wide, with strategic acquisitions and joint venture partnerships in electrochemical systems.

11 10 INDUSTRIE DE NORA World-Wide Organisation 1000 Employees Worldwide

12 11 • The world’s leading manufacturer of electrodes for electro-chemical processes: DSA ® Mixed Metal Oxide anodes and cathodes, Gas Diffusion Electrodes. • Customised anode and cathode designs • Several coatings with different formulation for various processes • Technical leader with patents for new anode designs and electrode coating formulas • Global industrial coating capacity in excess of 500,000m 2 /year in 6 manufacturing facilities strategically located in all continents (Europe - U.S.A. - Brazil - China – Japan – India) INDUSTRIE DE NORA

13 12 De Nora World Leader in Electrochemical Science, Technology and New Markets’ Applications DE NORA DO BRASIL LTDA. DE NORA DO BRASIL LTDA Agosto 2012

14 13 HISTÓRIA  FUNDAÇÃO 1974 CUBATAO/SP  1ª. EXPANSÃO1979 CUBATAO/SP  2ª. EXPANSÃO1990 SOROCABA/SP DE NORA DO BRASIL LTDA

15 14 SEGUNDA EXPANSÃO 1990 SOROCABA/SP DE NORA DO BRASIL LTDA

16 15 PRÉDIOS DE: - MECÂNICA; - ATIVAÇÃO; - ADMINISTRAÇÃO. FABRICA DE SOROCABA DE NORA DO BRASIL LTDA

17 16 ÁREA CONSTRUIDA  MECÂNICA m2.  ATIVAÇÃO m2.  ADMINISTRAÇÃO 900 m2.  ALMOXARIFADO 300 m2.  OUTROS ( cabine elétrica, portaria, etc.) 100 m2. DE NORA DO BRASIL LTDA

18 17 OFICINA MECÂNICA VISTA GERAL DE NORA DO BRASIL LTDA

19 18 Para Anodos e Catodos Tecnologia : Membrana Superfície : 2.7 m 2 Potência : 2 x 200 kVA Nº. Eletrodos : 12 MAQUINA DE SOLDA AUTOMÁTICA A RESISTÊNCIA OFICINA MECÂNICA DE NORA DO BRASIL LTDA

20 19 SISTEMA DE DECAPAGEM ÁCIDA E PREPARO DE SUPERFÍCIE DSA® HCl / H 2 SO 4 PRÉDIO DA ATIVAÇÃO DE NORA DO BRASIL LTDA

21 20 TRATMENTO DE RESÍDUOS E ESTOCAGEM u HCl u H 2 SO 4 u NaOH. PRÉDIO DA ATIVAÇÃO DE NORA DO BRASIL LTDA

22 21 CAPACIDADE DE PRODUÇÃO De Nora do Brasil esta preparada para aplicar revestimento anódico e catódico (coating) em até 30/35,000 m2/ano de superfície ativada. Nossas instalações estão capacitadas para fabricar e aplicar revestimento (coating) em:  Células de Membrana – anodos e catodos;  Células de Clorato – Reforma e modernização de células;  Células Diafragma – anodos, catodos e diafragmas sintéticos;  Células Mercury – anodos e componentes plásticos;  Células de Eletro galvanização – anodos;  Geradores de Hipoclorito – Posiclor / água do mar;  Proteção Catódica - Lida(R). DE NORA DO BRASIL LTDA

23 22 De Nora World Leader in Electrochemical Science, Technology and New Markets’ Applications POSICLOR Gerador de Hipoclorito de Sódio POSICLOR DE NORA DO BRASIL LTDA Agosto 2012

24 23 O QUE É O GERADOR DE HIPOCLORITO O QUE FAZ O GERADOR DE HIPOCLORITO ONDE USAR O GERADOR DE HIPOCLORITO POR QUE USAR O GERADOR DE HIPOCLORITO CONCORRENTES VANTAGENS e DESVANTAGENS POSICLOR Gerador de Hipoclorito de Sódio POSICLOR RETORNO DO INVESTIMENTO EXEMPLOS DE APLICAÇÕES DE NORA DO BRASIL LTDA CONCLUSÃO

