A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

Prof. MSc. Pablo Queiroz Bahia COMERCIO ELETRÔNICO (91) 8159-9659 (91) 8159-9659 FACULDADE IDEAL PÓS GRADUAÇÃO EM GESTÃO.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "Prof. MSc. Pablo Queiroz Bahia COMERCIO ELETRÔNICO (91) 8159-9659 (91) 8159-9659 FACULDADE IDEAL PÓS GRADUAÇÃO EM GESTÃO."— Transcrição da apresentação:

1 Prof. MSc. Pablo Queiroz Bahia COMERCIO ELETRÔNICO (91) (91) FACULDADE IDEAL PÓS GRADUAÇÃO EM GESTÃO DE TI Prof. Esp. Adm.Jimmy Richard 2014

2 Prof. MSc. Pablo Queiroz Bahia Comercio Eletrônico 2014 CONCEITO DE COMERCIO ELETRÔNICO O comércio eletrônico também conhecido como E-commerce, como conhecemos hoje começou no final da década de 60, porém foi em 1993 com o surgimento da internet que as empresas começaram a usufruir dos seus benefícios nos negócios digitais ou e-business com maior eficiência, rapidez e principalmente com custos menores. Além de apresentar o grau de penetração da internet na sociedade Brasileira, o número de pessoas com acesso à internet é a base sob a qual se sustenta o crescimento do E-commerce.

3 Prof. MSc. Pablo Queiroz Bahia O novo ambiente empresarial é fundamentalmente baseado no ambiente digital, que tem como componente básico a Internet, considerada infraestrutura de comunicação pública de acesso fácil, livre e de baixo custo. O que o novo ambiente tem fornecido? Canais alternativos para trocar informações; Comunicar-se; Transferir diferentes tipos de produtos e serviços; CONCEITO DE COMERCIO ELETRÔNICO iniciar transações comerciais. Comercio Eletrônico 2014

4 Prof. MSc. Pablo Queiroz Bahia Albertin (2000a) definiu que a análise do CE deve ter como base principal duas dimensões : •Os aspectos a serem considerados na utilização do CE •Contribuições que a utilização do CE oferece às organizações. Mas como desenvolver uma relação? CONCEITO DE COMERCIO ELETRÔNICO Comercio Eletrônico 2014

5 Prof. MSc. Pablo Queiroz Bahia Aprendendo a Aprender Empreendedorismo •O que é o empreendedorismo? •Subjetividade do conceito; •A ascensão do empreendedorismo; •Diferenças entre o empreendedor e o administrador; Comercio Eletrônico 2014

6 Prof. MSc. Pablo Queiroz Bahia  1950: Economista Joseph Schumpeter: “Uma pessoa com criatividade e capaz de fazer sucesso com inovações”;  1970: Peter Drucker: Conceito de risco, uma pessoa empreendedora precisa arriscar em algum negócio;  1985: Conceito de intra-empreendedor, uma pessoa empreendedora, mas dentro de uma organização;  2001: Dornelas: “O empreendedor é aquele que detecta uma oportunidade e cria um negócio para capitalizar sobre ela, assumindo riscos calculados”; HISTÓRICO E DEFINIÇÃO Comercio Eletrônico 2014

7 Prof. MSc. Pablo Queiroz Bahia FORMAÇÃO E CARACTERÍSTICAS DO EMPREENDEDOR “ É aquele que faz acontecer, se antecipa aos fatos e tem uma visão futura da organização”. José Dornelas ( 2001) Comercio Eletrônico 2014

8 Prof. MSc. Pablo Queiroz Bahia •Natureza de ação; •Busca por algo inovador, diferente do que já está no mercado, que está ligado as modificações de processos ou produtos; • Liberdade de ação; FORMAÇÃO EMPREENDEDORA Comercio Eletrônico 2014

9 Prof. MSc. Pablo Queiroz Bahia FORMAS DE SE TORNAR UM EMPREENDEDOR O empreendedor é um ser social, portanto é influenciado a partir de: •Meio familiar; •Estudo; •Prática; •Formação; •Pró-Atividade; Comercio Eletrônico 2014

