A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

Os desafios do pré-sal para o Brasil O ângulo financeiro e um pouco mais Agosto de 2011.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "Os desafios do pré-sal para o Brasil O ângulo financeiro e um pouco mais Agosto de 2011."— Transcrição da apresentação:

1 Os desafios do pré-sal para o Brasil O ângulo financeiro e um pouco mais Agosto de 2011

2 2 Agenda • A visão financeira ᅳ Quanto precisamos para desenvolver o pré-sal? ᅳ Dá para financiar esse investimento? • As outras perguntas relevantes

3 3 Quanto temos de investir? • De acordo com a Petrorbras... ᅳ bn boe já encontrados ᅳ 5.0bn boe da cessão onerosa ᅳ 50bn boe em potencial? • Quanto custaria? ᅳ A Petrobras vê $12/boe ᅳ A BG fala em $5/boe • A conta? Algo entre $75-850bn! • Financiar isso é um problema? ᅳ Se o pré-sal funcionar, não.

4 4 Por que não? Primeiro... Os projetos geram caixa. • ”Se o pré-sal funcionar...” • Para começar a operar... ᅳ Não são necessários $75bn ᅳ Cada sistema custaria $ bn ᅳ Mas demandaria de caixa $ bn • Depois de começar a operar, a $80/b... ᅳ Menos rentáveis geram $2.7bn em 3 anos ᅳ Médios geram $5.2bn em 3 anos ᅳ Mais rentáveis geram $6.4bn em 3 anos • Se estivermos a $100/b... ᅳ Menos rentáveis geram $3.8bn em 3 anos ᅳ Médios geram $6.8bn em 3 anos ᅳ Mais rentáveis geram $8.3bn em 3 anos

5 5 Por que não? Segundo... Outros podem ajudar. BP > DevonSinopec > Repsol Brasil Sinopec > Peregrino (Statoil)Maersk > SK Energy Em Março de 2010 BP pagou $7bn para ficar com os ativos da Devon no Brasil, Azerbaijão, e EUA, com foco nos ativos do Brasil % de 5 blocos, 60% de Polvo, e 18% de Xerelete Em Outubro de 2010 Sinopec pagou $7.1bn para ficar com 40% da Repsol Brasil que tem participação em 2 blocos em Campos, 11 em Santos e 3 no Espírito Santo Em Maio de 2010 Sinopec pagou $3.1bn para ficar com 40% do campo de Peregrino (100kbd) Em Dezembro de 2010 Maersk pagou $2.4bn para ficar com os ativos que a SK Energy tinha no Brasil… 40% de Polvo (50kbd), 20% do BM-C-30 (Wahoo) e 27% do BM-C-32 (Itaipu)

6 6 Agenda • A visão financeira ᅳ Quanto precisamos para desenvolver o pré-sal? Pouco… ᅳ Dá para financiar esse investimento? Sim. • As outras perguntas relevantes ᅳ O pré-sal funciona? ᅳ Dá para crescer no ritmo que a Petrobras quer? ᅳ Por que não vamos mais rápido? ᅳ Vale jogar o Brasil nas costas da Petrobras? ᅳ Vale deixar todos os ovos na mesma cesta?

7 7 Voltando um pouco no tempo... Golfinho • O campo de Golfinho é um caso interessante... ᅳ Encontrado em 2003 ᅳ Testado em Fev-Abr/06 com 23-24kbd! ᅳ Acelerado com first oil em Maio 2006 • Em 2005, Petrobras pensava em... ᅳ Um FPSO de 100kbd em 2006 ᅳ Outros em 2007 e 2008 ᅳ No total, 300kbd de capacidade • Mas não funcionou... ᅳ Primeiro FPSO produziu 70kbd no pico ᅳ Primeiro e segundo chegaram a 80kbd ᅳ Um FPSO já foi tirado de lá! • Produção de petróleo tem muita incerteza!

