A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

A BÊNÇÃO DOS FARDOS "Pelo que sinto prazer nas fraquezas... nas necessidades... nas angústias por amor de Cristo. Porque quando sou fraco, então é que.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "A BÊNÇÃO DOS FARDOS "Pelo que sinto prazer nas fraquezas... nas necessidades... nas angústias por amor de Cristo. Porque quando sou fraco, então é que."— Transcrição da apresentação:

1

2 A BÊNÇÃO DOS FARDOS "Pelo que sinto prazer nas fraquezas... nas necessidades... nas angústias por amor de Cristo. Porque quando sou fraco, então é que sou forte." (2Coríntios 12,10)

3 Sundar Singh, um hindu convertido ao Cristianismo, tornou-se um missionário junto ao seu povo na Índia. Num fim de tarde ele estava viajando a pé pelas montanhas geladas do Himalaia com um monge budista. O vento frio parecia cortar sua pele. A noite estava se aproximando quando o monge o advertiu de que estavam arriscados a ficar congelados e morrer se não chegassem ao mosteiro antes de escurecer.

4 De repente, numa passagem estreita ao lado de um precipício escarpado, eles ouviram um grito de socorro. Ao pé do penhasco estava um homem caído e muito machucado. O monge disse a Sundar Singh: "Não pare. Deus trouxe esse homem ao seu destino. Ele deve resolver seu problema sozinho. Vamos depressa antes que nós mesmos morramos."

5 Mas Sundar Singh respondeu: "Deus me enviou aqui para ajudar meu irmão. Não posso abandoná-lo." O monge continuou se arrastando no meio do redemoinho de neve, enquanto o missionário descia com dificuldade o abrupto desfiladeiro. O ferido tinha uma perna quebrada e não podia caminhar, por isso Sundar Singh fez uma tipóia de seu cobertor e o amarrou em suas costas. Com grande dificuldade ele subiu o penhasco, agora ensopado de suor.

6 Com tenaz persistência o missionário tomou seu caminho no meio da neve e da escuridão. Apesar do quase desfalecimento pelo cansaço e do suor pelo desgaste físico, ele finalmente viu adiante as luzes do mosteiro.

7 Então, pela primeira vez, Sundar Singh tropeçou e quase caiu. Mas não pela fraqueza. Ele tropeçou num objeto estendido na estrada coberta de neve. Lentamente se curvou sobre um joelho e varreu a neve de sobre o objeto. Era o corpo do monge, congelado e morto.

8 Anos depois um discípulo de Sundar Singh lhe perguntou: "Qual é a mais difícil tarefa da vida?" Sem hesitar o missionário respondeu: "Não ter um fardo para carregar."

9 Ponha em suas próprias palavras a lição desta história. Que pressões negativas em sua vida podem se tornar qualidades fortalecedoras do seu caráter? ORE: Peça a Deus que o capacite a ver os desafios da vida como meios de servir aos outros e fortalecer seus músculos da fé.

10 Texto: autor desconhecido Musica: Bryan Adams- heaven Formatação: Ana Delia


Carregar ppt "A BÊNÇÃO DOS FARDOS "Pelo que sinto prazer nas fraquezas... nas necessidades... nas angústias por amor de Cristo. Porque quando sou fraco, então é que."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google