A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: ""— Transcrição da apresentação:

1

2

3

4

5

6

7

8

9

10

11

12

13

14

15

16

17

18

19

20

21

22

23

24

25

26 Uso de alguns recursos linguísticos em “Por parte de pai” a) “[...] Eu ficava esperando o cheiro do café me tirar da cama.” “Com a mão muito branda, arrumava meus lençóis.” Nos dois exemplos, um pormenor representa e indica o conjunto, o “cheiro do café” que remete a uma cena completa: o café da manhã na cozinha aquecida pelo fogo e o cheiro do café lembrando o gosto bom da bebida no início do dia. A “mão branda” é a pessoa da delicada por inteiro, do avô de temperamento, atitudes e gestos, brandos. Nos dois casos, a figura é a metonímia, o uso de um pormenor pelo conjunto de que se quer falar.

27 b) “[...] Enrolado em meus pensamentos.” Neste caso, o menino adormecido deve estar enrolado em quê? Provavelmente nas cobertas da cama. Qual o sentido da expressão? Ele está envolvido em seus pensamentos. Na troca de envolvido por “enrolado”, é proposta uma comparação indireta, sem a presença do termo comparativo. Trata-se de uma metáfora.

28 • c) “[...] Os raios esfaqueavam o resto da noite.” • Sugere que os raios têm vida, vontade, movimento... assim esfaqueiam a noite. Ao dar vida aos raios, o escritor • empregou a personificação

29 d) “[...] Levantava a minha cabeça com a outra e fazia gute, gute.” Ao imitar o som que fazemos ao beber, o autor utilizou-se de uma onomatopeia, palavra que imita o som que reproduz. Isso exemplifica também o uso de expressões típicas da oralidade informal


Carregar ppt ""

Apresentações semelhantes


Anúncios Google