10 Prof. MSc. Pablo Queiroz Bahia CARACTERISTICAS DOS EMPREENDEDORES “ O empreendedor é aquele que percebe uma oportunidade e meios (novas empresas, áreas de negócios... ) para colocá-la em prática. ” Comercio Eletrônico 2014

11 Prof. MSc. Pablo Queiroz Bahia Visão e pró-atividade Têm a visão de como será o futuro para o negócio e sua vida, pensam de forma realista e inovadora, além de agirem de forma criativa e proativa. Energia São determinados e dinâmicos, implementam suas ações com total comprometimento,. Dedicam-se 24 horas por dia, incansavelmente. Além de serem otimistas e apaixonados por seu trabalho. Comercio Eletrônico 2014

12 Prof. MSc. Pablo Queiroz Bahia Liderança: •Tem um senso de liderança incomum. •São respeitados e adorados por seus pares, pois sabem valorizá-los, estimulá-los e recompensá-los, formando um time em torno de si. Relações: Sabem construir uma boa rede de contatos que os auxiliam nos ambientes interno e externo da empresa, junto a clientes, fornecedores e entidades de classe. Comercio Eletrônico 2014

13 Prof. MSc. Pablo Queiroz Bahia Serviços De Apoio Ao Empreendedor: - Sebrae; - Empresas Jr; - Jovem Empreendedor; - Desafio Sebrae; - Empretec; - Incubadoras De Empresas; - Fundos De Investimentos Empreendedores; Comercio Eletrônico 2014

14 Prof. MSc. Pablo Queiroz Bahia Comercio Eletrônico 2014

15 Prof. MSc. Pablo Queiroz Bahia Um empreendimento de sucesso nessa área é aquele que você consegue utilizar a tecnologia existente adequada aos consumidores do seu nicho de mercado. COMERCIO ELETRÔNICO 1.Conhecer o comportamento dos consumidores; 2.As tecnologias existentes; 3.Seu próprio negócio. Comercio Eletrônico 2014

16 Prof. MSc. Pablo Queiroz Bahia Mundo Virtual. “A chave do sucesso é aplicar a tecnologia ao seu negócio e não usar a tecnologia como negócio” O comportamento dos consumidores em sua diversa faixas-etárias e as tecnologias atuais da internet definem estratégias de marketing digital. Comercio Eletrônico 2014

17 Prof. MSc. Pablo Queiroz Bahia O consumidor O consumidor é a figura central na cadeia de valor do comercio O consumidor busca satisfação na conveniência... no relacionamento......achando que é capaz de possuir algum produto feito para poucos...ser tratado como um cliente vip serviços que superem as suas expectativas... Comercio Eletrônico 2014

18 Prof. MSc. Pablo Queiroz Bahia Quais serviços oferecer para satisfazer os clientes ? Cliente é um individuo Como definir os perfis? Comercio Eletrônico 2014

19 Prof. MSc. Pablo Queiroz Bahia As pessoas que nasceram antes da II guerra mundial, podemos classificar como veteranos ou pessoas da terceira idade, a geração baby booms (é uma definição genérica para crianças nascidas durante uma explosão populacional). A gerações dos Consumidores Veteranos ou pessoas da terceira idade nascidos do Pós guerra até 1960 Classificações: classificadas como pessoas disciplinadas e obedientes que respeitam as hierarquias, em termos de trabalho são ou foram leais às organizações por muitos anos, demostrando compromisso e longo vinculo. São considerados Workaholics

20 Prof. MSc. Pablo Queiroz Bahia A geração X classificada entre 1961 e 1980 A gerações dos Consumidores Considerados céticos com relação à politica, Gostam de atividades esportivas, cuidam mais da saúde e valorizam o lazer, não ficam muito tempo em numa mesma empresa. A geração y classificada entre 1980 e 2000 Chamados “jovens online”, os amantes da tecnologia, da internet e dos celulares, eles conseguem desempenhar várias atividades simultaneamente Querem crescer rapidamente na carreira profissional, buscam atividades empreendedoras. Ficam pouco tempo nas empresas. Comercio Eletrônico 2014

21 Prof. MSc. Pablo Queiroz Bahia A gerações dos Consumidores A geração Z pessoas nascidas após 2001 Não conhecem a vida antes da internet o do telefone celular, tudo o que precisam encontram de graça na internet, não admitem pagar nada na internet, por quaisquer conteúdo a ser publicado. Tudo o que precisam encontram de graça na internet; Desprezam o . Comercio Eletrônico 2014

