A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

RESUMO DO LIVRO: O PORTÃO DO PARAÍSO TAÍS, UMA ADOLESCENTE DE TREZE ANOS, NO ANO ANTERIOR, O PRIMO, GELCIMAR, VEM MORAR EM SUA CASA. GELCIMAR ERA DO NORTE.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "RESUMO DO LIVRO: O PORTÃO DO PARAÍSO TAÍS, UMA ADOLESCENTE DE TREZE ANOS, NO ANO ANTERIOR, O PRIMO, GELCIMAR, VEM MORAR EM SUA CASA. GELCIMAR ERA DO NORTE."— Transcrição da apresentação:

1

2 RESUMO DO LIVRO: O PORTÃO DO PARAÍSO TAÍS, UMA ADOLESCENTE DE TREZE ANOS, NO ANO ANTERIOR, O PRIMO, GELCIMAR, VEM MORAR EM SUA CASA. GELCIMAR ERA DO NORTE E TEM 20 ANOS. ELA FICOU ENCANTADA COM ELE, E A TARDE OS DOIS FICAVAM SOZINHOS EM CASA PORQUE THAIS ESTUDAVA DE MANHÃ, E GELCIMAR TRABALHA A NOITE, ENTÃO PASSAVAM AS TARDES CONVERSANDO, ENTÃO UM DIA GELCIMAR VEM FALAR COM ELA ENQUANTO ELA ESTÁ LAVANDO A LOUÇA, E FICA OLHANDO ELA DE UM JEITO DIFERENTE E DEPOIS A AGARRA E COMEÇA A BEIJÁ-LA, E SEGUE ASSIM OS PRÓXIMOS DIAS. ATÉ QUE UM DIA GELCIMAR E THAÍS ESTAVAM SENTADOS NO SOFÁ E GELCIMAR COMEÇA A TIRAR SUA ROUPA E DE THAIS TAMBÉM E LEVANDO-A A TER RELAÇÕES SEXUAIS COM ELE, E ELA ACABA ENGRAVIDANDO, MAS NO COMEÇO ELA NÃO SABIA DE NADA POIS SUA MÃE NUNCA CONVERSOU COM ELA SOBRE ISSO. ELA COMEÇA A SENTIR ENJÔOS NA ESCOLA E A DIRETORA FICA PREOCUPADA, E DECIDE CONVERSAR COM THAÍS, E DESCOBRE SOBRE SUA GRAVIDEZ, A DIRETORA TEM UMA CONVERSA COM A MÃE DE THAÍS, QUE FICA SEM SABER O QUE FAZER. MAIS DE NOITE A MÃE DE THAÍS CONVERSA COM SEU MARIDO, E ELA FICA COM MUITA RAIVA E DECIDE IR ATRÁS DE GELCIMAR, MAIS É IMPEDIDO PELOS FILHOS, ENTÃO O PAI RESOLVE, QUE, SE ELA VAI TER UM FILHO ELA VAI TER QUE SE CASAR COM GELCIMAR, MAS GELCIMAR DESAPARECE. THAÍS TEVE QUE SAIR DO COLÉGIO, E QUANDO SUA FILHA NASCE ELA DÁ O NOME DE THAISA.

3 INTRODUÇÃO

4 Esse trabalho foi feito com o objetivo de conscientizar os jovens dos problemas de serem pais na adolescência, teremos que cuidar de um pitinho durante dez dias, para sabermos de verdade como é dif í cil essa tarefa. E é claro que teremos que fazer um di á rio para relatar o dia a dia dos nossos filhos (pintinhos). E concluir como é essa ideia de sermos pais na adolescência

5 Di á rio de Nuthe: Quarta – feira 29 de setembro de 2010 *primeiro dia: Hoje foi o meu primeiro dia com Nuthe, no in í cio da aula eu estava muito ansiosa para ganha-lo, agora que o ganhei, percebi o quanto ele e a ra ç ão fedem, mais ele é muito fofo e lindo, eu que ele é bem novo ainda, mas o piu dele me irrita muito e à s vezes tenho vontade de jog á -lo na parede, mas aquela carinha linda me impede, quando cheguei em casa eu, minha irmã e minha prima ficamos brincando um pouco com ele, depois eu o coloquei de novo na caixinha dele, ele levou um tempo para dormir mais foi s ó colocar uma m ú sica e pronto. Mais de noite eu coloquei á gua e comida para ele, e ele tinha feito coco por toda a caixa, então eu limpei a caixinha dele, e depois de um tempo ele dormiu, sem um piu. *Quinta – feira 30 de setembro de 10 Hoje de manhã eu acordei e fui ver como ele estava, quando abri a caixa vi uma meleca, ele tinha derramado á gua na comida, e feito um monte de coco, mas eu tinha acordado um pouco tarde então não ia dar tempo de limpar logo de manhã, mas pelo menos coloquei á gua e comida. Quando voltei da escola ele tava fazendo o maior barulho, depois que almocei fui limpar a caixinha dele, enquanto limpava minha irmã estava brincando com ele, ele andou pelo sof á, pelas costas da minha irmã, e depois ela estava segurando ele no chão ele escapou da mão dela e quase pulou pela sacada, mas eu o peguei r á pido, e o coloquei de volta na caixa. Mais tarde eu j á tinha tentado de tudo mais ele não ficava quieto, coloquei musica, segurei no colo, e nada, então eu o coloquei no meu quarto e encostei a porta e ele quietou um pouco. E mais tarde eu o coloquei em uma toalha e ele dormiu.

