A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

Pensamento Social da Igreja Questões Sociais e Magistério da Igreja

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "Pensamento Social da Igreja Questões Sociais e Magistério da Igreja"— Transcrição da apresentação:

1 Pensamento Social da Igreja Questões Sociais e Magistério da Igreja
ACGD – Associação Cristã de Gestores e Dirigentes Luanda, 31 Julho 2010

2 Plano da apresentação Introdução Perspectiva histórica
As questões sociais no século XIX O magistério social da Igreja desde 1891

3 Introdução Agradecimento Questão de terminologia:
“Pensamento Social” ou “Doutrina Social” O perigo de uma “doutrina” se converter em “ideologia” Partidos Democrata Cristãos

4 Perspectiva histórica
Pensamento Social no AT Pensamento Social no NT Pensamento Social nas “comunidades cristãs primitivas” Pensamento Social nos Padres da Igreja Pensamento Social na Idade Média Pensamento Social na Idade Moderna

5 Pensamento Social no AT
Ouvi isto, vós que esmagais o indigente e quereis eliminar os pobres da terra, vós que dizeis: “quando passará a lua nova, para que possamos vender o grão, e o sábado, para que possamos vender o trigo, para diminuirmos a medida, aumentarmos o peso e falsificarmos as balanças, para comprarmos o fraco com prata e o indigente por um par de sandálias e para vendermos o resto do trigo?” (Am 8,4-6)

6 Pensamento Social no NT
Não podeis servir a Deus e ao dinheiro (Mt 6,24) Não há judeu nem grego, escravo nem livre, não há homem nem mulher… (Gal 3,28)

7 Pensamento Social nas Comunidades Cristãs Primitivas
Distribuía-se a cada um segundo a sua necessidade (Act 4,35) Se um irmão ou uma irmã não tiver o que vestir ou lhe faltar o necessário para a subsistência de cada dia e alguém dentre vós lhe disser: “ide em paz, aquecei-vos e saciai-vos” e não lhes der o necessário, que proveito haverá nisso? (Tg 2,15-16)

8 Pensamento Social dos Padres da Igreja
E tu, e quanto procuras abarcar tudo nos insaciáveis ventres da avareza, julgas não fazer injustiça a ninguém, privando tanta gente do necessário? Quem é o avarento? Aquele que não se contenta com aquilo que lhe é suficiente. Quem é o ladrão? Quem tira aquilo que é de outro. Quem espolia alguém que está vestido é tido como ladrão; e quem, podendo fazê-lo, não reveste quem está nu merecerá outro nome?

9 Pensamento Social dos Padres da Igreja
O pão que tu reténs pertence ao faminto, o manto que guardas no armário é de quem está nu; os sapatos que apodrecem em tua casa pertencem ao descalço; o dinheiro que tens enterrado é do necessitado. Porque tantos são aqueles aos quais fazes injustiças, quantos aqueles que poderias socorrer. S. Basílio Magno (sec IV)

10 Pensamento Social da Igreja na Idade Média
A lei propriamente, primeiro e principalmente, visa à ordenação ao bem comum. Tomás de Aquino S. Th. I-II, 90,3.

11 Pensamento Social da Igreja na Idade Moderna
Francisco de Vitória Ius Gentium – Direito dos Povos “Os europeus não tinham qualquer motivo, nem causa, nem justiça, para invadir os indígenas das Canárias com violência e com guerras cruéis, matá-los, subjugá-los e prendê-los, simplesmente por serem infiéis. Isto é contra a fé e contra qualquer lei razoável ou natural, contra a justiça e contra a caridade. Assim se cometiam grandes pecados mortais que obrigavam à restituição, quer o fizessem os franceses, ou portugueses ou castelhanos”. Bartolomeu de las Casas (1484 – 1566)

12 Contexto Político do século XIX europeu
Revolução francesa Emergência do poder da burguesia Revoluções Liberais Confisco e expulsão das Ordens religiosas Nacionalismos e Unificações: Napoleão ( ) Unificação Alemã (1871) Unificação Italiana Conferência de Berlim ( )