22 Prof. MSc. Pablo Queiroz Bahia Tipos de Negociações São as transações de comércio entre empresas B2B (Business to Business) B2C (Business to Consumer) Comércio entre a empresa e o consumidor. C2C (Consumer to Consumer) Comércio entre consumidores. Comercio Eletrônico 2014

23 Prof. MSc. Pablo Queiroz Bahia B2G (Business to Governement) transações entre empresa e governo B2E(Business-to-Employee) Transações relacionado aos portais (intranets) que atendem aos funcionários Tipos de Negociações Comercio Eletrônico 2014

24 Prof. MSc. Pablo Queiroz Bahia A opinião instantânea dos consumidores decreta o sucesso ou fracasso dos produtos e serviços. Isso significa que cada vez mais as empresas precisam ficar atentas aos comentários dos clientes na rede e terem estrutura de gestão de crise para que possam imediatamente atuar naquele comentário ruim sobre o seu produto ou serviço. As comunicações e Negociações Comercio Eletrônico 2014

25 Prof. MSc. Pablo Queiroz Bahia Redes sociais e suas Gerações Ultrapassam Fronteiras; Permitem Comunicação Instantânea; Desafiam Governos e Imprensa na tentativa de restringir informações; Youtube, facebook, Linkedin, Orkut, etc.. O poder ilimitados do sites de relacionamentos Comercio Eletrônico 2014

26 Prof. MSc. Pablo Queiroz Bahia Vantagens: Um bom produto ou serviço é espalhado rapidamente pela rede Desvantagens: Um negocio mal executado ou concebido pode rapidamente ser exterminado pela mesma rede caso haja comentários ruins. Faca de dois gumes: REDES SOCIAIS x EMPRESAS Comercio Eletrônico 2014

27 Prof. MSc. Pablo Queiroz Bahia Conhecendo seus clientes virtuais A melhor maneira de conhecer seus clientes é perguntando e acompanhando sua interação com o seu site Comercio Eletrônico 2014

28 Prof. MSc. Pablo Queiroz Bahia Alicerce Tecnológico empregado no comércio eletrônico Computadores robustos chamados de servidores devem ser instalados em ambientes seguros com energia e climatização 24 horas por dia, sete dias por semana. Monitoramento constante de pessoal especializado. Escalabilidade do processamento- A estrutura de computação deve ser suficientes para tender a picos de processamento sem reduzir o tempo de resposta das paginas virtuais. Atenção aos danos que ocorrem com frequência Comercio Eletrônico 2014

29 Prof. MSc. Pablo Queiroz Bahia Características do Software de comercio eletrônico Simples para: Facilitar qualquer pessoa a navegar pelas páginas com facilidade; Intuitivo para: Direcionar os clientes a conseguirem finalizar a compra. Importante saber: Nenhum cliente será treinado para usar o software, ele deve oferecer condições para concluir uma compra sem precisar entrar em contato com a loja. Comercio Eletrônico 2014

30 Prof. MSc. Pablo Queiroz Bahia Basicamente um sistema precisa conter: Cadastro do Cliente Pesquisa de produtos Cadastro do Cliente Área do Cliente Sistema de Pedidos Segurança Gerenciamento de estoque Informações Sobre os pedidos dos clientes Comentário dos clientes sobre os produtos Relatórios e Estatísticas Marketing Comercio Eletrônico 2014

31 Prof. MSc. Pablo Queiroz Bahia Plataformas Tecnológicas para o comércio eletrônico É de extrema importância para um comercio eletrônico é a escolha de sua plataforma. Definimos seu conceito como um conjunto de hardware, software, e internet para um bom funcionamento de uma loja virtual. Plataforma de forma gratuita Uso de uma plataforma paga Plataforma proprietária Comercio Eletrônico 2014

32 Prof. MSc. Pablo Queiroz Bahia A qualidade das Lojas Virtuais Analise outras lojas virtuais do provedor vendo no site outros clientes e visite-os, analise as funcionalidades do site e seus layouts de configuração, veja se é fácil navegar e simule uma compra. Comercio Eletrônico 2014

