A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

Mobilidade Urbana Acadêmicos: Ariella, Dayna, Camila, Fábio, Melina e Ramon.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "Mobilidade Urbana Acadêmicos: Ariella, Dayna, Camila, Fábio, Melina e Ramon."— Transcrição da apresentação:

1 Mobilidade Urbana Acadêmicos: Ariella, Dayna, Camila, Fábio, Melina e Ramon.

2 • Rede global sobre todas as questões relativas à mobilidade urbana ; • Situada na cidade de Sttutgart (Alemanha); • Buscar caminhos comuns para a mobilidade sustentável (acessível a todos, respeitadora do ambiente e da economia centrada).

3 • Missão: Ligar cidades e outras partes interessadas a nível mundial que possuem uma compreensão comum da necessidade de colocar um sistema de mobilidade urbana que seja, econômico e ecologicamente sustentável como base social. • Principal objetivo: fornecer uma plataforma para o intercâmbio de conhecimentos e boas práticas entre os seus membros, bem como para facilitar o início e desenvolvimento de projetos inovadores comuns. • 550 membros de mais de 76 países.

4 Objetivos Gerais: • Intercâmbio permanente de conhecimentos e experiências entre os membros e parceiros cooperados; • Fortalecimento do papel dos governos locais em todos os aspectos da mobilidade urbana.

5 Objetivos Específicos: • Desenvolvimento e troca de conceitos inovadores e de experiência prática no setor da mobilidade, que prevê a sua implementação e divulgação do maior número possível de cidades; • Iniciação e desenvolvimento de projetos inovadores no setor da mobilidade, em particular no contexto do Congresso Mundial Anual da rede.

6 Atividades: • Prestar assessoria aos membros da rede; • Realizar o congresso anual mundial, que é um fórum para apresentar propostas de projetos e para encontrar parceiros de projeto. O "Cities for Mobility” oferece apoio na fase de preparação dos projetos e no acesso a oportunidades de financiamento.

7 Políticas • Facilitar o contato entre os membros e outros parceiros com o objetivo de estimular o inicio e desenvolvimento de projetos; • Trazer parceiros privados e públicos para os projetos; • Fazer publicidade para os mesmos, através de divulgação (site, revista eletrônica e congressos mundiais).

8 Projetos em Andamento Cooperação: Stuttgart x Porto Alegre e Belo Horizonte • Stuttgart apoia as cidades na preparação do sistema de gestão de tráfego para a Copa de 2014; • POA e BH estão interessadas na Gestão Integrada de Trânsito de Stuttgart (criada para a Copa de 2006); • Em 2008 foi assinado o acordo de cooperação entre as cidades.

9 Aumento da Conscientização do Uso de Veículos Elétricos nas Cidades (EVARIM) • Projeto coordenado pela consultoria Gmbh (Áustria); • O objetivo principal é fornecer informações sobre veículos elétricos para os fomentadores de políticas públicas; • O projeto visa também sensibilizar os cidadãos acerca dos veículos elétricos e aumentar o número de usuários.

10 Projetos Concluídos Cultura • Duração: 2003 – 2005; • Objetivo: criação de uma cultura de mobilidade, através de campanhas, gestão de mobilidade, sensibilização, informação e educação dos cidadãos; • Na América Latina o uso do transporte público é visto como “meio de transporte dos pobres”; • O projeto é um ótimo complemento para as melhorias de infra-estrutura e promoção de formas alternativas de mobilidade sustentável.

11 • Organização sem fins lucrativos com uma perspectiva internacional; • Situada na cidade de Ontario (Canadá); • Contribuir para a criação de cidades e comunidades saudáveis, onde os moradores vivam felizes e desfrutem de grandes espaços públicos.

12 • Missão: melhorar e desenvolver economicamente o ambiente, aperfeiçoar os sistemas de transporte, proporcionar lazer a todos e melhorar a saúde pessoal e pública. • Principal objetivo: tornar-se um influente defensor das cidades orientada para as pessoas.

13 Objetivos Gerais: • Promover infra-estrutura segura e um maior investimento em áreas verdes, trilhas, parques urbanos e outros espaços públicos; • Melhorar a qualidade de vida para todos, independentemente do sexo, idade, etnia e classe econômica - social.

14 Objetivos Específicos: • Promover e desenvolver parcerias com o Terceiro Setor, empresas e governos em atividades que contribuam para a missão do 8-80 Cities; • Realizar workshops, conferências, apresentações e eventos com o intuito de disseminar as atividades da organização.

15 Atividades: • Compartilhar conhecimentos e experiências ao redor do mundo que fortaleçam a capacidade das pessoas em aproveitar melhor o espaço público e estimular uma melhor qualidade de vida; • Cada comunidade é única, todos os projetos são feitos por encomenda. A organização adota um processo colaborativo para entender os problemas dos seus clientes.

16 Projetos Ciclovia/Car Free Sunday • Programas onde as ruas são abertas para pessoas e fechada para carros aos domingos; • Oferecer uma perspectiva totalmente diferente de ver e apreciar a cidade e atender cidadãos como iguais; • Hoje existem muitos exemplos para aprender, incluindo muitos programas recentemente implementados, em cidades grandes e pequenas, em países ricos e pobres.

17 Re-Creating Places • Projeto que ajuda as comunidades a tornar os espaços públicos melhores; • Revitalizar espaços públicos insatisfatórios, criando lugares convidativos para a comunidade; • A 8-80 Cities utiliza de um processo participativo de avaliação, envolvendo a comunidade e transformando os espaços urbanos de baixo desempenho em melhores ambientes.