13 Contexto Económico do século XIX europeu
Revolução Industrial Capital intensivo Novo tipo de trabalho - exploração Êxodo rural Acesso às matérias primas Carvão Algodão Meios de Transporte Máquina a vapor Caminhos de ferro

14 Algumas doutrinas do século XIX
Augusto Comte ( ) Ludwig Feuerbach ( ) Karl Marx ( ) Manifesto do partido comunista (1848) O Capital (1867) Émile Durkheim ( )

15 Antecedentes eclesiais da Encíclica Rerum Novarum
Pio IX - Encíclica “Quanta Cura” com Syllabus (1864) – os 80 “principais erros do nosso tempo” Um dos "erros" era "o Pontífice Romano reconciliar-se com o progresso, liberalismo, e civilização moderna". Esta encíclica criticava abertamente a liberdade de religião, liberdade de pensamento, separação da Igreja do Estado. Charles Montalembert ( ) Jornal L’Avenir Congresso de Malines (1863)

16 Pontificados do século XX
Leão XIII > Encíclica “Rerum Novarum” (1891) Pio X > Bento XV > Pio XI > Encíclica “Quadragesimo anno” (1931) Pio XII > Radiomensagem “La sollenità della Pentecoste” (1941) Radiomensagem “Benignitas et humanitas” (1944) João XXIII > Encíclica “Mater et Magistra” (1961) Pacem in Terris (1963)

17 Pontificados do século XX
Paulo VI > 1963 – 1978 Constituição pastoral “Gaudium et Spes” (1965) Encíclica “Populorum progressio” (1967) Mensagem para o Dia Mundial da Paz ( …) Carta Apostólica “Octagesima Adveniens” (1971) Sínodo dos Bispos “Convenientes ex Universo” sobre a Justiça no Mundo (1971) João Paulo I > (1978)

18 Pontificados do século XX-XXI
João Paulo II > (1978 – 2005) Encíclica “Laborem Exercens” (1981) Encíclica “Sollicitudo Rei Socialis” (1987) Encíclica “Centesimus Annus” (1991) Bento XVI > 2005 – … Encíclica “Caritas in Veritate” (2009)

19 Magistério Social de Conferências Episcopais
Conferência Nacional dos Bispos do Brasil Fraternidade, sim! Violência, não! (1983) As exigências éticas da ordem democrática (1989) Comissão Social do Episcopado francês A coragem da esperança (1991) Justiça e Solidariedade (1992) Conferência Episcopal dos Estados Unidos O fruto da justiça é semeado na paz (1993)

20 Magistério Social de Sínodos /Conferências Episcopais
Sínodo Africano 2009 A Igreja ao serviço da Reconciliação, da Justiça e da Paz Conferências da CELAM Documento de Medelin (1968) Documento de Puebla (1979) Documento de Santo Domingo (1992) Documento de Aparecida (2007)

21 Magistério Social da CEAST
Firmes na esperança (1986) Sobre a Paz (1988) Em defesa da Vida (1991) Felizes os Obreiros da Paz (1991) Políticos, Democracia e Justiça (1992) O Sangue do teu irmão clama da Terra até Mim (1993) Por uma justiça económica (2006) O nosso viver e agir em Cristo - Dimensão Social (2009)

22 Concluindo: Algumas Temáticas
Mundo do trabalho Sistemas económicos e políticos A finalidade dos poderes públicos nacionais e internacionais A construção da paz O desenvolvimento das pessoas e dos povos Direitos Humanos A ecologia

23 Concluindo: Alguns Princípios
Dignidade da Pessoa Humana A sociabilidade: relação entre a Pessoa e a Sociedade Primado do Bem Comum Princípio da Solidariedade Princípio da Subsidiariedade Propriedade Privada e Destino Universal dos Bens


Carregar ppt "Pensamento Social da Igreja Questões Sociais e Magistério da Igreja"

Apresentações semelhantes


Anúncios Google