25 24  É UM EQUIPAMENTO CAPAZ DE GERAR UMA SOLUÇÃO DE HIPOCLORITO, NO PRÓPRIO LOCAL DE USO, A PARTIR DA ELETRÓLISE DA SALMOURA (ÁGUA + SAL)  É UM EQUIPAMENTO CAPAZ DE GERAR UMA SOLUÇÃO DE HIPOCLORITO, NO PRÓPRIO LOCAL DE USO, A PARTIR DA ELETRÓLISE DA SALMOURA (ÁGUA + SAL). O QUE É O GERADOR DE HIPOCLORITO DE NORA DO BRASIL LTDA NaCl + H2OH2OH2OH2O NaClO H2H2H2H2 +EE

26 25 O QUE É O GERADOR DE HIPOCLORITO DE NORA DO BRASIL LTDA NaCI é decomposto em Na+ e CI - Reação anódica: 2Cl - → Cl 2 ↑ + 2 e - Reação catódica: 2 H e - → 2OH - + H 2 ↑ Os íons de cloro e hidroxila reagem: 2 OH - + Cl 2 → ClO + Cl - + H 2 0 A reação química total é expressa: 2NaOH + Cl 2 →NaCl0 + NaCl + H 2 0

27 26  Menor número de componentes chaves (célula e retificador);  Maior facilidade de reparo dos componentes chaves;  Avançada Tecnologia de célula (reversor de polaridade);  Retificador livre de problemas, com sistema de controle de temperatura e fluxo;  Diferentes layouts usando o mesmo tipo de componentes principais;  Disponibilidade comercial dos acessórios ( tubos e conectores normais de mercado);  Duas linhas de produtos usando os mesmos componentes principais: Linha BATELADA e Linha CONTINUO CONCEITOS BÁSICOS DE NORA DO BRASIL LTDA

28 27  Configuração de três células bipolares  Design com corrente reversa, ambos catodo e anodo são ativados  Design para TRABALHO PESADO  Expectativa de vida, 5 anos em operação normal POSICLOR - CÉLULA DE NORA DO BRASIL LTDA

29 28  Mesmo retificador para as linhas Batelada e Continuo, com diferente ajuste de Software;  Sistema com microprocessador ;  Projeto próprio DNB  Unidade de controle e retificador totalmente automáticos;  Desligamento automático ao final de cada batelada, LED de indicação e saída auxiliar externa para alarme (buzina, luz, etc.)  Através do software podemos mudar diversos parâmetros: desligamento automático, controle externo liga/desliga, tempo de batelada, alarmes, tempo de rampa, ajuste de controle de temperatura, etc. …  Reversão de corrente a cada liga/desliga;  No caso de queda de energia, a produção volta automaticamente para concluir o ciclo, após o retorno da energia;  Controle do Eletrólito através de sonda de condutância;  Controle de temperatura através de sonda de temperatura. POSICLOR - RETIFICADOR DE NORA DO BRASIL LTDA

30 29 POSICLOR TIPO BATELADA DE NORA DO BRASIL LTDA

31 30 POSICLOR TIPO CONTINUO DE NORA DO BRASIL LTDA

32 Qualidade do Sal  A qualidade do sal é de suma importância para o preparo da solução de hipoclorito  Recomendamos o uso Sal refinado para consumo humano  Nota: Não recomendamos o uso de grosso, moído, sal para gado devido a grande quantidade de substancias prejudiciais para eletrolise, tais como Cálcio, Magnésico, Sílicas e etc.  O excesso de impurezas acabam se depositando na célula de electrólise diminuindo sua eficiência e prejudicando o seu bom funcionamento 31