18 Resultados e Benefícios • Educar as comunidades sobre as melhores práticas internacionais que se adaptam às suas comunidades; • Estimular o pensamento crítico e abordagens criativas para os desafios da comunidade; • Proporcionar uma oportunidade para os interessados ​​da comunidade e permitir o compartilhamento de recursos e colaboração; • Inspirar o desenvolvimento de novos recursos e ferramentas úteis.

19 Fundação holandesa, que opera em diversos países com a missão de apoiar o desenvolvimento do planejamento urbano e transportes sustentáveis, foi fundado em 1996 agindo como mediadora entre a demanda e oferta internacional quanto a prática de ciclismo, partindo da experiência holandesa. Começou como uma pequena organização com três fundadores coordenando as atividades. Eles formaram uma base sólida que possibilitou o crescimento da organização que hoje conta com cerca de 8 membros 9 representantes em todo o mundo

20 OBJETIVOS  Desenvolvimento de possibilidades e direitos iguais para a acessibilidade e mobilidade.  Promoção do planejamento integrado de transportes urbanos em favor de um ambiente sustentável.  Capacitação e desenvolvimento de know-how a nível local para a fomento do baixo custo e mobilidade de emissões zero.  Reunindo profissionais de recursos, dados, know-how e as melhores práticas no domínio dos transportes urbanos sustentáveis ​​para a implementação do projeto e transferência de conhecimentos.  Mobilização de apoio social e político, a fim de alcançar os objetivos acima, particularmente nos países em desenvolvimento.

21 ESTRATÉGIA I-CE está convencida de que o planejamento de ciclismo deve ser integrado no planejamento urbano e transportes em geral e políticas. Através de programas específicos, os profissionais da I-CE ajudam as autoridades locais para implementar essas políticas e serviços, principalmente nos países em desenvolvimento. Ciclismo e infraestrutura para esta prática em toda a cidade ajuda a criar as condições necessárias para a mobilidade urbana a baixo custo além de contribuir para melhorar a saúde e a qualidade de vida.

22 ESTRATÉGIA Portanto, a ação I-CE é dedicado a alcançar os seguintes objetivos estratégicos:  Ciclismo planejamento inclusivo  A gestão urbana  ambiente urbano  Melhoria da segurança rodoviária  Combate à pobreza  O controlo das emissões  Melhores condições de saúde

23 PROJETOS O Bicycle Partnership Program (BPP) auxilia as autoridades locais, organizações da sociedade civil (OSCs) e outros parceiros na criação ou melhoria de um processo local, tornando possível o uso de bicicleta como meio de transporte. O BPP tem como objetivo promover o ciclismo, com base no planejamento de bicicleta, possibilitando a melhoria da mobilidade urbana de massa a baixo custo contribuindo na construção de um tráfego seguro e de um ambiente sustentável, além de impactar diretamente na qualidade de vida.

24 A Green Mobility é uma consultoria especializada no desenvolvimento de mecanismos para melhorar a mobilidade sustentável de empresas e governos. Foco: Desenvolvimento de projetos inovadores integrando, novas iniciativas de Mobilidade Urbana Sustentável na sociedade e criando meios para promover a parceria Pública e Privada.

25 Objetivos:  Contribuir com a melhoria da Mobilidade das Cidades Brasileiras, Empresas e bem estar das pessoas.  Estimulando o uso de meios alternativos de Transportes.  Desenvolver programas de mobilidade sustentável nas grandes cidades, gerando reflexão, estimulando o uso de transportes mais verdes.  Contribuindo com a cidade através de projetos que estimulem de geração de Renda e o Turismo sustentável, ou simplesmente os deslocamentos diários das pessoas, envolvendo meios de transportes públicos ou meios de transportes de baixa emissão de Carbono e Gases Tóxicos.

26 PROJETOS

27 American Green Mobility vai investigar Mobilidade Sustentável de cidades americanas. PROJETOS

28 Green Mobility atua na área de Consultoria em Transportes Sustentáveis para construção de biocidades. A Green Mobility vem trabalhando com algumas das maiores construtoras do país para promover o conceito de biocidades. Trata-se de projetos que visam atender os mais altos padrões de sustentabilidade, incluindo baixas emissões de carbono, novas tecnologias e simulações da demanda de transportes coletivos levando em consideração todo entorno e suas implicações na cidade. PROJETOS

29 O Projeto Urban Bike é uma nova proposta de mobilidade sustentável e um convite para transformar São Paulo numa cidade onde haja prazer em viver e seja possível aproveitá-la com maior qualidade de vida. O objetivo do Projeto U-Bike é desenvolver um programa de mobilidade sustentável na capital paulista, interligando o meio bicicleta com rotas turísticas alternativas, proporcionando ao turista uma visão diferente de São Paulo. O projeto piloto do U-Bike será instalado, em primeiro lugar, no Hotel Unique e estará aberto para o público em geral a partir de janeiro de O objetivo em longo prazo é que 200 hotéis de São Paulo estejam interligados ao U-Bike, a partir de 2012, em acordo com o objetivo de tornar a capital mais sustentável e humana para a Copa PROJETOS

30 O Campus Aberto é de um Portal de compartilhamento de transportes. A idéia principal é transformar “motoristas” em cidadãos multimodais… “Desaprender” a andar só com um modal e aprender a andar de meios de transportes alternativos mais sustentáveis. PROJETOS

31


Carregar ppt "Mobilidade Urbana Acadêmicos: Ariella, Dayna, Camila, Fábio, Melina e Ramon."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google