A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

UFSJ Inscrições- 1 a 24 /11 Prova de conhecimento geral- 04/06/11 Programa de provas - Filosofia I. SER HUMANO 1. Natureza e cultura ok 2. Corpo e psiquismo.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "UFSJ Inscrições- 1 a 24 /11 Prova de conhecimento geral- 04/06/11 Programa de provas - Filosofia I. SER HUMANO 1. Natureza e cultura ok 2. Corpo e psiquismo."— Transcrição da apresentação:

1 UFSJ Inscrições- 1 a 24 /11 Prova de conhecimento geral- 04/06/11 Programa de provas - Filosofia I. SER HUMANO 1. Natureza e cultura ok 2. Corpo e psiquismo (14-04) II. AGIR E PODER (20-04) 1. Os valores a. Ser e dever ser b. Universalidade e relatividade dos valores 2. Liberdade e determinismo (28-04) 3. Indivíduo e comunidade a. Conflito b. Lei e justiça III. CONHECER (05-05) 1. Verdade e validade 2. Tipos de conhecimento a. A emergência da filosofia b. Filosofia e outros saberes 3. A racionalidade científica (12-05) a. Teoria e experiência b. Objetividade e Verdade Livro de leitura obrigatória para Prova de Conhecimentos Gerais COTRIM, G., 2006, Fundamentos da Filosofia - História e Grandes Temas, 16ª Ed. Ed. Saraiva. (21 e 28/5)

2 *01. Imagine-se em um centro urbano, observando pessoas que estão indo e vindo de diferentes lugares, cada uma movida por múltiplas razões. Pode-se, entre outros aspectos, identificar que cada pessoa é impulsionada a realizar características que a distinguem de outros animais. Cada uma dessas características pode afirmar o homem como : I. ser histórico. II. ser religioso. III. ser que produz cultura. IV. ser de conhecimento. V. ser que se realiza pelo trabalho. Estão CORRETAS A) I e II, apenas. B) III e IV, apenas. D) II, III e V, apenas. C) I, II, III, IV e V. E) I e V, apenas.

3 *(UNIMONTES) 2- O trabalho humano é uma ação transformadora da realidade, dirigida por finalidades conscientes. Ao reproduzir técnicas já usadas e ao inventar outras novas, a ação humana torna-se fonte de ideias e, portanto, experiência propriamente dita. Analise as afirmativas abaixo e assinale a alternativa CORRETA. A) O animal não trabalha – mesmo quando cria resultados materiais com essa atividade –, pois sua ação não é deliberada, intencional. B) O animal trabalha – cria resultados materiais com essa atividade –, pois sua ação é deliberada, intencional. C) O animal trabalha e produz sua existência – mesmo quando cria resultados materiais com essa atividade –, pois sua ação é deliberada, intencional. D) O animal trabalha e é consciente de suas ações – cria resultados materiais com essa atividade –, pois sua ação é deliberada, intencional.

4 *(UNIMONTES) 3- O mundo que resulta do pensar e do agir humano não pode ser chamado natural, pois encontra-se transformado e ampliado por nós. A tarefa de produzir, construir e ampliar os valores materiais e espirituais é parte da tarefa do cultivo de toda sociedade. Ao trato, construção e elaboração dos valores materiais e espirituais de um povo podemos denominar de A) fabricação. B) cultura. C) educação. D) espiritualização.

5 (UNIMONTES) 4 - Podemos dizer que o ser humano se faz pelo trabalho, porque, ao mesmo tempo em que produz coisas, torna-se humano, constroi a própria subjetividade, desenvolve a imaginação, aprende a se relacionar com os demais, a enfrentar conflitos, a exigir de si mesmo a superação das dificuldades. Com relação ao trabalho, podemos afirmar: A) Como condição de humanização, o trabalho liberta ao viabilizar projetos e concretizar sonhos. B) Como condição de humanização, o trabalho escraviza e prejudica ao viabilizar projetos e concretizar sonhos. C) Como condição de escravidão, o trabalho liberta ao viabilizar projetos e concretizar sonhos. D) Como condição de humanização, o trabalho não liberta ao viabilizar projetos e concretizar sonhos.

6 5-”Os animais que se situam nos níveis mais baixos da escala zoológica de desenvolvimento, como por exemplo os insetos, tem a ação caracterizada sobretudo pelos reflexos e instintos.” De acordo com seus conhecimentos sobre instintos, marque a resposta falso: a)A ação instintiva é regida por leis biológicas, idênticas na espécie e invariáveis de indivíduo para indivíduo. b) Os atos dos animais tem história, se renovando sempre, não sendo os mesmos devido as modificações genéticas da evolução das espécies.

7 c) É costume dizer que os instintos são cegos, pois ignoram a finalidade da ação. d) O ato humano voluntário, ao contrário dos atos instintivos, é consciente da finalidade.