8 8 O pré-sal funciona? • No fundo, uma função de duas variáveis... ᅳ A produtividade por poço ᅳ O custo por poço • Com 10kbd e $133m por poço... ᅳ $71/b para se ter 15% de IRR ᅳ $52/b para se ter 9% de IRR • Com 25kbd e $114m por poço... ᅳ $42/b para se ter 15% de IRR ᅳ $31/b para se ter 9% de IRR

9 9 A produtividade por poço no pré-sal

10 10 O pré-sal do Espírito Santo

11 11 O pré-sal de Campos

12 12 A produtividade por poço no pré-sal

13 13 O tempo (custo) de perfurar

14 14 Dá para crescer tão rápido? • Em 2020 a Petrobras espera ter... ᅳ 4,910kbd de produção no Brasil ᅳ 1,148kbd de produção no pre-sal ᅳ 54 novas unidade de produção • O foco no pré-sal tem sido crescente ᅳ Em foram 4 unidades e 350kbd ᅳ Em foram 6 unidades e 500kbd ᅳ Em são 9 unidades e 1,380kbd • E com os dados de hoje, faríamos a mesma coisa!

15 15 Por que não acelerar mais?

16 16 Por que não acelerar mais?

17 17 Precisa focar no local? Não. Ainda não... Bids de conteúdo local nos leilões Brasileiros (Desenvolvimento) Fonte: ANP OGX Roncador Pq. das Baleias Tupi Belmonte (ENI) Caramba Lua Nova Wahoo (ANA) Itaipu (DVN) Seat (REP)

18 18 O Brasil nas costas da Petrobras... • A Petrobras é uma empresa impressionante... ᅳ Produz 2,148kbd de petróleo ᅳ Vindo de 1,379kbd há 10 anos ᅳ Reservas de 16.0bn boe ᅳ Vindo de 10.6bn boe há 10 anos ᅳ Contratante desejado mas temido • De certa forma, é nosso Atlas • Mas quando somamos... ᅳ Novas refinarias com pressa ᅳ Investimentos crescentes fora do E&P ᅳ Cessão onerosa ᅳ Novos contratos de partilha • Pode ser demais a depender do prazo 30.3

19 19 Temos de ter muito cuidado com o Atlas • A Petrobras pode muito... ᅳ $21bn gerados em 2010 ᅳ $25bn esperados em 2011 • Mas ela já está gastando muito... ᅳ Em 2010 gastou $45bn ᅳ Este ano fala de $53bn • Nos últimos 10 anos, muito com retorno baixo ᅳ $104bn investidos em E&P com 29% de ROA ᅳ $75bn investidos fora com 4% de ROA • Em 2010 se fez um aumento de capital de $70bn ᅳ $46bn do governo e $24bn do mercado ᅳ Não dá para fazer outro sem perda de valor • O melhor para o Brasil é ter uma Petrobras muito rentável e muito lucrativa

20 20 Todos os ovos numa cesta? • Desde ”a reunião do pré-sal...” ᅳ O Brasil fez 2 leilões ᅳ E a área concedida vem caindo • Se houver certeza no pré-sal e no crescimento... ᅳ Não há necessidade para muita área nova ᅳ O Brasil não precisa exportar mais de 3mbd • Mas não vemos isso como saudável... ᅳ Se o pré-sal não funcionar ᅳ Se a Petrobras passar do ponto (estatal!) ᅳ Se faltar equipamento • E mesmo que tudo der certo... ᅳ Capital humano não tem trabalho! ᅳ Outros ativos interessantes se perdem

21 Apendices

22 22 Poços perfurados no pré-sal

23 23 Um poço em Golfinho - 7GLF27HAESS

24 24 Um poço em Cachalote – CHT5

25 25 Contact information • Gustavo Gattass •


Carregar ppt "Os desafios do pré-sal para o Brasil O ângulo financeiro e um pouco mais Agosto de 2011."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google