33  Adicionar agua potável até o nível indicado;  Colocar o sal necessário;  Dissolver com pá. Preparando a salmoura 32

34 33 O QUE FAZ O GERADOR DE HIPOCLORITO  TRATAMENTO E POTABILIZAÇÃO DE ÁGUA PARA O CONSUMO HUMANO;  TRATAMENTO DE ÁGUA DE PISCINAS;  TRATAMENTO DE ÁGUA INDUSTRIAL;  LIMPEZA E DESINFECÇÃO DE ESGOTOS;  DESINFECÇÃO E ESTERILIZAÇÃO EM HOSPITAIS;  USO EM GERAL DO CLORO E SEUS DERIVADOS. DE NORA DO BRASIL LTDA

35 34 ONDE USAR O GERADOR DE HIPOCLORITO  ESTAÇÕES DE TRATAMENTO DE ÁGUA O CONSUMO HUMANO E INDUSTRIAL;  ESTAÇÕES DE TRATAMENTO DE ESGOTOS;  HOSPITAIS E CLÍNICAS;  PISCINAS PÚBLICAS;  FRIGORÍFICOS;  INDÚSTRIAS DE BEBIDAS; DE NORA DO BRASIL LTDA

36 35 POR QUE USAR O GERADOR DE HIPOCLORITO  EVITA O TRANSPORTE, ESTOCAGEM DE CLORO E A PERDA DE CLORO ATIVO;  EVITA O MANUSEIO DE CLORO EM CONCENTRAÇÕES ELEVADAS;  EVITA A LOGISTICA PARA COMPRA DO PRODUTO NO MERCADO;  NÃO GERA EXCESSO DE ALCALINIDADE COMO O HIPOCLORITO COMERCIAL (PH ALTO) OU ACIDEZ COM O CLORO GASOSO;  MAIOR ECONOMIA. DE NORA DO BRASIL LTDA

37 36 CONCORRENTES  CLORO GAS 100 %;  HIPOCLORITO COMERCIAL 10 %;  HIPOCLORITO DE CALCIO 65 %;  DIOXIDO DE CLORO 10 %; DE NORA DO BRASIL LTDA

38 37 VANTAGENS e DESVANTAGENS •CLORO GAS 100 % x POSICLOR ; •HIPOCLORITO COMERCIAL 10 % x POSICLOR ; •HIPOCLORITO DE CALCIO 65 % x POSICLOR ; •DIOXIDO DE CLORO 10 % x POSICLOR ; DE NORA DO BRASIL LTDA

39 38 • Concentração: 0,8 % de Cloro; • Consumos: • Elétrico: • Retificador: 0,75 kWh; • Batelada: 8 horas; • Consumo por ciclo: 6 kW; • Preço por kWh = R$ 0,33 / kW; • Energia Elétrica: R$ 1,98 por batelada. • Sal: • Quantidade por batelada: 3 kg; • Batelada: 8 horas; • Preço por quilo: R$ 0,50 / kg; • Sal: R$ 1,50 por batelada. • TOTAL: R$ 3,48 por batelada com uma concentração de 0,8%. • Custo de produção por kg de Cloro ativo: • R$ 3,48 x 1% / 0,8% = R$ 4,35 / kg de Cloro ativo. DE NORA DO BRASIL LTDA CUSTO DE PRODUÇÃO POSICLOR P–125 B

40 39 DESVANTAGENS  PERIGO ( VAZAMENTOS );  REQUER SISTEMA DE SEGURANÇA E ABATIMENTO DO CLORO;  PARTE DO CLORO GAS DIMINUI O PH SENDO NECESSÁRIO O USO DE ALCALINIZANTES;  LOGISTICA - DEPENDE DE COMPRA  INVESTIMENTO EM CILINDRO CLORO GÁS 100% x POSICLOR VANTAGENS  MAIS BARATO;  MENOR VOLUME. • DE NORA DO BRASIL LTDA

41 40 CLORO GAS 100 % - Preço normal de Mercado: R$ 1,90 / kg - Pequenas quantidades : R$ 2,20 / kg = R$ 1,90 / kg de Cloro DE NORA DO BRASIL LTDA CLORO GÁS 100% x POSICLOR POSICLOR POSICLOR 1 %- R$ 4,35 / kg Cloro DIFERENÇA DIFERENÇA = R$ 2,45 / kg Cloro X = - ALCALINIZANTE +SISTEMA DE SEGURANÇA e ABATIMENTO = ???????

