A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

y As práticas de poder na gestão de Recursos Humanos “O amor à escravidão não se pode estabelecer senão como resultado de uma revolução profunda e pessoal.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "y As práticas de poder na gestão de Recursos Humanos “O amor à escravidão não se pode estabelecer senão como resultado de uma revolução profunda e pessoal."— Transcrição da apresentação:

1

2 y As práticas de poder na gestão de Recursos Humanos “O amor à escravidão não se pode estabelecer senão como resultado de uma revolução profunda e pessoal nas mentes e corpos humanos” Nuriely Ferreira Bruno Neves Mayara Laís Rosely Roberta Abreu Thais William

3 Práticas ideológicas Tem como função fazer interiorizar certas condutas e ao mesmo tempo, os princípios que os legitimam. Políticas de Recursos Humanos Permite estudar a subordinação do indivíduo à organização sob o ângulo das “vantagens” de toda espécie que esta lhe concede Abstração Objetivação Desterritorialização Canalização Outros processos Econômico - gerenciam vantagens concedidas Político – asseguram o controle de conformidade Ideológico – encarnam concretamente os valores de consideração pessoal Psicológico – gestão dos afetos Mediação pluridimencionais

4 A entrevista de Avaliação - Conselho Gerente entrevista seus subordinados a cada ano para avaliar seu trabalho. Permite da mesma forma fixar os objetivos para o ano seguinte Ava. Cons. Como dispositivo de mediação Entrevista como prática ideológica Como se naturalmente houvesse a conciliação entre satisfação do indivíduo (CONSELHO) e a submissão aos objetivos da organização (AVALIAÇÃO) Prova que a empresa leva em consideração os valores humanos, onde se pode falar abertamente.

5 Outros processos Objetivação - Promovido em função de sua utilidade, adaptação as regras Individuação – O sucesso individual é valorizado em detrimento da solidarie_ dade. Organização evita e desintegra as reinvindicações coletivas. Individuação – O sucesso individual é valorizado em detrimento da solidarie_ dade. Organização evita e desintegra as reinvindicações coletivas. Legitimação – Princípios e práticas ideológicas (luta contra a arbitrariedade dos chefes, consideração pelas pessoas, liberdade de expressão, etc) Legitimação – Princípios e práticas ideológicas (luta contra a arbitrariedade dos chefes, consideração pelas pessoas, liberdade de expressão, etc) Dominação psicológica – Opera a gestão dos afetos, favorecendo o domínio da Empresa sobre o aparelho psíquico dos indivíduos. Dominação psicológica – Opera a gestão dos afetos, favorecendo o domínio da Empresa sobre o aparelho psíquico dos indivíduos. Canalização das energias – Indivíduo interioriza a necessidade de vencer.

6 As práticas de poder na gestão de Recursos Humanos A Objetivação 2 A individuação e a repressão das reivindicações coletivas 4 A abstração 31 A desterritorialização 33 Condenado a vencer! 35

7 ABSTRAÇÃO Tende a distanciar o homem da realidade concreta e vivida, separando – o e isolando - o de seus contexto global, cercando – o de representações falsas da realidade. O dinheiro como código dominante Abstração no trabalho Abstração/Subjetivação Abstração e Mediação LUCROLUCRO

8 A OBJETIVAÇÃO É tudo que contribui para traduzir em termos quantitativos as performances, aptidões, virtualidades, e aspirações dos indivíduos. A admissão O nível Os quadros de alto potencial O clube 100%

9 A DESTERRITORIALIZAÇÃO É o conjunto dos mecanismos que consistem em separar o indivíduo de suas origens sociais e culturais em destruí-lo de sua história pessoal. Os estágios As mudanças A linguagem A política de emprego

10 A INDIVIDUAÇÃO E A REPRESSÃO DAS REIVINDICAÇÕES COLETIVAS Organizada de forma que reduz os grupos sociais que a compõe a uma soma de indivíduos sem poder de influência sobre os objetivos, as finalidades e as políticas desta organização. A mobilidade perpétua A competição na obscuridade A expressão individual das reivindicações A antecipação das reivindicações O ato de evitar e o controle das formas coletivas de reivindicações

11 A valorização do sucesso CONDENADO A VENCER O indivíduo não escolhe fazer carreira, REALMENTE, ele é levado a isto: “A GENTE É CONDENADO A VENCER” A necessidade do sucesso Deslocamento dos objetivos econômicos para o plano psicológico A alucinação do desejo A ilusão do poder ou o poder da ilusão

12 BOA NOITE!


Carregar ppt "y As práticas de poder na gestão de Recursos Humanos “O amor à escravidão não se pode estabelecer senão como resultado de uma revolução profunda e pessoal."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google