8 6-A socialização é o processo comum pelo qual a pessoa humana recebe a herança cultural. Diferentemente dos animais, o homem tem uma inteligência abstrata, que lhe permite ir além na intervenção sobre o mundo. Só ele é capaz de transformar a natureza e o resultado dessa transformação, que se chama de cultura. Sobre cultura, analise as afirmações abaixo. I. É sempre mediada pelos outros. II. É fruto da inteligência concreta. III. Aprende-se através de símbolos e é através dela que a pessoa humana torna-se capaz de agir e compreender a própria experiência. IV. É o processo pelo qual o homem acumula as experiências que vai sendo capaz de realizá-las. V. Aprende-se através de símbolos que facilitam a aproximação com o mundo concreto. Somente está CORRETO o que se afirma em a)I, II, III e IV. B) II, IV e V. C) I e V. D) I, III, IV e V. E) IV e V.

9 Respostas 1-c 2-a 3-b 4-a 5-b 6-d

10 O corpo e psiquismo

11 É engano pensar que temos plena experiência e conhecimento de nosso corpo.
Para Jacques Lacan, no período de 6 aos 18 meses de vida a criança descobre sua unidade corporal. Experiência no espelho.

12 Muitos podem passar a vida sem conhecer o próprio corpo por dentro, sem saber como funciona e se transforma.

13 Dualismo psicofísico – dupla realidade da consciência separada do corpo
Os filósofos ocidentais sempre tenderam a explicar o ser humano como composto de duas partes diferentes e separadas.

14 Platão Essa dicotomia já aparece no pensamento de Platão (sec. IV a.C.) A alma antes de encarnar teria vivido no mundo das ideias, onde tudo conheceu por intuição (sem usar os sentidos).

15 Almas Ao se unir ao corpo a alma se degrada, por se tornar prisioneira dele. Passa a se compor de duas partes: > Superior - alma intelectiva > Infeior- alma do corpo (irracional)

16 Alma Superior Racional ou intelectual: busca conhecimento sob forma de ideias verdadeiras do puro pensamento deve reger a vida humana, Situada na cabeça

17 Alma Inferior 2- IRASCÍVEL OU COLÉRICA: se ocupa da defesa e guerra, reage a dor na defesa da vida Defendo o corpo de agressões do meio ambiente e dos humanos Situada no peito

18 3.PASSIONAL OU CONSCUPISCENTE:
voltada para a satisfação dos apetites do corpo e bens materiais Situada no ventre

19 Todo drama humano consiste na tentativa de domínio da alma superior sobre a inferior.
Escravizada pelo sensível, a alma inferior conduz a opinião e erro.

20 Se a alma superior não conseguir controlar as paixões e desejos seremos incapazes de agir moralmente.

21 Até mesmo o amor intelectual deve subordinar o amor sensível.
Pois se na juventude predomina a admiração pela beleza física, o discípulo de Eros amadurece ao descobrir que a beleza da alma que é superior a do corpo.

22 Platão valoriza a ginástica.
Isso confirma a superioridade do espírito sobre o corpo. “Corpo são em mente sã.

23 Significa que educação física põe o corpo na posse da saúde perfeita,
permite que a alma desprenda dos sentidos para melhor contemplar as ideias.

24 A fraqueza física torna-se empecilho maior à vida superior do espírito.

25 O ascetismo medieval Com o inicio da desagregação do Império Romano, começa momento de crise. Que será criticado e interpretado de modo pessimistas por monges que abandonam o convívio das pessoas e buscam refúgio na fé.

26 vivendo em cavernas e no deserto para a purificação do espírito

27 Após o período das manifestações individuais de recusa do mundo dos pecados, os monges passam a se reunir em monastérios, conventos onde cada um ocupa cela separada, porém se dedica a trabalhos comuns.

28 Partindo do pressuposto de que corpo é sinal de pecado e degradação,
a sua purificação é feita por práticas de ascetismo- disciplina espiritual de autocontrole.

29 No cristianismo é o controle dos desejos pela renúncia aos prazeres do corpo,
o que podia ser feito pela mortificação por meio de jejum, abstinência e flagelação.

30 Dissecação de cadáveres
Houve proibições expressas da Igreja quanto a dissecação de cadáveres. “O olhar humano não deve se fixar em regiões em que Deus ocultou ...”

31 Renascimento e Idade Moderna
Dessacralização do corpo As revoluções científicas do século XVII trazem um novo olhar do homem sobre o mundo . Olhar de consciência dessacralizada (perde caráter sagrado). O corpo passa a ser objeto de ciência.

32 Descartes Racionalista, contribuiu para a nova abordagem em relação ao corpo. Parte da duvida metódica, duvida da realidade do mundo e do próprio corpo até chegar a verdade indubitável do cogito.

33 Considera que o homem é constituído por duas substâncias:
a substância pensante (natureza espiritual) – o pensamento; e a substância extensa (natureza material)- o corpo. A isso chamamos dualismo psicofísico

34


Carregar ppt "UFSJ Inscrições- 1 a 24 /11 Prova de conhecimento geral- 04/06/11 Programa de provas - Filosofia I. SER HUMANO 1. Natureza e cultura ok 2. Corpo e psiquismo."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google