42 41 DESVANTAGENS  LOGISTICA - DEPENDE DE COMPRA E ESTOCAGEM DO PRODUTO;  INVESTIMENTOS EM EQUIPAMENTOS DE ESTOCAGEM;  TRANSPORTE DE ÁGUA, POIS 90% DO PRODUTO É ÁGUA E 10% DE CLORO;  PERDE A CONCENTRAÇÃO DE CLORO COM O TEMPO E A TEMPERATURA;  MANUSEIO MAIS PERIGOSO QUE O HIPOCLORITO PRODUZIDO NO POSICLOR, DEVIDO A CONCENTRAÇÃO MAIS ALTA;  PREÇO DO PRODUTO E CUSTO OPERACIONAL MAIS ELEVADO EM COMPARAÇÃO AO HIPOCLORITO DO POSICLOR. VANTAGENS  MENOR RISCO EM COMPARAÇÃO AO CLORO GÁS. • HIPOCLORITO COMERCIAL 10% x HIPOCLORITO COMERCIAL 10% x POSICLOR DE NORA DO BRASIL LTDA

43 42 HIPOCLORITO DE SÓDIO 10 % - Preço normal de mercado : R$ 0,542 / kg - Pequenas quantidades : R$ 1,50 / kg. = R$ 5,42 / kg de Cloro DE NORA DO BRASIL LTDA POSICLOR POSICLOR 1 %- R$ 4,35 / kg Cloro DIFERENÇA DIFERENÇA = R$ 1,07 / kg X = HIPOCLORITO COMERCIAL 10% x HIPOCLORITO COMERCIAL 10% x POSICLOR

44 43 HIPOCLORITO CÁLCIO 65% x HIPOCLORITO CÁLCIO 65% x POSICLOR VANTAGENS  MENOR VOLUME DE ESTOCAGEM. • DESVANTAGENS •LOGISTICA - DEPENDE DE COMPRA E ESTOCAGEM DO PRODUTO; •INVESTIMENTOS EM EQUIPAMENTOS DE DILUIÇÃO E ESTOCAGEM; •GRANDE QUANTIDADE DE RESÍDUOS NO FUNDO DOS TANQUES (FILTRAGEM); •PREÇO DO PRODUTO E CUSTO OPERACIONAL MAIS ALTO; DE NORA DO BRASIL LTDA

45 44 HIPOCLORITO DE CÁLCIO 65% - Grandes consumidores tipo ETA e ETE: R$ 6,78/kg => R$ 10,43 / kg de Cloro. - Pequenos consumidores tipo piscinas,etc.: R$ 13,00/kg => R$ 20,00 / kg de Cloro. DE NORA DO BRASIL LTDA POSICLOR POSICLOR 1 %- R$ 4,35 / kg Cloro DIFERENÇA DIFERENÇA = R$ 15,65 / kg X = HIPOCLORITO CÁLCIO 65% x HIPOCLORITO CÁLCIO 65% x POSICLOR

46 45 DIÓXIDO DE CLORO 10% x DIÓXIDO DE CLORO 10% x POSICLOR VANTAGENS  MAIOR PODER REATIVO. • DESVANTAGENS •LOGISTICA - DEPENDE DE COMPRA E ESTOCAGEM DO PRODUTO; •INVESTIMENTOS EM EQUIPAMENTOS DE ESTOCAGEM; •TRANSPORTE DE ÁGUA, POIS 90% DO PRODUTO É ÁGUA E 10% DE CLORO; •PERDE A CONCENTRAÇÃO DE CLORO COM O TEMPO E A TEMPERATURA; •MANUSEIO MAIS PERIGOSO QUE O HIPOCLORITO PRODUZIDO NO POSICLOR, DEVIDO A CONCENTRAÇÃO MAIS ALTA; •PREÇO DO PRODUTO E CUSTO OPERACIONAL MAIS ELEVADO EM COMPARAÇÃO AO HIPOCLORITO DO POSICLOR. DE NORA DO BRASIL LTDA

