A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

Um pouco sobre o NAZISMO * aula complementar ao livro “Anjo da morte” *

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "Um pouco sobre o NAZISMO * aula complementar ao livro “Anjo da morte” *"— Transcrição da apresentação:

1 Um pouco sobre o NAZISMO * aula complementar ao livro “Anjo da morte” *

2 Em 1933 a vida dos Judeus era normal e estável, ou seja, iam à escola, brincavam, iam ao teatro, cinema, tinham os seus negócios e tudo que um cidadão alemão fazia. No mesmo ano, em 30 de Janeiro, Hitler chega ao poder como Chanceler da Alemanha. Ressentido pela humilhação do Tratado de Versalhes (segundo o qual a Alemanha foi obrigada a pagar elevadas indenizações, perder as colônias e não poder constituir exército e nem qualquer tipo de fortificações), ele prometeu "rasgar" o Tratado e acreditava na superioridade da raça Ariana. Com a subida de Hitler ao poder estava instalada na Alemanha uma ditadura, que era alimentada por uma ideologia racista: só existiria uma raça superior, as outras raças eram um fator de perturbação na sociedade e deveriam ser destruídas ou servir a raça superior. Com isto começa uma perseguição aos Judeus.

3 Os judeus começam por ser obrigados a registrarem-se e a usar uma estrela de David amarela no braço, para não se confundirem com a raça Alemã e para mais facilmente serem identificados. Pelas ruas Alemãs veem-se as primeiras frases contra os judeus, que passam a ser, constantemente perseguidos, humilhados e maltratados. Os judeus que tinham possibilidades tomavam as devidas precauções para conseguir sair do país; quanto aos outros teriam que se sujeitar ao domínio de Hitler. Em 1935 são publicadas as leis raciais e são retiradas as lojas e negócios dos judeus, os médicos são proibidos de exercer a sua profissão, nenhum judeu pode ter um cargo político e lhes é retirado o direito de cidadão (ou seja, não são considerados cidadãos alemães).

4 Em 1938, mais de 200 sinagogas são destruídas, 7500 lojas fechadas, judeus do sexo do masculino enviados para campos de concentração. Neste mesmo ano, foram construídos os primeiros guetos na Alemanha, onde isolavam os judeus do mundo exterior (separados por um muro). Cerca de judeus morreram com fome e doenças. Hitler decide então começar a eliminar em maior número os judeus. Eles eram capturados e levados em comboios para os campos de concentração; muitos deles não conseguiam chegar com vida. Chegados aos campos eram separados por filas de mulheres, outras de homens e de crianças. Aqueles que estavam em condições físicas iriam trabalhar (pensando que iriam sobreviver), os outros seriam imediatamente mortos.

5 O CAMPO DE SOBIBOR Localizava-se na Polônia; nele, cerca de 260 mil pessoas foram mortas. O campo tornou-se famoso por ter sido palco da única revolta bem-sucedida de prisioneiros. Em 1938, mais de 200 sinagogas são prisioneiros tiveram que correr por suas vidas. Embora uma parte dos fugitivos tenha sido morta durante a corrida ou recapturada nos dias seguintes, pelo menos 50 pessoas escaparam e sobreviveram à guerra. prisioneiros. No dia 14 de outubro de 1943, 600 prisioneiros de Sobibor se revoltaram, mataram alguns soldados da SS e realizaram a maior fuga em massa da história das guerras. O plano era matar todos os nazistas que cuidavam da prisão e sair com tranquilidade. Como foram descobertos antes disso, os disso,

6 CURIOSIDADES * A divulgação da suástica (a “aranha negra”) pode ser considerada crime pela lei brasileira: LEI Nº 7.716, DE 5 DE JANEIRO DE Define os crimes resultantes de preconceito de raça ou de cor. Art. 20. Praticar, induzir ou incitar a discriminação ou preconceito de raça, cor, etnia, religião ou procedência nacional. (Redação dada pela Lei nº 9.459, de 15/05/97) Pena: reclusão de um a três anos e multa. § 1º Fabricar, comercializar, distribuir ou veicular símbolos, emblemas, ornamentos, distintivos ou propaganda que utilizem a cruz suástica ou gamada, para fins de divulgação do nazismo. (Redação dada pela Lei nº 9.459, de 15/05/97)

7 CURIOSIDADES * Historicamente, o verdadeiro “Todesengel” foi Josef Mengele, médico alemão que se tornou conhecido por ter atuado durante o regime nazista e ter feito experiências com seres humanos, em Auschwitz (maior campo de concentração nazista). Tais experimentos envolviam gêmeos, dissecção de pessoas, submissão de corpos vivos a tanques de gelo, métodos de esterilização em massa, etc. Dada a crueldade e falta de rigor e ética científica de seus procedimentos, seu título de doutor foi revogado. No fim da Segunda Guerra, Mengele fugiu para a Argentina, depois para o Paraguai e finalmente para o Brasil, onde viria a falecer por afogamento, em pessoas, submissão de corpos vivos a tanques de gelo, métodos de esterilização em massa, etc. Dada a crueldade e falta de rigor e ética científica de seus procedimentos, seu título de doutor foi revogado. No fim da Segunda Guerra, Mengele fugiu para a Argentina, depois para o Paraguai e finalmente para o Brasil, onde viria a falecer por afogamento, em 1979.

8 CURIOSIDADES Os estilosos uniformes nazistas eram elaborados e confeccionados por este senhor. Ah, não reconheceu? A grife dele é mais famosinha...

9 CURIOSIDADES pess (discurso de Charles Chaplin no filme O grande ditador, de 1940) (fala de Pedro Bandeira sobre a Literatura)oas, submissão de corpos vivos a tanques de gelo, métodos de esterilização em massa, etc. Dada a crueldade e falta de rigor e ética científica de seus procedimentos, seu título de doutor foi revogado. No fim da Segunda Guerra, Mengele fugiu para a Argentina, depois para o Paraguai e finalmente para o Brasil, onde viria a falecer por afogamento, em 1979.


Carregar ppt "Um pouco sobre o NAZISMO * aula complementar ao livro “Anjo da morte” *"

Apresentações semelhantes


Anúncios Google