33 Prof. MSc. Pablo Queiroz Bahia Marketing Digital É uma poderosa ferramenta para impulsionar o seu negócio na internet A propaganda on-line é outro benefício da internet Os banners em sites de grande audiência e os site de pesquisa Marketing é a ferramenta mais utilizada para divulgação de produtos e serviços do comercio eletrônico Comercio Eletrônico 2014

34 Prof. MSc. Pablo Queiroz Bahia Apresentando os seus produtos - Compre uma grande lista de s de empresas com referência; - Evite adquirir lista de s de empresas desconhecidas, o prejuízo poderá ser incalculável. Comercio Eletrônico 2014

35 Prof. MSc. Pablo Queiroz Bahia Para melhorar o retorno de suas campanhas adote as seguintes práticas: •Evite Spam; •Direcione suas mensagens; •Construa o seu mailing; •Desenvolva uma estratégia; •Faça experimentos; •Acompanhe os concorrentes. Comercio Eletrônico 2014

36 Prof. MSc. Pablo Queiroz Bahia Compras Coletivas coletivas foi introduzido no final da década de 90, um exemplo foi a covisint lançada em 2000, atraéx de uma associação inédita entre a general Motors, a Ford e a Diners Chrysler, com o intenção de fazer compras coletivas a itens comuns entre as montadoras americanas, Imagine comprar um lote de 50 milhões de pneus. Os compradores compram um ítem por um valor reduzido, alguns itens podem chegar a 70% de desconto Quem ganha com isso?

37 Prof. MSc. Pablo Queiroz Bahia Sites de comparação de preços São sites que pesquisam automaticamente produtos e preços em sites de venda de produtos na internet, permitindo que os consumidores possam comparar os preços. Não são sites de vendas. Comercio Eletrônico 2014

38 Prof. MSc. Pablo Queiroz Bahia Ferramentas de medição de desempenho Ferramentas são disponibilizadas pelo provedor de internet ou através de sites gratuitos ou pagos pela internet. Servem para medir resultados e estratégias é necessário que o desenvolvedor do site insira um pequeno código Ferramentas de medição do Google Ferramentas de medição do Amazon Comercio Eletrônico 2014

39 Prof. MSc. Pablo Queiroz Bahia A logística no E-commerce Comercio Eletrônico 2014

40 Prof. MSc. Pablo Queiroz Bahia Logística Reversa ( Foque na comodidade do cliente ) Comercio Eletrônico 2014

41 Prof. MSc. Pablo Queiroz Bahia Comercio Eletrônico 2014

42 Prof. MSc. Pablo Queiroz Bahia Com o estoque Próprio você cria uma independência entre suas operações de produção dos produtos e cria mais flexibilidade para trabalhar com os clientes, criando dessa forma uma salva guarda na entrega por parte dos fornecedores. Procure ter independência de estoques na Logística reversa Comercio Eletrônico 2014

43 Prof. MSc. Pablo Queiroz Bahia Sistema de fluxograma de pedidos do processo de logística do e-commerce Comercio Eletrônico 2014

44 Prof. MSc. Pablo Queiroz Bahia Sistemas de Pagamento do e-commerce Quanto maior for as chances de pagamento maior as chances de venda O site pode oferecer alternativas de pagamentos como: -Boletos bancários; -Transferência em conta corrente; -Cartões de Crédito. Comercio Eletrônico 2014

45 Prof. MSc. Pablo Queiroz Bahia Sistema de charge back É o processo de devolução do dinheiro das operadoras de cartão de crédito quando o cliente não reconhece as compra, é o mais temido pelos vendedores, pois podem perder a mercadoria por questões de fraude. Comercio Eletrônico 2014

46 Prof. MSc. Pablo Queiroz Bahia Comercio Eletrônico 2014 FOCAR NA GARANTIA DE SUSTENTABILIDADE

47 Prof. MSc. Pablo Queiroz Bahia

48 (91) (91) Prof. Esp. Adm.Jimmy Richard 2014


Carregar ppt "Prof. MSc. Pablo Queiroz Bahia COMERCIO ELETRÔNICO (91) 8159-9659 (91) 8159-9659 FACULDADE IDEAL PÓS GRADUAÇÃO EM GESTÃO."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google