47 46 DIÓXIDO DE CLORO 10% - Preço de mercado: R$ 18,00 a R$ 35,00 / kg de Cloro. Adotaremos: R$ 25,00 / kg de Cloro. DE NORA DO BRASIL LTDA POSICLOR POSICLOR 1 %- R$ 4,35 / kg Cloro DIFERENÇA DIFERENÇA = R$ 20,65 / kg X = DIÓXIDO DE CLORO 10% x DIÓXIDO DE CLORO 10% x POSICLOR

48 47 RETORNO DO INVESTIMENTO

49 48 EXEMPLOS DE APLICAÇÕES TRATAMENTO DE ÁGUA E ESGOTOS HOSPITAIS CLUBES E CONDOMINIOS FRIGORÍFICOS DE NORA DO BRASIL LTDA INDÚSTRIAS

50 49 ETA – SANASA - Campinas DE NORA DO BRASIL LTDA TRATAMENTO DE ÁGUA E ESGOTOS

51 50 DE NORA DO BRASIL LTDA • Cliente: EletroNuclear  Angra dos Reis / RJ  2x SEACLOR SALMOURA® 500  Capacidade : 2x0,5 kg/h de Cl 2 ativo  EPTA – Água Potável ELETRONUCLEAR - EPTA TRATAMENTO DE ÁGUA E ESGOTOS

52 51  É uma área que necessita de especial atenção (regulamentação local e federal), existem muitas sub- aplicações da situação geral das diálises.  O Hipoclorito normalmente é usado na desinfecção hospitalar.  O Posiclor poderia servir nestas aplicações devido a baixa concentração de Hipoclorito e PH neutro (água leve e sal puro)  Existem muitos produtos químicos especializados no seguimento hospitalar competindo com o Hipoclorito de Sódio. HOSPITAIS DE NORA DO BRASIL LTDA

53 52 CLUBES E CONDOMINIOS DE NORA DO BRASIL LTDA

54 53 BAIXADA SANTISTA/SP BAIXADA SANTISTA/SP CLUBES E CONDOMINIOS DE NORA DO BRASIL LTDA Futebol Clube de Ribeirão Pires / SP

55 54 BAIXADA SANTISTA/SP BAIXADA SANTISTA/SP CLUBES E CONDOMINIOS DE NORA DO BRASIL LTDA Portuguesa Santista – Santos / SP

56 55 BAIXADA SANTISTA/SP BAIXADA SANTISTA/SP CLUBES E CONDOMINIOS DE NORA DO BRASIL LTDA Prefeitura de Santos / SP

57 ELETRONUCLEAR – ANGRA DOS REIS – RJ EQUIPAMENTO GERADOR DE HIPOCLORITO DE SÓDIO PROVENIENTE DE ÁGUA DO MAR – CAPACIDADE 25 kg/h DE NORA DO BRASIL LTDA 56

58 57 O MELHOR CUSTO BENEFICIO EM SISTEMAS DE CLORAÇÃO É A PRODUÇÃO DE HIPOCLORITO DE SÓDIO “IN LOCO” CONCLUSÃO DE NORA DO BRASIL LTDA

59 58 POSICLOR - Web Site

60 59 DÚVIDAS? OBRIGADO!! Engº F. C. Oliver Diretor Técnico Industrial FLUID FEEDER INDÚSTRIA E COMÉRCIO LTDA Fone : Fax : Cel : Cel : Skipe : oliver9400 DE NORA DO BRASIL LTDA


Carregar ppt "Reunião Ordinária da Câmara Técnica de Saneamento e Saúde em Comunidades Isoladas ABES – AGOSTO 2012 APRESENTAÇÃO DO PROJETO DE SISTEMAS DE DESINFECÇÃO."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google