6 *Domingo 03 de outubro de 2010 Hoje eu acordei com o barulho piu dele, s ó que eu estava com pregui ç a de ir l á vê-lo, então eu fiquei um pouco mais na cama, s ó que minha irmã veio me dizer que eu tinha que limpar a á gua dele, então eu fui ver como ele estava, estava o maior fedor, eu quase vomitei. Então eu brinquei um pouco com ele para ver se ele quietava um pouco, eu limpei tudo, e fui ler um livro, s ó que o barulho dele era insuport á vel, e eu vi que ele estava com fome, mas eu tinha colocado comida para ele mais cedo, depois que eu coloquei mais comida, fiquei observando ele comer e vi que antes de comer ele fica ciscando e jogando metade da comida fora do potinho. E ele se acalmou e dormiu depois de eu ter brigado com ele e ter xingado ele de porco fedorento, mas ele é muito fofo que foi s ó ele olhar pra mim com aquela carinha bonitinha, e a raiva passa um pouco.

7 *segunda-feira 04 de outubro de 2010 Hoje quando eu voltei da aula ele como sempre estava piando, s ó que minha mãe tinha colocado ele em uma gaiolinha porque a caixa estava meio pequena para ele, então eu o peguei e o coloquei em cima de um balcão para brincar com ele e eu tinha reparado que tinha nascido algumas pequenas penas nele, e ele cresceu mais um tanto e estava mais gordo, achei engra ç ado que antes ele nem queria que eu o pegasse, e agora ele vinha e ficava brincando com a minha mão, mais tarde eu fui colocar comida para ele, e do jeito que ele come vai acabar toda a comidinha que eu tinha pego para ele, mesmo assim eu brinquei ais um pouco com ele e o coloquei de volta na gaiola para ele dormir. • Ter ç a – feira 05 de outubro de 2010 Hoje eu estava com um pouco de dor de cabe ç a por isso eu não o vi muito, mas um pouco que eu fiquei com ele, vi que ele tinha umas manchas roxas no pesco ç o, eu fiquei um pouco preocupada e tamb é m achei que fosse normal, então deixe de lado, e cuidei direito dele, limpei a gaiola dele, e como ele faz muito coco eu tenho que trocar sempre porque fica fedendo muito, ele tinha mania de derramar toda a á gua dele, mas agora tem um potinho que fica preso na gaiola. Ele não parecia muito animado por isso eu o deixei quieto na gaiola, para que ele descansasse um pouquinho.

8 • Quarta - feira 06 de outubro de 2010 Hoje quando eu fui ver o Nuthe vi que ele tinha crescido mais uns cent í metros e que tinham crescidos mais algumas penas nele, e que as manchas roxas tinham aumentado e tinha manchas assim perto das assas, quando eu coloquei comida para ele eu não vi mais ele estava com as patinhas no meu do lugar da comida, então e acabei trancando as patinhas dele e ele come ç ou a piar e eu fiquei desesperada e tirei logo a comida, e então depois eu brinquei um pouco com ele e ele come ç ou a me picar, de certo porque ele estava com raiva do pequeno acidente. • quinta-feira 07 de outubro de 2010 De tarde ele estava na sacada piando pra variar, e eu mal pude me mexer direito que minha mãe veio reclamar que eu não dava comida pra ele e que ele estava morrendo de fome. Mas o que eu podia fazer se ele s ó come e faz coco??? Depois que eu tratei ele eu ia sair então eu coloquei bastante comida para o Nuthe, e quando voltei, ele j á tinha feito a maior meleca, eu limpei tudo, briguei com ele, e depois eu acabei brincando um pouco com ele. • Sexta – feira 08 de outubro de Quando eu fui aliment á -lo eu vi que as manchas roxas, tinham crescido mais, eu chamei minha mãe e ela disse que era porque ele estava comendo demais, então eu coloquei menos comida para o Nuthe. Mais tarde a mancha roxa tinha diminuído bastante, quando eu fui limpar a gaiola dele, vi que o papel que eu tinha colocado em baixo, ele comeu metade, e isso me deu muito mais raiva dele, e quando eu ia começar a xingar ele, minha irmã apareceu e começou a brincar com ele o que foi bom, de noite eu cuidei dele e cobri a gaiola com uma toalha, para que ele não sentisse muito frio, e o deixei dormir.

9 CONCLUSÃO

10 É preciso muita responsabilidade, respeitar hor á rios. Cuidar de outra pessoa é desgastante, cansativo, saber o que ele quer cuidar dele principalmente á noite. Se j á é dif í cil ter um filho adulto é muito mais complicado ter filhos na adolescência, pois tem que largar os estudos e dedicar todo o seu tempo para ele, e agora não tem que cuidar de uma pessoa s ó e sim de duas, e todos que estão na casa tamb é m se cansam, pois todos se incomodam com o barulho, e se serve como conselho: não tenham filhos na adolescência.


Carregar ppt "RESUMO DO LIVRO: O PORTÃO DO PARAÍSO TAÍS, UMA ADOLESCENTE DE TREZE ANOS, NO ANO ANTERIOR, O PRIMO, GELCIMAR, VEM MORAR EM SUA CASA. GELCIMAR ERA DO NORTE."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google